quinta-feira, abril 25

A Família Sob Ataque. - Lição 04 CPAD – 2º trimestre 2013

A Família Sob Ataque.
Lição 04 CPAD – 2º trimestre 2013
Autor: Pr. Osvarela
Texto Áureo:
Ef. 6.11Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo”.
Leitura Bíblica Em Classe:
Ef. 5.1-6
SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados;
E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.
Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; [Versão atualizada - Mas, a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos. – Bíblia Genebra – Revisada e Ampliada]
Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças.
Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus.
Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.
Introdução:
II Pedro 3:16 Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.
Esta é uma Lição característica com viés próprio devido aquilo, que O Apóstolo Pedro diz das Escrituras paulinas, ou seja, é necessário a compreensão do texto literal, para com a inspiração do Espírito Santo obtermos, o que devemos transmitir, ou aquilo que Deus nos der por esta Lição.
Tomando o cuidado em objetivarmos o assunto, com o qual o Pastor Elinaldo Renovato trabalho esta lição:
-Século XXI
-Família;
-Proteção do Lar aos ataques do Inimigo.
Nesta lição de 28 de abril de 2013 os professores deve buscar compreender e ensinar a cada aluno, a questão da interpretação etimológica, ou os étimos das palavras que fazem parte do texto bíblico em tela, como Leitura Bíblica.
Ataques A Família:
Ataque - 1. Ação ou resultado de atacar -1, investir, assediar; ASSÉDIO; INVESTIDA: As tropas preparavam-se para o ataque
2. Ação de agredir moralmente, de injuriar; AGRESSÃO; INJÚRIA
3. Crítica violenta, denúncia
4. Iniciativa e ação enérgica para realizar uma tarefa, levar adiante uma missão, trabalho, projeto etc.
O Ataque contra a família é ato de quadros malignos, que sob a liderança maligna do reino parasita do Mal.
Estes esquadrões [de poderes malignos místicos]são: Principados, potestades, que se reúnem ao comando do Adversário de Deus, e regidos e reunidos em legiões malignas, formam um agrupamento de hostes espirituais da maldade.
Atacam a família e todos os padrões morais divinamente dados a humanidade, por Deus.
Este ataque é desfavorável as famílias que não têm entendimento espiritual, ou seja, veem as coisas somete, aos olhos naturais, e se não tiverem a oportunidade, como a Igreja, a Família de Deus têm e deve distribuir, este conhecimento, devem buscar abrigo no Nome do qual recebem o Nome de Família de Deus, e coma cobertura do Sangue de Jesus Cristo.
Por que o ataque é violento e desleal?
I Pedro 5:8-9 Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

Exatamente, pelo que acabamos de revelar acima.
É um ataque executado nas fimbrias do mundo místico das potestades, usando a invisibilidade e se aproveitando da insensibilidade espiritual, que paira, sobrea Humanidade sem Deus., nas regiões onde atuam estes principados e potestades, nos lugares celestiais.
Mas, a Igreja agora está assentadas nestes lugares, em Cristo, na guerra contra estas hostes, principados e potestades.
Efésios 2:6-20 E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;

Porém a Igreja está  ou deve estar atenta a estes ataques, pois Ela - Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo - está assentada com Cristo nas regiões celestiais, onde Cristo Reina e é Senhor, [Efésios 6:12-18 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,] por ter destronado e vencido, o Príncipe deste século [tempo Cronos dilatado, pela existência da Federação antropológica adâmizada, até o Dia], quando o destruirá para sempre, lançando-o no Lago de Fogo ardente.
Apocalipse 5:5 E disse-me ... eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu...

Portanto o ataque é invisível para a Humanidade, sem Deus, que não pode e não busca entende-lo. Porém nós que somos espirituais, já podemos distinguir [temos o Espírito de Verdade, que nos faz entender tudo espiritualmente, e também o que é carnal] esta guerra do Mal contra os homens e contra a Igreja.
Que estejamos vigilantes e atento, com as armadura de Ef.6.10.ss, como vencedores ficando firmes, depois de tudo!

É interessante, notar que o Apóstolo Paulo, está encerrando exatamente um discurso doutrinário, para a Família e avisa-nos desta guerra travada e nos dá as armas com as quais devemos combater o Mal, contra o ensino que ele acabara de escrever: "no demais, irmãos meus, fortaleceis no Senhor e na força do Seu Poder, e inicia-se a forma de proteção - Texto Áureo!
Ataques pessoais e a figura da Família:
Procurando entender e buscar as formas, pelas quais a Família tem sido bombardeada, busquei listar algumas formas deste ataque viral, a esta Instituição Divina.
Algumas, estão no corpo do texto e podem estar na Lista, que creio, não ser possível esgotá-la, como única, mas apenas é rudimentar, em nossa análise. Quanto a forma e diversidade.
Salmos 68:5-6 Pai de órfãos e juiz de viúvas é Deus, no seu lugar santo
Deus faz que o solitário viva em família; liberta aqueles que estão presos em grilhões; mas os rebeldes habitam em terra seca.
-Solidão - Deus faz com que o solitário viva em família - Igreja é a figura chave deste axioma!
Prisões e cadeias seculares - uma guerra a ser travada pela Igreja, junto ao seio da Família.Graças a Deus, que nossa Igreja em SP tem trabalho intenso, nas cadeias e penitenciárias, com resultados milagrosos!
-Viuvez - saída divina - Igreja cuida, família cuida e Deus é o juiz da viúva; Ainda há remidor para a família da viúva- Rt.2.1

-Pornografia
-Imoralidade - ligada ao que vem a seguir.
-Vícios: 
O Álcool foi e é ao longo da História da Humanidade um destruidor de Família!
A embriaguez, frequentemente leva a pessoa à libertinagem, à falta de pudor. 
-Bebedice - algo que atingiu a família de Noé - Gênesis 9:20-25 E começou Noé a ser lavrador da terra, e plantou uma vinha. E bebeu do vinho, e embebedou-se; e descobriu-se no meio de sua tenda. E despertou Noé do seu vinho, e soube o que seu filho menor lhe fizera. E viu Cão, o pai de Canaã, a nudez do seu pai, e fê-lo saber a ambos seus irmãos no lado de fora. Então tomaram Sem e Jafé uma capa, e puseram-na sobre ambos os seus ombros, e indo virados para trás, cobriram a nudez do seu pai, e os seus rostos estavam virados, de maneira que não viram a nudez do seu pai.
BEBEDICESBebedice = embriaguez. - original  grego: “methai”;
Configura ou expressa a ideia do vício e da perda da sobriedade advindas do alcoolismo;uso excessivo da bebida alcoólica. 
No plural mostra o vício ou a constância do uso repetido que leva ao estado de bebedeira. 
A bebedice, como a Medicina atesta é uma agressão, contra o organismo físico e contra o cérebro;
A Bebedice e a Decência:
Somos o Templo do Espírito Santo, desta forma perder a sobriedade e provocar danos ao nosso corpo é uma forma de atentado contra Deus, que nos criou e contra o Espírito Santo, que vem habitar em nós!

Da mesma forma, que a bebida alcoólica, não podemos abrir o nosso corpo ao uso e ataque de entorpecentes, de psicotrópicos; 
Desobediência rima com Bebedice:recabitasDevemos porém criar nossa família como a família dos recabitas: Jeremias 35:2-8 Vai à casa dos recabitas, e fala com eles, e leva-os à casa do SENHOR, a uma das câmaras e dá-lhes vinho a beber. E pus diante dos filhos da casa dos recabitas taças cheias de vinho, e copos, e disse-lhes: Bebei vinhoPorém eles disseram: Não beberemos vinho, porque Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai, nos ordenou, dizendo: Nunca jamais bebereis vinho, nem vós nem vossos filhos; Obedecemos, pois, à voz de Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai, em tudo quanto nos ordenou; de maneira que não bebemos vinho em todos os nossos dias, nem nós, nem nossas mulheres, nem nossos filhos, nem nossas filhas; 
Infelizmente este hábito tem invadido até mesmo os lares cristãos!
Facciosidade - Esaú e Jacó - Gênesis 27:5-13 E Rebeca escutou quando Isaque falava ao seu filho Esaú. E foi Esaú ao campo para apanhar a caça que havia de trazer. Agora, pois, filho meu, ouve a minha voz naquilo que eu te mando: E disse-lhe sua mãe: Meu filho, sobre mim seja a tua maldição; somente obedece à minha voz, e vai, traze-mos.
- Abrão, Sara e Agar Gênesis 16:4-6 E ele possuiu a Agar, e ela concebeu; e vendo ela que concebera, foi sua senhora desprezada aos seus olhos. E disse Abrão a Sarai: Eis que tua serva está na tua mão; faze-lhe o que bom é aos teus olhos. E afligiu-a Sarai, e ela fugiu de sua face.
Tolice - [Insensatez] a tolice leva o homem a sofrer de doenças do coração e partir desta vida, deixando a sua família. ode parecer exagero,mas leia o texto veterotestamentário - I Samuel 25:25-10 E era o nome deste homem Nabal, ... porém o homem era duro, e maligno nas obras, e era da casa de Calebe. E Nabal respondeu aos criados de Davi... Quem é Davi, e quem é o filho de Jessé? Muitos servos há hoje, que fogem ao seu senhor. Meu senhor, agora não faça este homem vil, a saber, Nabal, impressão no seu coração, porque tal é ele qual é o seu nome. Nabal é o seu nome, e a loucura está com ele...ss
Adultério - traz condenação e opróbrio a quem o realiza, e divide a família;
Passado da Família - Não acredite que o passado de tua família a faz ter um destino ou maldição sobre a tua família; Juízes 6:13-15 
Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o SENHOR é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram [passado lembrado com tristeza, mas vem aí um tempo novo para tua Família e você pode ser o Canal desta novidade divina!], dizendo: Não nos fez o SENHOR subir do Egito? Porém agora o SENHOR nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas. E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai.
I Sm. 18.18. você pode vir a ser o genro do rei!Contra Jacó não há encantamento!
Bençãos na Família - porém se tua família for abençoada deves procurar primar por reter a benção. Dt 28.2
Listando a palavras do Texto principal.
Revestimento - ενδυναμοω – endunamoo; - v. 1) ser forte, revestir-se com força, fortalecer; 2) receber força, ser fortalecido, cresçer em força
Revesti-vos – de revestir - Revestir - (Lat. Revestire ) - v.t. Vestir novamente. Tomar, ganhar, atribuir a si os caracteres de...
Fig. Representar em si (atributos ou caracteres de outrem).
Vestir (um hábito sobre outro).
Revestir-se de autoridade, de ânimo, de paciência etc., encher-se dessas qualidades, fazer uso delas. Cobrir, tapar, envolver, recobrir;
-v. pron. - Vestir-se (com o trajo próprio para).
-v. refl. 1 - encher-se; vestir-se;
- ornar-se; tomar formas mais belas;- munir-se;- aparentar;- resguardar-se
Quanto a dar proteção: - v tr. 1 Cobrindo uma superfície com uma camada de algum material, geralmente, para proteger;
Imitadores
εξακολουθεω – exakoloutheo -vb 1) seguir, acompanhar, seguir os passos de alguém
1a) metáf., imitar o jeito de agir de alguém; 1b) seguir a autoridade de alguém
A imitação é um ato de mimetismo e no grego podemos entender pela questão etimologia –
μιμεομαι - mimeomai - voz média de mimos (“mímica”); v 1) imitar: alguém
- μιμητης - mimetes - - n m 1) imitador; 1d) estar atento a; 1b) ser trazido à mente, ser lembrado, ter na lembrança
Oferta
מנחה - minchah - procedente de uma raiz não utilizada significando repartir, i.e. conceder;n f 1) presente, tributo, oferta, dádiva, oblação, sacrifício, oferta de carne; 1c) oferta (para Deus);
Sacrifício
נסך - n ̂ecak (aramaico) - v 1) derramar, oferecer sacrifício; 1a) (Pael) derramar, oferecer (um sacrifício)
קטר - qatar - uma raiz primitiva ... v. 1) sacrificar, queimar incenso, queimar sacrifícios, oferecer sacrifícios em forma de fumaça; 1a2) sacrificiar; 1b) (Pual) oferecer um sacrifício;
Prostituição  - תזנות - taznuwth ou תזנת - taznuth; n. f. 1) fornicação, prostituição
εκπορνευω - ekporneuo - v 1) cair na prostituição, “entregar-se à fornicação”;
A situação moral que paulo encontra na comunidade de Éfeso é idêntica a atual situação, do nosso presente Século XXI.
A depravação sexual, que hoje querem impor a sociedade e a Igreja, com menção a ser politicamente correto, o que na realidade é um mito, é a mesma depravação encontrada e comum naquela região e no Império.
Trasvestida inclusive, em cultos a deuses!
É por isto que Paulo indica uma única forma de combater esta ação maligna.

Revestimento - usar uma nova veste por sobre as vestes carnais, do homem adâmico.
Encontramos, apenas no trecho de Ef. 5.1-6 estas três palavras juntas:

- aischrotes; morologia; eutrapelia.
Torpeza - "
linguagem obscena",

Parvoíce - conversa tola,
Chocarrice - aqui com um significado extremado de tratar o assunto sexual com arrogância irreverente.
Fica a pergunta?

Não é assim, que nos querem  fazer entender, e aceitar a sexualidade extremada e condenada em Rm 1.19.ss? 
Segue então a definição, continuando por pornéia:
πορνεια porneia - n f 1) relação sexual ilícita;1a) adultério, fornicação, homossexualidade, lesbianismo, relação sexual com animais etc. 1b) relação sexual com parentes próximos; Lv 18; 1c) relação sexual com um homem ou mulher divorciada; Mc 10.11-12
2) metáf. adoração de ídolos; 2a) da impureza que se origina na idolatria, na qual se incorria ao comer sacrifícios oferecidos aos ídolos
προνευω - porneuo; v.1) prostituir o próprio corpo para a concupiscência de outro; 2) estregar-se à relação sexual ilícita; 2a) cometer fornicação
3) metáf. ser dado à idolatria, adorar ídolos; 3a) deixar-se arrastar por outro à idolatria
προνη - porne; n f 1) mulher que vende o seu corpo para uso sexual; 1a) prostituta, meretriz, alguém que se entrega à impureza para garantia do ganho; 1b) qualquer mulher que se entrega à relação sexual ilícita, seja para ganho ou por luxúria
2) metáf. idólatra
πορνος pornos - de pernemi (vender); n m 1) homem que prostitui seu corpo à luxúria de outro por pagamento; 2) prostituto; 3) homem que se entrega à relação sexual ilícita, fornicador
μοιχαλις - moichalis - n f - como a aliança íntima de Deus com o povo de Israel era comparada a um casamento, aquele que caia em idolatria era como se cometesse adultério ou prostituição;
παρθενος - parthenos - homem que se absteve de toda sujeira e prostituição presente na idolatria;
זמה - zimmah ou זמה - zammah - planejar, inventar, maldade, plano maldoso, propósito malicioso; não casto, incesto, licenciosidade, adultério, idolatria, prostituição
זנה - zanah - ser um prostituto ou prostituta cultual; ser infiel (a Deus) (fig.)
זנון - zanuwn ou (plural) זונים - n m pl - adultério, fornicação, prostituição;
Impureza; Impuro
גאל - ga’al; - v sujar, poluir, profanar; ser impuro, ser poluído; poluir, macular; tornar-se impuro
טמא - tame’ – v 1) ser impuro, tornar-se imundo, tornar-se impuro; ser ou tornar-se impuro:
- religiosamente;
- cerimonialmente - pronunciar impuro, declarar impuro;
- 1e) (Hitpael) estar impuro
- grego  Τιμαιος e βαρτιμαιος; adj 1) impuro: eticamente e religiosamente; ritualmente; referindo-se a lugares
-טמאה tum’ah - n f 1) impureza;1b) referindo-se a uma massa imunda: 1c) ética e religiosa; 1d) ritual
Avareza; ou avarento
πλεονεξια - pleonexia
- n f desejo ávido de ter mais, cobiça, avareza
φιλαργυρια philarguria - n f amor ao dinheiro, avareza
φιλαργυρος philarguros – adj - que ama o dinheiro, avareza;
Torpezas - (Etm. torpe + eza); s.f. Característica, estado, comportamento de torpe; que demonstra baixeza. Ação ou procedimento de ignóbil, vergonhoso, sórdido. Que demonstra indecências ou obscenidades. Qualidade do que é nojento ou repugnante. Desonestidade, desvergonha, impudicícia. Brutalidade, selvageria. Torpidade, torpitude.
αισρολογια - aischrologia
n f 1) palavra suja, discurso obsceno ou baixo
αισκρον - aischron; n n 1) vergonhoso, desprezível, desonroso
αισκρος  - aischros; adj 1) extremamente sujo, baixo, desonroso
αισκροτης - aischrotes; n f 1) obscenidade, imoralidade
Torpe - Imoral, Desonesto, Traidor. Ilícito, infame, indigno.
Na questão legal a palavra também é desprezada.
Nemo auditur propriam turpitudinem allegans (A ninguém é dado alegar a própria torpeza em seu proveito); 
Princípio de direito de que ninguém pode valer-se da própria torpeza (nemo auditur propriam turpitudinem allegans).
"Tal princípio é acolhido pelo legislador nos arts. 97, que trata do dolo ou torpeza bilateral, e 971 do Código Civil, que proíbe a repetição do pagamento feito para obter fim ilícito, imoral ou proibido por lei.
Idólatra
נאף - na’aph – v 1) cometer adultério ;1a2) culto idólatra (fig.)
Ειδωλοθυτον - eidolothuton – adj 1) sacrificado aos ídolos, a carne que sobrou dos sacrifícios pagãos; que era consumida nas festas ou vendida (pelo pobre e o miserável) no mercado
Ειδωλολατρεια - eidololatreia - n f 1) adoração a deuses falsos, idolatria; 1a) de festas sacrificiais formais celebradas para honrar falsos deuses; 1b) da cobiça, como adoração a Mamom.
ειδωλον - eidolon - uma imagem (i.e. para adoração); n n 1) imagem, réplica;  
2Co 6.14, onde o apóstolo proíbe os cristãos de terem relações com os idólatras
II Corintios 6:14-17 Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei;
ετεροζυγεω heterozugeo – v 1) submeter-se a jugo desigual ou diferente, estar desigualmente unido; 1a) ter comunhão com alguém que não é semelhante;
Parvoíces - Parvoíce - f. Ato ou dito de parvo. Qualidade ou estado de parvo; Tolice, demência.
- É o ato praticado por um parvo, e parvo é alguém que beira a imbecilidade. É a pessoa que se faz de tola, de burra; que sente prazer em se apresentar como idiota, como simplista; que faz questão que todos percebam que ela é boba, tola.
Parvoíce - n fem - ato pouco inteligente;
Leia o axioma literal proposto por Schopenhauer:
"Polidez é inteligência; consequentemente, impolidez é parvoíce. Criar inimigos por impolidez, de maneira desnecessária e caprichosa, é tão demente quanto pegar fogo na própria casa".
Chocarrice - s.f. Fala jocosa; gracejo, jocosidade. Uma visão enfraquecida do que é realmente a palavra e seu uso[nota deste autor];
Gracejo arrogante, presunçoso; zombaria ou desrespeito. (Etm. de chocarreiro: chocarr + ice)
Em inglês - 'coarse joking' traduzindo seria 'brincadeiras grosseiras'.
Chocarrices - Gracejo petulante, atrevido e grosseiro; deboche. Com a finalidade de diminuir aquele que é alvo desta forma de ação!
Algo que está em ‘moda’ nos dias de hoje.
Alguns sem saber estão dando ‘support’ a mesquinhas atitudes destes provocadores da tristeza alheia e do Espírito Santo de Deus e de Cristo.
É a risada irônica, de mal gosto, provocativa com o objetivo de ridicularizar ou de deixar uma pessoa sem graça.
O comportamento do cristão deve estar sempre voltado para a gentileza, amabilidade, simpatia, cordialidade.
A chocarrice provoca a sensação de desprezo, de rejeição, de reprovação.
O que deveria estar fora da Igreja, enquanto Corpo místico de Cristo.
Paulo escreve por encontrar esta atitude inconveniente como ele mesmo aponta: “...que não convêm...”.
Nota: O uso e a aparente extensão das palavras e sua origem, servirá para que o professor as utilize em sua aula, conforme cada situação;
À adequada informação, para o texto, está porém inserida nas mesmas!
É questão de Padrão de santidade?
Sem dúvida alguma.
Deus emite sinais e fala pelo Seu Filho nestes tempos eclesiásticos, para que a Sua Igreja seja um padrão moral e divinamente inspirada.
Que não seja objeto de comparação com o erro, a hamartia, o errar ao alvo, pois Ela – Igreja – é o novo padrão, mesmo neste Século presente – Sec. XXI;
I Corintios 10:11 Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos.
Culturalmente a atenção demasiada como comportamento de alguém, nos traz dificuldades em manter a ordem, entre os membros de uma comunidade religiosa.
A chocarrice, pode-se dizer é hoje um hábito secularizado, e que se tem espalhado entre a população.
Seja, através de programas, de gente que dispara pretensa honestidade em verdades ditas sem nenhum comprometimento com a própria verdade.
É a maneira de desancar alguém, seja por um tipo de roupa, ou de maneira de agir, de tal forma, que o mesmo vira o chamado ‘memme’ viral nas redes sociais, sem ter como defender-se.
Paulo antevê, este tempo, de nosso século, em que o agente do erro, com língua dobre e sem amor fraternal ataca sem deixar defesa a quem é atacado.
Imaginemos, que se alguém chegar a um encontro da igreja, com uma roupa considerada não na moda, certamente ela/ela será alvo de chacotas, chocarrice.
Todos irão dar risadas e fazer piadinhas.
Quem estabeleceu o que esta ou não na moda?
Muitas vezes vivemos de aparência e com medo de sermos ridicularizados.
Perdemos a liberdade.
A todo tempo somos julgados, observados e senão andamos de acordo com o padrão de moda e beleza, sofremos chacotas.
Mas, a questão não é simplesmente cultural.
É uma questão de padrão moral bíblico da convivência entre os irmãos em Cristo, o padrão é bíblico e não cultural.
Devemos ter cuidado para que a chocarrice não invada nossas reuniões.
Mesmo quando estamos ouvindo uma pregação, alguns tem partido para desafiar, professores em aulas teológicas, alguém que se veste desta, ou daquela maneira!
O porquê deste pedido!
II Corintios 6:14-17 Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei;
Unificando Pensamento e Forma de Agir e Falar!
O Apóstolo Paulo está doutrinando aos efésios, com a finalidade, de trazê-los, a uma vida de regramento espiritual sob a liberdade verdadeira e não sob a falsa liberdade.
Afinal, Paulo está mostrando a diferença entre o comportamento anterior com o atual comportamento inerente a novidade de vida em Cristo!
Paulo incita-os a entender:
A Igreja não é formada por aqueles que frequentam a Igreja.
É neste ponto que veja a similaridade e importância desta Lição em nosso século XXI.
Muitos têm feito da Igreja, um local socialmente confortável, sem dar conta de que esta “koinonia”, é superior em todos os aspectos.
É um local de comunhão, sociabilização espiritual, onde temos afinidades em Dons, revelações, orações e Fé em Jesus Cristo.
Efésios 4:15 Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, É hora de despertarmos, isto, no seio da Igreja!
Todo propósito de nossas reuniões está relacionado com a presença do Cristo!
Sem termos, isto, como um impedimento para o Mandato social antropológico, isto é a convivência comum!
Paulo continua a ministrar à Igreja com fundamentos divinos e diferenciadores de uma reunião sem o cunho da presença do Cristo.
Como Paulo é extremamente cristológico, ele acentua isto em suas prédicas.
O Apóstolo Paulo convoca ou chama a um reconhecer de vida padronizado na moralidade divina - Puro, Santo, Agradável a Deus!
Nós que somos o terceiro povo Humanidade devemos ser padronizados pelo"imitar" à Deus.
"
SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor..."
Contemporaneidade:
Século I - 
Padrão de moralidade raso - um governo romano, desde a Casa Imperial Romana, do Senado, dos ricos; do culto e crenças gregas e idólatras, nos quais, o Gnosticismo impõe separação, da vida física a vida espiritual [incluindo a prostituição cúltica, ou seja, cultos nos quais a prática pagã vivenciava e aceitava as prostitutas, como sacerdotisas do deus pagão].
E não era e não é este o Padrão do Cristão e da Família Cristã.
Corpo, alma e espírito em tudo sejam consagrados a Deus, eis o padrão cristão!

Família, pai, mãe e filhos são Corpo místico e santo de Cristo, não podem agir desta maneira!
Paulo vivia numa sociedade altamente estratificada:

Imperador e Coorte;
Senadores;
"Equites";
Ricos;- 
Homens de negócios;
Aristocratas - locais e politicamente influentes;
Classes inferiores:
Campesinos;
Artesãos;
Comerciantes;
Escravos;
Neste elenco as mulheres se situavam sob o tacão do domínio e monotonia de suas vidas.
Tudo isto ferozmente controlado, com malícia, prostituição, tudo era chave abre-portas.
Ora! Na Igreja, Paulo quer se assegurar que a Família é de Deus e estes hábitos devem ser extirpados....Esta é a visão da Teologia Paulina a ser aplicada nesta Lição!
Efésios 4:13 Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,
O texto a Éfeso é fruto de uma longa estada e observação de Paulo sobre a Igreja de Éfeso., permeada pela característica da Igreja local, que era uma forte motivação para ele: uma comunidade gentio-cristã e com aparente liberdade e autonomia da Sinagoga;
Estas, às vezes, permeada por judeus, ou com inserção da cultura grega[note-se, que em Éfeso há um grande templo de Artemis-Diana, quatro vezes maior, do que o Prthenon em Atenas - At.19], incluindo a cúltica!
Maturidade
O caminho que Paulo quer conduzir a nossa família: Efésios 4:14 Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
É a palavra a ser utilizada, nesta lição.
É a palavra para todos, não só do pastor, mas de todos os cristãos locais.
Só os maduros podem conter a sua fala.
Só os maduros podem suportar uns aos outros.
O maduro não usa de chocarrice com o sentimento alheio.
Só os maduros poderão exercer boa influência, sobre a Igreja.
Os maduros são os que imitaram e alcançaram um padrão dado pelo Apóstolo e por Cristo.
SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados;”.
Os maduros se revestiram.
Efésios 4:24. E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.
Isto é, estão com vestes sobre a natural vestimenta do homem natural.
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo”.
A vestimenta é espiritual e os pode evitar ser atingido por ciladas.
Revestir-se é ser estável de tal maneira, que ao é jogado de um lado para outro, ou de doutrina a doutrinas, sem consequência.
Não ter variação do sentimento em Cristo. “...para que possais estar firmes...”.

O maduro não pode confundir-se com doutrinas emergentes.
É necessário ser revestido. “de toda a armadura de Deus,”.
Tito 2:8-12 Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós. Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente, ss
Conter ações pessoais;
Atos pessoais;
Forma de agir pessoal.
É maduro por dentro e não só na casca! “...estar firmes contra as astutas ciladas do diabo”.
Revestiram-se, de tal forma, que obtém uma nova forma de suportar a ciladas e investidas de Satanás.
Pois, vestiram-se novamente. Tomaram, ganharam, atribuíram [como atributo concedido] a si as características do Paradigma – Cristo!
Efésios 4:32 Antes sede ... benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, ... em Cristo.
Amadurecer é:
Manter a firmeza da fé!
É importante expor o contexto anterior e próximo do capítulo 4, pois, é para mim, uma continuidade doutrinária ao fortalecimento e condutor da necessidade do ensino da Lição, em tela.
Transliterando Ef 5.4. “Não haja obscenidade, nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas ao invés disso, ações de graças”.
Padrão de vida e Família!
Ora!
Este é o padrão para a família.
Imagine se dentro da nossa família não houver isto?
Seria um despautério moral!
Seria uma devassidão total!
Seria uma família sem a presença do Cristo!
Efésios 5.4. "Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças"
O assunto é forte, as palavras são pesadas.
Mas, são estão a nosso dispor nesta lição para que entendamos o momento do Século XXI que estamos vivendo, uma quadra secular de imoralidade e de violência contra a Família.
E, nós somos a família de Deus.
E desta instituição a Bíblia nos alerta: que toma o nome de Cristo!
Alguma atroz é descrito neste texto e nos ensina a não compartilharmos, usando um termo tão em evidencia, que todos já o conhecem.
Mas, nós só compartilhamos aquilo que nos afeiçoa e que nos trás bem-estar, ninguém que compartir coisas que rejeita para si.
É isto que Paulo quer que aprendamos, que Deus quer que ensinemos neste domingo!
Efésios 5:7 Portanto, não sejais seus companheiros.
É por isto que necessitamos fugir de algumas figuras, das quais Paulo nos ensina suas índoles e forma disparatada e até imoral de agir.
Talvez, de forma usual na língua portuguesa, possamos desvirtuar [por isto busquei os étimos] e utilizá-la, apenas e talvez, como a falta de vergonha, o torpe seria o sujeito que não se ruboriza com nada e causa rubor em quem convive com ele.
Mas, no grego, na etimologia podemos ver com clareza o significado de:
- Torpeza, em grego é aischrotes, da raiz aischros.
- vergonha, vil, infâmia, obscenidade, corrupção, baixeza.
E muito mais do que já falamos acima sobre atitudes, como chocarrice, são da mesma ‘família’ de indecentes usos verbais e gramaticais, mas torpeza vai além das inconveniências das piadas sujas e palavreados de baixo calão.
Segundo a definição bíblica, ser uma pessoa torpe é falar e agir no papel do vilão.
É ser aquela pessoa que: "joga sujo", falta com o decoro, desrespeita regras, comete ações vergonhosas, aceita a corrupção e é corruptor. Ser desonesto, amoral, desleal, traidor de confiança, com vista a ter algum privilégio pessoal contra quem age honestamente.
Tome cuidado:
 - O torpe não é amigo de ninguém.
Trecho transliterado e compilado, com edição deste autor de: Eliseu Antonio Gomes.
Proteção.
Ef. 6.11Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo”.
Como Deus é o instituidor da Família e sua Palavra jamais cairá.
Ainda há esperança para a Família no Século XXI.
Há revestimento para a Família.
Embora possa haver desordem nas famílias, possa haver ataques contra a família
Haja guerra dentro das famílias, contudo prevalecerá a Ordem de Deus.
É isto, que vamos continuar estudando nesta Lição.
Amor – Arma e de Ataque e Defesa da Família.
Temos que usar as nossas armas: II Corintios 10:4 Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;
O que estamos enfrentando com nossas famílias, neste século, não é mais do que fortalezas, aparentemente inexpugnáveis, que aos olhos humanos, a Igreja não terá nenhuma chance.

Mas, em Deus nós faremos proezas.
Todo entendimento seja trazido cativo a Cristo, O Cristo exaltado, em Filipenses 2 - e como está escrito: II Corintios 10:5 Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo;
Onde buscar proteção?
A força do cristão e sua família é divina: II Corintios 12:10 Por isso ... nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.
Onde há proteção?
Há uma necessidade de entendermos, que a proteção destes ataques desferidos, de forma virulenta e objetiva é uma cilada, satânica, desde aos tempos da Igreja primitiva.

Efésios 2:2-12 Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo.
15-19. Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades. Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito. Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus;
Nós não somos uma família sem defesa, sem armas, sem Pai.
A Família foi edificada sobre a Palavra do Eterno - Em ti serão benditas todas as Famílias da Terra!
Esta sacrossanta palavra continua sendo a maior defesa da família, mas para podermos exercitá-la devemos nos entender como novas criaturas, como Paulo escreve: Efésios 2:19-20 Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de DeusEdificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;
Portanto, a proteção está garantida
O Que protegerá a família?
Salmos 107:41 Porém livra ao necessitado da opressão, em um lugar alto, e multiplica as famílias como rebanhos.
A obediência, e o Amor sã a chave para continuada proteção, aos ataques.
E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave”.
Qual o destino da Família? Creio que falaremos sobre isto nas próximas Lições e estudos.

De onde veem os ataques contra a Família?
Há uma guerra travada no Mundo, seja o antropológico, quanto no Mundo espiritual e ela vem desde o Éden.
A Criação sofreu e sofre com esta guerra, mas a Coroa da Criação, o Ser Humano, é o alvo de ambos os mundos.
Por um lado o Inimigo de Deus e da Criação procura meios espirituais de desmontar o alicerce familiar:
Por outro lado ele sabe que esta é uma Instituição da federação dos homens, já abençoada, mas procurará atingi-la até a sua derrota final.
Filipenses 1:27-30 Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho. E em nada vos espanteis dos que resistem, o que para eles, na verdade, é indício de perdição, mas para vós de salvação, e isto de Deus. Tendo o mesmo combate que já em mim tendes visto e agora ouvis estar em mim.
O Mundo divino governado por Jesus Cristo, sob os auspícios do Deus Eterno, e com a presença aqui e agora do Espírito Santo, tem conduzido a Igreja, como o agente e gerente espiritual nesta guerra, pela voz de homens comissionados a falarem e avisar, tal qual atalaias, as Famílias da Terra, a arma maior é a Palavra, A Verdade e a Vida, o Verbo Encarnado, que podemos utilizar para vencer esta guerra antropológica e espiritual.
O Deus Criador protege com a Sua Benção Abraâmica a todos quantos, são família e aceitam ao Filho de Seu Eterno Amor - João 3.16 e Colossenses 1:13-20. O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; A quem anunciamos, admoestando a todo o homem, e ensinando a todo o homem em toda a sabedoria; para que apresentemos todo o homem perfeito em Jesus Cristo; E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus.

Os Guias da família estão dentro dela e da Igreja!
Muitas famílias cristãs tem tomado a Igreja, como entidade institucional com o objetivo de lançar sobre a mesma, suas responsabilidades, o que é contraditório, embora o Ministério Apostolar tenha aberto a central assistencial da diakonia, para atender as famílias e necessitados, necessitamos entender, que o cristianismo, pela própria questão do século que vivemos, e permitido por Deus, tem deixado muitos a beira da estrada, contrariamente ao que Tiago preconiza [cap.2], mas o cuidado com os seus, deve envolver, desde a moralidade, a ser controlada pelo sacerdote do lar, a continua atenção a educação cristã e ao aprendizado da Palavra e na severa ajuda a família, sob a ética de que, "quem trabalhe também coma..." e o contradito é válido ainda:
I Timóteo 5:8 Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.
Mas, sempre há tempo de exercitarmos esta palavra e corrigir erros do passado!
Ensinando a Família, a viver sob ataque.
Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência”.
Que ninguém seja simples, em pensar que a família sobreviverá sob o ataque se não se voltar para Deus.
Que ninguém se iluda que os ataques serão cada dia mais fortes.
Mas, temos como nos proteger.
Temos armas, e temos o Filho.
Temos Cristo, temos a Revelação e a Inspiração da Palavra.
Temos um que nos guiará em toda a Verdade: O Consolador – O Espírito Santo, O Espírito da Verdade!
Sermos Imitadores:
II Tessalonicenses 3:6-7 Mandamo-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebeu. Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos desordenadamente entre vós,
I Corintios 11:1 Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo.
Paulo agora ensina a Igreja, que a nossa chamada, neste mundo, consiste em sermos tipo de pessoas conforme o alvo da nossa vida futura - Jesus Cristo:
Corroborado pelo Apóstolo São João - I João 3:2-4 Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade.
Fonte:
Comentário Histórico-Cultural - CPAD
Bíblia Genebra
J.Becker - Apóstolo Paulo - Vida, Obra e Teologia
Pastoreados por Paulo
Apontamentos do autor
e outros indicados no corpo do texto.
Fotos e figuras - Internet
Sandoval Juliano - O Presbítero 

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical