sábado, outubro 30

Orando como Jesus Ensinou-Lição 05-CPAD-4ºTrimestre 2010

Mt.26.41. Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.
Mt.6.5-13.
5 E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
6 Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.
8 Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.
9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
10 Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
11 O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
12 E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
13 E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.
Glossário.
Qal
Qal é o paradigma verbal mais freqüentemente empregado. Expressa a ação “simples” ou “causal” da raiz na voz ativa.
Exemplos:
Ele sentou, ele comeu, ele foi, ele disse, ele levantou, ele comprou
Esta forma representa 66.7% dos verbos analisados.
Piel
1) O Piel normalmente expressa uma ação “intensiva” ou “intencional”.
Qal
ele quebrou
ele enviou
Piel
ele quebrou em pedaços, ele esmagou
ele mandou embora, expulsou
2) Algumas vezes o Piel introduz um novo sentido à forma Qal.
DOC, hebraico: vigia
DOCUS, hebraico: vigia
LiShemor, Shamar - Guardar, Proteger, Vigiar, Cuidar
Esperar, Aguardar
Preservar
Observar
Cumprir
A palavra vigiar vem do grego greegoréuo, que, significa, em Mt.25 estar em condições de vigilância, com tochas, ou lâmpadas acesas.
Ensino: Do grego didaquê. Daqui vem a palavra didático.
Em hebraico significa aprender.
Ensinar no hebraico tem vários vocábulos possíveis de dar entendimento a esta palavra.
Iluminar
Palavras em hebraico para "ensinar"
Roy B. Zuck
Princípios da educação cristã e procedimentos devem ser baseados diretamente sobre a Palavra de Deus e é totalmente compatível com ele.
Caso contrário, pode-se questionar se ele é realmente cristão.
Educação.
Os professores da Bíblia e dos trabalhadores da educação cristã nas igrejas e as escolas devem estar constantemente verificando seus ensinamentos para ver se eles estão seguindo os princípios bíblicos.
Assim, também a oração deve ser orientada como uma educação espiritual, sob os ensinos de Jesus Cristo, que nós aproveitemos esta lição para ensinar nossos alunos a Oração sob a ótica cristocêntrica, no sentido da aplicação dos ensinos de Cristo.
Uma das maneiras, pala qual, os professores cristãos podem verificar o seu ensino com a Palavra de Deus é através, do estudo da etimologia da palavra e saber algo das palavras hebraica e grega traduzida por "ensinar".
O que essas palavras significam e como eles são usadas, ilustra o processo de ensino, processo de aprendizagem como Cristo e o Pai, através do Espírito Santo, planejou que fossem usadas.
Uso da Palavra - ensino/ensinar - no hebraico.
Seu significado básico é "tornar-se familiar com";
habituar-se a, a amizade.

"Desse verbo vem o adjetivo substantivo forma ", amigo, companheiro." Quando usado de animais, significa "manso, dócil."
No Qal a forma simples, significa "aprender a ser familiar com." 
Assim,todos devem aprender a orar, na família, desde as crianças, por várias causas e motivos, do ancião ao menino;Oração de agradecimento, de humilhação, de ação de graças, de socorro, pela vida e por todos...
Este é o seu significado em Provérbios: "24 Não sejas companheiro do homem briguento (Prov. familiarizado com)"(nem andes com o colérico,25 Para que não aprendas as suas veredas, e tomes um laço para a tua alma. Prov. 22 :24-25). 22 :24-25).
Em seus três outros usos, todos no Livro de Jó, este verbo ocorre na forma Piel.
A forma Piel normalmente se intensifica o simples (por exemplo, o verbo "pedir" significa, na causa- "para mendigar, a pedir várias vezes"), mas aqui tem uma Causa-
vigor: "fazer aprender, para fazer com que se familiarizem " com ".
Em Jó 33:33, Eliú disse que iria ensinar a sabedoria de trabalho (Ie, ele causaria trabalho para se familiarizar com sabedoria), e de acordo com Jó 35:11 Deus nos ensina mais do que ensina os animais.
Com essa idéia em mente, Powell: "O professor é o de iluminar o aluno para que ele possa veja por si mesmo. Ele está tendo "uma visão clara das realidades espirituais; laços e é permitir que os outros vejam. "
Briggs - " significa "para advertir ou censurar."
Quando o ensino inclui a entrega de um aviso ou advertência, esse verbo é usado. Seja para exemplo, os seus juízos (Sl 19:9) Deus ensina ou admoestação (19:11). 9 O temor do Senhor é limpo, e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente.11 Também por eles é admoestado o teu servo; e em os guardar há grande recompensa.
INTRODUÇÃO E DISCURSO.
Esta lição nos traz conteúdo apropriado para reconhecer, que temos uma arma letal contra o inimigo, as mazelas da vida, as perdas, os enfrentamentos diários, chamada Oração.
Devemos concluir neste aprendizado que a eficácia da oração, e sua sabedoria é estendida de geração a geração.
Uma oração ensinada por Jesus.
É sábia toma o aspecto e posição distante das potestades celestes, com valor pactual.
Por isto, a Oração ensinada por Cristo, tem alguns valores, aprendidos na Oração do Pai Nosso.
Lc. 11.1. Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos.
Mt. 6.8.ss Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes. Portanto, vós orareis assim:
Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal;
Porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre.
Amém.
Compare com a oração de Salomão e você irá encontrar os parâmetros de identificação entre a Oração no Antigo Testamento, com a mesma Intensidade no Novo Testamento.
Deus é santo
Dono de toda vontade
Fornece nossa subsistência
Perdão
Livra
É Rei
Vive cercado de Glória e majestade
Reconheça a soberania e que Deus está com seus ouvidos atentos a tua Oração, você pode orar que será ouvido.
Aspecto pertencente ao Homem.
Para atendermos a nos apropriarmos dos ensinos de Jesus devemos ser como Jesus – Obediente ao Pai.
Jesus é o nosso exemplo, e por isto nos ensina, a realizar as vontades do Pai.
Vigiai- vigiar é Esperar, Aguardar, Preservar,Observar,Cumprir as vontades do Pai.
Orar é antecedido de vigilância.
Mt.26.41. Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.
Vigilância é observar as ordens de Deus.
Vigilância é estar à espera do Reino de Deus de forma total em sua Plenitude vívida, no qual estaremos para sempre.
Por isto, agora é momento de vigiar para não perdermos o nosso acesso ao Reino, pela Oração e não sermos vencidos pela tentação deste Mundo, que jaz no maligno.
O homem e sua carne.
Fomos formados em carne corruptível, e atingidos pelo pecado, nos fez ser seres corruptíveis.
A fraqueza da carne é fator determinante da natureza humana.
Mas, nós os crentes estamos firmados no ensino bíblico, que nos orienta a:
Ter todo o nosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis...
1Ts. 5:23 - E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
Podemos pedir em Oração a proteção de Deus, mas a grande ação, para ser alvos da atenção e reposta de Deus e sermos atendidos é em função da obediência os mandamentos de Deus.
Não mais, os mandamentos da Lei mosaica, mas o mandamento da Lei do Amor, através do Pai, no Filho do seu Amor – Jesus Cristo.
1 João 5. 14,15. E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos.
1 João 3. 22-24. E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista. E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento. E aquele que guarda os seus mandamentos nele está, e ele nele. E nisto conhecemos que ele está em nós, pelo Espírito que nos tem dado.
É sob este aspecto da obediência, que podemos cumprir com nosso livre-arbítrio tudo o que Deus nos pede e podemos continuar sendo atendidos.
Quem quer ser atendido, deve aprender a obedecer aos mandamentos de Deus.
Conclusão.
Aprendamos a orar sob os ensinos de Jesus, sejamos como os discípulos e digamos:
Senhor ensina-nos a orar.
Fonte.
Bibliotheca Sacra 121 (1964): Dallas Theological Seminary.
Bíblia Plenitude
Nova Concordância Exaustiva Strong – SBB - hebraico,grego e aramaico.
Apontamentos do autor
Bíblia digital -cortesia Tio Sam

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical