sábado, abril 2

Japão - Corpos Insepultos...Medo da radiação...

Corpos que sofreram exposição estão sem ser recolhidos, no Japão.
São mais de Mil Corpos.
Ec.6.6. ...e além disso não tiver sepultura, digo que um aborto é melhor do que ele;
Veja no final deste texto:
Como localizar parentes.
Como Colaborar.
Veja o que aconteceu no interior do reator, em vídeo BBC.
Primeiro-Ministro visita área destruída.
Corpos sem ser recolhidos pelo medo da intensa exposição a radiação, deixa as autoridades e o povo sob a possibilidade de uma epidemia.
O certo seria colocar estes corpos em vala comum, lacrada segundo as normas de isolamento de objetos com altas doses de radiação.
Mais ma prova da intensidade do desastre ocorrido no Japão, que pode repercutir em todo o Mundo..
Alguns de nossos comentários, infelizmente tem se traduzido em realidade.
Esta é mais uma.
As autoridades mundiais, a Onu e Conselho de Segurança devem repreender as autoridades japonesas, ou lhes dar meios, que eles desconhecem. E não aceitam a ignorância, sobre desastres nucleares, vide Chernobyl e a usina americana, que tiveram pane em seus reatores.
Corpos com radiação.
O medo da radiação tem impedido as autoridades japonesas de recolher cerca de mil corpos de vítimas do terremoto e do tsunami na zona de segurança de 20 quilômetros de raio em torno da planta nuclear de Fukushima, informou a polícia à agência Kyodo.
Segundo a agência, os corpos teriam sido "'expostos a altos níveis de radiação após a morte". A tese foi apoiada pela detecção no domingo de elevados níveis de radiação em um corpo encontrado em Okuma, província de Fukushima, cerca de 5 km do complexo de Fukushima.
As autoridades estão agora considerando outra forma de recolher os corpos, para evitar exposição de policiais, médicos e famílias à radiação.
Radiação impede resgate de 1 mil corpos na zona de evacuação de Fukushima.
1 mil corpos não podem ser resgatados dentro da zona de evacuação ao redor da usina nuclear de Fukushima.
Agencia EFE
Tóquio, 31 mar (EFE).- Devido ao temor dos efeitos da radiação, cerca de 1 mil corpos não podem ser resgatados dentro da zona de evacuação de 20 quilômetros ao redor da usina nuclear de Fukushima, indicaram fontes da Polícia japonesa nesta quinta-feira.
As autoridades revelaram que alguns corpos "foram expostos a altos níveis de radiação", como no caso de uma vítima encontrada na localidade de Okuma, na província de Fukushima, a cerca de cinco quilômetros da usina nuclear. No dia 27, as autoridades desistiram de recuperar o corpo, segundo a agência local "Kyodo".
Os especialistas tentam encontrar a forma de resgatar os corpos dentro da zona de evacuação sem expor a altos níveis de radiação as equipes de emergência, legista e familiares no processo de identificação.
Foi ventilada a possibilidade de examinar a radioatividade dos corpos antes de transferi-los para fora da zona de 20 quilômetros, embora exista perigo para as equipes de busca, que não podem passar muito tempo na área e devem trabalhar vestidos com trajes antiradiação.
Além disso, os mortos dentro dessa zona de evacuação não podem ser submetidos à cremação, como é costume no Japão, já que se teme que o processo possa liberar gases radioativos.
Também não se considera totalmente seguro enterrar os cadáveres, já que poderiam contaminar o terreno, segundo as fontes da Polícia consultadas pela "Kyodo".
A tragédia dos habitantes dessa área, que foram forçados a abandonar seus lares pelos vazamentos de radiação da usina nuclear de Fukushima, aumenta com a dificuldade de conhecer o destino desses desaparecidos.
Apesar de Fukushima ser uma das províncias mais afetadas pelo terremoto do dia 11, junto com Iwate e Miyagi, foram confirmadas apenas 1.049 mortes até o momento, enquanto outras 4.798 pessoas seguem desaparecidas.
O número de vítimas fatais pelo terremoto de 20 dias atrás já é de 11.438 em todo o Japão, enquanto 16.541 pessoas seguem desaparecidas, segundo o último boletim da Polícia japonesa. EFE
Veja o que aconteceu no interior do Reator:
Vídeo


BUSCA POR DESAPARECIDOS
O blog do Portal Nippon "Lost in Japan", editado pelo brasileiro Alexandre Imamura Gonzales, ajuda familiares no Brasil a localizar desaparecidos no Japão.
No Facebook, a página "11 de março de 2011 – Japão. Você está salvo?" também tenta tranquilizar familiares no Brasil. Diogo Hideo Dos Santos criou um “evento” na rede social em que pede para que moradores brasileiros no Japão “confirmem presença” para dizer se estão bem. Até o início da tarde desta segunda-feira (14), 609 usuários haviam confirmado que estavam bem e 2.155 ainda estavam pendentes.
Segundo Hideo, o Twitter também foi muito importante para espalhar informações sobre brasileiros. Ele aconselha usar a hashtag "#BrasileiroNoJapão" para fazer a busca no microblog.
Colaboração.
As entidades divulgaram dados de contas correntes em que brasileiros poderão depositar doações. A Associação Miyagui Kenjinkai do Brasil também abriu uma conta para que doadores possam depositar qualquer quantia.
Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social
Banco Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 112959-7
Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo
Banco Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 131000-3
Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil
Banco do Brasil
Agência: 1196-7
Conta corrente: 29921-9
Associação Miyagui Kenjinkai do Brasil
Banco Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 120459-9


Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical