quinta-feira, julho 14

A VIDA DO NOVO CONVERTIDO LIÇÃO 03 – CPAD - 07-2011.2ªParte

V- O Entendimento da Nova Criatura Com Base nas Escrituras.
A- Um Pensamento da Visão Geral da Teologia Pentecostal.
A Ação do Espírito Santo.
Tt. 3.5. ...não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo...
O Espírito SantoAgente Eficaz da Regeneração.
Mt.19.28. Ao que lhe disse Jesus: Em verdade vos digo a vós que me seguistes, que na regeneração, quando o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, sentar-vos-eis também vós sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.
O Espírito Santo é o Espírito de manutenção da Vida, uma das funções divinas do Espírito de Deus, desde a Gênesis [no tempo humano conhecido e revelado] Ele assim opera.
A palavra regenerar demonstra que a ação do Espírito é dar nova existência, revivificar, formar de novo o homem decaído pelo pecado adâmico.
Regeneração é restabelecer a ligação que estava rompida entre o homem e o Divino.
1 Pe.1.3. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos...
4 para uma herança incorruptível, incontaminável e imarcescível, reservada nos céus para vós

Imarcescível.

adj. Que não murcha: glória imarcescível. Imperecível, eterno. Inalterável; latim immarcescibile.
Grego: amarantos [sempre-viva, daí o nome da flor] (imarcescível) que não murcha, ou de longa duração ou longevidade.
Pedro, O Apóstolo, nos fala que esta regeneração, comprada para nós por Jesus Cristo, na ação da misericórdia do Pai, é uma garantia para uma mudança pelo novo nascimento, nos garantindo a herança compartilhada pelo Unigênito do Pai, em incorruptibilidade, imarcescibilidade, incontaminável.
1. Co. 15. 49. E, assim como trouxemos a imagem do terreno, traremos também a imagem do celestial.
50 Mas digo isto, irmãos, que carne e sangue não podem herdar o reino de Deus; nem a corrupção herda a incorrupção. 53 Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
O que Pedro quer nos ensinar, é que temos uma garantia de vida eterna, pois só a vida eterna em Cristo, garante a incorruptibilidade, a Incontaminação e a Imarcescibilidade ao ser mortal, que pelo sacrifico eterno recebe esta vida, sendo regenerado.
O Agente da Regeneração.
O Espírito Santo
Precisamos ensinar aos novos convertidos a situação em que todos, como ele, em Adão, se encontravam, antes de se converterem a Jesus Cristo.
Rm. 5.8. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.
VI- DA IMPUTAÇÃO:
Imputação, O Que É Isto?
Imputar - verbo hebraico chashabh e o verbo grego logizomai (ISBE).

Três Verdades Teológicas:
Estas são necessárias para o entendimento correto deste termo.
Este termo e seu conceito está interligado a três verdades:
- o Pecado original (a culpa de Adão é imputada a todos os seus descendentes);
- a Expiação (nossos pecados são imputados a Cristo)
- a Justificação (a justiça de Cristo é imputada a nós).
Podemos dizer que essencialmente, a Imputação é um dos elos do religare, ou seja, da Reconciliação entre Deus e o homem.
Ex.: Este ato necessita em seu pensamento primário, de um pagamento.
Encontramos na Epístola de Paulo a Filemon esta idéia.
O Apóstolo pede a Filemon  que se reconcilie com Onésimo e para isso aceita que a dívida deste seja lançada em sua própria conta.
É uma forma de entendermos o que Jesus fez conosco, as nossas dívidas foram imputadas a Ele e estamos livre de todas elas.
Imputar significa “colocar na conta de”, “atribuir a”.
Job 24:12 - Desde as cidades gemem os homens, e a alma dos feridos exclama, e contudo Deus lho não imputa como loucura.
Sal 32:2 Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.
Rom. 4:8    Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa o pecado.
Imputação Mediata – herança da corrupção.
Esta se dá em função de nossa ligação antropológica e como  homens sermos parte desta Federação iniciada em Adão [cabeça da federação] e Eva.
Imputação Imediata – todos foram julgados e condenados, à partir, do pecado de Adão. Fomos Contaminados.
O pagamento de Cristo pelos pecados é imputado a nós, de forma que não precisamos mais pagar pelos nossos pecados.
Os injustos são considerados justos sobre o fundamento de sua fé. E como a justa satisfação de Cristo é imputada imediatamente aos crentes, sem que nenhuma justiça esteja presente neles ou qualquer satisfação seja feita por eles antes da imputação, então a imputação do pecado também deve ser imediata.
VII- Da Necessidade da Conversão:
Como se deu a necessidade da Conversão de todos os homens, mesmo aos aparentemente simples, sinceros ou que se acham sem erros.
Como alguns que acham que crendo apenas como Jesus sendo santo, não o aceitaram para ser participe de suas vidas, como Salvador das suas almas e nunca, achando porque não cometeram danos, conhecíveis, a outrem [roubo, morte, adultério...], ainda se utilizam de outras figuras conhecidas no Evangelho, ou não para se ‘comunicarem’ com Deus.
Todos os homens, como ensinado neste texto, com várias passagens correlatas, sobre a salvação, estavam desligados da presença de Deus e com um impedimento legal – pecado, erro – que impedia a atuação da Divindade, para além, da manutenção exclusiva do fôlego de vida e a manutenção do sistema que supre toda a raça humana, independente de sua crença em Deus.
Todo Sistema foi mantido no caos do Universo pelo Espírito de Deus.
No advento do erro e inicio da oposição através da malignidade do reino parasita do mal sobre o gen da coroa da criação de Deus, o homem, houve o rompimento relacional entre a Criação Humana e o Criador Divino, advindo do pecado.
Como relatamos aqui, a Federação dos Homens foi atingida em sua plenitude, por esta falha desconectadora das benesses da Divindade aos homens, incluindo a Vida Eterna.
Para religar houve a necessidade proclamada em Gn.3.15, pleromaticamente cumprida no advento do nascimento de Jesus de Nazaré.
Religar tem o sentido de ligar novamente.
Religar [e religião] - é uma palavra do latim “religare”, que, traduzindo ao pé da letra, significa “religar”.
Assim, a função da religião, - e isto é uma função da Missão Integral da Igreja - seria ligar novamente as pessoas a Deus.
Por que religar?
Será que estamos afastados de Deus?
VII- [1]- Afastados de Deus pelo Pecado:
Razões:
-Destituição da glória;
-Pecado;
-Condenados a Morte; 2 Co.1.9. Mas já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte...
-Filhos de Adão; 1 Co.15.21.Porque assim como a morte veio por um homem ...
- servos do pecado;
- Em Deleites.
Rom 3:23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
Para restabelecer esta ligação, este morreu, ressuscitou, e impôs ao Rei dos Terrores, o seu domínio, como também à Morte, os quais, como seres espirituais eram os inimigos de todos os homens, e os mantinham como seus servos, pela Cédula, agora foi rasgada e cravada na Cruz do Gólgota.
Rom 6:23 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.
Mas, para que haja a regeneração, há que todos os que ouvem a Palavra – o Crer vem pelo ouvir, e Ouvir a Palavra – aceitarem a voz do Espírito Santo – convence desta justiça, do pecado e do juízo vindouro, a todos os homens. Rom 10:17. De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.
Quando o homem aceita a ação do sacrifício de Cristo, o Espírito Santo processa a Regeneração.
Iniciando –
VIII- A Reformação moral.
A Verdadeira. Religião - Renascimento ou nova vida dada pelo batismo. Cl.2.12. Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.
VIII- [1]- Melhorar O Homem Em Todos Os Aspectos:
-Físico - 1Te 5:23E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, E Corpo
-Espiritual – Cl.3.3. ...a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.
-Emocional - Reformação moral.
-Social - Reformação moral.
-Restaura a ligação com Deus;
Corrige o curso da vida do homem, que ao aceitar a Obra da Salvação se arrepende de seus atos; O arrependimento é a chave para entrada em ação da Obra da Regeneração que vai intregrar o homem ao Reino de Deus, função ativada pela Missão Integral da Igreja ao realizar o Ide
Revivifica o homem que estava morto e atado a cédula do mal, em seus pecados e antroplogicamente sem saída para acessar à Deus.
IX- SALVAÇÃO:
Rm.10.9.A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.
Esta é uma Lição, na qual se deve colocar a SALVAÇÃO, como sendo um processo iniciado, na vida do novo crente, à partir, do momento em que ele deu ouvidos a Palavra pregada e sentiu o desejo de servir a Jesus Cristo.
Que isto: servir a Jesus Cristo é na realidade iniciado com a regeneração do ser humano total – corpo físico, mente- alma e espírito do homem, que passa pela recriação de seu home interior, o seu ID.
Devemos atentar, para a visão que este ensino tornará o Novo crente e até mesmo outros crentes, atentarem para a grandeza da Salvação em Jesus Cristo.
IX [1]- Conceito Federativo:
Solidariedade do Pai dos homens Adão com a raça humana.
Um pecou e assim todos os demais pecaram – Rm. 5.13-19; 5.12. Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.
Porque até à lei estava o pecado no mundo, mas o pecado não é imputado, não havendo lei.
Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.
Posição do Caráter do Homem, pós-queda:
-Desobediência
-Transgressão
-Ofensa
-Pecado
- Mortos nos Rudimentos deste Mundo – sistema de agir da federação dos homens, sem Deus;
A Desobediência de Adão revelou-se na questão do livre-arbítrio, com um ato de auto-afirmação.
IX [2]- A Regeneração Como Pensamento Universal Federativo:
Todos os homens pecaram e destituídos estavam da Glória de Deus.
Rm.3. 22-23. isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos os que crêem; pois não há distinção. ...todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
É o primeiro passo para o neocrente iniciar o processo para sair deste julgo e iniciar uma Nova Vida em santificação, fé,  e caminhada com Cristo, agora como Nova Criatura.
1 Pe.1. 9. ...alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas. 10 Desta salvação inquiririam e indagaram diligentemente os profetas que profetizaram da graça que para vós era destinada,
11 indagando qual o tempo ou qual a ocasião que o Espírito de Cristo que estava neles indicava, ao predizer os sofrimentos que a Cristo haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir. [...] vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; 23 tendo renascido, não de semente corruptível, mas de incorruptível, pela palavra de Deus, a qual vive e permanece.
A Regeneração só pode ser executada pelo Espírito Santo, naquele que aceita Jesus como Salvador.
1 Co.2. 9. Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.
10 Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus. [...]12 Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, mas sim o Espírito que provém de Deus, a fim de compreendermos as coisas que nos foram dadas gratuitamente por Deus;
13 as quais também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito Santo, comparando coisas espirituais com espirituais.
Há incompreensão do espiritual está vedada ao carnal em seu estado de pecado, pois necessita da ação do Espírito de Deus:
14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido.
IX [2]- FEDERAÇÃO - Em Delitos E Pecados:
Não há quem busque a Deus, mas Deus nos alcançou.
Rm.3. 10 ...como está escrito: Não há justo, nem sequer um.
11 Não há quem entenda; não há quem busque a Deus.
12 Todos se extraviaram; juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.
Este estado de morte espiritual necessitava de uma ação externa ao homem, e ela nos veio na forma humana do Unigênito. João 3.8. ... o que é nascido do Espírito é espírito.
Assim, como foi tentado em tudo e venceu o pecado, a morte e ao Inimigo de Deus, nos fez co-participes da sua natureza pos-mortem, vencendo a morte.
Da mesma forma todos os homens estando mortos necessitam da regeneração ou de uma nova natureza – a espiritual – a regeneração, que atinge:
Rm.6.4. De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida’.
Mente
Coração
Vontade –
Para Que Se Requer A Salvação?
Rom 6:22 Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.
A salvação é requerida para remoção da ofensa individual, a qual, como já relatamos acima, todos os homens herdaram de Adão, pelo processo federativo, já que ele foi feito, por Deus, a cabeça da Federação antropológica.
X- REDENÇÃO:
Grego: απολυτρωσις [apolutrôsis] (Substantivo feminino). Palavra composta de απο [apo] e λυτρωσις [lutrôsis] (απο+λυτρωσις).
Adão com o seu erro ofendeu a Deus, o seu Criador, e impôs esta condição de ofensores, a todos nós.
Ao aceitar a proposta do Inimigo de Deus, Adão pela sua volição, cria a necessidade de remoção desta ofensa, pois, segundo a Bíblia a quem nos sujeitamos, nos tornamos escravo deste.
Desta forma, o homem passou a ser escravo do poder do pecado, e para livrar-se disto necessitava de uma nova ação divina, a qual o Pai declara no proto-evangelho em Gn.3.15.
Esta ação o Pai impôs, condicionalmente com a participação da mulher, a qual pecara, mas do seu fruto viria a redenção espiritual do ‘antrophos’.
É necessário entender, que o homem natural não morreu, mas o espiritual estava morto!
Deus pela sua Justiça e zelo de sua Palavra cumpriu, ainda que mitigando, por misericórdia, o pronunciamento do estabelecido como sentença – morte.
Mas, proveu ainda em tempo aceitável uma nova chance, pela sua longanimidade e benignidade a todos os homens.
Por isto não é de causar admiração para os que ainda não nasceram de novo!
João 3. 3. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
1-Portanto, Regeneração do homem é um ato de misericórdia de Deus.
2-Regeneração da humanidade é um ato de benignidade
3-Regeneração dos homens é um ato de amor de Deus
4-Regeneração é um ato de Paz a ser retomada pelo homem na sua vida com a divindade.
Rm.5.1. TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;
Ação da Longanimidade de Deus e Seus demais Atributos Pessoais:
Regeneração da raça humana é um ato da longanimidade de Deus, mas se realiza de maneira individual.
João 3. 4.8. Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?
Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.
O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.
Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo.
X [1]- A Regeneração É Um ato da Esfera Místico-Divinal:
Ou seja, a Regeneração é realizada de forma como o vento, sentimos seus efeito!
Interessante ressaltar a expressão destes versículos.
A sua composição etimológica revela uma integridade mnemônica e gramatical, que infere ‘pneuma’, ar, vento, com a observação do vento que balança as folhas da árvore e só podemos senti-lo em nosso rosto, mas sabemos que ele está nos envolvendo.
1-Vento do Espírito:
Sabendo que o Pneuma Divino – O Espírito Santo age desta forma, o que torna interessante esta observação. Veja Ez.37. – Vale dos Ossos Secos. 
O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.
Regeneração é uma realização de todas estas características de Deus que se realiza através da ação do Espírito Santo na vida pessoal do homem, que aceita o amor de Deus, e o sacrifício do Filho.
1 Co. 2. 14. Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Há inércia na ação do homem, sendo um tanto quanto calvinista, em sua regeneração.
Rm.3. 20. ...porquanto pelas obras ... nenhum homem será justificado ...; 21 Mas agora, ... tem-se manifestado a justiça de Deus, que é [...] isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos os que crêem;
Regenerar é o ato inicial que identifica o homem com o momento de sua criação.
Inerte e sem vida Deus lhe deu espírito de vida.
Na etimologia, vemos a questão mais clara, o ‘pneuma’- espírito ou ar, é assim também na regeneração, o Espírito sopra sobre ossos secos e restaura-lhes a vida em totalidade.
Gn.2.7. E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente.
XI- O Efeito Transformador da Regeneração:
A Regeneração produz em nós efeitos incomensuráveis, os quais outrora nos amarravam como Elos de uma corrente antropológica ao pecado.
O Que Devemos Aprender Com Esta Ação do Espírito:
12 Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente,
Vivíamos em intensa admiração, execução, gosto e deleitando-nos naquilo que em tudo nosso corpo físico e alma impenitentes desejava, pois não éramos regenerados.
Agora, temos que usufruir deste Ensino, modificados em nosso modo de portar:
-Renuncia;
-Viver em sobriedade;
-De Forma Justa;
-De Maneira Pia.
Como mortos tínhamos o sentimento, que apenas esta vida de mortandade diária, não nos dava mais objetivo algum, a não ser os prazeres e desprazeres de viver uma vida dissoluta.
Quando utilizamos o termo desprazer estamos dizendo, que uma vida sem Justiça e sob condenação nos leva a realizar o que não é bom, por falta da perspectiva da Eternidade em nossa alma.
Sem esta perspectiva salvifica, éramos como o suicida, que não vê problema em ser danoso, sofrer danos, pois o objetivo é este mesmo, não ter futuro.
Havia a insensatez natural em nossos corpos;
Rm. 13.9.... Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
Havia o ódio, que agia contra nós mesmos;
Havia a desobediência a voz do Eterno;
Havia desprazer de viver;
Ec.4.4. Também vi eu que todo o trabalho, e toda a destreza em obras, traz ao homem a inveja do seu próximo
Havia malícia em viver para sobreviver por mais um dia; A Malícia era mais um degrau em direção a morte, que enraizada em nossa alma era o nosso destino, sem saída. Sl.34.21. A malícia matará o ímpio
Havia prazer nos deleites;
Prov. 14:21 - O que despreza ao seu próximo peca, mas o que se compadece dos humildes é bem-aventurado.
Havia inveja, para com os que viviam melhor do que nós vivíamos, e assim usávamos a malícia para prejuízo de todos;
3 Porque também nós éramos noutro tempo insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias concupiscências e deleites, vivendo em malícia e inveja, odiosos, odiando-nos uns aos outros. 4 Mas quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens, 5 Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo,
Éramos Cheios Desta Medida Do Fermento:
Rm.1.9. Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
Tt.1.21. Por isso, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas.
Uma Nova Vida:
Rom 6:22 Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.
Novidade de Vida.
Uma vez regenerado somos nova criatura. 2 Co.5.8. 17. Pelo que, se alguém está em Cristo, Nova Criatura é; as Coisas Velhas já passaram; eis que Tudo se Fez Novo.
Temos nosso caráter mudado.
As coisas velhas se passaram para nós.
Há Fruto na Regeneração!
2 Pedro 1.3 Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude;4 Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.
-Respeito à vida;
-Piedade;
-Conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude
participantes da natureza divina
XI- [A] - Essência e Ser – algo místico ou espiritual que existe, mas não tem substancia ou densidade material.
Fusis – Gr. – significa Caráter; Ef.2.3.
Ira – nosso caráter anterior era merecedor da ira de Deus.
Podemos pela regeneração ser partícipes da natureza divina, pois somos objeto do seu poder santificador, pelo sangue de Jesus Cristo, na ação do Espírito Santo.
Temos novo caráter sob a ação de nossa natureza carnal, por Deus, nos agindo em nós pela presença do Espírito Santo em nós, santifica-nos por sua natureza agindo em nosso caráter.
XI- [B] Natureza:
Mudança da Natureza de Vida:
Espiritual – Justificação e imputação de justiça. Rm.8.33. Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Vivencial
Social
Moral -
Participes da natureza divina
Livres da corrupção eterna
Livres da Concupiscência do mundo
Livres do dano eterno do pecado, como novas criaturas, nós pertencemos a outro Reino.
A esperança e o aguardo da Vida Eterna é o nosso novo alvo, não mais as coisas terrenas.
13 Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo;
XI- [C] A Qual Reino?
O Reino de Cristo.
Nós estamos neste mundo,mas não somos mais deste mundo. João 15.19. Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.
Qual a mensagem que podemos encontrar, quanto a temática deste trimestre nesta Lição?
XII- A Missão Integral da Igreja.
Como Agencia divina a Igreja tem entre seus pontos essenciais de sua Missão.
-Anunciar que a regeneração é disponível a todos os homens.
-Viver integralmente a Novidade de vida
-Não perder o alvo da Missão querigmatica do Evangelho
João 15.22 Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado, mas agora não têm desculpa do seu pecado.
-Continuar a Obra da Igreja na Conversão dos homens.
Necessitamos como Missão advertir aos nossos próprios Irmãos quanto ao efeito da Regeneração, com demonstrações na:
-Comunhão
-União
-Unidade
Principalmente na integração dos Novos Convertidos, que sofrem com a forma não santificada de diversos pares no seio da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Um novo convertido é uma semente germinando, fruto da regeneração do Espírito Santo,que nós temos obrigação de ajudar a proteger!
Todos precisam saber:
Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna. Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.
Passaram e Devem Viver:
Na ação da Graça favorável ao crente convertido;
Como herdeiros com Cristo;
Com a Esperança da Vida Eterna;
Pois pode desfrutar de coisas boas e proveitosas aos Homens!Aleluia!
7 Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna.8 Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.
Fonte:
Autor: Soli Deo Gloria - Enviado por: Pr. Estevão Nucci
Insejec
Os Neo-Carismaticos e o Movimento da Prosperidade – Roger L. Smalling; D. Min.
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

Duas Visões de Regeneração - Por John Hendryx

Recanto das Letras
Aquiles Lucas
Publicado no Recanto das Letras em 20/09/2010
* versículos sem referencia de livro, são versículos da Lição da Leitura Bíblica da Lição.
Bíblia Chamada
Bíblia Plenitude
Apontamentos do autor
Estudos Paulinos – UPM - SP
Dicionário Priberam
Dicionários on-line
O.S.Boyer – Editora Vida.




ADENDO GRAMATICAL UTILITÁRIO:
Entendendo o Significado das Palavras:
Benigno
adj.
1. Afável.
2. Favorável.
3. Suave e bom.
Benignidade
s. f.Qualidade do que é benigno. Favorável. Suave e bom.
Caráter Divino nos alcançou, em um momento da Plenitude, ainda em vigência entre os homens.
Sem que nos merecêssemos ele nos alcançou, não por merecimento, mas por Amor a todos os homens, para nos tirar da Servidão Adâmica do Pecado.
Desviar (des-vi-ar)
v.t.Mudar a direção de; afastar: desviar um rio.
Separar; arredar.
Perturbar, desencaminhar: extraviar os espíritos. Extraviado
adj. Que se extraviou: carta extraviada. Desencaminhado; pervertido: jovens extraviados.
Concupiscência
(latim concupiscentia, -ae) - s. f.1. Desejo imoderado de satisfazer a sensualidade.2. Apetite sensual.
Concupiscência (e não “concuspicência”), deriva do latim ‘concupiscentia,ae’, de ‘concupiscer’ («cobiçar»), e, segundo o Dicionário Houaiss, tem os seguintes significados: 1 cobiça de bens materiais; 2 anelo de prazeres sensuais; 3 (em filosofia) no agnosticismo, luxúria carnal, desejo libidinoso; 4 (em filosofia) no tomismo medieval, desejo de prazer gerado por uma realidade física, material; 5 Em Teologia- aspiração humana de bens naturais ou sobrenaturais 5.1 movimento de amor em direção a Deus e aos homens; 6 Em Teologia- [sentido pejorativo] cobiça natural do homem pelos bens terrenos, consequência do pecado original e que produz desordem dos sentidos e da razão.

Deleites -

Deleite é uma «derivação regressiva de deleitar», e este, por sua vez, vem «do latim delectare».
«prazer suave e demorado; voluptuosidade; delícia; gosto» (in Dicionário da Porto Editora).

Deleitar

v.t. Causar prazer a; agradar, deliciar.
s. m.Prazer suave e prolongado (moral ou físico).
Deleitar
v. tr.1. Causar deleite a.
v. pron.2. Sentir deleite.
Desobediente
adj. Que não obedece, que costuma desobedecer.
Desobediente
adj. 2 g.Que não obedece; recalcitrante.
Extraviar |eis|
v.t. Desviar do caminho certo: uma indicação inexata extravia o turista.
v. tr.
1. Desencaminhar.
2. Dar sumiço a.
3. Perder.
4. Figurado - Enganar, seduzir, desvairar.
5. Subtrair fraudulentamente.
6. Descaminhar.
v. pron.
7. Perder-se no caminho.
8. Sumir-se, levar sumiço.
9. Figurado -  Perverter-se.
10. Deixar a senda do dever.
Fig. Fazer cair em erro, afastar dos princípios: os maus exemplos extraviam a juventude.
Impiedade (latim impietas, -atis)
s. f.
1. Caráter  ou qualidade de ímpio.
2. Falta de piedade.
3. Ato  ímpio.
4. Blasfêmia.
5. Crueldade.
Inveja | s. f.
s. f.1. Desgosto pelo bem alheio.
2. Desejo de possuir o que outro tem (acompanhado de ódio pelo possuidor).
não ter inveja a: não ser somenos; não ficar atrás de.
Invejar - v. tr.
1. Ter inveja de.
2. Olhar com inveja.
Insensato
adj. e s.m. Que ou o que perdeu a razão; louco, insano. Que ou o que é contrário ao bom senso.
Insensato
(latim insensatus, -a, -um)
adj. s. m.Que ou aquele que demonstra insensatez. = DESAJUIZADO, ESTROINA, IMPRUDENTEAJUIZADO, SENSATO
Lavagem - s. f. Ato  de lavar; lavadura.
Malícia
s. f.
1. Qualidade de maligno; maldade.
2. Inclinação para o mal.
3. Conhecimento do que é mau.
4. Astúcia com que enganamos e não nos deixamos enganar.
5. Interpretação danosa.
6. Mordacidade.
7. Esperteza, astúcia, velhacaria.
Misericórdia
s. f.
1. Compaixão solícita pela desgraça alheia.
2. Comiseração, piedade.
3. Perdão.
6. Perdão! Piedade!
Mundano
adj.
1. Próprio do mundo.
2. Profano.
3. Falto de moral, de comedimento.
4. Não virtuoso.
5. Dado aos prazeres do mundo.
s. m.
6. Pessoa que aprecia as visitas, a sociedade, a convivência.
Piamente | adv.
Derivação de pio
Piamente
adv.
1. Com piedade.
2. Santamente, religiosamente.
3. Sinceramente.
Crer piamente em alguma coisa: crê-la com convicção.
Pio
adj.
1. Devoto, inclinado à piedade.
2. Benigno, compassivo, misericordioso.
3. Que denota caridade.
Sóbrio
adj.
1. Moderado no comer, no beber, e em geral em todos os apetites sensuais.
Regeneração: s. f  Ato  ou efeito de regenerar.2. Restabelecimento do que estava destruído. Figurado -Reformação moral. Religião - Renascimento ou nova vida dada pelo batismo  ou pela penitência.
Regenerar v. tr. Dar nova existência a. Melhorar; restaurar; corrigir; revivificar.v. pron.Formar-se de novo; revivificar-se; emendar-se.
Renovação
s. f.Ato  ou efeito de renovar.
Renovar
v. tr.
1. Tornar novo; melhorar.2. Consertar.3. Recomeçar; repetir.
4. Substituir por coisa melhor.5. Dar o aspecto  de novo a.
6. Trazer novamente à lembrança.7. Excitar de novo.
8. Renovar sofrimentos.
v. intr.9. Rebentar ou desabrochar de novo (os vegetais).Is.53. 2. Pois foi crescendo como renovo perante ele, e como raiz que sai duma terra seca; não tinha formosura nem beleza; e quando olhávamos para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos.
10. Reaparecer; suceder-se.
v. pron.
11. Rejuvenescer.12. Repetir-se.13. Aparecer de novo.
Redenção = [Grego. apolutrosis; Latim. redemptio].
Resgate, libertação garantida mediante o pagamento de um resgate.
Sóbrio
adj.1. Moderado no comer, no beber, e em geral em todos os apetites sensuais.
Renunciar - (latim renuntio, -are, anunciar em resposta, expor, proclamar, revogar, abandonar)
v. tr. e intr.
1. Desistir de (aquilo a que se tem direito). = ABDICAR, RESIGNAR
v. tr.
2. Não querer. = RECUSARACEITAR
3. Tirar (algo) da sua posse ou do seu usufruto. = DEIXAR, LARGAR, PRIVAR-SEACEITAR, APROVEITAR
4. Abandonar (crença, convicção ou princípio); deixar de acreditar em. = ABJURAR, RENEGARADERIR,
Salvação
s. f.
1. Ato  ou efeito de salvar ou salvar-se.
3. Redenção.
Salvar - (latim salvo, -are)
v. tr.
1. Tirar ou livrar de um perigo.
2. Dar saúde a (um doente).
3. Transpor, vencer (espaços ou distâncias).
4. Passar por cima, saltando. = GALGAR
5. Preservar.
7. Livrar da morte.
8. Religião - Livrar do Inferno ou do Purgatório.
v. pron.
9. Livrar-se.
10. Obter a salvação eterna.
11. Acoitar-se; abrigar-se.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical