terça-feira, dezembro 4

ENFIM EM CASA! Professora presa no Sudão volta à Inglaterra.

A professora inglesa conseguiu o indulto e pode voltar no dia de hoje para sua casa na Inglaterra.
Mais um caso de intolerância religiosa? Ou radicalismo! Graças a Deus, tudo terminou bem, para a professora, após manifestações no Sudão para que fosse morta com base na sharia, lei mulçumana.
Da EFE 04/12/2007 - 07h57 - Atualizado em 04/12/2007 - 08h45
foto: Steve Parsons/AP
Gillian Gibbons passou oito dias detida no Sudão por ofensas ao Islã.
'A população sudanesa é extremamente amável e generosa', afirmou ela.
Gillian Gibbons posa entre os filhos, John e Jessica, após desembarcar na Inglaterra (Foto: Steve Parsons/AP)
A professora Gillian Gibbons, que passou oito dias detida no Sudão por ofensas ao Islã, chegou nesta terça-feira (4) a Londres após ser indultada pelo presidente sudanês, Omar al-Bashir.
Segundo a imprensa britânica, a professora chegou ao aeroporto de Heathrow por volta das 5h (de Brasília).
Gibbons, de 54 anos, recebeu o perdão presidencial depois de dois parlamentares britânicos muçulmanos se reunirem com o presidente sudanês para solicitar a sua libertação. O trabalhista Nazir Ahmed e a baronesa Sayeeda Hussain Warsi, conservadora, ambos membros da Câmara dos Lordes, foram a Cartum para se reunir com o Pres. do Sudão Bashir.
Leia porque: é só clicar aqui
O ministro de Relações Exteriores britânico, David Miliband, convocou em duas ocasiões o embaixador sudanês em Londres, Omer Mohammed Ahmed Siddig, para protestar e exigir a libertação de Gibbons, nascida em Liverpool.
Declaração:
Numa declaração lida à imprensa no Aeroporto de Heathrow (Londres), a professora disse que estava "impressionada" com o ocorrido, mas afirmou que todos foram amáveis com ela.
A professora também brincou com os jornalistas, dizendo que agora terá que procurar emprego.
A docente declarou que a população sudanesa foi muito generosa nos quatro meses que trabalhou na Unity High School de Cartum.Leia a reportagem completa aqui
O que é a sharia?
A doutrina dos direitos e deveres religiosos do islã. Abrange as obrigações cultuais (orações, jejuns, esmolas, peregrinações), as normas éticas, bem como os preceitos fundamentais para todas as áreas da vida (matrimônio, herança, propriedade e bens, economia e segurança interna e externa da sociedade). Originou-se entre os séculos VII e X d.C. a partir dos trabalhos de sistematização realizados por eruditos e legisladores islâmicos e baseia-se no Corão, suplementado pela Suna, a descrição dos atos normativos do profeta Maomé.

2 comentários:

Esdras Costa Bentho disse...

Kharis kai eirene.

Pastor Osiel, meus parabéns pelo blog. Tenho recebido os subsídios das lições bíblicas de sua lavra, tenho lido e gostado muito.

Estarei também colocando um link de seu blog no Teologia com Graça.
Deus o abençoe!
Esdras Bentho

Osiel Varela disse...

A Paz do Senhor Jesus
Graça e Paz
Agradeço a sua gentileza e o para mim o seu comentário me incentiva a aprender mais, principalmente com Homens de Deus como é o querido Pastor.
Acesso seu site com objetivo de sempre aprender.
Fraternalmente em Cristo
Osvarela - 05/12/2007
SBC-SP-Br

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical