sexta-feira, abril 22

NÃO RESTA MAIS SACRIFÍCIO...

Porque Cristo, nossa páscoa, já foi sacrificado.
Gl.2.20. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.
Estas cenas, abaixo mostram a necessidade da iluminação de povos e nações, quanto ao conhecimento de que:Jesus Cristo realizou o sacrifício Único e que nada mais há a ser pago, por aqueles, que aceitam a Jesus.As cenas falam por si só.
A Humanidade dividida em inúmeras crenças, mas com milhões de cristãos, nesta época de Páscoa sua crença.
Muitos encenam a Paixão e Morte de Jesus na cruz do Calvário, como  foi sucesso, o filme de Mel Gibson; não deixa de ser uma maneira de lembrar aos homens a Morte de Cristo e seu vigor eterno.
Até em nossas Igrejas já se encenou a Morte de Cristo, são cenas fortes, que comovem o coração do homem.
O que queremos lembrar é que é necessário lembrar e viver a morte de Jesus Cristo, aceitando-o como Único Salvador, sem necessidade de intermediários...
Mas, os mandamentos deixados por Cristo são:
O Memorial de sua Morte na Ceia;
E o Batismo em águas.  
Morte cruel, mas vicária.
Morte sofrida, mas necessária e profetizada.
Morte prenunciada, e vicária, esta é a Páscoa do homem, que crê em Jesus Cristo, morto na cruz do Calvário, [Gólgota].
Nada mais resta a ser feito, pelos homens para purgar ou pagar seus pecados, nenhum sacrifício é requerido por Deus, O Pai, que deu Seu Filho para morrer por nós.
O escritor da Epístola aos Hebreus demonstra, em conformidade com as Escrituras, assim como toda a Bíblia que só um poderia sofrer pelos pecadores, para que, jamais se oferecesse sacrifícios diante dos céus pelos pecados dos homens.
Esta é a verdadeira Páscoa:
Aceitar o sofrimento de Jesus Cristo na Cruz e recebê-lo como salfífico e único, e bastante para todos os homens.
A lembrança deste sacrifício, não poderá ser utilizada como forma de chegar-se a Deus, ou como objetivo de perdão dos pecados...Está consumado.
Estas palavras são bastante para nós.
Em alguns países homens tem de fato suas mãos cravejadas, num sacrifício anual, o qual o escritor aos Hebreus ensina-nos que não resta mais sacrifício e não é agradável a Deus.
O Autor e Consumador de Nossa Fé!
Consummatum est
Hb.10.10-14. É nessa vontade dele que temos sido santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre.
Ora, todo sacerdote se apresenta dia após dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar pecados;
mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, assentou-se para sempre à direita de Deus,
daí por diante esperando, até que os seus inimigos sejam postos por escabelo de seus pés.
Pois com uma só oferta tem aperfeiçoado para sempre os que estão sendo santificados.
...fitando os olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé, o qual, pelo gozo que lhe está proposto, suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e está assentado à direita do trono de Deus.
Rm.5.8. Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós.
Hb.10.7-10;12. Então eu disse: Eis-me aqui (no rol do livro está escrito de mim) para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tendo dito acima: Sacrifício e ofertas e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem neles te deleitaste [...]É nessa vontade dele que temos sido santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre....havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados...Pois com uma só oferta tem aperfeiçoado para sempre os que estão sendo santificados.
A ENCENAÇÃO DA MORTE DE CRISTO:
NA PÁSCOA SEGUNDO CADA CONTINENTE - OU PAÍS.
 Índia -Vestidos com roupas bíblicas, devotos do Cristianismo encenam as últimas horas de Jesus, em Gauhati, na Índia
 Cristãos carregam cruz gigante em procissão pelas ruas de Quetta, no Paquistão
 Peregrinos carregam cruzes em direção à ilha de Berwick Upon Tweed, na Inglaterra
 Moderno - New York
 Cristãos rezam na Sexta-Feira Santa, na Basílica da Sagrada Família, em Nairóbi, no Quênia
 Encenação:Meninos fotografam atores durante encenação da Sexta-Feira Santa em San Fernando, nas Filipinas
Hb.2.8-9.Mas agora ainda não vemos todas as coisas sujeitas a ele; vemos, porém, aquele que foi feito um pouco menor que os anjos, Jesus, coroado de glória e honra, por causa da paixão da morte, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todos.
Hb.12.2. ...fitando os olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé, o qual, pelo gozo que lhe está proposto, suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e está assentado à direita do trono de Deus.
Consummatum est

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical