terça-feira, abril 19

CUIDADO COM CERTAS "ESTRELAS". QUEREM ARREBATAR O QUE VOCÊ TEM DE MELHOR...A BÍBLIA LIDA EM FATOS

Estrelas errantes.
Nuvens sem água.
Há no seio da Igreja atual certos movimentos, que se manifestam na atuação, quase ditatorial, de homens sem escrúpulos, que se aproveitam, da credulidade de certa parte da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, para impingir-lhes domínio espiritual.
Esta ação se dá por absurdo domínio na vida espiritual, de crentes, dependentes de uma profecia, de uma revelação, sem a qual não podem viver, trabalhar ou realizar seus sonhos.
São sonhos legítimos, mas que o pouco conhecimento da Graça de Deus, que se tem revelado entre os homens, é descartada, pela mente, dos que tem calosidade na mente espiritual.
Desta, se aproveitam estas nuvens sem águas, mas que trovejam sem parar, assustando os que as seguem.
São nuvens, levadas pelos ventos; Eles andam conforme lhes seja favorável, este ou aquele, local ou evento.Não tem sobre si autoridade Ministerial, aliás, nem as querem, só pensam em ser alvo de adulação e benefício do povo iludido, com suas façanhas.
São árvores sem folhas nem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas; ondas furiosas do mar, espumando as suas próprias torpezas, estrelas errantes, andarilhos do espaço Evangélico, andarilhos do espaço Evangélico, verdadeiros buracos negros do Evangelho, por eles interpretado.
Dos quais, Paulo revela a índole em 2 Tm.3. 1 Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos;pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta-te também desses. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; sempre aprendendo, mas nunca podendo chegar ao pleno conhecimento da verdade.
Dissolução em lugar da Graça.
Eis aí uma posição muito usada por estes, que se utilizam desta forma de agir.
Querem dominar aos crentes, para viverem uma vida dissoluta, sem regras ou doutrina, como na Carta  à Igreja de Pérgamo – Ap.2 – Ou como Pedro escreve em sua 1 Espístola no capítulo 4.4. ‘E acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós;’
Tem muito ligação doutrinária, entre as Epístolas de Pedro e este assunto...
Você deve evitar estes a homens, pois corre o risco de acontecer o previsto por Pedro em 2.2. E muitos seguirão as suas dissoluções...
É uma pena, que as vezes recebamos em nossas ágapes, em nossas celebrações, gente desta estirpe, que conspurcam nossos banquetes espirituais, e deixam um cheiro ácido, no ar da nossa comunhão, maculando nossa união.
Cuidado com eles....
É hora de arrebatar vidas do fogo.
Deus não te deixará tropeçar em tua caminhada...
EPÍSTOLA UNIVERSAL DO APÓSTOLO JUDAS.
Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, amados em Deus Pai, e guardados em Jesus Cristo:
Misericórdia, paz e amor vos sejam multiplicados.
Amados, enquanto eu empregava toda a diligência para escrever-vos acerca da salvação que nos é comum, senti a necessidade de vos escrever, exortando-vos a pelejar pela fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos.
Porque se introduziram furtivamente certos homens, que já desde há muito estavam destinados para este juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de nosso Deus, e negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo.
Ora, quero lembrar-vos, se bem que já de uma vez para sempre soubestes tudo isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu depois os que não creram; aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia, assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se prostituído como aqueles anjos, e ido após outra carne, foram postas como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.
Contudo, semelhantemente também estes falsos mestres, sonhando, contaminam a sua carne, rejeitam toda autoridade e blasfemam das dignidades.
Mas quando o arcanjo Miguel, discutindo com o Diabo, disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar contra ele juízo de maldição, mas disse: O Senhor te repreenda.
Espírito de rebelião:
Feiticeiros e Balaão em nosso meio.
Estes, porém, blasfemam de tudo o que não entendem; e, naquilo que compreendem de modo natural, como os seres irracionais, mesmo nisso se corrompem. Ai deles! Porque foram pelo caminho de Caim, e por amor do lucro se atiraram ao erro de Balaão, e pereceram na rebelião de Coré.
Estes são os escolhidos em vossos ágapes, quando se banqueteiam convosco, pastores que se apascentam a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos; são árvores sem folhas nem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas; ondas furiosas do mar, espumando as suas próprias torpezas, estrelas errantes, para as quais tem sido reservado para sempre o negrume das trevas.
Para estes também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que veio o Senhor com os seus milhares de santos, para executar juízo sobre todos e convencer a todos os ímpios de todas as obras de impiedade, que impiamente cometeram, e de todas as duras palavras que ímpios pecadores contra ele proferiram.
Estes são murmuradores, queixosos, andando segundo as suas concupiscências; e a sua boca diz coisas muito arrogantes, adulando pessoas por causa do interesse.
Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo; os quais vos diziam: Nos últimos tempos haverá escarnecedores, andando segundo as suas ímpias concupiscências.
Estes são os que causam divisões; são sensuais, e não têm o Espírito. Mas vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
E apiedai-vos de alguns que estão na dúvida, e salvai-os, arrebatando-os do fogo; e de outros tende misericórdia com temor, abominação até a túnica manchada pela carne.
Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos ante a sua glória imaculados e jubilosos, ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora, e para todo o sempre. Amém.
e.t. há entre nós, uma plêiade de bons Pregadores e Ministros Itinerantes, que devem e são recebidos, entre a Igreja do Senhor, por suas boas referencias pessoais e ministeriais, homens sob ordem de Ministérios abençoados, e eles mesmos abençoadores da Igrejas, por onde passam...
Glossário e informação:
Servo – doulos – gr.
Doutrina da santificação
Epagonizomai – gr – no sentido de contender em defesa da fé original.
Prographo – antes ordenado – com antecipação profética;Com evidencia, ou evidenciado- significando que a condenação destes já estava determinada e através de exemplos bíblicos anteriores
Ágape – a festa de amor dos cristãos – até ao século IV, neste tempo foram proibidas.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical