sexta-feira, outubro 26

PROFETAS MENORES - ESTUDO CONTINUADO - NOVO GRÁFICO - CURIOSIDADES

PONTOS DETERMINADOS
CURIOSIDADES.
DADOS.
Para melhor entendimento e sistemática de aprendizado [é um conjunto em formação], Leia o link:
Entendendo a Situação Geo-Política da Região de Judá e Israel:
Inserções sobre os Opressores E Dominadores de Israel e de Judá:
-Queda da Assíria em 612 aC .
-Jonas já proferiu sua mensagem de aviso, e Naum foi seguido por Sofonias, que também previu (Sofonias 2:4-15) a destruição da cidade, as previsões que foram notavelmente cumpridas (625 aC ), quando Nínive aparentemente,  foi destruída por um incêndio, e o império Assírio chegou ao fim, um evento que mudou a face da Ásia.
Escavações arqueológicas puseram a descoberto o esplendor de Nínive, em seu apogeu sob Senaqueribe (705 - 681 aC ), Esarhaddon (ou Assur-Akhi-iddina - II Reis 19:37. E sucedeu que, estando ele prostrado na casa de Nisroque, seu deus, Adrameleque e Sarezer, seus filhos, o feriram à espada; porém eles escaparam para a terra de Ararate; e Esar-Hadom, seu filho, reinou em seu lugar.) - ( 681 - 669 aC ), e Assurbanipal ( 669 - 633 aC ).
NOTA:
Apesar de ser doze o número de livros, todo o material literário dos profetas menores é considerado como um só livro no cânon judaico. 
Neste período dos Profetas menores, nós vamos encontrar o povo judeu dividido em dois reinos:
Como já descrito em Estudo anterior, sob o Tema ‘mitte’.
-O Reino do Norte;
-O Reino do Sul;
Também vamos encontrar os Profetas divididos em Profetas Pós-Exílicos e Pré - Exílicos:
Na Terra dos Eventos:

Os deportados começam a perder de vista, o desejo da volta para a Palestina;
Há um sentimento contra Yavé – como um Deus injusto;
Há um abandono da Fé dos antigos [pais], pela nova geração no exílio;
Há, cada vez mais, naturalmente, como acontece com gerações criadas em outro país: envolvimento com a Cultura, Economia e Religião do lugar de Exílio – Babilônia; é necessário destacar bolsões de resistência – Daniel, Ezequiel, etc...
Mensagem:
Restauração de Israel;
Culto a Yavé;
Mensagem de esclarecimento por que aconteceu o exílio;
Lembrar aos exilados mais novos [sociedade judia, no exílio – ver casa de Ezequiel [Ez.8.1. SUCEDEU, pois, no sexto ano, no sexto mês, no quinto dia do mês, estando eu assentado na minha casa, e os anciãos de Judá assentados diante de mim, que ali a mão do Senhor Deus caiu sobre mim.], o pecado dos reis governantes e gerações anteriores pré-exílio, ou durante os governos vassalos.
Características:
Diferentemente dos profetas pré-exílicos, eles registraram [escrevem] primeiro a Mensagem e depois a Pregam, ou a apregoam-na;
            -Voltar a colocar-se sob a vontade de Yavé, para que haja sequencia no Seu Plano;
-Deus deseja restaurar o reino Davídico;
            -Ser de novo um Povo Sant e dócil, confirmar o seu amor para com Yavé e de forma recíproca;
            -Reconstruir, reencenar a História de Israel com Yavé, para perpetuar a mensagem de Yavé.
            -Reeditar a Monarquia Teocrática;
            Período:
O Período da Mensagem escatológica, do Messias que terá em si as melhores qualidades de Davi;
Joel
O nome Joel significa, literalmente, “Jeová é Deus”.
Este é um nome muito comum em Israel, e Joel, o profeta, é especificado como o filho de Petuel. Nada é conhecido a respeito dele ou das circunstância de sua vida. Provavelmente que ele tenha vivido em Judá e profetizado em Jerusalém.
Amós (Am)
Amós - “Aquele eu suporta o jugo”
Profeta pós-exílico – vide gráfico!
Amós, cujo nome significa “Aquele eu suporta o jugo”, era um nativo da pequena cidade de Tecoa, situada nas colinas de Judá, a cerca de 16 km ao sul de Jerusalém.
Originário do Reino do Sul – Judéia – próspera e importante – II Sm. 141-24;II Cr. 11.5-6;
Ele é o primeiro dos assim chamados profetas escritores, ou literários, do séc. VIII aC.
Os outros incluem Oséias a Israel e Miqueias e Isaias a Judá. Amós rejeitou treinamento como um profeta profissional, admitindo que ele era um pastor de ovelhas e cultivador de sicômoros.
Um Profeta fora dos padrões, um ‘não-profeta entre os profetas’, Amós foi chamado para entregar a mensagem de Deus ao Reino do Norte, Israel.
O País estava em segurança.
Denuncias:
Pecado – 5-7;10.17;
Injustiça;
Maldade do reino do Norte;
Mensagem:
Condenação; 5.21-27
Possibilidade de conversão;possibilidade da Reversão do juízo, pelo arrependimento, conversão [metanóia]  e nova vida;
Perdão de Yavé;
Característica pessoal como profeta:
Desaparece do Cenário bíblico, após profetizar;
Obadias (Ob)
Obadias - “Servo/adorador de Jeová”
O profeta é conhecido somente como Obadias, “Servo/adorador de Jeová”. Nenhuma outra informação está disponível a respeito dele.
Data
O fundo histórico da destruição de Jerusalém coloca a data da profecia de Obadias logo após 586 aC, o ano no qual a cidade sagrada foi derrotada pelos babilônios. A mensagem foi, provavelmente, dada durante o período do exílio de Judá, quando Obadias alerta Edom sobre a vingança de Deus, que estava se aproximando, e assegura a Judá quanto ao contínuo cuidado do Senhor.
Jonas (Jn)
Jonas - "pomba" – minha nota: a pomba do mar ou da águas -; Tal qual a pomba da Arca, ele não queria pousar sobre cadáveres espirituais - humanos; Osvarela
Como indicado em 2Rs 14.25, Jonas era filho de Amitai e um nativo de Gate-Hefer, um vilarejo situado a 5 Km em direção ao nordeste de Nazaré, dentro das fronteiras tribais de Zebulom.
O destinatário da revelação do Senhor é Jonas ("pomba"), filho de Amitai ("Fiel" ou "fiel"). Esta designação identifica o profeta como o caráter histórico de 2 Reis 14:25, que proclamou que Jeroboão II (793-753 a. C.) Iria recuperar território da Síria para o norte.
Há alguns que consideram a existência, e/OU Contraste da Mensagem de Jonas, com o período do reino de Jeroboão, comparando-as, com as palavras de Amós e Oséias, que profetizaram durante o período de declínio espiritual de Israel na última parte do mesmo século.
Introdução:
Data e ocasião.
1:1-2:10 O livro do profeta Jonas se divide em duas divisões principais, cada uma introduzida pela frase: "Agora a palavra do Senhor veio a Jonas. "
A primeira divisão compreende duas secções: a chamada, voo/viagem [pomba] e julgamento de Jonas (cap. 1), e o salmo ação de graças (cap. 2).
1:1-17 Desobediência de Jonas para a comissão como um profeta para ir a Nínive, segredo não nos revelado - a razão de Jonas para fugir de Deus (que não é revelado até 4:2).
Demonstração da ação de salvar vidas, na atividade profética de Jonas:
- O profeta de Deus é julgado, mas os gentios são poupados, o que antecipa a resposta e a vida poupada dos moradores de Nínive – ninivitas -.
Modelo de Chamada ao trabalho Profético:
1:1 E veio a palavra do Senhor a Jonas.
Há variações, deste texto utilizado por volta de 112 vezes no Antigo Testamento para descrever a entrega de uma mensagem divina de um profeta.
Dentre aqueles que sustentam outro autor, que não seja Jonas, alguns datam o livro na segunda metade do séc. VIII ou no início do século VII, baseado nas datas pós-exílica, após a destruição de Nínive em 612 aC.
Profetizando durante o reinado de Jeroboão II e precedendo imediatamente Amós;
Característica:
Forte nacionalista;
Politicamente: um amante leal de Israel; um patriota comprometido.
Pela consciência da destruição que os assírios haviam feito em Israel através dos anos.
Único profeta evangelista e Missionário trans-cultural:
Ele foi o único profeta mandado para pregar aos gentios.
Caráter:
-obstinado,
-irritado,
-mal-humorado,
-impaciente
-Sectário; viver somente com seu clã.
-Religioso.
Ele professava um temor ao Senhor como Deus do céu, o Criador do mar e da terra.
Religioso Não praticante:
Desobediente- desobediência intencional;
Relutante em cumprir o seu chamado:
- relutante obediência;
Irado e vingativo:
- a sua ira sobre a extensão de misericórdia aos ninivitas = incoerência na aplicação da sua fé.
A história termina sem indicar como Jonas respondeu à exortação e à lição objetiva de Deus.
Miquéias (Mq)
Autor: Miquéias - “Quem, ó Deus, é semelhante a ti”
Contemporâneo de profeta maior:
Profeta Isaías
Profeta menor:
-Oséias
Época em que viveu:
A situação era dramática para Judá;
Os assírios haviam invadido sua região de origem;
Foi obrigado ir para a Capital do Reino - Samaria – II Rs 17.20;
Miquéias foi contemporâneo de Isaías, no séc. VIII aC.
Ambos concentraram seu ministério no Reino do Sul, Judá, incluindo Samaria (Israel) e “as nações” no objetivo das suas profecias. Durante alguns anos, no começo da sua carreira, Miquéias foi, também, contemporâneo de Oséias, um profeta que morava no Reino do Norte. Miquéias viveu numa cidade localizada a cerca de 32 km a sudoeste de Jerusalém e profetizou principalmente naquela região.
O Nome de Miquéias pressupõe uma semelhança com o Senhor: “Quem, ó Deus, é semelhante a ti”.
Segundo Keil seu ministério durou de 60 a 65 anos. Isso parece ser confirmado pelo próprio texto sagrado: “Palavra do SENHOR que foi dita a Oseias, filho de Beeri, nos dias de Uzias, Jotão, Acaz, Ezequias, reis de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel” (Os 1.1). A soma dos anos desses quatro reis de Judá são 113 anos. Jeroboão II reinou 40 anos (2 Rs 14.23) entre 793-753. Se Oseias começou seu ministério no final do reinado de Uzias e alcançou pelo menos os primeiros anos de Ezequias, fica claro que Oseias exerceu seu ministério por tempo prolongado. 
Hengstenberg ("Christologic des Alten Testaments," i. 475) e Keil ("Lehrbuch der Historisch-Kritischen Einleitung in die Schriften des Alten Testaments," §§ 92, 93);
Isidoro Singer, M. Seligsohn, Solomon Schechter, Emil G. Hirsch Enciclopédia Judaica, publicada entre 1901-1906.
Outras fontes:
Vivos
Bíblia Plenitude
Apontamentos e Estudos do próprio autor
Setad-SP
Outras fontes serão citadas ao longo deste Estudo Sistemático.
TBAT - IPMackenzie - Pós-Graduação

2 comentários:

Ailton Silva disse...

muito bom

Anônimo disse...

Diferente e due facil compreençao

Seguidores

Share it

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical

Notícias

Loading...