domingo, dezembro 18

Tomar uma decisão Lição 12 – CPAD – Nov/2016 - 2ª Parte

Tomar uma decisão
Lição 12 – CPAD – Nov/2016 - 2ª Parte
Estudo Subsídio Pr Osvarela
Texto Áureo
“Porque o Senhor dá a sabedoria; da sua boca vem o conhecimento e o entendimento.” Pv 2.6
Texto Leitura Bíblica - 1 Reis 4:29-34
E deu Deus a Salomão sabedoria, e muitíssimo entendimento, e largueza de coração, como a areia que está na praia do mar.
E era a sabedoria de Salomão maior do que a sabedoria de todos os do oriente e do que toda a sabedoria dos egípcios ... ss
Cont...Exórdio
O alcance da sabedoria é disponível para todos os que buscam ao Senhor.
Sabedoria, conhecimento, percepção, e coisas semelhantes, são necessárias e fundamentais para o desenvolvimento espiritual.
Texto apoio:
“Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida. Peça-a, porém com fé, sem duvidar, pois, aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento. Não pense tal pessoa que receberá coisa alguma do Senhor, pois tem mente dividida e é instável em tudo o que faz.”
Tiago 1: 5-8
Pode ser por necessidade pessoal, familiar, comunitária ou extremando uma decisão nacional.
Decidir é fazer escolhas sabendo que esta escolha por vr mais simples resultará em resultados, positivos ou negativos.
בחר - bachar; v. escolher, eleger, decidir-se por
כח  yakach; v. decidir, julgar, repreender, reprovar, corrigir, ser correto; decidir, julgar; determinar, apontar; mostrar que está certo, provar
Tomar uma decisão envolve: convencer, condenar; reprovar, repreender; corrigir, repreender.
Sabedoria e Inteligência:
Muito se tem confundido sabedoria com inteligência ou até mesmo com formação acadêmica, ou tempo de estudo.
O que é uma inverdade, pois, uma pessoa com muito estudo, seria obrigatoriamente  sábia?
Mesmo alguém inteligente pode tomar decisões erradas.
A filosofia grega [herança da filosofia grega] imputa aos anciãos a sabedoria pela vivencia, cabelos e cãs embranquecidas, dos anciãos, como portadores empiricamente do saber viver bem a vida mesmo sem terem anos de estudo, mas anos de vivência.
As Neoescrituras nos ensinam através de suas linhas:
Alguns versículos nos orientam deles:
1.       Cl 4:5 - "Andai em sabedoria para com os que estão de fora, usando bem cada oportunidade." (ARA) –
2.      "Sejam sábios na sua maneira de agir com os que não creem e aproveitem bem o tempo que passarem com eles." (NTLH)
3.      Tg 3:13 - "Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom procedimento as suas obras em mansidão de sabedoria." (ARA)
4.      "Existe entre vocês alguém que seja sábio e inteligente? Pois então que prove isso pelo seu bom comportamento e pelas suas ações, praticadas com humildade e sabedoria." (NTLH)
Ganhadores de Nobel, ricos cientistas renomados, que até negam a Deus, com toda a sua sabedoria terrena, animal e diabólica, devemos entender que isto é possível, segundo Tiago nos ensina.
“Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.” Tiago 3:15-17
O que Tiago afirma, e chama de sabedoria terrena, animal e diabólica. O que ele chama de sabedoria nada tem que ver com inteligência, mas com o saber viver, com o comportamento das pessoas.
Por isto necessitamos da sabedoria divina, pois é ela que, atua em todas as áreas da vida humana e aquele que a adquire conhece a diferença na tomada de decisões, em qualquer atividade. E se manifesta na vida de cada um que a adquire, importando em diferencial, não para e tão somente riqueza, como alguns preferem ver em Salomão, mas sobretudo, na vida dos que dependem de nossas decisões.
Como obter a sabedoria que decide situações:
Oração
Boa vontade
Não ser duvidoso
Não ter a mente dividida
Ser estável e não instável
“O coração do entendido adquire o conhecimento, e o ouvido dos sábios busca a sabedoria.” Provérbios 18.15
“E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos.
Tiago 1:5-8
A sabedoria de Deus é ensinada pelo Evangelho é aperfeiçoadora para tudo e para tomada de decisões.
Deus nas Escrituras, afirma que ele derramará sua sabedoria sobre aqueles que pedem, é mais que suficiente para sobrepujar qualquer obstáculo que pareça estar presente, ou decisão difícil. Isto encontra-se no texto-contexto da passagem supra Texto Leitura Bíblica - 1 Reis 4:29-34, texto deste estudo.
            “A quem anunciamos, admoestando a todo o homem, e ensinando a todo o homem em toda a sabedoria; para que apresentemos todo o homem perfeito em Jesus Cristo;” Colossenses 1:28
“Peço que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o glorioso Pai, lhes dê o Espírito de sabedoria e de revelação, no pleno conhecimento dele” Efésios 1:17
O alcance da sabedoria é disponível para todos os que buscam ao Senhor.
Essa ênfase bíblica sobre sabedoria e conhecimento divinos, para decisões não limita o desenvolvimento espiritual a apenas um pequeno número de cristãos.
Sem elas, é impossível compreender a “vontade de Deus”, ter o “pleno conhecimento dele”, discerniro que é melhor”, e sermos “puros e irrepreensíveis até o dia de Cristo”.
Alguns não entendem, isto, é até afirmam de forma contraditória: “Posso não conhecer muito a Bíblia, mas conheço a Deus”, ou mesmo “posso não saber muito teologia, mas sei muito sobre Deus”.
As boas novas é que a sabedoria espiritual que é necessária para se desenvolver como um crente, e para crescer em fé, amor e esperança, está disponível a todo cristão através dos meios que Deus providenciou, tais como, a oração e o estudo. Mas isso também remove qualquer escusa do crente para ignorância espiritual e teológica. Uma falta de educação formal não é escusa, visto que a sabedoria espiritual vem de Deus, e não do homem.
Se entendermos, a luz dos atributos divinos, veremos que o hino de Paulo, em Romanos é uma Ode desta sabedoria, compartilhada, a nível humano, mas conhecida em profundidade pelo Espírito Santo que em nós habita.
“Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.” Romanos 11:33-36
Charles Hodge diz, sobre esta passagem, que Deus não pode ser “plenamente compreendido”. Entretanto, entendemos que, aquilo que Ele nos deu sua Palavra e Espírito, entendemos – muito bem, de fato (I Co. 2:6-10, 13-16), pois, “Deus o revelou a nós por meio do Espírito” (I Co. 2:10).
Mas, a incompreensibilidade de Deus, não resulta definitivamente, na não compreensão, da Sua Revelação, pelo Espírito Santo que, a todos dá para a Obra e de maneira liberal e reparte com quem Ele quer, de sua escolha.
Em sua Teologia Sistemática, Louis Berkhof precede sua discussão dos atributos de Deus em um capítulo sobre a “Cognoscibilidade de Deus”, afirmando:
“A igreja cristã confessa, por um lado, que Deus é o Incompreensível, mas também, por outro lado, que ele pode ser conhecido e que conhecê-lo é um requisito absoluto para a salvação”.
Parte de parágrafos acima, temos trechos compilados da obra: A Incompreensibilidade de Deus, Vincent Cheung, Adaptado do livro Paul's Letter to the Colossians.
Assim temos que:
“... falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam; Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória. Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras que a sabedoria humana ensina, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.”
1 Coríntios 2:6-13
Com esta sabedoria podemos discernir as coisas naturais e tomarmos decisões, de forma espiritual, por isto, Salomão a recebeu de Deus para fazer-se sábio sobre até mesmo, aos famosos cientistas do Egito, conforme o texto nos diz: “Porque o Senhor dá a sabedoria; da sua boca vem o conhecimento e o entendimento Pv 2.6... E deu Deus a Salomão sabedoria, e muitíssimo entendimento, e largueza de coração, como a areia que está na praia do mar. E era a sabedoria de Salomão maior do que a sabedoria de todos os do oriente e do que toda a sabedoria dos egípcios. 1 Reis 4:29 ss
Na medida em que vimos a conhecer a palavra de Deus e a saber como aplicá-la a nossa situação, mais e mais iremos compreendê-lo e concordar com Ele.
Devemos buscar compreender, isto, que temos a “mente de Cristo” e assim podermos aprender a pensar como Ele pensaria, a decidir como Ele decidiria e nos comportarmos como Ele se comportaria. Muito embora, “os pensamentos de Deus não sejam os nossos pensamentos”, contudo ao deixarmos Deus nos usar pela mente de Cristo poderemos decidir sob a orientação do Santo Espírito.
Busquemos aprender em que a maneira de Deus é diferente da dos homens, em que a Sua maneira é de longe melhor e muito mais sábia.
Neste mundo que combate contra a Igreja necessitamos reconhecer que, Deus não nos deixa desamparados nem sem recursos espirituais para tomada de decisões, que de maneira espiritual mudarão nossas vidas e impactarão outras vidas, por meio de nossas decisões.
Salomão foi conhecido e reconhecido, não só pelas suas riquezas, mas os reis vinham a ele para ouvir sua sabedoria. Mesmo a sua riqueza concedida por Deus, foi devido a sua escolha pela sabedoria para “entrar e sair, no meio deste grande povo”, e o resultado foi mais riqueza assentada sobre a coluna da Sabedoria concedida, por meio de Deus, assim, como José ou Daniel.
Por isto, ainda que pareça que muitos problemas possam ser contornados com dinheiro e poder, e ainda que Deus seja sempre capaz de livrar o Seu povo por meio de forças miraculosas, no decorrer de providência normal Ele nos fará enfrentar as nossas dificuldades com inteligência. Cheung; Sermonettes ~ Volume 4 - Claudino Marra, Jazanias de Oliveira
Deus quer que compreendamos a mente d’Ele
Se nesta vida temos muitos momentos de decisão o que nós mais precisamos é da sabedoria de Deus.
Fonte:
Apontamentos do autor
Dicionário Strong
Biblia online
O que é sabedoria? Postado por Ruy Marinho; Autor: André R. Fonseca

E citações no corpo do texto

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical