terça-feira, abril 5

Japão...Quanto estamos seguros, longe desta Tragédia?...Todos no mesmo Vagão de acidentados.

Quando falamos de Césio – 137, logo, em todo o Brasil vamos imaginar o que aconteceu em Goiás.
18.20. Do seu dia pasmam os do ocidente, assim como os do oriente ficam sobressaltados de horror.
Quanto horror ocorreu, após dois homens encontrarem em uma demolição de consultório dentário uma cápsula contendo o elemento.
Eles a abriram...
Fficaram encantados com o brilho do material, o material andou de mãos em mãos , na família na rua, na comunidade.
Todos queriam ver o estranho material.
E eram só 19,26 g de cloreto de césio-137 (CsCl), tal substância um pó branco parecido com o sal de cozinha, porém no escuro ele brilha com uma coloração azul.


Encurtando: O que se viu, depois, foi a morte de pessoas por contaminação por radiação nuclear.
Ainda hoje muitas estão doentes e são submetidas a tratamento.
Vi nestes dias na TV ena Internet [você vê a foto-coloquei no final, se vc. quiser ver, o que pode fazer a radiação e como opção e informação], um homem com a palma da mão deformada[Odesson Alves - Presidente da Associação da vítimas], pelo menos esta parte do corpo visível, com uma deformação que a transformou, em uma quase esponja de carne.
Sl.31.11 ...tornei-me em opróbrio, sim, sobremodo o sou para os meus vizinhos, e horror para os meus conhecidos; os que me vêem na rua fogem de mim.
O governo teve que destinar milhões de R$ para aterramento dos objetos e corpos, que tiveram contato com os resíduos nucleares.
Imagine, agora:

A situação do Japão!
Águas marinhas com contaminação do mesmo elemento o Césio-137, multiplicada em 1,1 milhão de vezes.
Mar com contaminação, superior de iodo-131 superior a 200 mil becquerels, ou seja, 5.000.000 de vezes, superior ao limite legal, isto é de Norma.
becquerel - medida da radiação dos elemtos nucleares. 
Jr.2.12.Espantai-vos disto, ó céus, e horrorizai-vos! ficai verdadeiramente desolados, diz o Senhor.
O que isto pode dizer?
Você pensa:
“Estou longe do Japão, do outro lado do Mundo”.
E daí? 
Isto não vai me afetar.
Quando vamos à pratica, vemos que o Japão vive da pesca.
É uma Ilha em que as suas águas são fonte de alimento.
Precisamos lembrar que há correntes marinhas, que migram, por assim dizer e levam para outros mares tudo o que carregam consigo.
No caso, será que elas vão trazer esta radiação? 
Que há espécies de peixes, aves, animais marinhos que vivem em migração de um a outro Oceano, como regra do ciclo de vida.
A ciência informa que o césio – 137 tem duração de sua radiação, até ser minimamente dissipada de 30 anos [?], como ficarão estas áreas?
O Iodo – 131, 8 dias.[?]
Uma pergunta, que não quer calar e os peixes, as algas, os animais marinhos, que sofreram esta radiação, foram tratados?
Quais as mutações, doenças, que eles carregarão para os que deles se aproximarem ou se utilizarem como alimento.
Não dá para visualizar:”este está contaminado”; ‘este passou no mar do Japão”...
É uma notória situação desastrosa a espera de respostas e medidas dos homens que comandam a ciência e o Japão.
Indenizações:
Você já está preocupado, e ficaria muito mais, se tivesse tido de abandonar a sua casa, plantações e meio de vida, para trás, não por causa do Terremoto ou tsunami,, pois já estaria voltando para as áreas.
Mas, por causa da radiação que atinge 5 milhões de vezes, o que o corpo humano pode receber em um ano, te oferecem-se R$ 20,00 de Indenização.
É!
É isto, que a Tókio Eletric está oferecendo e pagando aos abandonados e obrigados japoneses retirantes.
E eu achava que isto só acontecia no Brasil!
Indenizações de usina nuclear irritam japoneses retirados da área
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS
Com indenizações de cerca de US$ 11 (R$ 17), a Tokyo Eletric Power Company (Tepco), empresa que opera a usina nuclear de Fukushima, no Japão, irritou os moradores que tiveram de ser retirados, e algumas prefeituras locais chegaram a rejeitar os recursos oferecidos.
Muitos vilarejos locais anunciaram que devem rejeitar a doação de cerca de 20 milhões de ienes (US$ 237 mil), que dividida pelo número de moradores retirados atinge quantias ínfimas de menos de R$ 20.
Uma porta-voz da cidade de Namie declarou que a oferta da Tepco foi rejeitada, o que permite que a municipalidade e a população possam criticar livremente a sociedade.
"A população local supera os 20 mil habitantes, o que faria com que cada residente recebesse menos de 1.000 ienes (cerca de R$ 17) cada um. Isso não ajuda os flagelados", argumentou.
Cerca de 80 mil pessoas residentes num perímetro de 20 km em torno da central acidentada pelo terremoto e tsunami de 11 de março se viram obrigadas a abandonar a região, deixando tudo para trás.
Sl.55. 5. Temor e tremor me sobrevêm, e o horror me envolveu.
Além disso, muitos agricultores da província de Fukushima tiveram que suspender a comercialização de verduras e de leite devido ao índice elevado de radioatividade após o desastre nuclear, o que pode acontecer, é que por falta de dinheiro, os agricultores e criadores, serão tentados, e sempre tem quem que se aproveite destas situações, a vender seus produtos.Lembre que tudo está acontecendo no Japão: japoneses velhos, assalariados, estão em abrigos, você viu, acima o valor da idenização oferecida...Então...
O ministro da Indústria japonês, Banri Kaieda, declarou nesta terça-feira que ordenou à Tepco se prepare para pagar indenizações às populações mais atingidas.
Segundo a agência de notícias Kyodo, a sociedade deve calcular com o governo as enormes indenizações que deverá pagar às empresas, agricultores e pescadores prejudicados pelo acidente nuclear.
Acha que está ruim, leia o texto seguinte:

A Tokyo Electric Power (Tepco), que opera a Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, vai despejar no mar cerca de 11.500 toneladas de água radioativa das instalações da central.
Um porta-voz da Tepco afirmou que "cerca de 10.000 toneladas de água depositada nas piscinas e 1.500 toneladas atualmente nos reatores 5 e 6" serão despejadas no oceano Pacífico.
A fonte indicou que a concentração de radioatividade na água em questão é cem vezes maior que o limite legal, o que considerou relativamente baixa.
A Tokyo Electric Power (Tepco), companhia operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi, irá despejar no mar cerca de 11.500 toneladas de água radioativa acumuladas nas instalações da central nuclear atingida e rompida, anunciou nesta segunda-feira a agência Jiji.
Disse: "Não temos outra opção senão despejar essa água contaminada no oceano como medida de segurança", disse à televisão local o porta-voz do governo, Yukio Edano.
O objetivo da operação é abrir espaço nesses lugares para poder transferir para ali a água com uma radioatividade ainda mais elevada que inunda os prédios de turbinas dos reatores 1, 2 e 3, e que dificulta seriamente os trabalhos dos operários da Tepco para resfriá-los. 
Is.21.4. O meu coração se agita, o horror apavora-me; o crepúsculo, que desejava, tem-se-me tornado em tremores.
VAZAMENTO
A Tepco usou nesta segunda líquido com corante em um túnel próximo ao reator 2 da central para tentar determinar a rota pela qual a água radioativa vaza para o mar.
Segundo a rede de televisão NHK, os funcionários verteram o líquido de cor branca em um túnel que conduz à fossa onde no último sábado (2) foi detectada uma rachadura de cerca de 20 centímetros, que permite que água com uma elevada radioatividade escape para o mar.
Tentou-se deter o vazamento selando a rachadura com concreto e injetando polímero em pó para absorver a água, mas nenhum desses dois recursos obteve sucesso.
O objetivo do corante é poder seguir a rota exata pela qual chega ao mar a água contaminada, que por causa de seu elevado nível de radioatividade se acredita que poderia proceder do núcleo do reator 2.
A Tepco trabalha com várias possibilidades para deter o vazamento ao mar, como tentar tapar a rachadura com produtos químicos ou instalar uma barreira no litoral para conter a água radioativa.
De forma paralela, os técnicos continuam os esforços para drenar a água radioativa que inunda os porões dos prédios de turbinas das unidades 1, 2 e 3, que dificulta seriamente os trabalhos para esfriar os reatores da central de Fukushima.
Com France Presse e Efe
Iodo radioativo no mar de Fukushima supera 5 milhões de vezes o limite.
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS
A Tokyo Electric Power (Tepco), companhia operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi, informou nesta terça-feira que foi detectado na água do mar nas proximidades da central um nível de iodo radioativo cinco milhões de vezes superior ao limite legal, enquanto o césio-137 apresenta índice 1,1 milhão de vezes maior.
Uma amostra recolhida no início de segunda-feira em uma área marinha próxima ao reator 2 de Fukushima revelou uma concentração de iodo-131 de 200 mil becquerels por centímetro cúbico.
As análises também mostraram que a presença de césio-137 superava o limite legal em 1,1 milhão de vezes, segundo fontes da Tepco citadas pela emissora pública de televisão NHK.
Enquanto o iodo-131 tem vida média relativamente breve, de oito dias, o período de semidesintegração do césio-137 é de 30 anos
Leia o relato:

Foto: André Bragança/Especial para Terra
“No período da desmontagem da máquina, eles foram expostos ao ambiente 19,26 g de cloreto de césio-137 (CsCl), tal substância um pó branco parecido com o sal de cozinha, porém no escuro ele brilha com uma coloração azul. Após cinco dias, a peça foi vendida a um proprietário de um ferro-velho, o qual se encantou com o brilho azul emitido pela substância. Crendo estar diante de algo sobrenatural, o dono do ferro-velho passou 4 dias recebendo amigos e curiosos interessados em conhecer o pó brilhante. 
Muitos levaram para suas casas pedrinhas da substância, parte do equipamento de radioterapia também foi para outro ferro-velho, de forma que gerou uma enorme contaminação com o material radioativo. 
Os primeiros sintomas da contaminação (vômitos, náuseas, diarréia e tonturas) surgiram algumas horas após o contato com a substância, o que levou um grande número de pessoas a procura hospitais e farmácias, sendo medicadas apenas como pessoas portadoras de uma doença contagiosa. 
Mas tarde descobriu-se de que se tratava na verdade de sintomas de uma Síndrome Aguda de Radiação
Somente no dia 29 de setembro de 1987 é que os sintomas foram qualificados como contaminação radioativa”. Yuri Macedo

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical