terça-feira, novembro 2

SUDÃO - PERSEGUIÇÃO E CAOS POLÍTICO

A situação das Igrejas cristãs nos países muçulmanos tem, a cada dia se agravado.
A cada dia agrava-se, contra os cristãos, ataques, sequestros, e outras formas de intimidação.
As Igrejas oficialmente abertas, tem que se manter rigidamente dentro dos padrões mínimos de atuação, sem conquista de novos crentes.
Assim mesmo, a Igreja continua atuando pela ação de cristãos, que usam o modelo de Naamã..
A situação política do Sul do Sudão, um país dividido, entre duas lideranças e movimentos separatistas

Pv.4.17. Porque comem o pão da impiedade, e bebem o vinho da violência.

Quadro Político.

Em Abril com as eleições gerais, o Presidente   obteve alta votação, mas o Sul ficou nas mãos de Kiir, haverá em Janeiro próximo outra votação, para referendo da divisão do Sudão em Norte- e- Sul.
Com ordem de prisão contra si emitida pelo Tribunal Penal Internacional o Presidente Bashir [foto] é acusado de genocídio e crimes contra a humanidade na região sudanesa de Darfur, acusações, que não foram revogadas, com a vitória eleitoral[a organização Human Rights Watch (HRW) já informou que a reeleição de Bashir não conseguirá livrá-lo das acusações no Tribunal Penal Internacional (TPI)], pelo seguinte motivo:
'A catástrofe que ocorre no país desde 2003 não sensibiliza o mundo de nenhuma maneira. Nada surte efeito; nem os 300 mil mortos, nem os quase 3 milhões que foram deslocados de suas casas desde a eclosão do conflito entre o sul - de população majoritariamente cristã - e o norte - onde a maior parte dos habitantes é de árabes muçulmanos'.


No momento, a sua situação está pior, pois, agora deverá enfrentar acusações de fraude eleitoral e a possível desintegração do país.

O Movimento de Libertação obteve o que queria, manter o poder no sul com vistas ao referendo de 2011, sobre o status futuro dessa região. 
Mas, no resto do país a oposição não ficará calada. “Iremos à justiça. Se os juízes não decidirem em nosso favor, recorreremos a outras alternativas para resolver os problemas eleitorais”, disse na semana passada o dirigente islâmico Hassan al-Turabi, presidente do Partido do Congresso Popular, sem dar mais explicações. Outros acusaram os Estados Unidos, entre outros atores internacionais, de imporem as duas agrupações governantes: o Partido Nacional do Congresso, no norte e o Movimento de Libertação, no sul.
Bashir obteve 68% dos votos em todo o país, segundo resultados oficiais divulgados no dia 27 pelo presidente da Comissão Eleitoral, Abel Alier.
No sul, veículos cobertos com bandeiras locais geraram mais entusiasmo quando partidários do Movimento da Libertação do Povo do Sudão festejaram a maioria obtida no parlamento regional. Além disso, Salva Kiir [foto] ficou com 93% dos votos no Sudão do Sul e continuará governando essa região semiautônoma

Posted: 31 Oct 2010 06:01 PM PDT
SUDÃO (30º) - No dia 4 de outubro a polícia no Sudão expulsou a equipe da Igreja Evangélica Presbiteriana no Sudão (SPEC, sigla em inglês) do seu escritório localizada na capital Khartoum, o que ajudou um empresário muçulmano na tentativa de apossar-se da propriedade.
Cristãos da capital sudanesa contaram à Compass Direct News que a polícia entrou no complexo da SPEC e ordenou aos trabalhadores para sair, alegando que a terra pertencia ao negociante muçulmano Osman Al Tayeb.
A igreja assinou um contrato com Al Tayeb estipulando os termos sob o qual ele poderia obter a propriedade – incluindo fornecer documentos legais tal como uma construção permite, e então obter a aprovação final da SPEC – mas aqueles termos permaneceram não atendidos, segundo o oficial da igreja.
O líder da igreja, Deng Bol, disse que sob os termos do contrato não cumprido, a SPEC devolveria toda a propriedade para Al Tayeb para construir um centro de negócios no local, com a denominação para receber e repartir os lucros do comércio e recuperar a posse da propriedade após 80 anos.
Líderes da SPEC já tinham aprovado o projeto por causa do alto risco de perder a propriedade permanentemente e empreenderam ação legal para recuperá-la. A disputa é pelo terreno de 2.232 m2 que tem sido usado para reuniões cristãs e atividades relacionadas.
O reverendo Philip Akway, secretário geral da SPEC, disse à Compass que o governo pode ser contrariado já que as atividades cristãs têm crescido ali por muitas décadas. Os líderes da SPEC disseram que os muçulmanos têm assumido o controle de muitas outras propriedades cristãs através de estratagemas similares.
Ante a condição de anonimato, um presbítero disse que os líderes da igreja acreditam que a propriedade entrou na antecipação de proposta de divisão norte-sul do Sudão. 
Com menos de três meses até o referendo de separação do país de nove de janeiro, de acordo com o Acordo de Paz de 2005, líderes da SPEC tem diversos recursos para se defender contra a interferência do governo nos assuntos da igreja, como muitos sudaneses cristãos com medo de perder a cidadania caso o sul do Sudão,   permaneça no Sudão, votem a favor da secessão.
Tradução: Tatiane Lima
Notícias Cristãs/Missão Portas Abertas

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical