sábado, novembro 3

ATUALIZADA - LIÇÃO 05-CPAD-OBADIAS - O PRINCÍPIO DA RETRIBUIÇÃO E NOVO GRÁFICO - REIS E PROFETAS


OBADIAS – O PRINCÍPIO DA RETRIBUIÇÃO.
Lição 05-CPAD                                                                               Pr.Osvarela


Queda de Jerusalém:
- não resta dúvida de que se trata da queda de Jerusalém nas mãos dos caldeus em 587 [586 aC –utilizado por este escritor no gráficos anexos] a.C.
Época aproximada em que o autor viveu, já que este livro encontra dificuldades de alocar na Linha do empo, por parte de alguns estudiosos.
Talvez tenha escrito quando os acontecimentos aos quais alude eram ainda recentes, isto é, na primeira metade do séc. VI a.C.
Contemporâneo de Jeremias e de Ezequiel.
Aludimos que se tenha o entendimento de não  identificá-lo, como antigamente os  judeus e cristãos, o fizeram com: Abdias, mordomo do rei Acab, que tanto se esforçou em favor dos profetas.
Texto áureo:

Obadias 1:15.

Porque o dia do SENHOR está perto, sobre todos os gentios; como tu fizeste, assim se fará contigo; a tua recompensa voltará sobre a tua cabeça.

Texto da Lição:

Obadias 1:1-4;15-18

VISÃO de Obadias: Assim diz o Senhor DEUS a respeito de Edom: Temos ouvido a pregação do SENHOR, e foi enviado aos gentios um emissário, dizendo: Levantai-vos, e levantemo-nos contra ela para a guerra.
Eis que te fiz pequeno entre os gentios; tu és muito desprezado.
A soberba do teu coração te enganou, como o que habita nas fendas das rochas, na sua alta morada, que diz no seu coração: Quem me derrubará em terra?
Se te elevares como águia, e puseres o teu ninho entre as estrelas, dali te derrubarei, diz o SENHOR.
Porque o dia do SENHOR está perto, sobre todos os gentios; como tu fizeste, assim se fará contigo; a tua recompensa voltará sobre a tua cabeça.
Porque, como vós bebestes no meu santo monte, assim beberão também de contínuo todos os gentios; beberão, e sorverão, e serão como se nunca tivessem sido.
Mas no monte Sião haverá livramento, e ele será santo; e os da casa de Jacó possuirão as suas herdades.
E a casa de Jacó será fogo, e a casa de José uma chama, e a casa de Esaú palha; e se acenderão contra eles, e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú, porque o SENHOR o falou.
 

Lugar:
Bozra, ou Botsra, Botzrah, Bozrah (em hebraico: בצרה) é uma antiga cidade bíblica ao sul do atual Jordão, hoje Bouseira entre Tafilah (Tophel) e Shobak.
História: Bozra foi a capital de Edom. De acordo com o Velho Testamento, a cidade foi a terra natal do irmão gêmeo de Jacó, Esaú. 
Bozra significa "curral de ovelhas" e foi uma cidade pastoral no suldeste do Mar Morto em Edom.
Data:
O fundo histórico da destruição de Jerusalém coloca a data da profecia de Obadias logo após 586 aC [vide gráfico, deste autor], o ano no qual a cidade sagrada foi derrotada pelos babilônios. 
A mensagem foi, provavelmente, dada durante o período do exílio de Judá, quando Obadias alerta Edom sobre a vingança de Deus, que estava se aproximando, e assegura a Judá quanto ao contínuo cuidado do Senhor.
Edom – pode ser:
A área geográfica, que ainda hoje podemos ver ao visitar a região, ao sul do Mar Morto;
Como, no caso se trata dos descendentes de Esaú, Edomitas ou Idumeus, primogênito de Isaque e Rebeca, que habitaram aquela região.
Esaú ou Seir, ou Hor.
Strong - 0122 אדם ’adom
procedente de 119; DITAT - 26b; adj
1) vermelho, ruivo (referindo-se a homem, cavalo, novilha, roupa, água, lentilhas)
0123 אדם ’Edom ed-ome’ ou (forma completa) אדום ’Edowm ed-ome’
procedente de 122; DITAT - 26e, grego 2401 Ιδουμαια; n pr m
Edom = “vermelho”
1) Edom
2) Edomita, idumeu - descendentes de Esaú
1) Edomita
0131 אדמים ’Adummiym
plural de 121; n pr loc
Adumim = “avermelhado: aquietados?”
1) passagem ou cordilheira de montanhas, a oeste de Gilgal
Strong - 0132 אדמני admoniy אדמוני admowniy
procedente de 119; DITAT - 26h; adj
1)   vermelho, ruivo (referindo-se a Esaú quando criança);
2)   0464 אליפז Eliyphaz
3)   procedente de 410 e 6337; n pr m
4)   Elifaz = “meu Deus é ouro (de boa qualidade)
5)   1) filho de Esaú, pai de Temã
Introdução e Desenvolvimento do Tema:
A história semítica, notadamente a de Israel como é chamada a casa de Judá em termos gerais, é fruto de dissensões seculares, milenares, devido à atuação do mal, no interior da família.
Sendo assim, encontramos, a dualidade e divisão e escolha ou partido entre os próprios pais semitas.
Isaque e Rebeca iniciaram um processo interior, que originou a divisão da família.
Muito embora, quando recorremos, ao fator:
Soberania Divina, podemos entender melhor esta questão.
O Apóstolo Paulo nos explica e expõe, sobre o processo da escolha: Romanos 9:25-13. Como também diz em Oséias: Chamarei meu povo ao que não era meu povo; E amada à que não era amada. E não somente esta, mas também Rebeca, quando concebeu de um, de Isaque, nosso pai;
Porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama),
Foi-lhe dito a ela: O maior servirá o menor.
Como está escrito: Amei a Jacó, e odiei a Esaú.
Mas, a contribuição paterna ou materna, serviu de modulação ao descompasso familiar, que gerou a cisão entre os seus dois únicos filhos.
Temos:
-Ganância
-Engano
-Dissimulação
Mas temos também benção;
E perdão;
Ezequiel 25:12. Assim diz o Senhor DEUS: Porquanto Edom se houve vingativamente para com a casa de Judá, e se fez culpadíssimo, quando se vingou deles;
Mas, ao longo do tempo os edomitasos vermelhos, ou ruivos, se esqueceram destas coisas e endureceram seu coração quanto aos seus consanguíneos.
O texto ressalta o erro:
- “Edom ...se fez culpadíssimo”
Não os deixando passar por suas terras, na caminhada da Libertação do Egito:
Na Caminhada à ‘Possessão’ divina prometida, aos seus antepassados: Deuteronômio 2:1-8. DEPOIS viramo-nos, e caminhamos ao deserto, caminho do Mar Vermelho, como o SENHOR me tinha dito, e muitos dias rodeamos o monte Seir.
Nota: havia uma dificuldade, não explicada, no texto, em transpassar a região de Edom!
Tendes rodeado bastante esta montanha; virai-vos para o norte.
E dá ordem ao povo, dizendo: Passareis pelos termos de vossos irmãos, os filhos de Esaú, que habitam em Seir; e eles terão medo de vós; porém guardai-vos bem.
Não vos envolvais com eles, porque não vos darei da sua terra nem ainda a pisada da planta de um pé; porquanto a Esaú tenho dado o monte Seir por herança.
Passando, pois, por nossos irmãos, os filhos de Esaú, que habitavam em Seir, desde o caminho da planície de Elate e de Eziom-Geber, nos viramos e passamos o caminho do deserto de Moabe.
Pior, se aproveitaram para, em tempos de guerra de inimigos de Israel; se aproveitaram para coagir seus irmãos.
Para saquearem suas tendas e terras e suas mulheres, sem perdão.
Deus precavera a Jacó – Israel sobre esta situação:
Deuteronômio 2:7-8. Pois o SENHOR teu Deus te abençoou em toda a obra das tuas mãos; ele sabe que andas por este grande deserto; estes quarenta anos o SENHOR teu Deus esteve contigo, coisa nenhuma te faltou.
Passando, pois, por nossos irmãos, os filhos de Esaú, que habitavam em Seir, desde o caminho da planície de Elate e de Eziom-Geber, nos viramos e passamos o caminho do deserto de Moabe.
Os edomitas sabiam que a Benção estava com Jacó.
Que tudo que Jacó tinha era dádiva de Deus!
Da fragilidade daqueles que trilharam a trilha, seca e quente do deserto.
Mesmo assim, não pouparam a seus irmãos.
Chega então a hora da Retribuição.
Não de Jacó, mas de Yavé.
1.Assim diz o senhor Jeová, a respeito de Edom!
É esta a visão obadiana, que vamos encontrar neste livro em destaque.
Note a texto escriturístico:
Obadias 1:10. Por causa da violência feita a teu irmão Jacó, cobrir-te-á a confusão, e serás exterminado para sempre.
Obadias, ao dividirmos o livro em duas partes, no mínimo, fala primeiramente, da situação de dom, ao se ligar, juntar e se confederar, em Confederações de Inimigos do Povo de Deus, com intuito de destruir o sangue de Jacó, da Casa de Judá.
Cegos quanto a promessa, toscamente lançada sobre Jacó, mesmo assim, confirmada por Deus, conforme texto paulino, anterior acima.
Chega o Momento da Retribuição:
Soberba – é o pecado que Jeová julga e foi o resultado final e fatal do erro de Edom.
Os Edomitas, em si mesmo foram fortes, talvez pela benção secundária dada por seu pai Isaque: Deuteronômio 2:22. Assim como fez com os filhos de Esaú, que habitavam em Seir, de diante dos quais destruiu os horeus, e eles os lançaram fora, e habitaram no lugar deles até este dia;
Calculou mal, esperou que já mais fosse pego por seus erros, contra seu Irmão Jacó.
Deuteronômio 2:20. Também essa foi considerada terra de gigantes; antes nela habitavam gigantes, e os amonitas os chamavam zamzumins;
A sua arrogância prevalecia, contando com a ajuda de seus aliados, mas a Justiça usará os mesmo contra Edom.
OS INIMIGOS CONFEDERADOS:
Amonitas [Amós], Moabitas, Caftorins, Amorreus, Siom, Rei de Hesbom.
Aqui nesta quadra histórica, eles transpassaram os portões de Jerusalém, junto com os inimigos de Jeová para pilharem a cidade Santa.
Edom armou emboscadas contra Jacó;
Bloqueou as estradas nas encruzilhadas para impedir o trajeto e defesa de Jacó contra seus inimigos;
1. O orgulho e a ousada confiança que depositam na posição geográfica, defendida pelos fortes baluartes naturais de seu país (vv. 2-9).
2. Sua cumplicidade e alegria feroz a quando da desgraça dos hebreus (vv. 10-15).
No ano da destruição dos Muros de Jerusalém, 586 aC caído diante dos babilônicos, o Rei Zedequias, que contrario as profecias ditas pelos Atalaias de Javé, se sublevou contra Nabucodonosor, foi impedido de caminhar, sendo capturado, nas planícies de Jericó, segundo os estudiosos da arqueologia e geografia bíblica, pelas tranqueiras e bloqueios montados pelos Edomitas.
Esta tática de guerrilha fez a dor e a destruição de Judá ser maior e mais elevada em perdas humanas e bens.
Salmos 137:3-9.Pois lá aqueles que nos levaram cativos nos pediam uma canção; e os que nos destruíram, que os alegrássemos, dizendo: Cantai-nos uma das canções de Sião.Ah! Filha de Babilônia, que vais ser assolada; feliz aquele que te retribuir o pago que tu nos pagaste a nós. Feliz aquele que pegar em teus filhos e der com eles nas pedras.
E Ezequiel 35:12-15. E saberás que eu, o SENHOR, ouvi todas as tuas blasfêmias, que proferiste contra os montes de Israel, dizendo: Já estão assolados, a nós nos são entregues por pasto.Assim vos engrandecestes contra mim com a vossa boca, e multiplicastes as vossas palavras contra mim. Eu o ouvi. Assim diz o Senhor DEUS: Quando toda a terra se alegrar eu te porei em desolação. Como te alegraste da herança da casa de Israel, porque foi assolada, assim te farei a ti; assolado serás, ó monte Seir, e todo o Edom, sim, todo ele; e saberão que eu sou o SENHOR.
Nas Escrituras proféticas, temos:
1-   O Dia como:
2-   Acontecimento, como a invasão de Israel por poderes estrangeiros  - Amós-;
3-   A temerosa praga de Gafanhotos, dita por Joel;
Para a Igreja, há um entendimento exegético, mais amplo que inclui a literalidade, com cumprimentos proféticos de fatos escatológicos, ao longo das Escrituras Vetero e Neotestamentária.
É por isto que precisamos entender esta lição de que chegará para todo aquele que não cumprir o que Deus determina como Justiça, “O Dia”, e ai daquele que assim este dia o alcançar!
Dia do Senhor é utilizado nas Vetero Escrituras como:
Chegou o Dia do Senhor:
O Dia;
Aquele Dia;
O Dia Do Senhor.
Termo que aparece oito [8] vezes dos vs8-14.
-um tempo na história da humanidade, quando deus intervém diretamente para levar a Salvação, para retribuir a maldade, com castigo aos rebeldes a Justiça e estabelecimento de Sua Palavra.
Esaú inflou-se pela ajuda e apoio, aos seus confederados, e do que recebeu em troca: ‘proteção’ e apoio para se manter, como nação.
Muitos tem se estabelecido, mesmo entre nós, com a ajuda de outrem que lhes dão apoio, para crescer, muitas das vezes em campo já estabelecido e confirmado por Deus.
Saibam todos, que assim agem, que chegará um dia um Emissário, ou Embaixador, com notícias como chegou a Edom!
Os que apoiavam a Edom, a Esaú, se confederam contra ele, provocados pela lei da Justiça.
É chegada a hora da retribuição, pela falta de cumprimento do Perdão:
Gênesis 33:1-15
E LEVANTOU Jacó os seus olhos, e olhou, e eis que vinha Esaú, e quatrocentos homens com ele. Então repartiu os filhos entre Lia, e Raquel, e as duas servas.
E disse Esaú: De que te serve todo este bando que tenho encontrado? E ele disse: Para achar graça aos olhos de meu senhor.
Depois levantou os seus olhos, e viu as mulheres, e os meninos, e disse: Quem são estes contigo? E ele disse: Os filhos que Deus graciosamente tem dado a teu servo.
Então Esaú correu-lhe ao encontro, e abraçou-o, e lançou-se sobre o seu pescoço, e beijou-o; e choraram.
Toma, peço-te, a minha bênção, que te foi trazida; porque Deus graciosamente ma tem dado; e porque tenho de tudo. E instou com ele, até que a tomou.
Assim voltou Esaú aquele dia pelo seu caminho a Seir.
E Esaú disse: Permite então que eu deixe contigo alguns da minha gente. E ele disse: Para que é isso? Basta que ache graça aos olhos de meu senhor.
Pelo acinte Aquele a quem Deus abençoou:
Gênesis 35:1-10
DEPOIS disse Deus a Jacó: Levanta-te, sobe a Betel, e habita ali; e faze ali um altar ao Deus que te apareceu, quando fugiste da face de Esaú teu irmão.
E edificou ali um altar, e chamou aquele lugar El-Betel; porquanto Deus ali se lhe tinha manifestado, quando fugia da face de seu irmão.
E apareceu Deus outra vez a Jacó, vindo de Padã-Arã, e abençoou-o.
E disse-lhe Deus: O teu nome é Jacó; não te chamarás mais Jacó, mas Israel será o teu nome. E chamou-lhe Israel.
Há uma tipologia:
Com aquele ser criado por Deus: Lúcifer.
Arvorou-se contra Deus.
Edom, ou os edomitas se levantaram e se estabeleceram, com seus tesouros, fruto dos saques contra o que Deus tinha como representante aqui na Terra.
Eles acumularam seus tesouros em cavernas, nas Montanhas de Seir.
Se estabeleceram nas fendas das rochas – Rochas é o nome traduzido no hebraico por Sela, capital de Edom.
Era considerada uma fortaleza quase intransponível, INEXPUGNÁVEL.
Obadias 1:3. A soberba do teu coração te enganou, como o que habita nas fendas das rochas, na sua alta morada, que diz no seu coração: Quem me derrubará em terra?
As vezes, alguém constrói uma fortaleza para si, pensando que poderá com base, no acumulo de suas fortunas acumuladas, com a ajuda de povos, sem alma cristã, sem amor fraternal, sem relação com a sua origem.
Que poderá estar seguro, mas Deus sabe onde esta a fenda de sua ‘rocha’, a única fenda da rocha segura [Deus, em Cristo] é aquela na qual Deus põe o homem: Êxodo 33:22. E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr-te-ei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado.
Textos – fenda:
-Isaías 2:21
 E entrarão nas fendas das rochas, e nas cavernas das penhas, por causa do terror do SENHOR, e da glória da sua majestade, quando ele se levantar para abalar terrivelmente a terra.
-Jeremias 16:16
 Eis que [...] e depois enviarei muitos caçadores, os quais os caçarão de sobre todo o monte, e de sobre todo o outeiro, e até das fendas das rochas.
-Amós 6:11
 Porque, eis que o SENHOR ordena, e ferirá a casa grande de brechas, e a casa pequena de fendas.
TERMO ANEXO:
Obadias
Com o nome de Abdias, que quer dizer "Servo de Javé," temos o Texto Canônico mais curto do Antigo Testamento: Tem de um só capítulo de 21 versículos.

Trata-se de uma mensagem dirigida contra os Edomitas ou Idumeus – vide notas neste texto - que são duramente recriminados pelo Senhor Jeová, apontando o final de suas demandas inescrupulosas, contra seus consanguíneos irmão – Jacó ou Israel, com o agravante de se esquecerem do perdão havido entre Esaú e Jacó!
A eles é chegada a profecia de Obadias, com o veredicto:- são recriminados, com O Dia do Senhor: Obadias 1:10-15.Por causa da violência feita a teu irmão Jacó, cobrir-te-á a confusão, e serás exterminado para sempre.Mas tu não devias olhar com prazer para o dia de teu irmão, no dia do seu infortúnio; nem alegrar-te sobre os filhos de Judá, no dia da sua ruína; nem alargar a tua boca, no dia da angústia;Nem parar nas encruzilhadas, para exterminares os que escapassem; nem entregar os que lhe restassem, no dia da angústia.Porque o dia do SENHOR está perto, sobre todos os gentios; como tu fizeste, assim se fará contigo; a tua recompensa[retribuição] voltará sobre a tua cabeça.
1. O orgulho e a ousada confiança que depositam na posição geográfica, defendida pelos fortes baluartes naturais de seu país (vv. 2-9).
2. Sua cumplicidade e alegria feroz a quando da desgraça dos hebreus (vv. 10-15).
3. O castigo até o aniquilamento, em contraste com a restauração de Israel em suas possessões e até no predomínio deste sobre a Iduméia (vv. 16-21).
Os estudiosos comparam datas e textos para buscar entender sobre a Desgraça Nacional de Israel a que se trata os vv. 10:14;
-comparando-se esta passagem com Ez. 25:12; Ezequiel 35:5.Porquanto guardaste inimizade perpétua, e espalhaste os filhos de Israel pelo poder da espada no tempo da sua calamidade e no tempo da iniqüidade final.
E Jeremias 49:7-20. Acerca de Edom. Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Acaso não há mais sabedoria em Temã? Pereceu o conselho dos entendidos? Corrompeu-se a sua sabedoria? Fugi, voltai-vos, buscai profundezas para habitar, ó moradores de Dedã, porque eu trarei sobre ele a ruína de Esaú, no tempo em que o castiguei. Se vindimadores viessem a ti, não deixariam rabiscos? [...]Assim servirá Edom de desolação; todo aquele que passar por ela se espantará, e assobiará por causa de todas as suas pragas....Portanto ouvi o conselho do SENHOR, que ele decretou contra Edom, e os seus desígnios que ele intentou entre os moradores de Temã...
Queda de Jerusalém:
- não resta dúvida de que se trata da queda de Jerusalém nas mãos dos caldeus em 587 [586 aC –utilizado por este escritor no gráficos anexos] a.C.
Época aproximada em que o autor viveu, já que este livro encontra dificuldades de alocar na Linha do empo, por parte de alguns estudiosos.
Talvez tenha escrito quando os acontecimentos aos quais alude eram ainda recentes, isto é, na primeira metade do séc. VI a.C.
Contemporâneo de Jeremias e de Ezequiel.
Aludimos que se tenha o entendimento de não  identificá-lo, como antigamente os  judeus e cristãos, o fizeram com: Abdias, mordomo do rei Acab, que tanto se esforçou em favor dos profetas.
Curiosidades:
Obadias.
O autor viveu, pelos fatos que descreve [provável queda de Jerusalém, nas mãos dos caldeus, nos idos de 587 aC], na primeira metade do séc. VI a.C.
Fora portanto, contemporâneo de Jeremias e de Ezequiel.
Uma questão interessante sobre os escritos proféticos é que poucos são os cristãos familiarizados com o oráculo de Abdias (Obadias): Com o nome de Abdias, que quer dizer "Servo de Javé," temos o mais breve escrito do Antigo Testamento: consta de um só e não longo capítulo de 21 versículos.
É todo ele uma mensagem dirigida contra os edomitas ou idumeus, dos quais se recriminam:
- O orgulho e a ousada confiança que depositam na posição geográfica, defendida pelos fortes baluartes naturais de seu país ( 2-9).
-Sua cumplicidade e alegria feroz a quando da desgraça dos hebreus (vv. 10-15).
-O castigo até o aniquilamento, em contraste com a restauração de Israel em suas possessões e até no predomínio deste sobre a Iduméia (vv. 16-21).
cronologia os livros escritos pelos profetas do Antigo Testamento abrangem três períodos bem distintos:
·O período desde a divisão do reino até a decadência do norte (até por volta de 721 a.C.)
·O período desde a divisão até a queda do reino do Sul (entre 597 e 587 a. C.).
·O período do exílio na babilônia (aproximadamente entre 587 e 539 a.C.).
Com a ascensão de Jeroboão ao norte, dividindo o reino em Israel e Judá, começam a surgir os profetas que se entregaram às profecias nos dois reinos.
Fontes:
Bíblia Plenitude;
Aontamentos e outros textos do autor;
Bíblia Hábil;
Textos compilados de outros autores.
Dicionário Strong 
Wikipédia;
Cronologia Bíblica - Internet;

Holy Protection Russian Orthodox Church

2049 Argyle Ave. Los Angeles, California 90068

Editor: Bishop Alexander (Mileant);

Profecias e Profetas do Exílio - Internet

A Profecia e os Profetas da Época do Exílio

...e a Lista dos Livros Deuterocanônicos.

Uma Analise Crítica Textual - Pastor George Emanuel

Hengstenberg ("Christologic des Alten Testaments," i. 475) e Keil ("Lehrbuch der Historisch-Kritischen Einleitung in die Schriften des Alten Testaments," §§ 92, 93);


Isidoro Singer, M. Seligsohn, Solomon Schechter, Emil G. Hirsch Enciclopédia Judaica, publicada entre 1901-1906.

Um comentário:

Fruto do Espírito disse...

A Paz de Cristo, conhecer seu blog alegrou meu coração. Suas mensagens são edificantes para o Corpo de Cristo, e um bálsamo para todos que acessam esse espaço abençoado.
Como prova do meu amor cristão deixo uma lembrancinha que fiz, espero que goste do acróstico:

C ultivar uma vida de oração.
R evigorar-se pela leitura diária da Palavra.
E star sempre disposto a obedecer a Deus.
S er uma testemunha fiel no viver e no falar.
C onsagrar a Deus seu corpo, tempo e talentos.
E sperar de Deus a orientação para a vida.
R evestir-se do poder do Espírito Santo.

Nós precisamos CRESCER na Graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog, deixo o convite.
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

Em Cristo,

***Lucy***

P.S. Convido a visitar o blog do irmão J.C. repleto de mensagens abençoadoras; algumas polêmicas, porém ricas de entendimento.

Acesse:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical