segunda-feira, outubro 15

PROFETAS MENORES UMA SÍNTESE E DESTAQUES - CRONOLOGIA - CONTINUA - ATENÇÃO CORREÇÃO!*

O Movimento profético é um fator diferenciado na vida do povo de Deus – Israel [Os Hebreus – povo semita].

Veremos neste estudo, de trimestre que a atuação dos profetas, dito, menores, é eficaz, como voz de alerta de Javé a seu povo.
Iniciando ainda num período de produtividade e benção e incluindo, num período de exílio e derrota, tanto cultural, espiritual e material e econômica.
O chamado Profetismo, na forma como o entendemos, tem como pai o grande profeta Samuel.
Havia escrito que não me deteria sobre o significado, mas lanço nesta extensão do ensino trimestral, com o significado e etimologia do termo: Profeta!
Assim, encontramos, que profeta é chamado de Nabi, expressão que vem do Acádico[ou acadiano] ‘Nabu’:
-proclamar, gritar, mensageiro (por analogia).
Todas estas traduções estão no sentido ativo, mas no passivo pode ter o sentido de chamado de Deus.
No grego a palavra correlata foi ‘profetes’ que significa mensageiro dos deuses, aquele que prediz, que anuncia antes de acontecer.
A profecia no Antigo Israel tem relações com a profecia em seu entorno social e cultural tanto na Palestina como no Crescente fértil [qv].
Vamos encontrar os Profetas divididos em Profetas Pós-Exílicos e Pré-Exílicos:
Esta profecia de Israel pode ser dividida em profecia:
-clássica ou pré-exílica, exílica e pós-exílica.
Podemos anda dividi-la em: profecia, escatologia e apocalíptica.
Esta profecia tem várias funções dentro da literatura: anúncio, denúncia, visão, etc.
Os profetas escritores começam a escrever suas visões, parábolas, denúncias no século VIII a.C. Eles pregaram por escrito.
A atividade Profética e o Seu Objetivo:
Os profetas eram reformadores sociais.
Denuncia
-corrupção,
-o abuso das forças dos reis,
-do roubo e dos juízes subornados,
-denunciaram as injustiças sociais e econômicas.
Por isso, não falaram, mas escreveram.
As acusações dos profetas não foram apenas para os reis, sacerdotes, juízes e oficiais do templo.
A principal denúncia:
Sendo o povo hebreu, um povo escolhido por Jeová, - O Senhor Deus de Israelאדני יהוה אלוהי ישראל - o povo deveria andar segundo o conselho e ensino da sua Lei.
Entretanto, nas diversas quadras da História hebraica encontramos o povo vacilante e seguindo a outros deuses, mesmo que indo após seus diversos reis e capitães, em caminho de desvio espiritual.
Por isto, a denúncia é principalmente contra o povo.
O povo é idolatra, adora outros deuses, vai atrás de deuses dos povos vizinhos e provocam o zelo, ciúme de YHWH.
O Simbolismo:
O simbolismo é um atrativo e uma característica no profetismo hebreu:
- Um profeta é boiadeiro do Sul e prega sua mensagem no Norte. [1 AS palavras de Amós, que estava entre os pastores de Tecoa, as quais viu a respeito de Israel, nos dias de Uzias, rei de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel, dois anos antes do terremoto.]
- Outro profeta anda nu para anunciar a sua mensagem.
-Um outro ainda compra um terreno para fazer dele o seu túmulo.
-Outro fala da medida do templo que será construído.
-Outro é instado por Jeová – O Senhor Deus – a casar-se com uma mulher da prostituição; Os.1.2. O princípio da palavra do SENHOR por meio de Oséias. Disse, pois, o SENHOR a Oséias: Vai, toma uma mulher de prostituições, e filhos de prostituição; porque a terra certamente se prostitui, desviando-se do SENHOR. disse a Amós: Vai-te, ó vidente, e foge para a terra de Judá, e ali come o pão, e ali profetiza;
7.13-15. Mas em Betel daqui por diante não profetizes mais, porque é o santuário do rei e casa real. E respondeu Amós, dizendo a Amazias: Eu não sou profeta, nem filho de profeta, mas boiadeiro, e cultivador de sicômoros. Mas o SENHOR me tirou de seguir o rebanho, e o SENHOR me disse: Vai, e profetiza ao meu povo Israel.
-Outro sofre queimadura sobre a sua calva cabeça para Deus lhe dizer o objetivo salvifico do povo, ao qual ele tem que anunciar a mensagem. Jn.4.4-11. E disse o SENHOR: Fazes bem que assim te ires? Então Jonas saiu da cidade, e sentou-se ao oriente dela; e ali fez uma cabana, e sentou-se debaixo dela, à sombra, até ver o que aconteceria à cidade. E fez o SENHOR Deus nascer uma aboboreira, e ela subiu por cima de Jonas, para que fizesse sombra sobre a sua cabeça, a fim de o livrar do seu enfado; e Jonas se alegrou em extremo por causa da aboboreira. Mas Deus enviou um verme, no dia seguinte ao subir da alva, o qual feriu a aboboreira, e esta se secou.E aconteceu que, aparecendo o sol, Deus mandou um vento calmoso oriental, e o sol feriu a cabeça de Jonas; e ele desmaiou, e desejou com toda a sua alma morrer, dizendo: Melhor me é morrer do que viver. Então disse Deus a Jonas: Fazes bem que assim te ires por causa da aboboreira? E ele disse: Faço bem que me revolte até à morte. E disse o SENHOR: Tiveste tu compaixão da aboboreira, na qual não trabalhaste, nem a fizeste crescer, que numa noite nasceu, e numa noite pereceu; E não hei de eu ter compaixão da grande cidade de Nínive em que estão mais de cento e vinte mil homens que não sabem discernir entre a sua mão direita e a sua mão esquerda, e também muitos animais?
Anunciavam assim que Deus é o único Deus de Israel e que exige de seu povo a fidelidade.
A Profecia E Sua Anunciação:
-Pregação. Na. 3  O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em poder, e ao culpado não tem por inocente; o SENHOR tem o seu caminho na tormenta e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés.
-Ensino. Hb. 2.2.  Então o SENHOR me respondeu, e disse: Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo.  Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará. Eis que a sua alma está orgulhosa, não é reta nele; mas o justo pela sua fé viverá.
-Exortação. Ag. 1.4.  Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta?5  Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos.
-Anuncio do Juízo. Sf.1. 2-6  Hei de consumir por completo tudo de sobre a terra, diz o SENHOR. Consumirei os homens e os animais, consumirei as aves do céu, e os peixes do mar, e os tropeços juntamente com os ímpios; e exterminarei os homens de sobre a terra, diz o SENHOR. E estenderei a minha mão contra Judá, e contra todos os habitantes de Jerusalém, e exterminarei deste lugar o restante de Baal, e o nome dos sacerdotes dos ídolos, juntamente com os sacerdotes; E os que sobre os telhados adoram o exército do céu; e os que se inclinam jurando ao SENHOR, e juram por Milcom; E os que deixam de andar em seguimento do SENHOR, e os que não buscam ao SENHOR, nem perguntam por ele.
Os profetas não pregavam a moral e sim a ética dos patriarcas:
- Oséias, Amós, Miquéias, etc.
Palavra de YHWH, e assim diz o Senhor [PALAVRA do SENHOR, que foi dirigida a Joel, filho de Petuel.], são as expressões ou termos no original para a palavra profética destes porta-vozes da palavra – anúncio de Deus.
Assim por diante, temos muitas ações simbólicas anunciadas profeticamente.
Por isto é necessário o aluno entender, a situação político-histórica do cenário do ambiente dos Profetas menores, que estudamos, neste 4º Trimestre.
Entendendo a Situação Geo-Política da Região de Judá e Israel:
Nesta Lição necessitamos entender, a situação, na qual o povo de Deus se encontra.
Neste período dos Profetas menores, nós vamos encontrar o povo judeu dividido em dois reinos:
*ITEM CORRIGIDO- 00:15hs -16/10/2012.
Primeiro:
Dividido em dois Reinos:
*Reino do Norte Israel, capital Samaria.Malḫut YisraʾEl -  מַלְכוּת יִשְׂרָאֵל
Cidade de Siquém por 5 anos. Depois - Penuel e Tirsá.
A Capital definitiva Samaria.

Situada a meio caminho do Jordão ao Mediterrâneo, ao oriente da planície de Sarom, no alto de um monte, protegida.
Omri, rei de Israel, a edificou após comprar o monte de Samaria a Semer por dois talentos de prata (1 Rs 16.24).
Vários reis empreenderam muitas obras na cidade de Samaria para a tornarem forte, bela, e rica.
Acabe construiu uma casa de marfim (1 Rs 22.39)
Profeta Menor:
- e o profeta Amós descreve a cidade como sendo a sede do luxo e efeminação (Am 3.15 - 4.1,2).

*E Reino do SulJudácom capital em Jerusalém;
REIS DO PERÍODO DA DIVISÃO.
Períodos em Anos aC.
Reis com autoridade;
Reis vassalos;
Reis rebeldes;
Reis aliados contra o Império Assírio
Posteriormente, no Exílio Final contra os Reis da Babilônia - Nabucodonosor.

Reis do Reino do Norte. 
Após a morte de Salomão
922–901 Jeroboão I
901–900 Nadab
900–877 Baasa
877–876 Elá
876 Zimri
876–869 Omri
869–850 Acab
850–849 Ocozias
849–842 Jorão
842–815 Jeú
815–801 Joacaz
801–786 Joás
786–746 Jeroboão II
746 Zacarias
745 Salum
745–738 Menaém
738–737 Pecaías
737–732 Peca
732–722 Oséias
Reis do Reino do Sul, após a morte de Salomão
931 - 913 - Roboão, filho de Salomão
913 - 911 - Abias
911 - 870 - Asa
870 - 848 - Josafá
848 - 841 - Jeorão
841 - Acazias -
841 - 835 - Atália (rainha usurpadora)
835 - 796 - Joás
796 - 781 - Amazias
781 - 740 - Uzias
740 - 736 - Jotão
736 - 716 - Acaz
716 - 687 - Ezequias
687 - 642 - Manassés
642 - 640 - Amom
640 - 609 - Josias
609 - Jeoacaz
609 - 598 - Jeoaquim
598 - Joaquim
598 - 587 - Zedequias

Observação - há que se compatibilizar as Datas e períodos, conforme o entendimento da linha de Estudo Cronológico, ou por Personagens e Fatos nas Narrativas, sem prejuízo da Canonicidade do Texto Escriturístico!
Na Terra dos Eventos:
Os deportados começam a perder de vista, o desejo da volta para a Palestina;
Há um sentimento contra Yavé – como um Deus injusto;
Há um abandono da Fé dos antigos [pais], pela nova geração no exílio;
Há, cada vez mais, naturalmente, como acontece com gerações criadas em outro país:
-Envolvimento com a Cultura, economia e religião do lugar do Exílio – Babilônia; nos é necessário destacar bolsões de resistência – Daniel, Ezequiel, etc...
Mensagem:
-Restauração de Israel;
-Culto a Yavé;
-Mensagem de esclarecimento por que aconteceu o Exílio;
-Lembrar aos exilados mais novos [sociedade judia, no exílio – ver casa de Ezequiel], o pecado dos reis governantes e gerações anteriores pré-exílio, ou durante os governos vassalos.
Características:
Diferentemente dos profetas pré-exílicos, eles registraram [escrevem] primeiro a Mensagem e depois a Pregam, ou a apregoam-na;
        Voltar a colocar-se sob a vontade de Yavé, para que haja sequencia no Seu Plano;
Deus deseja restaurar o reino Davídico;
        Ser de novo um Povo Santo e dócil;
Confirmar seu amor para com Yavé e de forma recíproca;
        Reconstruir, reencenar a História de Israel com Yavé, para perpetuar a mensagem de Yavé;
        Reeditar a Monarquia Teocrática;
         Período:
O Período da Mensagem escatológica, do Messias que terá em si as melhores qualidades de Davi;
Aqui é necessário entender a diferença entre Tipo e Antítipo:
Tipo – é terreno e imperfeito;
Antítipo – é perfeito e divino, sendo a consumação do tipo na perfeição divina;
Exemplo:
-José e Jesus.
-Davi e Jesus.
-O mordomo de Abraão, Eliezer e o Espírito Santo.Continua...

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical