segunda-feira, abril 12

A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA - ICAR NO CENTRO DO FURACÃO, DAS ATENÇÕES MUNDIAIS.


Carta de 1985 mostra que Bento 16 resistiu a afastar padre pedófilo, diz agência

09/04 - 17:41 , atualizada às 18:07 09/04 - iG São Paulo

2 Rs. 23.5. Destituiu os sacerdotes idólatras que os reis...haviam constituído para queimarem incenso sobre os altos nas cidades...e ao redor...como também os que queimavam incenso a Baal, ao sol, à lua, aos planetas, e a todo o exército do céu.

Agência Associated Press afirmou nesta sexta-feira ter obtido uma carta de 1985, assinada pelo hoje papa Bento 16, na qual ele resiste a um pedido de afastamento do padre americano Stephen Kiesle, envolvido em um escândalo de pedofilia.
Carta obtida pela AP tem a assinatura de Ratzinger
Segundo a AP, o Vaticano confirmou que a assinatura é de Bento 16, que na época era o cardeal Joseph Ratzinger. Mas o porta-voz Federico Lombardi disse que o Vaticano "não acredita ser necessário responder sobre todos os documentos tirados de contexto referentes à situações legais".
A carta, escrita em latim, é parte de uma série de correspondências entre o Vaticano e a diocese de Oakland, que pediu a exoneração de Kiesle em 1981 - o que só ocorreu em 1987.
A AP afirmou que o padre Stephen Kiesle foi condenado à três anos de liberdade condicional em 1978, pelo abuso de dois meninos em São Francisco. Ratzinger assumiu a Congregação de Doutrina da Fé, que lida com casos de abuso sexual, em 1981.
Segundo a AP, na carta o então cardeal Ratzinger afirma que os argumentos pela exoneração de Kiesle tinham "grande significado, mas que esse tipo de ação precisaria ser revista com mais cuidado e mais tempo. Além disso, diz que qualquer decisão sobre o caso precisaria levar em conta o bem da Igreja Católica.
Ciro Benedittini, vice-diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, minimizou a importância do documento. "O então cardeal Joseph Raztinger não encobriu o caso, mas, como se evidencia claramente na carta, fez presente a necessidade de se estudar o caso com maior atenção, pelo bem de todos os envolvidos", disse.
Em 2004, Kiesle foi condenado a seis anos de prisão, após admitir ter abusado sexualmente de uma menina em 1995. Hoje ele tem 63 anos e está registrado na lista de infratores da Califórnia.
A nova acusação sobre o trabalho do Papa se soma aos recentes casos denunciados pela imprensa mundial.
Em março, o "The New York Times" já havia questionado o papel de Bento 16 quando ele chefiava a Arquidiocese de Munique e Freising (1977-1982), na Alemanha.
Nas últimas semanas, o NYT também publicou que o então prefeito do dicastério teria decidido não punir o padre norte-americano Lawrence Murphy, acusado de ter molestado ao menos 200 crianças surdas. Ambas as acusações também foram refutadas pelo Vaticano.
Com AP, Ansa e BBC


A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA - ICAR
NO CENTRO DAS ATENÇÕES MUNDIAIS.
Pode parecer, aos meus seguidores e leitores, que eu estou batendo numa mesma tecla sob a mesma, ótica do noticiário mundial.
Aliás, não só eu, mas toda a Imprensa e mídia mundial estão dando ênfase, ao fato, e eu parabenizo a todos.
Espanta-me a profusão do noticiário, que eu deixo até algumas notícias, mais fortes fora de minha página, para não parecer exploração do fato.
Mas, o que eu quero ressaltar é que há, uma ação espiritual sob este pano tão negro da ICAR.
A ênfase escatológica, que vem sendo anunciada pela própria Criação, através de terremotos, tufões, ‘tsunami’ e outros eventos, inclusive aqui no Brasil, me leva, a crer, que esta fase tão intensa e jamais vista [sob ângulo quase inédito do uso da liberdade da Imprensa sobre a ICAR], de notícias aterradoras sobre a ICAR está dentro do mesmo contexto previsto pelas Escrituras.

Jr.48.7. Pois, porquanto confiaste nas tuas obras e nos teus tesouros, também tu serás tomada; e...sairá para o cativeiro, os seus sacerdotes e os seus príncipes juntamente.

Sem mais delongas.
Estou noticiando o fato, com a visão bíblica e os apresentando, também como uma demonstração, do que ao longo dos séculos, principalmente, após os anos 300 aC, ocorrem no seio da ICAR e suas Congregações, inclusive da Congregação do Santo ofício, a chamada Santa Inquisição, tão atuante quanto na Idade Média.
Compõem a ICAR:
A Secretaria de Estado do Vaticano (Secretaria Apostólica) - criada no século XV, é um dos dicastérios (congregações pelas quais o Papa conduz a administração da Igreja) constituído pelos mais próximos colaboradores do Papa. É chefiada por um Cardeal Secretário de Estado.
As Congregações são secções especializadas no tratamento de assuntos que interessam à Igreja, como por exemplo a Congregação para a Doutrina da Fé (que veio a substituir o antigo Tribunal da Santa Inquisição), a Congregação para as Igrejas Orientais, a Congregação para as Causas dos Santos, responsável pelo acompanhamento e validação dos processos de beatificação e canonização, e a Congregação para a Evangelização dos Povos, a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, a Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, Congregação para os Bispos, Congregação para o Clero e a Congregação para a Educação Católica (para os Seminários e as Instituições de Estudos).
Segue mais uma:
Ateus britânicos vão pedir prisão do papa por abusos na Igreja
12/04/2010 - 09h26
da BBC Brasil
Dois renomados ateus britânicos expressaram sua intenção de processar o papa Bento 16 pelo seu papel nos casos de abusos sexuais envolvendo padres da Igreja Católica em diversas partes do mundo.
Os escritores Richard Dawkins e Christopher Hitchens disseram que moverão um processo contra o papa tanto na Justiça do Reino Unido, país que o pontífice visitará em setembro, quanto na Corte Penal Internacional.
Dawkins, biólogo de formação, é um conhecido autor de livros que questionam a validade e a veracidade das religiões. Seu trabalho mais conhecido, "Deus, uma ilusão", vendeu mais de 1,5 milhão de cópias e virou um best-seller publicado em mais de 30 países.
Hitchens é filósofo e cientista político pela Universidade de Oxford, e colunista de diversas publicações, como "Vanity Fair", "Harper's" e "Granta".
A argumentação jurídica seguiria a mesma lógica da ação que culminou com a prisão do ex-ditador chileno Augusto Pinochet durante sua visita a Londres em 1998.
Os pensadores alegam que o pontífice "não é imune à prisão no Reino Unido" porque, apesar de ser o chefe do Vaticano, não é um chefe de Estado reconhecido pela ONU (Organização das Nações Unidas).
"Acredito que a Justiça britânica rejeitará (o argumento de imunidade do papa)", disse o advogado especializado em direitos humanos que representará os escritores, Mark Stephens.
"Se o papa viesse em visita de Estado, normalmente um chefe de Estado teria imunidade soberana. O que defendo é que ele não é um soberano, não é chefe de Estado, por isso não pode se valer dessa defesa."[sic] Nota: O Papa é um governante de um Estado - O Vaticano, que pode realizar acordos diplomáticos, como fez com o Brasil recentemente, os seu embaixadores recebem o título de Núncios apostólicos..
Dawkins e Hitchens e seu advogado creem que podem acusar o papa de crime contra a humanidade.
Diversas fontes, além das indicadas nos textos
Wikipédia

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia..eu acredito que o senhor deveria usar se espaço na midia para proclamar a Fé em Jesus Cristo, e as graças que está prática nos traz e não ficar criticando ou acusando outras religiões. Devemos sempre lembrar não julgueis para não ser julgado.

Osiel Varela disse...

Boa Noite, Meu caro amigo anônimo, este site não é um site, apenas de comentário contra esta ou aquela religião, mas você há de convir, que há época o assunto, como ainda hoje, estava em pauta no mundo todo.
Nosso perfil como página da Internet é primeiro falar de Cristo, com enfase na Escola Dominical e publicar novidades e notícias de todo o mundo, religiões e atualidades.Leia e veja o nosso conteúdo, e vc meu caro anônimo, saberá que este é o nosso perfil.Incluo ainda algumas informações de utilidade pública, como concursos públicos, empregos; em casos de desatres, informações- vide Japão, vide Mina do Chile, leia as nossas coberturas.Deus te ama e eu te amo também, e não posso deixar de noticiar o que está acontecendo, não fomos nos que publicamos as matérias, veja as fontes, são jornais do Mundo todo, fortes e poderosos de Mídia.Osvarela

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical