sábado, julho 26

O ESPÍRITO DO ERRO!MULHER QUER SE PASSAR POR HOMEM, MAS, NÃO CONSEGUE !

A ação do espírito do erro no mundo!
Dias atrás publiquei, na coluna de Notícia Gerais, que mantenho aqui na página, notícia sobre a Virgens Juradas, mulheres que vivem na Albânia e devido a Cultura do País, o mais atrasado da Europa; por problemas familiares, como morte de pais ou porque a família era constituída unicamente por filhas, algumas tiveram que fazer a opção de exercer culturalmente, o papel masculino, sem porém, exercer este papel masculino na relação com outra pessoa de mesmo sexo, e sem poderem casar e constituir família, por isto, mesmo, foram denominadas de Virgens juramentadas, isto é, sob juramento passaram a não ter relacionamento conjugal ou amoroso com ninguém.
Passaram a usar roupas masculinas, poderiam e podem conduzir veículos pesados, serem contratadas como operárias, gorvenarem as suas famílias, e em tudo serem responsáveis como Chefe da casa, felizmente este antigo costume, quase tribal está em desuso.
O assunto que vamos tratar neste texto, pode parecer da mesma ordem, em nada tem de similaridade com o destas mulheres, trata-se na verdade, da operação do mal na vida de mulheres que, como vocês lerão se desviaram-se, pelo pecado da vida natural e papel da mulher como mulher, como Deus as criou.
LEIA COM ATENÇÃO O ASSUNTO:

O ESPÍRITO DO ERRO!

QUANDO A MENTIRA QUER SER VERDADE!
Tem notícias que não devemos sequer publicar em páginas da net, pois não trarão nenhum benefício aos nossos leitores.
Assim ocorreu com esta notícia, não publiquei nenhum comentário ou fiz qualquer menção à ela, para não favorecer a publicidade do caso.
No entanto, hoje lendo e vendo a foto, vi que era possível extrair algo, que sirva de ensino para todos.

Nossa Opinião:
A estória que vem sendo publicada insistentemente pelos grandes meios da Mídia mundial esconde, o espírito do erro, que nos dias de hoje, atua no mundo.
I JOÃO 4. 3
E todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus; mas é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que havia de vir; e agora já está no mundo...quem não é de Deus não nos ouve...assim é que conhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.
Tal fato tem causado confusão até na mente de crianças, adolescentes e mesmo adultos, pela forma de tratamento dado a esta notícia: “O primeiro "homem grávido" da história”, o que é falso (fake) pois, trata-se de uma mulher que deu a luz a uma criança. Ela nunca deixou de ser mulher e nunca será, jamais, um homem, faça o tratamento que fizer.
Na realidade trata-se de uma ocorrência previamente citada pelo Apóstolo Paulo em sua Epístola aos Romanos, no capítulo Primeiro, à partir do versículo 19, em que ele discorre sobre a entrega do homem antropológico, ao erro e a inescusibilidade [o homem passa a ser indesculpável do pecado].

Rm.1.18.ss:
Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça. Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;
O desprezo da Humanidade em reconhecer as Leis divinas apresentadas na Criação [inclusive no ser humano], agiu de de tal forma que este comportamento humano, degradou os homens que assim agiram ou agem ,que Deus os entregou as suas paixões mais infames.
Baseados na palavra de Deus é que condenamos estas notícias, pois o que ocorreu com esta mulher, foi, nada mais do que esta ação descrita na Epístola aos Romanos.

Rm.1.24.ss:
Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
Assim sendo, esta senhora está agindo conforme o poder do espírito do erro, e isto é comprovado pela própria natureza feminina que ela detêm, pois, mesmo tomando hormônios, tentando parecer, com alguém de sexo diferente ao seu, a natureza dada por Deus, não lhe permitiu que o propósito de Deus em fazer da mulher o único ser humano com capacidade reprodutora da espécie, a fizesse mãe de um bebê, que nada tem a ver com a estória e deve ser amado em toda a sua inocência, como são os filhos, bem-vindos ou não, frutos de atos errados da mãe ou não.
É um ser que Deus permitiu nascer, até para provar a sua mãe que, se ela der ouvidos à lei, que rege o espírito do homem, e a Palavra de Deus: ela ainda é uma mulher!
Mais ainda, nos mostra: o que Deus faz ninguém pode mudar, e ela sob o espírito do engano e erro, não entendeu a Lição que Deus lhe deu, ao::
Primeiro - obedecer o instito maternal, que não foi removido por nenhuma substância hormonal,
Segundo - necessitou do elemento masculino para ser fertilizada, ainda que por inseminação artificial.
Este acontecimento, muito embora, possa parecer, inicialmente, e é negativo, na realidade prova que Deus é soberano sobre a sua criação, ainda que esta esteja em pecado.

Por isto somos contra o PLC 122, que as lideranças evangélicas tem combatido com energia principalmente o pastor Silas Malafaia.Aqui em nossa página já publicamos matéria, à respéito, e recebemos respostas violentas, após denunciarmos este Projeto de Lei Complementar (PLC), tais comentários inclusive não foram publicados em respeito aos nossos leitores e público, em geral.
O primeiro "homem grávido" da história.
Reprodução/Regine Mahaux/Getty/People
O site da revista norte-americana "People" publicou nesta quarta-feira, 23, a primeira imagem de Susan Juliette, filha de Thomas Beatie, a primeira "homem grávido" da história.
Beatie, uma transexual de 34 anos que manteve os órgãos genitais femininos, causou polêmica ao revelar sua gravidez em março, na revista "The Advocate", voltada para o público homossexual.
"Casada?" com uma mulher, Nancy, Beatie é reconhecida legalmente como homem, após tratamento para mudança de sexo, pelo estado de Oregon, EUA. A criança, concebida por inseminação artificial, nasceu no dia 29 de junho.
Obs.: a notícia foi adaptada pelo Editor da página, com a colocação do adjetivo feminino, em todos os pontos (possíveis) que a figura dea matéria era citada como do sexo masculino, ainda que sob aspas, o que ela não é!Preservamos as imagens da criança e da mãe, pois o intuito não é fazer sensacionalismo.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical