terça-feira, julho 23

Inéditismo Marca o Nascimento do Príncipe de Cambridge!

Situação Inédita Marca o Nascimento do Príncipe de Cambridge!
Três Príncipes sucessores.
Desde 1894, a Casa Real de Windsor não havia tido a oportunidade de ter e ver reunidos sob o mesmo teto, e ao mesmo tempo além de se conhecerem, três futuros Reis.
Isto agora já é possível, pois o bebê da Duquesa Kate Middleton, e do Príncipe William, já nasceu quebrando a linha sucessória ao Trono ocupado por sua Bisavó a Rainha Elizabeth.
Ele tirou da linha sucessória a sua prima, a filha da Princesa Margareth, e assumiu, ao nascer, a condição de ser o Herdeiro direto ao Trono Britânico. Como fizeram seus Tios Andrerw Edward, que foram beneficiados tirando a sua única irmã a Princesa Anne da linha sucessória por ser mulher. 
Desta forma, ele quebra uma longa história da impossibilidade do encontro de três sucessores [– hoje possível: Ele, seu avô, Príncipe Charles e seu Pai Príncipe Williams –] viverem ao mesmo tempo e estarem juntos em um mesmo ambiente.
Não parece representativo, e seria apenas uma curiosidade, senão fosse objeto de mudanças significativas, em atos oficiais, cerimonial e até mesmo divisão de riquezas da Monarquia Britânica.
Além de indicar uma sensível modificação nos movimentos, como viagens internas, ou internacionais, pois há todo um Protocolo Diplomático, ao qual ele já tem direito. Aliado a questão da segurança quanto aos três estarem em um mesmo ambiente, em vôos, e outra série de medidas diplomáticas e para a Segurança da Real família.
O menino nasceu para mudar a Inglaterra!
Até as Leis de sucessão foram mudadas, a famosa Lei Crown (25 de Abril).
Esta lei assegurava que se o filho de William e Kate fosse uma menina ela teria o mesmo direito ao Trono.
Lugar do bebê Cambridge na linha de sucessão foi assegurado independentemente do sexo por causa de mudanças nas regras de reais.
A sucessão à Lei Crown, dado assentimento real em 25 de abril, significa que filhas recém-nascidas, deixarão de ser desprezadas em favor dos filhos mais jovens.
A lei antiga deu este direito aos Príncipes Andrew e Edward, e seus filhos passarem, na linha sucessória, a sua irmã mais velha, a princesa Anne.
Mas a nova lei não pode entrar em vigor imediatamente, até que seja aprovada por todos os 15 dos outros estados da Commonwealth [incluindo Austrália, Irlandas, Escócia, entre os mais conhecidos] que têm a rainha como sua Chefe-de-Estado.
Isso pode levar entre seis meses e um ano.
No entanto, para o caso do Príncipe recém-nascido, a legislação ainda não será necessária porque o recém-chegado é do sexo masculino e será o bebê  de Will’s 'e de Kate.
Nome.
No momento, os Pais e a Casa Real enfrentam pressão para seguir a tradição e dar-lhe quatro primeiros nomes, como cada bebê real desde Edward VII. Assessores disseram que será improvável disto ser feito de forma imediata.
E se ele for longevo e se as coisas por aquele Reino não mudarem, vivendo até lá, com a idade atual da sua Bisavó Rainha Elizabeth, atualmente com 87 anos de idade, ele poderia muito bem estar no trono, em 2100 - como o primeiro monarca do século 22 na Grã-Bretanha.
A última vez que um monarca conheceu seu bisneto foi quando a rainha Victoria ainda estava viva, ao mesmo tempo em que seu filho Edward, seu neto George e seu filho Edward.
Eles passaram a se tornar Edward VII, George V e Edward VIII.
Agora Charles, William e Príncipe de Cambridge!

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical