quinta-feira, agosto 21

CUIDANDO DO CORPO COM MODERAÇÃO.LIÇÃO 24/08/2008-CPAD

CUIDANDO DO CORPO COM MODERAÇÃO
Lição dia: 24/08/2008 Autor: Osvarela
Texto áureo:
II Co. 6.19: Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
Leitura em classe:
II Co. 6.12-19:Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma. Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos; Deus, porém, aniquilará tanto um como os outros. Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo. Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder. Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo. Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne. Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito. Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo.
Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.
A febre da cirurgia plástica:
“As descobertas do corpo possuem uma história secular e vasta, pontuada pelos avanços e limites do conhecimento humano”. *Denise Sant’Anna (2000).
INTRODUÇÃO:
Deus é um Deus que se preocupa com o bem-estar do homem, o qual foi criado em um lugar, com capacidade de suprir todas as suas necessidades, e que são necessárias, à este modo de vida, o Éden.
Porém, o pecado atingindo o homem, o expulsou deste lugar, advindo do castigo, mitigado, de Deus ao homem, com a conseqüente necessidade de exercitar-se para melhorar sua qualidade de vida, o que na verdade já fora indicado, pela ordem “lavrar a terra”, ou seja, trabalhar ao ar livre num exercício diário.
Atividade física regular é uma boa receita para atingir o tão sonhado bem estar. Por bem estar entenda-se boas condições de saúde e satisfação com o próprio corpo e mente.
A busca da juventude eterna é uma das freqüentes fantasias associadas à utopia da imortalidade.
Egípcios
Gregos
Romanos
E a Sociedade Moderna.
A educação e os cuidados com o corpo remontam aos períodos civilizadores da Grécia Clássica e da República Romana.
As preocupações com a saúde e, sobretudo, com a beleza, parecem ter alcançado grande importância também na modernidade e especialmente no tempo contemporâneo. Uma das expressões mais significativas dessa centralidade do corpo na forja das subjetividades – que também são construções modernas – está relacionada ao consumo, cada vez maior, de espaços e intervenções tecnológicas destinados à prática de atividades corporais vinculadas a certo culto do corpo, como as academias de ginástica e musculação, as clínicas para tratamento estético e consultórios médicos de cirurgia plástica.
Nesse mesmo quadro destaca-se ainda o lugar que o corpo ocupa em um dos mais característicos espaços dos processos da indústria cultural:
As revistas ilustradas semanalmente trazem grande quantidade de informações para modelar, cuidar e embelezar os corpos de homens e mulheres.
Neste caso fica ressaltado, o condicionamento ao corpo natural, em detrimento ao corpo espiritual, pensamento, talvez, assentado, rudimentarmente sobre a célebre: “Mens sana em corpore sano (uma mente sã num corpo saudável)”, que é uma famosa citação em latim, muitas vezes traduzida como "Uma mente sã em corpo um são".
“orandum est ut sit Mens sana em corpore sano.
fortem posce animum mortis terrore carentem, fortem posce animum mortis terrore carentem,
qui spatium uitae extremum inter munera ponatqui spatium uitae extremum inter Munera ponat
naturae, qui ferre queat quoscumque labores, naturae”...Decimus Iunius Iuvenalis, conhecido como Juvenal,
foi um poeta romano – 1º e 2º século dC.
Destaques:
- Ferindo e agredindo o corpo:
Fugir da prostituição (1 Co 6.15-18, Ef 5.1-4 e Cl 3.5)
Fundamento:
- Templo.
DISCURSO:
O corpo humano oriundo da terra, por criação das mãos de Deus é uma fantástica e quase indecifrada parte do Universo, que se forma de vida, ainda longe do total e para mim, indecifrável invólucro, ainda que já se tenha realizado o famoso Genoma e se obtido as linhas gerais do DNA, porém o que este item do homem tricotômico, contém ainda é um mistério, só entendido através da Palavra de Deus, principalmente do Salmo 139.
Dia destes meditando neste Salmo fiquei convencido, pelo Espírito Santo, de algumas verdades absolutas, algumas das quais passo a relatar, sem ordem de valor;
Primeiro:
II Co. 6.19: Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
A formação do corpo do ser humano, não é do conhecimento da ciência humana, por mais que ela conheça, por mandato divino de saber, sobre o mesmo.
É muito mais alta, do que qualquer cientista possa jamais alcançar o seu entendimento, pois ele é de valor intrinsecamente divino.
O Salmo em tela demonstra que há um ordenamento escrito por Deus, em seu livro entes mesmo que algum órgão seja formado.
Veja que como no Templo de Deus, com todas as formas, detalhes e embelezamento, cores e tudo mais, foram enviados e detalhados pelo próprio Deus, assim também ocorre com o Templo-Corpo Humano.
Salmo 139. 6;15,16: Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta que não a posso atingir. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.
a- A ciência do corpo humano é mais alta do que o entendimento humano. Demonstrando o Salmo, que o corpo humano é formado de maneira tal, que só Deus sabe particularidades e peculiaridades que a ciência não pode entende, como alguém pode sofrer horas sob temperaturas criogênicas na natureza e sobreviver, outros ficarem em coma por anos, à fio e retornar sem seqüelas, sair de um quadro de paralisia infantil e se tornar um corredor olímpico.
b- A multiplicação celular é regida por um ordenamento divino, de tal forma, que todas as características do ser humano, são estampadas por ordem divina. Fazendo-nos entender, algumas referências bíblicas, tais como: Mat 5.36: - Nem jurarás pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto.Só este pequeno versículo remete-nos ao entendimento inicial, mas vamos só até aqui, neste pensamento.
c- Podemos inferir, rapidamente ou sucintamente, que o corpo humano, de cada homem, não pode ser usado igualmente por todos os seres humanos, há que se ter moderação, de tal maneira, que se uma pessoa se exercita de uma maneira, toma complexos vitamínicos, faz um ou outro regime, corre, pratica um tipo de esporte [falando antropológicamente considerados, isto é, homem e mulher], nem todos podem igualmente assim proceder.
Há uma necessidade de manutenção do corpo deve-se suprir algumas funções naturais:
Alimentação saudável, quanto isto for possível, a cada um, em sua faixa de poder aquisitivo.
Quando nada se tem, a Bíblia nos ensina a ajudarmos ao próximo, Tiago 2.15,16: E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano, E algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos, e fartai-vos; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí?
Há necessidade de uma vida saudável, sem, contudo isto se tornar uma prática maior do que a ação do exercício espiritual.
O Apóstolo Paulo nos orienta:
1 Timóteo 4.7,8: Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas, e exercita-te a ti mesmo em piedade;Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir.
Ora, o Apóstolo, conhecedor das virtudes do exercício, o que inferimos deste e de outros textos, lembra a seu filho na fé, o jovem Pastor Timóteo, que a prática do exercício físico tem algum proveito, mas não pode superar o exercício espiritual. Paulo continua a sua prédica sobre o corpo com outras passagens como:
Cl. 2.23: As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.
O termo “Disciplina do corpo” pode ser e está usado no plano espiritual, mas podemos utilizá-lo, também, no aspecto físico, ou seja, temos que ter disciplina com a alimentação, atividade física, como caminhadas, manter controle sobre pressão arterial, peso, mas isto tudo deve-se procurar ser feito com base no destaque do pensamento da Lição “CUIDANDO DO CORPO COM MODERAÇÃO”.
Cl.2.5: Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra. A mortificação pode ser usada como deixar certas práticas relativas ao corpo ser tratado de maneira normal e não cultual como tem sido nestes últimos dias, até mesmo por crentes.
“Auto-estima se constrói com outros sonhos igualmente importantes, envolvendo outros lados da vida, além de ser saudável e estar satisfeito com o corpo. Quando outras questões como realização profissional, construção de relações e laços de amizade e familiares ficam "apagadas", ou esquecidas, porque a obsessão com o corpo toma todo o tempo e esforço das pessoas, a possibilidade de atingir satisfação consigo diminuí, fica limitada e a pessoa acaba adoecendo, tentando cuidar da saúde. O exagero é sempre vilão e inimigo da felicidade!”
Cuide do seu corpo de maneira normal ou sob orientação médica ou de alguém da área de saúde, mas cuide antes do seu espírito e alma, com alguém que tudo pode Jesus cristo ou com seus Obreiros ou Pastor, cuide da sua vida na área espiritual, exercite o seu espírito no Espírito.
Veio-me um pensamento, como aqueles que falam de suas profissões, advogados, médico (Cl.4.14: Saúda-vos Lucas, o médico amado), engenheiros,etc...que nós os crentes em Cristo, principalmente os Obreiros, deveríamos utilizar:
“Para cuidar, do seu ser, corpo, alma e espírito, Consulte sempre o Doutor Jesus Cristo”.
Conserve o seu corpo como Templo, pois é biblicamente correto, mas sem exageros que venham fazer o corpo suplantar o espírito.
Alimento saudável. Higiene do corpo, da casa e das roupas assim evitando doenças. Visitas ao médico em caráter preventivo - vacinas, por exemplo, exames preventivos, etc. Descanso.
Usar trajes santos (Sl 96.9) Lazer (Lc 2.52) Não fazer uso dos inimigos do corpo: fumo, bebida e drogas
Há uma guerra estabelecida dentro de nós.
Gálatas 5.16-21: Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
Para melhorar o conjunto, corpo, alma e espírito façamos os exercícios do cristão:
1 Tessalonicenses 5.15: Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos.
16 Regozijai-vos sempre.
17 Orai sem cessar.
18 Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.
19 Não extingais o Espírito.
20 Não desprezeis as profecias.
21 Examinai tudo. Retende o bem.
22 Abstende-vos de toda a aparência do mal.
Os descaminhos com cuidados do corpo, como culto ao físico:
A sociedade atual tem como prazer e quase religiosidade o culto ao corpo.
Algumas religiões têm buscado no culto ao corpo, uma forma de manter o equilíbrio mental e contato com os seus deuses, veja as noções da Yoga [aos quais, mesmo, alguns evangélicos têm aderido, sob a alegação de que a realizam com mestres sem fundamento religioso].
Mesmo algumas técnicas milenares têm sido buscadas para esta “religiosa” atividade cultual ao corpo, quem está fora destes parâmetros é zero à esquerda.
Muito embora, num país como o Brasil, em que as condições financeiras são desfavoráveis a maioria da população, mesmo assim tem sido motivo de propaganda a prática de culto ao corpo, seja pelas cirurgias plásticas, a prestações, seja pelas academias de fisiculturismo, seja pela venda indiscriminada de anabolizantes que já mataram muitos jovens pobres, em sua maioria.
Segundo reportagem do jornal Folha de São Paulo, o Brasil é o segundo país no ranking mundial de cirurgias plásticas em adolescentes. A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica estima um aumento, nos últimos três anos, de 300% no número de cirurgias para colocação de próteses mamárias. (COLLUTI, 2005).
Como salienta a matéria da Revista semanal Isto é sobre cirurgias plásticas.
Veja os inumeráveis tratamentos e cuidados modernos que os homens criaram e ainda criam na sua ânsia de cuidar do corpo-matéria:
Saúde - Terapias
*Acupuntura;Apiterapia;*Aromaterapia;Auriculoterapia;*Cromoterapia;Equoterapia;Fisioterapia;Fitoterapia;Chinesa;Fitoterapia Ocidental;Hidroterapia;*Hipnoterapia;*Homeopatia;*Iridologia;*Medicina Ayurvédica;Medicina Chinesa;Medicina Ortomolecular;*Meditação;Moxabustão;*Musicoterapia;*Naturopatia;*Reiki;*Tai Chi Chuan;Talassoterapia;*Terapia Floral;*Terapia Quântica;Terapia na Arte;*Yôga.
Massagem Terapia
Deslizamento Miofascial;*Do In;Drenagem Linfática Hidroshiatsu;*Massagem Ayurvédica;Massagem Chinesa;Massagem;Quiropatia*Reflexologia;Rolfing;RPG;*Shiatsu.
Saúde - Mamãe e Bebê
Terapias e Massagens;Dicas Alimentares Amamentação;Gestação e Parto;Estética.
Nutrição
Agricultura Orgânica;Dicas de Nutrição;Receitas;Dietas;Distúrbios Alimentares;Tabela de Calorias;Índice de Massa Corpórea.
Saúde - Estética e SPA
Cuidados com o Corpo;Cuidados com os Cabelos;Cuidados com a Pele;Boa Forma;Spa.
* As indicações marcadas com * em sua maioria [algumas já tem vertentes médicas sem noção de religião] trabalham com religiosidade, mesmo que desconhecida por seus usuários, sejam os profissionais ou clientes, e algumas com a linha de seus cultos.
Muitos destes tratamentos, na realidade são fundamentados em ação de divindades ou supostos deuses, e em antigos cultos, o que é “cult”, hoje em dia.
Eles se apóiam em “ativar” os chamados pontos vitais, ou de energia [Segundo os ensinamentos religiosos, destas práticas, das quais discordamos: chakras (Chakras são, segundo a filosofia ioga, dentro do corpo humano existem canais {nadis} por onde circula a energia vital {prana} que nutre órgãos e sistemas.)], pontos de energia como eles supõem, daqueles que a eles se entregam.
Veja se você não está entregando o seu corpo Templo do Espírito Santo a estas práticas profanas.
DOR, PRIVAÇÃO E SACRIFÍCIO:
Devemos racionar de forma teológica, sobre este tema, e analisarmos o que ocorre com os que buscam um corpo dentro dos “padrões” ideais do Homem.
Quando somos admoestados pela Palavra a privarmo-nos de alguns “prazeres” da carne ou que o corpo “pede”, somos considerados ignorantes pelo Mundo, e até mesmo na Igreja considerados “santarrão”.
Mas, na vida secular, as pessoas sofrem dores, fazem sacrifícios físicos e financeiro na busca de um corpo perfeito, alguns até em detrimento, por mais contraditório que seja, da própria saúde.
O enfrentamento da dor, do sofrimento, do sacrifício e da privação é freqüentemente encarado como algo corriqueiro e “normal”, por parte, daqueles que buscam a Indústria do Corpo.
“A dor, antes de ser entendida como uma expressão irrenunciável da corporalidade passa a representar um obstáculo a ser suportado, superado, ou, inclusive, tornado fonte de prazer” (VAZ, 2001).
“Como se sabe, a dor não é uma “aliada” do treinamento corporal, mas, do ponto de vista subjetivo, o inimigo a ser combatido, superado, suportado, ignorado – ou ainda, num registro mais fronteiriço, a experiência a ser glorificada, desejada, certificação de que de fato se está indo além dos limites e que, portanto, há mérito na dilaceração do próprio corpo” (HANSEN; VAZ, 2004, p. 141-142).
“Outra característica que a dor e o sofrimento adquirem nesses ambientes de educação do corpo vincula-se a certo caráter legitimador, a um “preço a ser pago” pelo corpo “perfeito”, justificando-se, assim, como símbolo de merecimento pelo ideal atingido” (HANSEN; VAZ, 2004, p. 144).
Veja a contemporaneidade e atualidade, quase evangélica, destas declarações!
Algumas até usadas em certos meios evangélico como a famosa “preço a ser pago”, não nos fazem lembrar que há um verdadeiro culto, em tudo isto?
Faltar na academia é falta grave e cria no amante das práticas cultuais corpóreas uma sensação quase de perda ou de pecado para consigo, e faltar nas atividades de nossas Igrejas, como nos sentimos?
Muitos, de nós justificamo-nos, que: “já fui sábado, para que ir no domingo?”
I Tessalonicenses 5.23: E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
Portanto é necessário que atentemos quanto a esta Lição, que veio em muito boa hora.
Certo especialista no assunto diz:
“Chama de uma “dedicação quase que monástica” que é exigida daqueles que desejam transformar seus corpos. O fato de ausentar-se de um dia de treino e de deixar de fazer exercícios físicos “por preguiça” é considerado falta grave”. Sabino (2000, p. 90)
Na mesma direção, Hansen e Vaz (2004) destacam que essa dedicação aproxima-se de uma espécie de vício, que parece acometer muitos freqüentadores:
“Esta submissão a privações e a uma árdua rotina de exercícios muitas vezes torna-se algo imprescindível, um “vício” [...] do qual não querem se livrar, a ponto de relatarem sentimentos de culpa e de frustração tanto pelas falhas relacionadas à regularidade de suas respectivas freqüências na academia, quanto pela não obtenção dos resultados esperados.” (HANSEN; VAZ, 2004, p. 143).
Analise comigo o texto:
A busca pelo cuidado do corpo, pelo que os próprios especialistas na matéria explicam e inferem, pode se tornar uma compulsão.
Extremando pode se tornar um vício. O pior dos mundos para quem se submete a alguma coisa.
Rm.6.16: Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis.
Se alguém não consegue se libertar e está na situação acima descrita pelos especialistas, enquadra-se neste versículo.
Tal como uma religião pode trazer culpa aos praticantes.
O corpo é mortal:
A natureza da carne pode ser aparentemente desprezada, porém é necessário que mesmo que sejamos moderados, no cuidado da mesma, pela precariedade de sua existência, que cuidemos do Templo-corpo.
Muito embora, sejamos tricotômicos e o corpo corruptível, a sua manutenção e saúde não devem ser desprezadas, pois, em um momento escatológico era nos será útil, nós os que estivermos vivos seremos transformados. I Co.15.51.ss.
Além de que, na presente vida somos realmente habitação de Deus, pois o Pai , o Filho e o Espírito Santo, vieram e fizeram morada em nós.
Podemos glorificar a Deus em nosso corpo (1 Co 6.20 e Fp 1.20), dedicando-o a Deus (Rm 12.1 e 2).
Rom 6:12 - Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal.
Rom 7:24 - Miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte?
Tal afirmação apostólica e bíblica nos remete ao pensamento da dicotomia corpo-espírito, a qual Paulo tanto fala.
Rm.7. 14,15,18,22,23; : Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado.Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento.
Há necessidades do corpo, mas há necessidades superiores do espírito.
Gal 5:17 - Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
Há uma luta interna, de cunho espiritual em que a carne quer sobressair-se em detrimento do espírito que busca as coisas espirituais, de Deus.
1 Coríntios 3.1-3:E EU, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo.Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis,Porque ainda sois carnais;
Gal 3:3 - Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?
A aparente inocência e necessidade, em cuidarmos do corpo se não tivermos moderação, inteligência e temperança, pode ser um modo de desviarmos nosso tempo, atitudes e força para outro canal, o canal carnal e não para a ligação que nos eleva a Deus.
Mar 14:38 - Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.
Com pretexto de elevar nossa auto-estima estamos muitas vezes sublimando, as coisas de Deus para um fim meramente terreno.
CONCLUSÃO:Tenhamos Cuidado sejamos moderados neste cuidado com o corpo.
Cuidar do nosso corpo é um dever. Deus escolheu fazer dele o seu Templo. Sendo assim, deve ser usado de acordo com a vontade de Deus, que é boa, perfeita e agradável. Sabendo que o nosso corpo não é nosso, mas de Deus.
Logicamente leia este pequeno texto, com as diversas análises e precauções descritas ao longo deste texto, mormente por ser apenas um comentário e não uma obra acabada sobre o assunto, no qual não é possível esgotarmos nestas poucas linhas.
Fontes:
Bíblia Chamada on-line;
Apontamentos do autor;
Wikipédia
Alessandra Molina Fabrício.
REFERÊNCIAS:
Marisa Markunas
lbribeiro
DOR E TECNIFICAÇÃO NO CONTEMPORÂNEO CULTO AO CORPO
*
GISELLE TORRI
**
JAISON JOSÉ BASSANI ***
ALEXANDRE FERNANDEZ VAZ ****
CASTRO, A. L. de. Culto ao corpo e sociedade: mídia, estilos de vida e cultura de consumo. São Paulo: Fapesp/Anablume, 2003.
HANSEN, R.; VAZ, A. F. Treino, culto e embelezamento do corpo: um estudo em academias de ginástica e musculação. RCBCE, Campinas, v. 26, n. 1, p. 135-152, set./2004.
SABINO, C. Musculação: expansão e manutenção da masculinidade. In: GOLDENBERG, M. (Org.). Os novos desejos: das academias às agências de encontro. Rio de Janeiro: Record, 2000. p. 61-103.
Mordomia do corpo. EXAGERO.pps

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical