domingo, fevereiro 19

A Bondade que Confere Vida - Lição 09 CPAD

A Bondade que Confere Vida
Lição 09 CPAD Fevereiro 2017
Estudo Pr Osvarela
Texto Áureo
“Qualquer que aborrece a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem permanente nele a vida eterna.” 1 João 3.15
Texto Leitura
Mateus 5.20-26
20 Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos céus.
21 Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo.
22 Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão será réu de juízo, e qualquer que chamar a seu irmão de raca será réu do Sinédrio; e qualquer que lhe chamar de louco será réu do fogo do inferno.
23 Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
24 deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão, e depois vem, e apresenta a tua oferta.
25 Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.
26 Em verdade te digo que, de maneira nenhuma, sairás dali, enquanto não pagares o último ceitil.
Texto auxiliar
“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra tais coisas não existe leiGálatas 5:22,23
Discurso com étimos.
Bondade é: Qualidade de bom; Disposição natural para o bem; Benevolência, brandura, indulgência; Boa índole; Cortesia, favor, mercê; Justiça.
Romanos 2:3-6; cf. 11:22 “... Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, benignidade, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira também tu serás cortado...”
A questão da bondade pode ser inferida, com relação à vida no texto de Paulo quando ele a compara com a severidade divina, em confronto com a sua benignidade. 
Bondade divina concede vida, pois somos enxertados N’Ele.
“Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou” Efésios 2:4

Se formos ingratos e não bondosos de forma a termos a sua mercê (significado da bondade, como favor, ou Graça) podemos perder a seiva e lançados como um galho cortado de uma árvore morrermos, ficarmos sem vida, pois a sua Bondade é que nos dá Vida.
20 Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos céus.
- chacad; v. ser bom, ser gentil: - mostrar bondade para; ser reprovado, ser envergonhado.
Este termo mostra que bondade é antes de tudo uma demonstração.
Não há como ser bom sem demonstrar para com outrem, não agindo assim o termo se torna reprovador, negativo, apresenta reprovação.
Há que se ter uma referência para sermos aprovados nesta questão da bondade. Por que realizar gentileza, não gera bondade.
Ética E Índole
É questão de índole. Todo cristão tem sua índole modificada pelo Evangelho, Palavra que regenera. Bondade está ligado a amabilidade a beleza ou formosura que o cristão, adquire ao se aproximar de Deus.
Ser cristão é saber praticar gentileza, praticar bondade, agir corretamente.
שפר-shepher; n. m. beleza, bondade, formosura
טוב – towb; adj. bom, agradável, amável; amável, agradável (aos sentidos): - agradável (à mais alta índole); bom, excelente (referindo-se à sua espécie); generoso; bom, correto (eticamente)
Entendendo o termo Raca.
Raca: Termo injurioso siríaco (alguns hebreus falavam o siríaco), empregado na linguagem bíblica. s.m+f Pessoa mentecapta, sandia, sem juízo. Termo popular de exprobração significa vil, desprezível. Homem sandeu, sem juízo. Cf. Duarte Nunes de Leão, Or. da Língua Port., 193.
Hebraico: reqah, que significava: sem valor, estúpido.
Era uma vigorosa expressão pejorativa. Na literatura rabínica reqa aparece como a exclamação de um oficial quando um subalterno não lhe deu a saudação devida. O cristão deve tratar com respeito e ternura ao mais ignorante e degradado.
O que Jesus quer ensinar que bondade antes de tudo se demonstra na vida, acima da religiosidade, não se pode ser filho de Deus legítimo e viver uma vida santificada, apenas por atos se religiosos, como ofertar, dizimar, cantar se nós não temos uma vida relacional sem perdão e “devendo” a outrem, mas do que valores, Jesus está dizendo que ser religioso não representa oferecer um culto verdadeiro culto.
Não seremos superiores a ninguém, por causa de nossa forma de religiosidade, pretensamente “correta”.
O que importa é um coração, os “rins”, splanchna puro:
“"Será que vocês ainda não conseguem entender? ", perguntou Jesus: "Não percebem que o que entra pela boca vai para o estômago e mais tarde é expelido? Mas as coisas que saem da boca vêm do coração, e são essas que tornam o homem ‘impuro’. Pois do coração saem os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as imoralidades sexuais, os roubos, os falsos testemunhos e as calúnias. Essas coisas tornam o homem ‘impuro’ ...".
Mateus 15:16-20
            ρακα - rhaka; n. vazio, i.e., sem sentido, pessoa que tem cabeça vazia, cabeça-oca; termo de repreensão usado entre os judeus no tempo de Cristo.
Era uma dura repreensão a alguém, chamar sem juízo, ensandecido, era quase um vilipêndio, a honra de alguém.
Jesus a usou, pois, os fariseus e os oficiais do levirato, tratavam os seus subordinados, quando estes não os cumprimentavam, com honraria que, achavam devida.
Na literatura rabínica reqa, aparece como a exclamação de um oficial quando um subalterno não lhe deu a saudação devida. O cristão deve tratar com respeito e ternura ao mais ignorante e degradado.
Tão importante quanto ser fiel na Lei e não adulterar ou matar; o importante é saber perdoar e não ter “rixa”, porfia ou disputa com teu irmão, xingar teu irmão, falar mal de alguém, fazer uma exprobração (censura do comportamento de alguém, colocando, o tal, como sem juízo) de teu irmão, e achar que está tudo bem:
vou cultuar, vou adorar, sou ofertante”, mas chamo meu irmão de louco, vou ao culto e canto, choro, mas não perdoei, meu irmão que vai ao mesmo culto!
22 Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão será réu de juízo, e qualquer que chamar a seu irmão de raca será réu do Sinédrio; e qualquer que lhe chamar de louco será réu do fogo do inferno.
Αγαθοεργεω - agathoergeo; v. fazer o bem, fazer bem feito, praticar bondade, agir corretamente.
Viver Correto
25 Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.
26 Em verdade te digo que, de maneira nenhuma, sairás dali, enquanto não pagares o último ceitil.
Jesus está sobretudo, que a correção é uma forma de servir a Deus, para termos liberdade de vida. Não termos nossas vidas interrompidas por erros de relacionamentos, a colocação do valor monetário é uma inferência de quanto é importante ser bondoso, pois se aborrecemos nosso irmão não somos dignos de ter uma vida plena, estamos sempre numa possibilidade e ansiedade de prisões da vida, seja emocional, física mental, e até mesmo a dos homens.
Tudo isto, para mostrar o quanto é importante ter a justiça no coração, a justiça pela bondade, diferente da obrigatória. Por que esta é obrigação humana, já está até no coração natural.
Nós temos que expressar a bondade da regeneração, que é superior a legal, a determinada pela nomia. É ter uma vida integra.
E isto, é uma característica a ser mantida, pelo crente. Principalmente dentro da Comunidade cristã, dentro da chamada irmandade os ‘adelfos -  adelphos’.
αδελφοτης - adelphotes; n. f .irmandade, bondade fraterna; uma comunidade de irmãos, a irmandade
αγαθωσυνη - agathosune; n. f. integridade ou retidão de coração e vida, bondade, gentileza.
Ceitil -  Moeda referente ao Novo Testamento que tem o valor de 1/16 denário (um dia de trabalho). usada para traduzir o grego assarion, uma moeda romana de cobre que valia 1/16 do denário; Em Mt 5.26.
Integridade – Condenação
Morte na língua – Morte nas palavras
Jesus queria demonstrar e explicava, que pecado não é apenas cometer homicídio. Ficar dominado e irado, a ponto de gritar insultos, como raça (raca), para machucar alguém também é pecado.
É a exteriorização da vontade de matar (sabemos que não podemos), mas o que vem do interior representa que já “matamos”, ao menos mentalmente o irmão, mentalmente já machucamos, além das próprias palavras, ditas, cometemos um homicídio de maneira que nosso coração já está manchado com sangue alheio.
É neste momento, onde entra a reconciliação, ela é importante para não deixar a amargura crescer. Mateus 5:23-24
Seremos condenados ou absolvidos não só pelo fato de falarmos, ainda que sejamos vilipendiados, mas também pelo que vai em nosso coração, quando tratamos, principalmente, os irmãos com desprezo, com ar de inferioridade, como faziam os fariseus (não podemos esquecer que a discussão era com um grupo deste partido) independente de quem seja, mais do que estarmos contrariando às leis de Deus, contrariamos a redução crística da Lei do Amor, que diz que devemos amar ao próximo como a nós mesmos.
“Não retribuam a ninguém mal por mal. Procurem fazer o que é correto aos olhos de todos. Façam todo o possível para viver em paz com todos. Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: "Minha é a vingança; eu retribuirei", diz o Senhor.”
Romanos 12:17-19
Seremos conduzidos ao julgamento se pensarmos que podemos fazer isto sem nenhuma condenação.
Ou mesmo, se pensarmos mal de alguém, amaldiçoando ou vilipendiando nome de irmãos.
Estamos matando com a língua o nosso irmão. Somos, por isto, condenados, da mesma forma, como o pai da mentira, Satanás foi condenado ao Inferno.
"Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira.” João 8:44
Concluímos, que as regras de Deus, em plena Graça, são muito mais exigentes do que parecem as regras da Lei Mosaica. Não basta cumprir as regras mais óbvias; é preciso ter uma atitude interior correta.
Se não quisermos ficar pobres até o último ceitil (p.ext. quantia insignificante.)
Fonte:
Como entender Mateus 5:22, pois chamar alguém de tolo ou louco significa ser condenado ao inferno?
Dicionário Strong
Bíblia pregai
Bíblia online
Apontamentos do autor:

O que significa racá? 

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical