quinta-feira, dezembro 24

Davi- Um Homem Segundo o Coração de Deus. Lição 13 - 4º trimetre 2009.

Autor: Osvarela.

Agradecimentos:

Agradeço à Deus, que através de Seu Filho Jesus Cristo nos salvou, e nos deu uma eterna Esperança, que pelo Seu Espírito Santo tem nos iluminado, no caminho de conhecer melhor à Deus e a sua Vontade.

Agradeço a todos os seguidores do http://estudandopalavra.blogspost.com que nos deram o prazer de suas companhia durante este ano de 2009.

Agradeço a todos os editores que nos deram a honra de publicar nossas matérias neste ano, que Deus abençoe a cada um com sua riquezas em Glória e toda a sorte no Filho de seu Amor!

Davi- Um Homem Segundo o Coração de Deus.

Lição 13-4º trimetre2009.

Feliz Natal e Próspero Ano Novo em 2010.

Lc. 1. 26-32. Ora, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,

a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.

E, entrando o anjo onde ela estava disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo.

Ela, porém, ao ouvir estas palavras, turbou-se muito e pôs-se a pensar que saudação seria essa.

Disse-lhe então o anjo: Não temas, Maria; pois achaste graça diante de Deus.

Eis que conceberás e darás à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus.

Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai.

Breve Glossário:

Corvéia:

A corvéia (do latim corrogare, exigir, do francês corvée) é o trabalho gratuito. Os servos e camponeses deviam prestar ao seu senhor ou ao Estado durante três ou mais dias por semana, como previa o contrato de enfeudação.

Nas civilizações hidráulicas da Idade Antiga, como o Antigo Egito e a Mesopotâmia, a corvéia constituía-se no trabalho compulsório da população, imposto pelo Estado.

Seguiu sendo empregado nos feudos desde a Idade Antiga até o final da Idade Moderna, juntamente com a talha [tributo].

Séquito: Comitiva que acompanha uma autoridade.

Texto Áureo:

Atos 13.22. E quando este foi retirado [tendo deposto a este], levantou como rei a Davi, ao qual também, deu testemunho, disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme [segundo] o meu coração, que executará [fará] toda a minha vontade.

Texto para reflexão:

Um homem de Deus precisa conhecer o grau de seu relacionamento com o próprio Deus:

II Sm. 23.1. São estas as últimas palavras de Davi: Diz Davi, filho de Jessé, diz a homem que foi exaltado, o ungido do Deus de Jacó, o suave salmista de Israel.2 O Espírito do Senhor fala por mim, e a sua palavra está na minha língua.3 Falou o Deus de Israel, a Rocha de Israel me disse: Quando um justo governa sobre os homens, quando governa no temor de Deus,4 será como a luz da manhã ao sair do sol, da manhã sem nuvens, quando, depois da chuva, pelo resplendor do sol, a erva brota da terra.5 Pois não é assim a minha casa para com Deus? Porque estabeleceu comigo um pacto eterno, em tudo bem ordenado e seguro; pois não fará ele prosperar toda a minha salvação e todo o meu desejo?

Texto bíblico suporte para o entendimento do assunto:

I Sm. 16.1-3. Então disse o Senhor a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche o teu vaso de azeite, e vem; enviar-te-ei a Jessé o belemita, porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei. Disse, porém, Samuel: Como irei eu? Pois Saul o ouvirá e me matará. Então disse o Senhor: Leva contigo uma bezerra, e dize: Vim para oferecer sacrifício ao Senhor: E convidarás a Jessé para o sacrifício, e eu te farei saber o que hás de fazer; e ungir-me-ás a quem eu te designar.

Este texto da Escola Bíblica Dominical, na semana do Natal nos remete a tipologia que está encerrada na vida de Davi, de menino ungido, a Rei de Israel - O Rei Davi, e ao menino da manjedoura em Belém ao Rei Exaltado sobre todos os nomes: Jesus Cristo – O Filho de Davi!

Lc.2. 10-12. O anjo, porém, lhes disse: Não temais, porquanto vos trago novas de grande alegria que o será para todo o povo: É que vos nasceu hoje, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: Achareis um menino envolto em faixas, e deitado em uma manjedoura.

I - A ascensão de Davi:

Pastor de ovelhas a Rei.

II - Aprovação e verdade da história pessoal:

I Rs.15.3-5. E andou...não foi perfeito para com o Senhor seu Deus como o coração de Davi, seu pai. Mas por amor de Davi o Senhor seu Deus lhe deu uma lâmpada em Jerusalém, levantando a seu filho depois dele, e confirmando a Jerusalém. Porquanto Davi tinha feito o que era reto aos olhos do Senhor, e não se tinha desviado de tudo quanto lhe ordenara em todos os dias da sua vida, senão só no negócio de Urias, o heteu.

Este parecer das Escrituras determina a qualificação de cunho espiritual de Davi.

Se olharmos para Saul, seu adversário e antecessor, foi cheio de Espírito e chegou a profetizar no Rancho dos Profetas, por toda uma noite, veremos que Davi não teve esta mesma forma de comportamento espiritual.

Porém, Davi foi impulsionado por Deus de acordo com o seu coração de Adorador.

Mais ação do que muito fervor aparente.

Davi tangia a sua harpa e os demônios eram expulsos do próprio Saul.

Davi enfrentou um urso e um leão de mãos limpas na defesa do seu rebanho, em ação permeada pela sua personalidade firme, em defesa daquilo que estava em suas mãos.

Davi deu a maior mostra de sua forma de entender a vida sob os olhares da ação de Deus na vida do povo de Israel.

Diria que ele pôde entender a verdadeira missão de Israel para ser paradigma de um povo teocrático, mesmo sendo ele um Rei.

II - E o Senhor lhe dava a vitória por onde quer que ia.

Assim, ele vence a sua maior batalha e a que lhe tirou do anonimato, a Batalha contra o Gigante Golias.

A ASCENÇÃO de Davi ao trono, com as suas seguidas ações, representam o quanto ele foi este homem segundo o Coração de Deus:

Pelo estabelecimento da Arca de Deus em Jerusalém;

Pelo fortalecimento do Culto a Jeová;

Pela instituição do Ministério dos levitas e Sacerdotes, e suas turmas, no Culto ao Senhor.

Pela Unificação do povo de Judá e Israel, como uma única Nação: Israel.

Pelas derrotas afligidas aos filisteus os mais ferozes inimigos de Israel;

Reconhecimento da supremacia do Governo Monárquico de Davi pelos seus inimigos derrotados:

Submeteu Amon, Moab, Edom, os arameus etc.

Pela preparação preocupada de obter, com a ajuda do Povo e sua voluntariedade todo o material para Edificação, por seu filho Salomão, de uma Casa perene para seu Deus;

Pelo exercício da verdadeira Justiça: "Davi reinou sobre todo o Israel, exercendo o direito e fazendo justiça a todo o povo”.

Pela singeleza com que conduziu o seu governo, não afligindo o povo com dureza, reconhecendo que Jeová era o Senhor Deus de Israel, assim ele exerceu um Governo, com:

Austeridade:

Modéstia: o que não se refletiu nos materiais, para Casa de Jeová: foram os melhores e especialmente preparados e escolhidos para o propósito ao qual se destinava.Donde aprendemos uma lição: Para Deus sempre o melhor e voluntariamente!

Respeito às diferenças e costumes das Tribos de Israel: Davi não interferiu na administração da justiça tribal.com isto ele não menosprezou os Príncipes de Israel e Judá.

III - A sua Justiça era destacada, pois ele era o Rei segundo o coração de Deus:

“Reinou, pois, Davi sobre todo o Israel, e administrava a justiça e a eqüidade a todo o seu povo”. II Sm. 8.15.

Compôs uma Guarda Real com seus homens que lhe foram fiéis, no tempo da dura perseguição promovida por Saul:

Os Quereteus e Peleteus [cereteus e feleteus]!

IV- Organizando a Nação:

A Justiça imperou no reino de um homem segundo o coração de Deus:

Com justiça e equidade Deus pode prosperar a Davi e nos pode prosperar.

II Sm. 8. 15 Reinou, pois, Davi sobre todo o Israel, e administrava a justiça e a eqüidade a todo o seu povo.

Davi estabelece um comando fundamental para um Reino estabelecido recentemente e ainda frágil, na visão dos seus belicosos inimigos, só que eles não podiam esperar que o novo rei de Judá e depois de todo o Israel era um homem segundo o coração de Deus.

Assim eles não esperavam um sucesso tão grande da Nação de Israel.

Quando o Senhor levanta alguém segundo seu coração há uma ação em todas as etapas da vida da Igreja, mesmo que ela pareça frágil e pequena aos olhos dos seus vizinhos e da sociedade, Deus honra o seu Ungido!

Assim o homem segundo o coração de Deus precisa de ser organizado, pois Deus é um Deus que trabalha é organizado, basta ver a sua ação no Livro de Gênesis.

-Cuidando da defesa:

16 Joabe, filho de Zeruia, estava sobre o exército;

Guardando a história e preparando a cultura futura da Nação de Israel:

-Jeosafá, filho de Ailude, era cronista;

Cuidando do Culto e dos Ministros, que são os guardiões da Moral Divina e das Escrituras em sua verdade total, sem desvios:

Hoje vemos muitos exemplares das Escrituras sendo corrompidos por pessoas que não tem respeitado a Ortodoxia da Palavra de Deus por desvios.

Davi procurou manter homens fiéis para transcrever com garantia as Escrituras, pela ausência da moderna gráfica, estes homens tinham que ser: honestos, espiritualmente ligados a Deus, com grande sabedoria e sobretudo constantes naquilo que faziam!

-17 Zadoque, filho de Aitube, e Aimeleque, filho de Abiatar, eram sacerdotes;

Um governo precisa ter seus atos transcritos e organizados:

-17.b.Seraías era escrivão [secretário];

-Desenvolvendo o séqüito Real:

Séqüito que nos é apresentado em Isaías, é coisa de Deus, coisa real, o Rei representava, principalmente Davi, o qual era segundo o coração de Deus, precisamos de ter cuidado para que vejamos o séquito de Deus em nossas vidas e no interior da Igreja.

Is.6.1-3. No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e o seu séquito enchia o templo. Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; a terra toda está cheia da sua glória.

-18.a. Benaías, filho de Jeoiada, tinha o cargo dos quereteus e peleteus;

Formando o Governo, com vistas as necessidades do Reino:

-18.b.E os filhos de Davi eram Ministros de Estado.

Davi mostra que precisamos ter delegações que nos representem, nos mais variados temas e pontos no meio do povo, para que as petições do povo sejam levadas e conhecidas pelo Rei.

Do mesmo modo os Apóstolos entenderam a necessidade de levantar homens dentre os discípulos, que fossem fiéis e administrassem as diversas necessidades da Igreja Primitiva.

At. 6.1-6. Ora, naqueles dias, crescendo o número dos discípulos, houve uma murmuração dos helenistas contra os hebreus, porque as viúvas daqueles estavam sendo esquecidas na distribuição diária.E os doze, convocando a multidão dos discípulos, disseram: Não é razoável que nós deixemos a palavra de Deus e sirvamos às mesas.Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais encarreguemos deste serviço.Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra.O parecer agradou a todos, e elegeram a Estevão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas, e Nicolau, prosélito de Antioquia,

1-Tributos internacionais:

A ação de Davi pode ser medida, em tal importância por estes tributos, pois foi por eles que nasceu o desejo de edificar uma Casa para Deus.

Foi por ele que Davi, teve seu coração envolvido do desejo de ver a Arca abrigada, por análise da sua própria segurança e abrigo ele entende, que não era sensato ele ter um teto perene, e a Arca, onde estava a Glória de Deus, ficar em um abrigo sujeito ao sabor das intempéries, em situação.

II Sm.5. 11. Hirão, rei de Tiro, enviou mensageiros a Davi, e madeira de cedro, e carpinteiros e pedreiros, que edificaram para Davi uma casa.

-Instituiu um tributo internacional, para os reis vassalos: Todos os reis da região, até o Eufrates, pagavam-lhe tributos: a corvéia.

-Instituiu uma forma de tributação para estes cidadãos: - estrangeiros obrigados a trabalhar grátis nos projetos do Estado.

-Pelo ensino desta necessidade ao seu Sucesso: Salomão;

-Pelo estabelecimento de toda a Liturgia do Culto a Jeová;

-Pela sua sinceridade em confessar, arrepender-se e voltar-se ao Senhor Seu Deus, com um coração Adorador;

-Pelos ensinos que ele nos deixou em seus santos Salmos, sob a Soberania, benignidade, poderio e Supremacia de Deus perante todas as outras nações e seus deuses;

II Sm. 8.5-15. Os sírios de Damasco vieram socorrer a Hadadézer, rei de Zobá, mas Davi matou deles vinte e dois mil homens. Então Davi pôs guarnições em Síria de Damasco, e os sírios ficaram por servos de Davi, pagando-lhe tributos. E o Senhor lhe dava a vitória por onde quer que ia. E Davi tomou os escudos de ouro que os servos de Hadadézer usavam, e os trouxe para Jerusalém. De Betá e de Berotai, cidades de Hadadézer, o rei Davi tomou grande quantidade de bronze. Quando Toí, rei de Hamate, ouviu que Davi ferira todo o exército de Hadadézer, mandou-lhe seu filho Jorão para saudá-lo, e para felicitá-lo por haver pelejado contra Hadadézer e o haver derrotado; pois Hadadézer de contínuo fazia guerra a Toí. E Jorão trouxe consigo vasos de prata de ouro e de bronze, os quais o rei Davi consagrou ao Senhor, como já havia consagrado a prata e o ouro de todas as nações que sujeitara. Da Síria, de Moabe, dos amonitas, dos filisteus, de Amaleque e dos despojos de Hadadézer, filho de Reobe, rei de Zobá. Assim Davi ganhou nome para si. E quando voltou, matou no Vale do Sal a dezoito mil edomitas. E pôs guarnições em Edom; pô-las em todo o Edom, e todos os edomitas tornaram-se servos de Davi. E o Senhor lhe dava a vitória por onde quer que ia. Reinou, pois, Davi sobre todo o Israel, e administrava a justiça e a eqüidade a todo o seu povo.

2-Assim, Davi consegue uma união, ainda que frágil, dos vários clãs das tribos israelitas.

-Ao redor do seu nome e do nome de Jeová.

Competia agora a Davi vencer os filisteus e acabar de vez com suas ameaças. Ele não se fez de rogado. Os filisteus atacaram repetidamente e foram totalmente derrotados: tiveram que reconhecer a supremacia de Israel e tornaram-se seus vassalos.

II Sm. 8.1,2. Sucedeu depois disso que Davi derrotou os filisteus, e os sujeitou; e Davi tomou a Metegue-Ama das mãos dos filisteus.Também derrotou os moabitas, e os mediu com cordel, fazendo-os deitar por terra; e mediu dois cordéis para os matar, e um cordel inteiro para os deixar com vida. Ficaram assim os moabitas por servos de Davi, pagando-lhe tributos.

A importância da escolha de um homem como Davi e a Salvação:

Em Davi, Deus pode realizar mais uma e das principais etapas de sua preparação para a plenitude dos tempos, em Jesus Cristo, o Filho de Davi.

Assim um homem quando está no centro da vontade de Deus está realizando o Plano eterno da salvação pela sua própria ação dominada pelo Espírito Santo, que nos conduz, nestes tempos ao momento esperado da Consumação do arrebatamento e ao encontro da Igreja com o seu Noivo Jesus Cristo, o Rei dos Reis.

II Sm. 8.15 Reinou, pois, Davi sobre todo o Israel, e administrava a justiça e a eqüidade a todo o seu povo.

Conclusão:

Entender o homem Davi é uma das difíceis tarefas das Escrituras.

Contencioso, adúltero, homicida, podem ser adjetivos fáceis de usar para Davi.

Mas, encontramos epítetos melhores:

Um homem segundo o coração de Deus

Um homem amante da Lei de Deus

Um obstinado pela Casa de Deus, de tal forma que invejava os pardais que habitavam no Templo.

Um homem que deu ouvido a uma mulher e desistiu de destruir uma família e todos os seus bens. Abigail sua futura mulher, em que ele viu condições de conselheira e qualidades de pacificadora. Sua posição ao dar ouvidos s ela demonstrou:

Sensibilidade com conselhos;

Respeito pelas mulheres;

Que ele também sabia ouvir.

Suas vitórias:

Espirituais

Guerreiras

Físicas

Familiares

Este é um homem que era:

Segundo o coração de Deus!

Fonte:

Texto do próprio autor:

Quem foi Davi!

Bíblia Dake – CPAD.

Bíblia Plenitude

Lição CPAD

Airtonjo

Outros autores foram consultados e estão no texto Quem foi Davi!

Wikipédia

Bíblia cortesia Tio Sam.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical