sexta-feira, março 6

UMA HERANÇA CONQUISTADA PELA FÉ - LIÇÃO 10 CPAD

UMA HERANÇA CONQUISTADA PELA FÉ

Lição 10-CPAD Autor:Osvarela

Texto Áureo: Retenhamos firmes a confissão de nossa esperança, porque fiel é o que prometeu. Hb. 10.23

Leitura Bíblica em Classe:

Josué 14.6-10

Oséias, em hebraico, quer dizer salvação e em grego tem a mesma raiz da palavra Jesus.

Palavras determinantes:

Reter

Firme

Confissão

Esperança

Fiel

Promessa

Pensamentos Devocionais;

  1. Aguardando o tempo de reinvidicar a promessa;
  2. Fortalecido pela promessa.
  3. trabalhando em silêncio pela conquista da promessa.

Calebe – significado:

Kalev – é uma palavra composta de “kal” – tudo ou todo – “lev” significa coração – extraindo-se então: “de todo o coração”.

A Lição do silêncio:

As Santas Escrituras mostram a importância de trabalhar em silencio e no caso de Calebe elas são importantes para esta demonstração.

Quase como num estranho falar, sem palavras, as Escrituras nos dão uma lição sobre este personagem – Calebe.

Desde o quinto e último livro do Pentateuco, o Livro de Deuteronômio, no capítulo 1, passando pelos seus 34 [trinta e quatro] capítulos até chegarmos ao capítulo escolhido pelo escritor desta Lição, Pastor Elienai Cabral, o nome de Calebe, ou o que ele estava fazendo, não é citado.

Dt. 1. 36:...salvo Calebe, filho de Jefoné; ele a verá, e a terra que pisou darei a ele e a seus filhos, porquanto perseverou em seguir ao Senhor.

Josué 14.6: Então os filhos de Judá chegaram a Josué em Gilgal; e Calebe, filho de Jefoné o quenezeu, lhe disse: Tu sabes o que o Senhor falou a Moisés, homem de Deus, em Cades-Barnéia, a respeito de mim e de ti.

Note, como a Bíblia situa de novo o personagem:

Então...

É o recomeço de sua história de vitorioso.

O que me impressionou, nesta Lição e sobre a toda a jornada hebréia, desde o inicio das conquistas e durante as lutas são exatamente estes fatos sobre Calebe que a Bíblia não registra.

Note bem, ser citado sem ser destacado.

Ser participante sem ser citado.

Ser parte e não aparecer.

Ora, poderia alguém dizer, mas outros milhares também não foram citados, mas a resposta é:

Calebe era um dos dois únicos personagens que entraram na Terra Prometida, que vieram do Egito.

Continuando:

Desde a conquista de Jericó o novo líder Josué é citado em fases distintas:

a) Nas estratégias

Certas

Erradas

b) Nas derrotas

c) Nas vitórias

d) Na operação de milagres

e) Nos conselhos com os Príncipes

f) No julgamento dos erros

g) Na exortação de seu animo por Deus

h) Na Palavra de animo ao povo

A Lição do Silêncio:

No hebraico existe uma palavra “HAZ”, ou HAS que tem como correspondente em nossa língua a palavra chave deste trecho de nosso comentário: Silencio!

Sl.62. 1: Somente em Deus espera silenciosa a minha alma; dele vem a minha salvação. 5 Ó minha alma, espera silenciosa somente em Deus, porque dele vem a minha esperança.

Através deste início de fatos, há um proceder diferenciado, há um silencio que fala muito alto:

A presença de alguém tão importante e especial, quanto Josué [leia as passagens sobre os espias e os que iriam entrar na terra].

Um importante e gemelar sobrevivente do Egito do deserto da murmuração e da infâmia da Terra prometida.

Destacado, escolhido e preservado pelo próprio Deus, para entrar e possuir a Terra Prometida, dentre os milhares de varões e do povo, que caiu durante a jornada no deserto.

Esta lição pessoal é um dos pontos importantes a ser destacado no discorrer da Lição no próximo domingo.

Veja bem, alguém que poderia pedir a primazia, alguém com destacada presença, ao lado do líder, alguém que poderia se considerar especial, no entanto, passa despercebido por 46 extensos capítulos da Bíblia, por entre tantos fatos que são descritos e que ocorreram neste trecho bíblico, até quase a metade do livro em tela, Josué – Livro das Conquistas e divisão da terra.

Calebe nos dá uma lição de humildade, sabedoria, companheirismo, obediência, confiança e reconhecimento do tempo kairós [forma qualitativa do tempo, o "tempo de Deus";"o momento certo" ou "oportuno"; é um momento indeterminado no tempo em que algo especial acontece.;

Kairós descreve "o tempo de Deus" não pode ser medido e sim vivido...;] dos acontecimentos que estão passando pela sua vida e pala vida de seu povo, em silencio.

Pv.25. 11 Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.

Pv.15.23 O homem alegra-se em dar uma resposta adequada; e a palavra a seu tempo quão boa é!

Is.42. 14 Por muito tempo me calei; estive em silêncio, e me contive;

Lm.3. 26 Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.

Imaginemos:

Calebe entrando, dando o primeiro passo sobre a Terra Prometida, possuidor de um decreto nominal e divino proferido pelo maior líder espiritual hebreu, antes de Davi e Samuel, que diante de todo o povo hebreu determinou sua possessão.

Seria talvez até aceitável por todos, inclusive Josué, que Calebe pudesse disser;

“Olha povo hebreu: este era o dia que Deus me preparou: Moisés...Josué sabe disto, me deu....”

Teria, a princípio, sob a ótica humana, o direito de ser o primeiro a ser ouvido, poderia ser o primeiro a escolher a sua possessão ou terra que pisassem os seus pés; a área menos embaraçada da presença dos inimigos a serem defenestrados da terra, no entanto ele se manteve silenciosamente em todos os momentos, seja nas vitórias, no aguardo da divisão da Terra e dos locais ele ficou no tempo de Deus, até chegar o momento de abrir a sua boca.

Talvez muitos até pensassem que ele era velho demais para possuir alguma terra, e passasse a sua possessão para os mais velhos da sua tribo.

A Lição do que auxiliar sem aparecer:

Humildade de espírito.

Mt. 11.29: e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.

Calebe descansou no Senhor.

Calebe é aquele que é nivelado em qualidade com o líder, porém, com humildade aguarda o momento certo para chegar e pedir o que Deus lhe concedeu como Promessa, primeiro por Deus e depois pela boca do velho líder.

Calebe não atropela o processo da divisão, não se apressou a ocupar o seu espaço físico ou de liderança, e o mais importante:

Como Príncipe [um líder -Nm. 13.3-6:eram todos eles homens principais dentre os filhos de Israel. da tribo de Judá, Calebe, filho de Jefoné;], manteve sua gente trabalhando ao lado do novo líder – Josué – sem preocupação imediatista de ocupar espaço.

Lição:

Quem é líder auxiliar, precisa:

Ter cuidado com o que fala

Não ter pressa de possuir o que lhe é dde direito

Apoiar o líder principal

Manter os seus liderados em plena obediência ao líder principal de todo o povo

Não atrapalhar as conquistas ou querer tomar para si os louros das conquistas, pelo tempo e qualidade, idênticas ao Líder.

Descobrimos aqui, mais uma faceta das qualidades de Calebe:

Em momento algum quis mostrar, ou sequer se menciona a sua importância destacada no Arraial hebreu, ao lado de Josué.

Não se ouve a sua voz

Não se nota a sua movimentação

Sl.62. 1: Somente em Deus espera silenciosa a minha alma; dele vem a minha salvação. 5 Ó minha alma, espera silenciosa somente em Deus, porque dele vem a minha esperança.

Agora pense comigo, por ilação:

Josué não fora concordemente com Calebe os dois únicos espias a não tornar vil ou difamar a Terra de Canaã?

Não deveria haver, pelas conseqüências da fidelidade mútua, uma afinidade pessoal de caráter?

Não poderia tomar para si com base nas palavras de Moisés, [sendo o primeiro citado], a primazia de ter sido o único a alçar a voz contra todos os demais espias, e usar isto contra Josué?

Dt.1.26: Todavia, vós não quisestes subir, mas fostes rebeldes ao mandado do Senhor nosso Deus; e murmurastes nas vossas tendas...nossos irmãos fizeram com que se derretesse o nosso coração, dizendo: Maior e mais alto é o povo do que nós; as cidades são grandes e fortificadas até o céu; e também vimos ali os filhos dos anaquins. Então eu vos disse: Não vos atemorizeis, e não tenhais medo deles. O Senhor vosso Deus, que vai adiante de vós, ele pelejará por vós, conforme tudo o que tem feito por vós diante dos vossos olhos, no Egito, como também no deserto, onde vistes como o Senhor vosso Deus vos levou, como um homem leva seu filho, por todo o caminho que andastes, até chegardes a este lugar...Ouvindo, pois, o Senhor a voz das vossas palavras, indignou-se e jurou, dizendo: Nenhum dos homens desta geração perversa verá a boa terra que prometi com juramento dar a vossos pais, salvo Calebe...ele a verá, e a terra que pisou darei a ele e a seus filhos, porquanto perseverou.

O fato, de ambos terem sido, preservados, da geração do Egito, e dos que tombaram no deserto, não os faria próximos, a tal ponto de Calebe poder pedir o que quisesse a Josué?

Contudo Calebe não se firmou sobre parâmetros terrenos, antes se sublimou para que mão se tornar-se uma preocupação a mais para Josué.

Assim agem, os grandes personagens que, não aparecem na frente do púlpito, diante do povo, mas estão como suporte para o líder “preferindo-vos em honra uns aos outros....”

Rom 12:10 - Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.

Deixemos nossos líderes nos governar, afinal, foi com Josué que Deus falou: esforça-te.

Esta é a grande lição de estar à sombra de Deus e não querer fazer sombra.

Sl.91.1: AQUELE que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Aprendamos, pois esta lição a Sombra do Onipotente deve ser a única sombra sobre o acampamento ou arraial dos santos!

Calebe poderia ter voz, tanto quanto Josué, num pensamento primário, poderia ter voz e vez entre os hebreus, pois dos 12 espias, apenas ele teve autoridade divina e caráter, além de coragem, para alçar a voz contra todos os dez relatos infamantes.

Embora, sem um discurso eloqüente ele deu o recado necessário pra estimular o ânimo dos hebreus, abatido pelos dez espias e ainda enfrentou o acirramento da Congregação contra ele.

Nm.13.30: Então Calebe fez calar o povo perante Moisés, e disse: Certamente subiremos e a possuiremos em herança; porque seguramente prevaleceremos contra ela.

Nm.14.6.ss; E Josué, filho de Num, e Calebe filho de Jefoné, dos que espiaram a terra, rasgaram as suas vestes. E falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pela qual passamos a espiar é terra muito boa.Se o Senhor se agradar de nós, então nos porá nesta terra, e nô-la dará; terra que mana leite e mel.

Na realidade, muito embora, Josué tenha sido o escolhido por Deus, através de revelação à Moisés e pela imposição recebeu a autoridade de líder, Deus também louvou diretamente a Calebe:

Nm.14.24 Porém o meu servo Calebe, porquanto nele houve outro espírito, e perseverou em seguir-me, eu o levarei à terra em que entrou, e a sua descendência a possuirá em herança.

Calebe – características pessoais e caráter e atitudes:

As Escrituras destacam qualidades inerentes aquele que vence, algumas delas estão amplificadas no caráter de Calebe.

Vejamos, Calebe foi perseverante, jamais deixou fugir de sua mente de forma exemplar, a idéia da possessão da Terra Prometida.

No hebraico possuir é yarash que, significa herdar, apoderar-se ou ocupar.

Devemos ter esta qualidade de Calebe.

Discrição

Liderança

Detentor de promessa – decretada

Sobrevivente heróico

Escravo

Liberto

Patrimoniado

Paciente – se alguém pudesse reclamar brevidade após 40 anos de deserto era Calebe e Josué;por causa dos murmuradores e idólatra, ele tiveram que enfrentar duros anos de deserto, dificuldades e enfrentamento, mais ainda, acrescido pela ação dos 10 infamadores.

Humilde

Submisso

Companheiro

Perseguidor de gigantes – escolheu Hebrom onde havia os maiores gigantes [anaquins].

Veja Jz. 1.20, oferecendo-se para enfrentá-los e expulsá-los da região. Gigante era presa natural de Calebe.

Ajudador

Fiel - [como ao seu próprio nome, numa das possíveis interpretações, no hebraico]

Aos seus princípios

Ao seu líder

Ao seu Deus.

Coragem – Nm.14.6.ss;E Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, dos que espiaram a terra, rasgaram as suas vestes. E falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pela qual passamos a espiar é terra muito boa.Se o Senhor se agradar de nós, então nos porá nesta terra, e nô-la dará; terra que mana leite e mel. Tão-somente não sejais rebeldes contra o Senhor, e não temais o povo dessa terra, porquanto são eles nosso pão; retirou-se deles o seu amparo, e o Senhor é conosco; não os temais. Mas toda a congregação disse que os apedrejassem; porém a glória do Senhor apareceu na tenda da congregação a todos os filhos de Israel.

Outra forma destacada de seu perfil foi a constante vontade de prevalecer.

No hebraico significa ser capaz, ter poder, ser bem sucedido.

Mas, o ser bem sucedido para Calebe, não foi motivo de orgulho, teve, isto sim, o reconhecimento de alcançar a sua promessa, sem atropelar todo o processo divino, liderado por Josué.

Lição á ser aprendida por todos nós.

Fortalecido pela promessa:

Ou uma história de esperança.

A Esperança nunca desvaneceu.

Hb.10.23:Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.

A Escritura nos diz que: “A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida”. Pv.13.12.

Ou Job 8:14 - Cuja esperança fica frustrada; e a sua confiança será como a teia de aranha.

Sl.62. 1: Somente em Deus espera silenciosa a minha alma; dele vem a minha salvação. 5 Ó minha alma, espera silenciosa somente em Deus, porque dele vem a minha esperança.

Mas, a tribulação produz a paciência, a paciência, a experiência, a experiência, a esperança, e a esperança, não traz confusão. Rm.5.2.ss.

a-A história de Calebe poderia ser escrita sob os mais variados ângulos, poderia ser vista, sob os mais belos prismas humanos e divinos, pois é uma história ímpar, pela consistência moral do personagem.

Nascido no Egito, da tribo de Judá, tinha por nascimento a Promesa exarada verbalmente e proféticamente, em todo o seu valor e contexto histórico, divino, cultural e familiar. Gn.12;Gn.49.

Criado sob a servidão jamais perdeu o foco da Terra que possuiria.

Sob o chicote dos egípcios lembrava-se da Terra da Promessa.

Mesmo só de ouvir falar.

Job.42.5:Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos.

Quanto mais agora, na hora em que a pisava ele aguardou o momento certo de pedir a sua possessão.

Destacou-se no Êxodo, pelas suas palavras, citadas neste texto.

Enfrentou a seca e o deserto.

Não caiu com os murmuradores.

Não infamou a Terra, afinal ela era o motivo de sua própria vida.

Foi escolhido como homem de confiança para espiar a sua terra, este deve ser o pensamento.

Ao escolher a sua parte não pensou nos gigante [gigantes foram feitos para fazer a diferença, entre os homens de Deus, os que os vencem e não os temem].

Lição:

Ser homem que, não perde o foco da promessa em qualquer situação.

Sob chicote, sob ameaça de apedrejamento, sob o perigo futuro a ter que enfrentar.

Aguarda o momento certo de tomar posse da sua Promessa.

Seja um Calebe.

Deserto e gigantes servem para fortalecer o tônus espiritual dos Calebes.

O mais lindo desta história, é notar que, Calebe continuou sempre no mesmo objetivo, força espiritual e determinação mental [espírito lúcido], e vigor físicos, mesmo passados 45 anos.

A escolha de Calebe:

a-Na hora de Deus.

Calebe escolhe exatamente o local doa anaquins.

Ele bem poderia após ter visto as guerras e lutas para possessão da Terra alterar a sua escolha, afinal ele era, aos olhos de todos, especial, por tudo que dissemos até aqui.

Mas, ele era um home de lugares altos, o lugar dos vencedores por Deus.

Calebe não deixou nada disto mudar a sua escolha e Promessa, nem o tempo ou outra qualquer coisa, ele sabia exatamente o que Deus lhe prometera.

Hebrom –

Lição:

O tempo ou as adversidades, devem apenas consolidar a promessa, e não mudam a vontade do homem que “seguir ao Senhor meu Deus”.

Js.14.6.ss: Então os filhos de Judá chegaram a Josué...e Calebe...disse: Tu sabes o que o Senhor falou a Moisés, ....por causa de mim e de ti.Quarenta anos tinha eu...e eu lhe trouxe resposta, como sentia no meu coração;Mas ...que subiram comigo, fizeram derreter o coração do povo; eu porém perseverei em seguir ao Senhor meu Deus.

Então Moisés...jurou: Certamente a terra que pisou o teu pé será tua...em herança perpetuamente; pois perseveraste em seguir ao Senhor meu Deus.

E agora eis que o Senhor me conservou em vida...quarenta e cinco anos são passados...e agora eis que hoje tenho já oitenta e cinco anos;

E ainda hoje estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou...a minha força então...é agora a minha força, tanto para a guerra como para sair e entrar.

Agora, pois, dá-me este monte de que o Senhor falou...pois...ouviste que estavam ali os anaquins, e grandes e fortes cidades.

Porventura o Senhor será comigo, para os expulsar, como o Senhor disse.

E Josué o abençoou, e deu a Calebe...a Hebrom em herança.

Portanto Hebrom ficou sendo herança de Calebe...até ao dia de hoje, porquanto perseverara em seguir ao Senhor Deus de Israel.

E antes o nome de Hebrom era Quiriate-Arba, porque Arba foi o maior homem entre os anaquins.

E a terra repousou da guerra.

Este poderia ser o final deste texto.

Conclusão:

O tempo da vida espiritual não pode ser determinado pelo tempo cronos, como na vida física.

O tempo da vida espiritual deve ser medido pelo tempo kairós, o tempo de Deus, "o momento certo" ou "oportuno".

A vigor espiritual, não é medido pela idade, mas pelo momento que conduz o homem de fé, mesmo em meio percalços percorridos sob um foco, jamais perdido.

Fonte:

Lição CPAD

Apontamentos do autor

Bíblia Chamada

Bíblia IBB – 1993 –JFA-ARC

Boyer

Em tempo:

a-devido a problemas de saúde, aliados a assuntos profissionais, só hoje estamos publicando o nosso texto, com cortes.

b-devido aisto, estamos encaminhando e digitando em uma Lan-House e não em nosso computador.

Para refletir:

Thomas Merton

Texto compilado pelo editor:

Se não há silêncio, não há religião

“Se não há silêncio para além e dentro de palavras de doutrina, não há crença, apenas ideologia religiosa. Isto porque a crença vai além das palavras e ações, e atinge a verdade última no silêncio. Quando falta esse silêncio, onde existem apenas as ‘muitas palavras’ e não A Palavra há muito alvoroço e atividade, mas nenhuma paz, nenhum pensamento profundo, nenhuma compreensão, nenhuma quietude interior. Quando não há paz, não há luz...na quietude da adoração, na reverente paz da oração, a adoração na qual todo o ego silencia e se humilha na presença do Deus Invisível...”

Reflections on My Work

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical