quinta-feira, novembro 17

RUTE, DEUS TRABALHA PELA FAMÍLIA LIÇÃO 8 CPAD – NOVEMBRO DE 2016

RUTE, DEUS TRABALHA PELA FAMÍLIA
LIÇÃO 8 CPAD – 20 DE NOVEMBRO DE 2016
Estudo Subsídio Pr Osvarela
Texto áureo
“... Bendito seja o Senhor, que não te deixou hoje sem remidor; e torne-se o seu nome afamado em Israel.” Rute 4.14
Leitura Bíblica
Rute 4:1-14
Boaz subiu à porta da cidade, e assentou-se ali. Quando o remidor de que ele havia falado ia passando, disse-lhe Boaz: Meu amigo, vem cá, assenta-te aqui. Ele se virou, e se assentou.
Então Boaz tomou dez homens dentre os anciãos da cidade, e lhes disse: Sentai-vos aqui. E eles se sentaram.
Disse Boaz ao remidor: Noêmi, que voltou da terra dos moabitas, vendeu a parte da terra que pertencia a Elimeleque; nosso irmão.
Resolvi informar-te disto, e dizer-te: Compra-a na presença dos que estão sentados aqui, na presença dos anciãos do meu povo; se hás de redimi-la, redime-a, e se não, declara-mo, para que o saiba, pois outro não há, senão tu, que a redima, e eu depois de ti. Então disse ele: Eu a redimirei.
Disse, porém, Boaz: No dia em que comprares o campo da mão de Noêmi, também tomarás a Rute, a moabita, que foi mulher do falecido, para suscitar o nome dele na sua herança.
Então disse o remidor: Não poderei redimi-lo para mim, para que não prejudique a minha própria herança; toma para ti o meu direito de remissão, porque eu não o posso fazer.
Outrora em Israel, para confirmar qualquer negócio relativo à remissão e à permuta, o homem descalçava o sapato e o dava ao seu próximo; e isto era por testemunho em Israel.
Dizendo, pois, o remidor a Boaz: Compra-a para ti, descalçou o sapato.
Então Boaz disse aos anciãos e a todo o povo: Sois hoje testemunhas de que comprei tudo quanto foi de Elimeleque, e de Quiliom, e de Malom, da mão de Noêmi,
e de que também tomei por mulher a Rute, a moabita, que foi mulher de Malom, para suscitar o nome do falecido na sua herança, para que a nome dele não seja desarraigado dentre seus irmãos e da porta do seu lugar; disto sois hoje testemunhas.
Ao que todo o povo que estava na porta e os anciãos responderam: Somos testemunhas. O Senhor faça a esta mulher, que entra na tua casa, como a Raquel e a Léia, que juntas edificaram a casa de Israel. Porta-te valorosamente em Efrata, e faze-te nome afamado em Belém.
Também seja a tua casa como a casa de Pérez, que Tamar deu a Judá, pela posteridade que o Senhor te der desta moça.
Assim tomou Boaz a Rute, e ela lhe foi por mulher; ele a conheceu, e o Senhor permitiu a Rute conceber, e ela teve um filho.
Disseram então as mulheres a Noêmi: Bendito seja o Senhor, que não te deixou hoje sem remidor; e torne-se o seu nome afamado em Israel.
Introdução
A história de Rute começa com estas palavras:
                          “... houve fome na terraRute 1.1
A incrível e trágica saga de uma mulher que, servirá no final, para que sua sogra fosse abençoada, e torna-se a avó do maior rei de Israel; O Rei Davi.
“E morreu Elimeleque, marido de Noêmi; e ficou ela com os seus dois filhos, os quais se casaram com mulheres moabitas; uma destas se chamava Orfa, e a outra Rute; e moraram ali quase dez anos. E morreram também os dois, Malom e Quiliom, ficando assim a mulher desamparada de seus dois filhos e de seu marido. ” Rute 1:1-5
A ‘tragicidade’ que atingiu a família [de Noemi/Rute], da qual era membro, é pontuada por idas e vindas, difíceis, altos e baixos, que descem ao extremo da perda de seu marido, a tentativa infeliz de mudança de região, passando pelo nascimento de filhos doentes e mortos, à Noemi, e uma ida acompanhando sua sogra, sem nenhuma esperança, que vai ser o ponto culminante de toda a sua vida e da própria história da humanidade, dentro do Plano Divino da Redenção, em Jesus, O Filho de Davi.
Rute 4:17-22
“E as vizinhas deram-lhe nome, dizendo: A Noêmi nasceu um filho, E chamaram ao menino Obede. Este é o pai de Jessé, pai de Davi.
São estas as gerações de Pérez: Pérez gerou a Hezrom,
Hezrom gerou a Rão, Rão gerou a Aminadabe,
Aminadabe gerou a Nasom, Nasom gerou a Salmom,
Salmom gerou a Boaz, Boaz gerou a Obede,
Obede gerou a Jessé, e Jessé gerou a Davi. ”
Genealogia Humana, do Deus da Provisão da Salvação
Rute e Raabe são as “estrangeiras” que têm o privilégio, único, de ter seus filhos na genealogia de Jesus. Obede, o filho de Rute com Boaz (mas oficialmente filho de seu falecido marido) gerou a Jessé e Jessé a Davi, ou seja, o filho de Rute veio a ser o avô do rei Davi. O destaque é que, uma Moabita, (como explicado, no corpo deste estudo), dos que não eram da família de Jacó, agora tem seu nome ligado à Árvore genealógica de Jesus. Esse Boaz, era filho de Raabe, aquela prostituta que acolheu os espias em sua casa quando os exércitos de Israel se preparavam para atacar Jericó. ”
Destacando-se neste pequeno trecho das Escrituras a figura do remidor, aquele que poderia com sua ação comprar a “dívida” e resgatar toda a família de Noemi/Rute e pôr um ponto final e de inflexão bendita nesta rota de colisão com abandono, miséria, vergonhas e mortes e iniciar uma trajetória destinada ao trono de Israel, com o ato de tomar para si, incluindo, o “passivo” trágico de Noemi/Rute e sua família, sem aparente necessidade moral ou obrigatória, mas por amor!
E a prova evidente, de que Deus trabalha para prover, a um povo, e aos que ele ama, meios de subsistência quando eles não sabem como subsistir e que vivem fases de total desprovimento, e em situação de aparente vergonha e desprezo, por meio da sua própria gente, e rejeitada por quem a poderia ajudar, a provisão é Noemi, que mesmo em meio a toda angustia, consegue perceber que havia uma esperança para ela e sua família, através daquela que não a abandonou, mesmo sendo gente de outro povo.
Lançando Um Sapato – Alcançando a Provisão de Um povo
Ao estudarmos a genealogia de Rute veremos que a sua descendência vinha sob a marca do pecado incestuoso das filhas de Lot. Rute, e sua sogra Noemi, são parte de canções de amor puro, mas Noemi era moabita de nascença.
“Então disse o remidor: Não poderei redimi-lo para mim, para que não prejudique a minha própria herança; toma para ti o meu direito de remissão, porque eu não o posso fazer. Outrora em Israel, para confirmar qualquer negócio relativo à remissão e à permuta, o homem descalçava o sapato e o dava ao seu próximo; e isto era por testemunho em Israel. Dizendo, pois, o remidor a Boaz: Compra-a para ti, descalçou o sapato. ”
Como dissemos, Moabe, nasceu de um relacionamento incestuoso que Ló teve com uma de suas filhas, após uma bebedeira.
Esta linhagem de Rute, apesar de ter sido casada, e viúva de Malaom, filho de Noemi, a colocava, em uma posição de desprezo, e a colocou, junto com sua sogra Noemi em uma posição de fragilidade social, ao voltar para sua terra.
Mas, o genuíno e despretensioso amor de Rute a Noemi, foi visitado pela provisão na hora de sua remissão.
Aos olhos dos hebreus, Rute era de uma linhagem que trazia a marca da vergonha. A história de Rute tinha tudo para ser uma história triste. Porém, como Rute se decidiu se juntar à pobreza de sua sogra Noemi, e a seu Deus, este se responsabilizou por sua vida, a história acabou tendo um dos finais mais felizes em todo o Antigo Testamento.
Rute casou com Malom, um hebreu que, durante um período de fome em Judá, mudou-se para a terra de Moabe, juntamente com o seu pai Elimeleque, sua mãe Noemi, e seu irmão Quiliom.
Os três homens morreram, deixando três viúvas. Noemi que não tinha como sobreviver em Moabe e decidiu voltar para Belém, a sua terra natal. Rute prometera morar onde Noemi fosse morar e adorar o Deus dela, e pediu para ser enterrada ao lado da sogra.
Moabe quer dizer “idolatria”
מואב -  Mow’ab; n. pr. m. de (o pai dela [da mãe]); Moabe = “do seu pai”; Um filho de Ló com sua filha mais velha; grego - κ το πατρός μου – “De meu pai”. A Nação descendente do filho de Ló; n.pr.loc. A Terra habitada pelos descendentes do filho de Ló.
Alguns etimologistas querem associar a questão da semente do pai, que deu origem a gravidez de uma filha, como uma decomposição de "semente de um Pai", porém Rashi explica que a palavra Mo'ab significa "do Pai", já que "ab" em Hebreu, Árabe e nas demais línguas semíticas significa Pai(Deus).
Rashi, acrônimo de Rabi Shlomo Yitzhaki - um rabino da França, famoso como o autor dos primeiros comentários compreensivos sobre o Talmud, Torá e Tanach (Bíblia hebraica).
Uma boa Escolha pode determinar uma vida de provisão!
A melhor escolha de Rute não foi seguir a sua sogra, mas escolher o Deus de toda Provisão como seu Deus, este foi o segredo de sua maior decisão, após seu casamento.
Ela livrou a sua família da extinção, pois foi agraciada pela misericórdia de Boaz - Boaz redimiu, ou, comprou, Rute e Noemi da pobreza e da extinção da linhagem familiar. A ação de Boaz estava baseada no texto levítico da primeira das três condições da ação do goel - Levítico 25.25.
בעז - Boàz - βοος; n. pr. m. Boaz = “rapidez”; antepassado de Davi, parente resgatador de Rute, nora de Noemi.
נעמי  No ‘ omiy; n. pr. f. Noemi = “minha delícia
כליון -  Kilyown; n. pr. m. Quiliom = “desfalecimento
Remidor; adjetivo - que ou aquele que redime; redentor;
כליון -  killayown; n. m. conclusão, destruição, consumação, aniquilação; fraqueza, desfalecimento
אלימלך - ’Eliymelek; n. pr. m. Elimeleque = “meu Deus é rei”
Remidor. Hebraico, פּוֹדֵה  go'el
גאל - ga’al; v. redimir, agir como parente resgatador, vingar, reivindicar, resgatar, fazer a parte de um parente;
Agir como parente, cumprir a parte de parente mais próximo, agir como parente resgatador, casando com a viúva do irmão a fim de lhe conceber um filho para ele, redimir da escravidão, resgatar terra, realizar vingança.
Redimir - através de pagamento
Redimir - tendo Deus como sujeito: indivíduos da morte; Israel da escravidão egípcia; do exílio
“Voltai, filhas minhas, ide-vos embora, que já mui velha sou para ter marido; ainda quando eu dissesse: Tenho esperança, ou ainda que esta noite tivesse marido e ainda tivesse filhos, Esperá-los-íeis até que viessem a ser grandes? Deter-vos-íeis por eles, sem tomardes marido? Não, filhas minhas, que mais amargo me é a mim do que a vós mesmas; porquanto a mão do Senhor se descarregou contra mim. Então levantaram a sua voz, e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra, porém Rute se apegou a ela.” Rute 1:12-14
Dentre tantas leis judaicas a lei do remidor é difícil de entender, pela cultura ocidental. Remidor é o mesmo que redentor, libertador, resgatador.
O texto bíblico, nos ajuda entender, o que passamos a descrever e apontar, neste estudo sobre a provisão de Deus.
“Disse Boaz ao remidor: Noêmi, que voltou da terra dos moabitas, vendeu a parte da terra que pertencia a Elimeleque; nosso irmão.
Resolvi informar-te disto, e dizer-te: Compra-a na presença dos que estão sentados aqui, na presença dos anciãos do meu povo; se hás de redimi-la, redime-a, e se não, declara-mo, para que o saiba, pois outro não há, senão tu, que a redima, e eu depois de ti. Então disse ele: Eu a redimirei.”
Noemi não tinha esperança, alguma. Sua família havia sido destruída, pela doença e morte dos três homens, membros fundamentais, não só no sustento, mas também na geração de filhos e manutenção do nome. Ela já era viúva e perdido a Esperança e uma possível gravidez, pela sua idade. Ela sabia que para isto teria que ter a disponibilidade de um remidor, que ela já implicitamente colocava que ninguém a faria desfrutar deste direito, mas a escolha de Rute possibilitou esta remissão através do amor de Boaz.
“Disse, porém, Boaz: No dia em que comprares o campo da mão de Noêmi, também tomarás a Rute, a moabita, que foi mulher do falecido, para suscitar o nome dele na sua herança.
Então disse o remidor: Não poderei redimi-lo para mim, para que não prejudique a minha própria herança;”
A remissão de Noemi, não foi por sua causa. Aliás, Rute foi vista como um empecilho, pelo primeiro remidor, na linha de direitos familiares estabelecida pela Lei. Sua presença junto a Noemi dificultava a remissão, mas a sua presença por amor a Noemi e até certo desprezo pela sua aprente possibilidade de ter um novo marido, em sua terra, foi uma provisão de Deus para lhe dar uma nova e melhor família, de um homem rico, após ser casada com uma família, com aparente desgraça e perdas notórias, diante os parentes de Noemi, sua sogra e agora sua encaminhadora, tutora no seio da sociedade de Israel.
“Ao que lhe perguntou sua sogra: Onde respigaste hoje, e onde trabalhaste? Bendito seja aquele que fez caso de ti. E ela relatou à sua sogra com quem tinha trabalhado, e disse: O nome do homem com quem hoje trabalhei é Boaz. Disse Noêmi a sua nora: Bendito seja ele do Senhor, que não tem deixado de misturar a sua beneficência nem para com os vivos nem para com os mortos. Disse-lhe mais Noêmi: Esse homem é parente nosso, um dos nossos remidores.”
Boaz fez a opção de maneira legal, usando uma das três formas do goel agir:
Pagar dívidas
Restaurar propriedades perdidas – “Se teu irmão empobrecer e vender uma parte da sua possessão, virá o seu parente mais chegado e remirá o que seu irmão vendeu...”
Dar continuidade ao nome de um homem de sua família, falecido sem ter filhos.
Neste ponto é hora de entendermos, o quanto Deus trabalha pela família. Ele é o marido da viúva e pai do órfão e provê, tudo, para que uma família seja restaurada, em todos os sentidos:
Habitação
Parentesco
Multiplicação
Provisão duradoura
Entendendo a Lei do Remidor:
Se teu irmão empobrecer e vender uma parte da sua possessão, virá o seu parente mais chegado e remirá o que seu irmão vendeu... Se um estrangeiro ou peregrino que estiver contigo se tornar rico, e teu irmão, que está com ele, empobrecer e vender-se ao estrangeiro ou peregrino que está contigo, ou à linhagem da família do estrangeiro, depois que se houver vendido, poderá ser remido; um de seus irmãos o poderá remir; ou seu tio, ou o filho de seu tio, ou qualquer parente chegado da sua família poderá remi-lo; ou, se ele se tiver tornado rico, poderá remir-se a si mesmo.
Levítico 25.25;47-49
O resgatador (hebraico goel) dentro da cultura judaica representava a justiça e a misericórdia, para com um membro do clã, que se encontrava em necessidade.
Lei do Casamento Levirato.
Um Remidor!
A esperança dos desvalidos.
Todo homem casado tinha direito de ter um filho, uma descendência. Como não há lei humana que possa obrigar um casal gerar filhos, e sabendo que não se pode obrigar Deus a dar filhos a quem quer que seja, a lei do remidor dizia que se um homem morresse sem deixar filhos, um de seus parentes mais próximos estaria obrigado a casar com a viúva e o primeiro filho homem que nascesse do novo casal, seria considerado (para todos os efeitos) filho do falecido.
O parente que casasse com a viúva era chamado de Remidor.
Era uma forma, da lei hebraica de evitar que o nome de um homem ou ramo da família se perdesse na genealogia.  Se alguém membro de um grupo das tribos de Israel, de um dos clãs, tivesse passando por problemas financeiros e precisasse, vender um bem (propriedade) para saldar uma dívida, a primeira pessoa por direito a comprar tal propriedade (se tivesse recursos) era o resgatador (mas se este não tivesse condições, o mais rico do clã deveria fazer a função de remidor), esta explicação é importante para entender a entrada de Boaz na vida de Noemi.
Herdades -
O remidor também ficava com as propriedades do falecido, mas somente para administrá-las, porque um dia elas passariam para o descendente do falecido.
Lei do Rabisco
Rute a respigadeira [rabiscadora] nas terras de Boaz. Mais uma decisão acertada de Rute. A terceira após seu casamento com Malaom. O que parecia ser uma vida de fracasso, começa a se transformar em uma vida de vitória. Deus trabalhando para remir a Rute, com uma nova família! Curar seu lado emocional e as aflições de estar sem um futuro.
Provisão para os pobres: “Quando fizeres a colheita da tua terra, não segarás totalmente os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega. Semelhantemente não rabiscarás a tua vinha, nem colherás os bagos caídos da tua vinha; deixá-los-ás para o pobre e para o estrangeiro. Eu sou o senhor vosso Deus. ” Levítico 19:9,10
A Lei do Sapato
Até hoje o calçado, ou sapato ainda é um objeto respeitado, ou usado para determinadas formas de se demonstrar o desprezo u aceitação de alguém ou de objeto de prova de um acordo, nos lados do Oriente Médio.
Também pode ser utilizado como um ato de humilhação contra aquele que se rebelava ante os mandamentos de Deus. Quem não se lembra de um homem do Oriente Médio, lançando um sapato contra o, na época, presidente dos EUA George Bush?
O PACTO DO SAPATO
Salmo 60:8 – “Moabe é a minha bacia de lavar; sobre Edom, lançarei o meu sapato; alegra-te, ó Palestina, por minha causa. ”
Lançar o sapato, no versículo acima, significa retomar a posse dos bens perdidos. Edom andou errante, mas Deus aqui se compromete em resgatá-lo.
Se o cunhado se recusasse a assumir este compromisso, a viúva, diante dos anciãos, descalçaria o cunhado e lhe cuspiria na cara, chamando-o de “o descalçado”.
– “Então sua cunhada se chegará a ele na presença dos anciãos, e lhe descalçará o sapato do pé, e lhe cuspirá no rosto, e protestará, e dirá: Assim se fará ao homem que não edificar a casa de seu irmão; e o seu nome se chamará em Israel: A casa do descalçado. ” Deuteronômio 25:9,10
נעל – na’ al ou (fem.) נעלה - na’ alah; n. f.  sandália, sapato
Estas Três Leis entram na conta do Deus de toda Provisão.
Foram elas que fizeram com que Boaz entrasse na vida de Rute e de sua sogra Noemi.
“E disse ela: Ache eu graça aos teus olhos, senhor meu, pois me consolaste, e falaste bondosamente a tua serva, não sendo eu nem mesmo como uma das tuas criadas. Também à hora de comer, disse-lhe Boaz: Achega-te, come do pão e molha o teu bocado no vinagre. E, sentando-se ela ao lado dos segadores, ele lhe ofereceu grão tostado, e ela comeu e ficou satisfeita, e ainda lhe sobejou. Quando ela se levantou para respigar, Boaz deu ordem aos seus moços, dizendo: Até entre os molhos deixai-a respirar, e não a censureis...”

1ª PARTE – CONTINUA ...

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical