sábado, dezembro 29

COMO ALCANÇAR AS PROMESSAS DE DEUS


COMO ALCANÇAR AS PROMESSAS DE DEUS
Autor: Osvarela
Lição 13- 30/12/2007
Texto áureo: “Porque todas quantas promessas há de Deus são nele sim; e por ele o Amém, para glória de Deus, por nós.” II Co. 1.20.
Verbetes:
Imanente – qualidade (poder, no caso da Palavra de Deus) ou característica que existe sempre em algo, e que é inseparável dele. Definição do autor, com base em apontamentos e no Dicionário Aurélio.
Incondicional – não sujeito a condições;absoluto, irrestrito.
Condicional – dependente de, ou que envolve condição, sempre acompanhada de “se”, “ao menos que”.pressupõe obediência a ditames de Deus junto com a Promessa. Definição do autor, com base nos seus apontamentos e Dicionário Aurélio.
Introdução:
Biblicamente, alcançar as promessas de Deus é sempre uma questão garantida, não por méritos próprios, de quem as recebe, mas sim da vontade, daquele que a Prometeu, isto nos fala, de sobre maneira, da Soberania de Deus, de onde vem toda a Promessa para a Humanidade. Há porém que se entender algumas questões sobre as Promessas, que podem ajudar ao leitor, na questão do cumprimento das mesmas.
Toda a história bíblica, aponta, basicamente para dois tipos de Promessa:
a- As Incondicionais
b- As Condicionais

Temos portanto, que analisar a questão de como Alcançar as Promessas, também sob esta ótica:
a- O que é uma Promessa Incondicional ?
São promessas unilaterais que não dependem, em qualquer sentido, de seu cumprimento a partir da obediência ou garantia moral para que elas se sustentem
Promessa Incondicional:
Quando Deus promete a Abraão
Gen 17.19-22: E disse Deus: Na verdade, Sara, tua mulher, te dará um filho, e chamarás o seu nome Isaque, e com ele estabelecerei a minha aliança, por aliança perpétua para a sua descendência depois dele. E quanto a Ismael, também te tenho ouvido; eis aqui o tenho abençoado, e fá-lo-ei frutificar, e fá-lo-ei multiplicar grandíssimamente; doze príncipes gerará, e dele farei uma grande nação. A minha aliança, porém, estabelecerei com Isaque, o qual Sara dará à luz neste tempo determinado, no ano seguinte. Ao acabar de falar com Abraão, subiu Deus de diante dele.
Quando Deus promete o Reino eterno para Davi:
II Sm. Capítulo 7.8-17 Ou I Cr. Capítulo 17.7-14.
Deus confere incondicionalmente e perpetuamente a Davi, o cetro e a subsistência de um seu herdeiro sobre o trono de Israel, esta é a principal promessa dada a Davi e que nos atinge, pois se trata do cumprimento de promessa Messiânica, ao longo das Escrituras Sagradas. O cumprimento desta Promessa, sai do Plano terreno para o Plano Eternal, quando se cumpre em Cristo. Veja genealogia de Jesus em Lc. 3.23-31 ou Mt. 1.6-17
Destaco estas duas Promessas divinas pois, à partir delas, perpassa todo o Plano Divino da Salvação.
Além de nos ensinar, que para Alcançarmos as Promessas, devemos ter:
1º - Fé como Abraão.
Romanos 4.9:
Porque dizemos: A Abraão foi imputada a fé como justiça...recebeu o. .. selo da justiça da fé...para que fosse pai de todos os que crêem...dos que não somente...andam nas pisadas daquela fé que teve nosso pai Abraão...a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, mas pela justiça da fé...segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a descendência, não somente à que é da lei, mas também à que é da fé que teve Abraão, o qual é pai de todos nós...perante aquele no qual creu, a saber, Deus, que vivifica os mortos, e chama as coisas que não são, como se já fossem.O qual, em esperança, creu contra a esperança...e sem se enfraquecer na fé, considerou o seu próprio corpo já amortecido (pois tinha quase cem anos), e o amortecimento do ventre de Sara; contudo, à vista da promessa de Deus, não vacilou por incredulidade, antes foi fortalecido na fé, dando glória a Deus, e estando certíssimo de que o que Deus tinha prometido, também era poderoso para o fazer.
Maravilhoso este texto, principalmente se o estudarmos junto com a Lição do Pr. Geremias do Couto. Esta é a principal maneira de mantermos viva, toda e qualquer, Promessa de Deus, o Pai das Luzes, no qual não há sombra ou variação.
2º - Ter coração como o de Davi.
II Samuel 7.16: A tua casa, porém, e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será estabelecido para sempre...entrou o rei Davi, e sentou-se perante o Senhor, e disse: Quem sou eu, Senhor Jeová, e que é a minha casa, para me teres trazido até aqui?...Que mais te poderá dizer Davi. pois tu conheces bem o teu servo, ó Senhor Jeová.Por causa da tua palavra, e segundo o teu coração, fizeste toda esta grandeza...Portanto és grandioso, ó Senhor Jeová, porque ninguém há semelhante a ti, e não há Deus senão tu só...tu, Senhor dos exércitos, Deus de Israel, fizeste uma revelação ao teu servo, dizendo: Edificar-te-ei uma casa. Por isso o teu servo se animou a fazer-te esta oração...tuas palavras são verdade, e tens prometido a teu servo este bem.
Davi tinha um coração agradecido e reconhecedor da Soberania de Deus; veja como ele imputa a Deus, até mesmo, a sua aparente, vontade de construir uma casa para Deus, ele tem o entendimento teológico de que nem seus próprios pensamentos poderiam subsistir ou mesmo, as suas aparentes idéias, não eram suas, mas sim uma Revelação do Senhor Jeová.
Leia também Salmos 51. Para alcançarmos as Promessas temos que ter um coração assim.
Poderíamos falar de Salomão II Samuel 12.24:...Davi lhe deu o nome de Salomão. E o Senhor o amou; e mandou...o profeta Natã, dar-lhe o nome de Jedidias, por amor do Senhor.
Por estas Promessas, nas vidas de Abraão e Davi, Deus conduziu por séculos o seu Plano.
b- O que é uma Promessa Condicional ?
A característica mais distintiva desse tipo de Promessa é que cada uma tem, de forma expressa ou por implicação, um "se" ou "a menos que" associado a ela.
Promessas Condicionais:
Assim, no caso de Jonas, por exemplo, não há promessa explícita de que se as pessoas se arrependessem seriam poupadas da calamidade que Jonas estava anunciando viria em 40 dias.
Entretanto, a compreensão que Jonas possuía de que seria possível que isso ocorresse, é que explica sua relutância em proclamar essa declaração divina de julgamento.
Se o fim estava próximo, por que Jonas não se alegrou em anunciar a destruição de um povo inimigo? É que havia no coração de Jonas o entendimento da Soberania e do Amor de Deus para com aqueles que se arrependem de seus pecados; sendo assim a sua fé e conhecimento de Deus, lhes diziam, que se tal fato ocorresse, e pelo poder imanente da Palavra de Deus, a destruição não ocorreria.
As Promessas Condicionais, baseiam-se, portanto, no cumprimento de preceitos dados, no decurso da Palavra exarada por Deus, como Promessa.
Desta forma, veja abaixo e depois leia os versos seguintes de :
DEUTERONÔMIO 28.1: Se ouvires atentamente a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra; e todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, se ouvires a voz do Senhor teu Deus: Bendito serás na cidade, e bendito serás no campo e ss...
Conclusão:
1- Extrair o melhor das Promessas de Deus: Tudo o que Deus prometeu a Abraão, a Davi, houve uma similaridade de atitude; entraram na posse da Promessa, acreditando, nelas de maneira irredutível;
2- Usaram a Promessa, de tal forma que a mesma pudesse ser útil, não só a Eles, mas a todos os que os cercavam, fosse sua família (clã), seu povo, ou sua nação.
3- Nunca se arvoraram como independentes da Promessa e de Deus, mas sempre, como acima descrito, se reconheceram dependentes da Promessa.
4- Devemos ser assim, como eles, para que a Promessa alcançada, não seja só para proveito próprio, o que seria contrário, à vontade daquele que prometeu, mas que seja de nossas famílias, nossas Igrejas, nosso povo, como povo de Deus, nossa Nação pra qual as nossas Promessas poderão ser útil se toda a Igreja, colocar seu coração nesse desejo.
Quero parabenizar ao Pastor Geremias do Couto, glorificando a Deus, pelo excelente desenvolvimento do Tema, que o Espírito Santo colocou em seu coração; a Casa – CPAD, como a chamo; ao Pr. Esdras Bentho, redator-final e a todos os funcionários.
Desejo também a todos um Feliz 2008, com toda a sorte de bênçãos prometidas por Deus, através do Filho de Seu Amor.
Aos meus leitores, em todos os “sites”, aos que publicaram meus comentários, a todos alunos e professores da EBD, o mesmo:
FELIZ 2008 COM CRISTO E TODAS AS COISAS VOS SERÃO ACRSCENTADAS!
Não se esqueça:
Estudar a Bíblia é uma necessidade, Ensinar é um Mandamento!
Fonte:
Dicionário Aurélio
Apontamentos do autor
Prof. Pr. Dr.Augustus Nicodemus Lopes
Bíblia digital cortesia Tio Sam.
Lição 13 – CPAD – Comentarista Pr. Geremias do Couto.
Livro "An Introduction to Biblical Hermeneutics”, capítulo 8, escrito por Walter Kaiser.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical