sábado, março 5

Milênio – Um Tempo Glorioso para a Terra Lição 10 – CPAD - 06 de Março de 2016 - 1ª Parte – Continua

Milênio – Um Tempo Glorioso para a Terra
Lição 10 – CPAD - 06 de Março de 2016 - 1ª Parte – Continua
Estudo – Subsídio Editor e autor Pr Osvarela
Texto Áureo - [...] que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. Apocalipse 20:4
Leitura Bíblica - “E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão.
Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos.
E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.
E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante Mil Anos.
Mas os outros mortos não reviveram, até que os Mil Anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição.
“Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.” Apocalipse 20:1-6
Apocalipse 20 é o capítulo dos Mil Anos – nele aparecem por 6 (seis) vezes, a expressão.
Definindo- Milenarismo ou Milenialismo (derivada do latim Millenium - "Milênio") designa a Doutrina escatológica, baseada na Bíblia, no livro do Apocalipse 20:1-10, sobre a volta de Jesus Cristo para instituir um Reino com duração de Mil anos. Este Evento foi uma Doutrina instituída desde os primórdios da Igreja, com total base bíblica no Apocalipse de João. A idéia de um milênio sob o Reinado do Cristo na Terra tornou-se parte importante da teologia cristã, já em seus três primeiros Séculos.
Exórdio
O Milênio é o mundo ideal que se torna possível sob o reinado de Cristo e com a Igreja, os assinalados que não adoraram a besta e nem foram marcados pelo sinal do AntiCristo, assim como a Igreja não terá estas marcas, pois foi arrebatada antes da manifestação explicita deste governo diabólico.
“Não haverá mais nela criança de poucos dias, nem velho que não cumpra os seus dias; porque o menino morrerá de cem anos; porém o pecador de cem anos será amaldiçoado.” Isaías 65:20
A prisão de Satanás significa a prisão dos males que afligem os homens. Embora a Morte, o último inimigo a ser vencido, ainda continue atuando nestes dias, para mostrar aos homens que são mortais, e por Justiça para com a Igreja e com os mártires, a Vida na Terra será especialmente boa para todos que neste tempo, estiverem vivos.
As Alimárias viverão em convivência pacifica, pois o seu estado deturpado será impedido de se manifestar. Uma das maiores evidencias é que a serpente voltará a comer pó [o que vem da terra] e não fará mal a nenhum ser.
 “O lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; e pó será a comida da serpente. Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o Senhor.” Isaías 65:25
As Nações produzirão para suas necessidades, os cidadãos serão fartos e felizes, pois o Governo divino Messiânico, desde Jerusalém, os abençoará como nunca dantes foram abençoados.
Discurso
Destacamos que O Milênio será um Evento literal, quando Jesus Governará o mundo desde a Jerusalém, assentado nas Regiões celestiais, na Jerusalém que desce adornada.
O grande Evento do Milênio terá no seu inicio: a prisão do Inimigo, Satanás será preso por um anjo. 
O basileuo será um período de reinado sem par, em todo o Universo. A influencia deste reinado messiânico será tal, que todo o Universo desfrutará os benefícios advindos dele, com modificações na vida humana, na Terra, no Ar e nas Águas, restaurando o que foi destruído pelas pragas do período da Grande Tribulação, para possibilitar uma vida de qualidade, nunca vivida, por todos os homens remanescentes daquele período.
Primeiro, para mostrar a ele, que não tem poder maior do que Deus. Então, apenas um anjo pode detê-lo. Deus não necessita de miríades para realizar esta tarefa.
“E todos os anjos de Deus o adorem. E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo. Não são porventura todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação?” Hebreus 1:6,7,14
Na Angelologia deste ato, vamos estudar que há alguns anjos poderosos, como este, que não são registrados nas Escrituras, como são os Arcanjos, Querubins e Serafins, mas que podem ser incumbidos por Deus para ações tão poderosas, como esta, mesmo que seja para nos revelar que Deus tem poder total para agir contra Satanás e com seus Mensageiros aprisioná-lo por Mil anos.
Vivenciamos e acreditamos na Visão Prémilenista, com base nos fatos do Capítulo 19 de Apocalipse. Após tais fatos, ali narrados, e vitória de Cristo sob a Tríade maligna, A Besta, O falso Profeta, e a seguinte prisão (Apocalipse 20.1,2) de Satanás, que dava habilidades maravilhosas aos componentes da Tríade.
Ele que precisa ser preso para que não utilize seu instinto e personalidade destrutivos, junto aos homens, não há nele nenhum tipo de bem, pois: “Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” João 8:44
“E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.” Apocalipse 2.9
Á partir deste momento, Cristo estabelece seu Reino, por um período de Mil anos, aqui na Terra.
Quando reinará com a Igreja e os remanescentes da Grande Tribulação (q.v abaixo) por Mil – 1.000Anos em um período de Paz Mundial.
Devemos perseverar para sermos partícipes do Milênio com Cristo, pois de outra forma, ou seremos martirizados na Grande Tribulação para obtermos credenciamento neste período, ou seremos deixados para a segunda Ressurreição dos Mortos, para um julgamento severo do modo “apartar Bodes das Ovelhas”, que se torna no momento presente uma incógnita que não queremos vivenciar, pois depois da Morte ‘segue-se o Juízo’ e agora é o momento de decidir o que queremos. Quando dizemos incógnita estamos nos referindo a difícil situação dos que desprezam este momento da Graça e ficarem para os Eventos anteriores ao Milênio decidirem sua Eternidade, com Cristo.
“Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte. Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher. Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.” Filipenses 1:20-23
Etimologia
βασιλευω - basileuo; v. ser rei, exercitar o poder real, reinar; do governo do Messias; do reinado dos cristãos no milênio; metáf. exercer a mais alta influência, controlar.
Chiliad. um grupo de 1000; Milênio
Obs.: Qual é a diferença entre um Chiliad e um Milênio? Não muito: ambas as palavras referem-se a um período de 1000 anos. Enquanto Milênio é mais amplamente utilizado, Chiliad é realmente mais arcaico. Utilizado pela primeira vez em 1598 e foi originalmente utilizado para designar um grupo de 1000, como em um Chiliad de erros. Millennium não era escrito na língua inglesa escrita até década de 1630. Não surpreendentemente, as duas palavras remontam a raízes que significam Mil. Millennium vem do latim mille, e Chiliad é um descendente do grego chilioi. Fonte: Dicionário Merriam Webster
Origem etimológica de Chiliad - Latino-final chilias - chiliad- do grego, do chilioi – mil.
χιλιας - chilias; n. f. - mil, o número um mil
χιλιοι - chilioi; adj. mil
אלף - ’Eleph; Elefe = “mil”;
רבבה - rêbabah; n. f. multidão, miríade, dez mil
Milênio, de Mille [lt] “mil”
"Millenium" é um vocábulo formado a partir do Latim "mille" (mil) e de "annus, -i" (ano).
Elencando fatos do Milênio
Princípio do Milênio – Paz – Será a plenitude da Dispensação da Paz. “E de Efraim destruirei os carros, e de Jerusalém os cavalos; e o arco de guerra será destruído, e ele anunciará paz aos gentios...” Zacarias 9.10
“Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.” Filipenses 2:10,11
Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o Senhor.” Isaías 65:25
Não haverá armas, até porque não haverá necessidade delas, pois será um tempo sem guerras e sem estado belicoso entre os homens e a própria alimária- Oséias 2.16; Zacarias 9.10
“E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear.” Isaías 2.4
Início – O Milênio se iniciará após o Julgamento das nações – Apocalipse 11.16,17,18; 20.1-6
Tempo cronológico - O Milênio será um período de Mil anos – Apocalipse 20.6
Localização - O Milênio será na Terra e estabelecido em toda a Terra – Apocalipse 5.10; 1 Coríntios 6.2; Zacarias 9.10
Jerusalém – A Cidade Santa será o centro do Mundo e do Reino Milenar. Dela sairá a regra e Lei Mundial para toda a Terra e suas Nações.
“...a respeito de Judá e de Jerusalém. E acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do Senhor no cume dos montes, e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações. E irão muitos povos, e dirão: Vinde, subamos ao monte do Senhor, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do Senhor.” Isaías 2:1-3; Miquéias 4.2,3
Deus a tem preservado, apesar da botas romanas, dos ataques de vários Imperadores, do avanço de outras religiões sobre ela, a Cidade Eterna estará no Centro do Milênio – Isaías 60.13-16; Zacarias 14.7; Zacarias 8:2,3,6-8
Zelei por Sião com grande zelo, e com grande indignação zelei por ela. Assim diz o Senhor: Voltarei para Sião, e habitarei no meio de Jerusalém; e Jerusalém chamar-se-á a cidade da verdade, e o monte do Senhor dos Exércitos, o monte santo. Assim diz o Senhor dos Exércitos: Se isto for maravilhoso aos olhos do restante deste povo naqueles dias, será também maravilhoso aos meus olhos? diz o Senhor dos Exércitos. Assim diz o Senhor dos Exércitos: ... E trá-los-ei, e habitarão no meio de Jerusalém; e eles serão o meu povo, e eu lhes serei o seu Deus em verdade e em justiça”.
Forma de governoTeocráticoApocalipse 20.1,2. “Mas será um dia conhecido do Senhor; nem dia nem noite será; mas acontecerá que ao cair da tarde haverá luz. Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isto. E o Senhor será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome.” Zacarias 14:7-9
Sede do Governo – A sede do Governo de Cristo será em Jerusalém – Onde todas as nações deverão acorrer para receber os princípios do Reino e pra depositar o Dízimo de suas colheitas [entenda-se colheita como fruto de todop o trabalho dos homens, de todas as nações].
O Novo Templo em Jerusalém –  estudiosos entendem que o Templo erguido na Grande Tribulação será destruído e um novo Templo erguido – Jeremias 31.38,40; Isaías 11.11, ss
As águas que sairão de Jerusalém servirão para curar os rios da região e os mares atingidos pelos danos da Grande Tribulação – “Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isto.” Zacarias 14:7-9
Evento do MilênioPrimeira Ressurreição - Participantes
A Igreja e os que vieram da Grande tribulação.
“...e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição.” Apocalipse 20:4,5
Haverá outra Ressurreição, após os Mil anos. “Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram
Entende-se que haverá dois grupos, oriundos da Terra, que vivenciarão o Milênio com Cristo:
Primeiro Grupo: Os que foram arrebatados antes da Grande Tribulação, isto é, a Igreja.
Segundo Grupo: E aqueles que não se deixaram assinalar durante a Grande Tribulação e que serão ressuscitados para viverem o Milênio, como galardão deste sofrimento terrível.
Referencias: Hebreus 11.35; Filipenses 3.11;
“E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro. E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno. Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.” Daniel 12:1-3
A Igreja - fará parte da Administração do Reino1 Coríntios 6.2; Apocalipse 2.26.27 [“E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações...”]. A Igreja do Milênio será a Igreja do Arrebatamento, a Igreja em corpo idêntico ao de Jesus Cristo O Rei do Milenio, com vestiduras celestiais recebidas por ocasião das Bodas.
“E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados. Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.” Romanos 8:17,18; Filipenses 3.21;I Pedro 5.1; Colossenses 3.4
As Nações – As nações amigas de Israel e Israel estarão no Milênio – Mateus 25.33,40; Zacarias 14.12
As Nações não estão fora dos planos de Deus no Milênio. Elas cederão gente para exercício de adoração e administração neste período –
“E porei entre eles um sinal, e os que deles escaparem enviarei às nações, a Társis, Pul, e Lude, flecheiros, a Tubal e Javã, até às ilhas de mais longe, que não ouviram a minha fama, nem viram a minha glória; e anunciarão a minha glória entre os gentios. E trarão a todos os vossos irmãos, dentre todas as nações, por oferta ao Senhor, sobre cavalos, e em carros, e em liteiras, e sobre mulas, e sobre dromedários, trarão ao meu santo monte, a Jerusalém, diz o Senhor; como quando os filhos de Israel trazem as suas ofertas em vasos limpos à casa do Senhor. E também deles tomarei a alguns para sacerdotes e para levitas, diz o Senhor.” Isaías 66:19-21
A Vida na Terra, a situação dos Homens – A vida será prolongada e com muita duração, além dos parâmetros atuais de 70 a 80 anos.
Não haverá mais nela criança de poucos dias, nem velho que não cumpra os seus dias; porque o menino morrerá de cem anos; porém o pecador de cem anos será amaldiçoado. E edificarão casas, e as habitarão; e plantarão vinhas, e comerão o seu fruto. Não edificarão para que outros habitem; não plantarão para que outros comam; porque os dias do meu povo serão como os dias da árvore, e os meus eleitos gozarão das obras das suas mãos. Não trabalharão debalde, nem terão filhos para a perturbação; porque são a posteridade bendita do Senhor, e os seus descendentes estarão com eles.” Isaías 65:20-23
A Terra dos Judeus – Como sabemos a extensão de terra para Israel é determinada por Deus, desde a divisa do Egito  até ao grande Rio Eufrates, isto se tornará realidade neste período – “Naquele mesmo dia fez o Senhor uma aliança com Abrão, dizendo: « tua descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio EufratesGênesis 15:18
Confirmou na entrada e posse da Terra, à Josué, para este saber o que possuir e dar as Tribos. Não foi uma posse aleatória, mas determinada por Deus e que até hoje a Humanidade não entende: “Desde o deserto e do Líbano, até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo.” Josué 1:4
Toda a Terra conhecerá ao Senhor, como ReiIsaías 11.9;66.18 [“E porei entre eles um sinal, e os que deles escaparem enviarei às nações, a Társis, Pul, e Lude, flecheiros, a Tubal e Javã, até às ilhas de mais longe, que não ouviram a minha fama, nem viram a minha glória; e anunciarão a minha glória entre os gentios.”],19;52.7;
“E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados.” Jeremias 31.34
Pecado - Em termos antropológicos, como desde o tempo de Adão no Éden, o pecado, a desobediência, não será tolerado no Milênio –
“... porém o pecador de cem anos será amaldiçoado.” Isaías 65:20
 “Porque a nação e o reino que não te servirem perecerão; sim, essas nações serão de todo assoladas.” Isaías 60.12
1ª Parte – Continua
Fonte:
Espada Cortante – Orlando Boyer
Seminário Do Apocalipse – Joá Caetano
Dicionário Strong
Bíblia online
Bíblia Plenitude
Bíblia Liderança cristã
Referencias no corpo do texto

Apontamentos do autor

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical