sexta-feira, novembro 9

Jonas - A Misericórdia Divina - LIÇÃO 06 - CPAD - em construção


Jonas - A Misericórdia Divina - LIÇÃO 06 - CPAD
Autor - Pr Osvarela
"Deus é um Deus de oportunidades, tanto de ninivita, quanto com profetas". Osvarela
TEXTO ÁUREO;

“E DEUS viu as obras deles, como se converteram do seu mau caminho; e DEUS se arrependeu do mal que tinha dito lhes faria e não o fez” (Jn 3.10).
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Jonas 1.1-3; 15,17; 3.8-10; 4.1-7
Jonas 1.1-3
1 E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo: 2 Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até mim. 3 E Jonas se levantou para fugir de diante da face do SENHOR para Társis; e, descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, de diante da face do SENHOR.
Jonas 1.15 E levantaram Jonas e o lançaram ao mar; e cessou o mar da sua fúria.
Jonas 1. 17 Deparou, pois, o SENHOR um grande peixe, para que tragasse a Jonas; e esteve Jonas três dias e três noites nas entranhas do peixe.
Jonas 3.8-10
8 Mas os homens e os animais estarão cobertos de panos de saco, e clamarão fortemente a Deus, e se converterão, cada um do seu mau caminho e da violência que há nas suas mãos. 9 Quem sabe se se voltará Deus, e se arrependerá, e se apartará do furor da sua ira, de sorte que não pereçamos? 10 E Deus viu as obras deles, como se converteram do seu mau caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha dito lhes faria e não o fez.
Jonas 4.1-7
1 Mas desgostou-se Jonas extremamente disso e ficou todo ressentido. 2 E orou ao SENHOR e disse: Ah! SENHOR! Não foi isso o que eu disse, estando ainda na minha terra? Por isso, me preveni, fugindo para Társis, pois sabia que és DEUS piedoso e misericordioso, longânimo e grande em benignidade e que te arrependes do mal.
APRESENTANDO JONAS
Jonas (Jn) – leia texto específico. Clique aqui e vá para nosso Estudo - PROFETAS MENORES - ESTUDO CONTINUADO - NOVO GRÁFICO - CURIOSIDADES
Jonas - "pomba" – minha nota: a pomba do mar ou das águas -;
Tal qual a pomba da Arca, ele não queria pousar sobre cadáveres espirituais - humanos; Osvarela
Como indicado em 2Rs 14.25, Jonas era filho de Amitai e um nativo de Gate-Hefer, um vilarejo situado a 5 Km em direção ao nordeste de Nazaré, dentro das fronteiras tribais de Zebulom.
Data e ocasião.
1:1-2:10 O livro do profeta Jonas se divide em duas divisões principais, cada uma introduzida pela frase: "Agora a palavra do Senhor veio a Jonas. "
A primeira divisão compreende duas secções: a chamada, voo/viagem [pomba] e julgamento de Jonas (cap. 1), e o salmo ação de graças (cap. 2).
1:1-17 Desobediência de Jonas para a comissão como um profeta para ir a Nínive, segredo não nos revelado - a razão de Jonas para fugir de Deus (que não é revelado até 4:2).
Demonstração da ação de salvar vidas, na atividade profética de Jonas:
- O profeta de Deus é julgado, mas os gentios são poupados, o que antecipa a resposta e a vida poupada dos moradores de Nínive –ninivitas -.
Modelo de Chamada ao trabalho Profético:
1:1 E veio a palavra do Senhor a Jonas.
Único profeta evangelista e Missionário trans-cultural:
Ele foi o único profeta mandado para pregar aos gentios.
Caráter:
-obstinado,
-irritado,
-mal-humorado,
-impaciente
-Sectário; viver somente com seu clã.
-Religioso.
Ele professava um temor ao Senhor como Deus do céu, o Criador do mar e da terra.
BREVE APRESENTAÇÃO DO ASSUNTO
A Misericórdia Divina.
Dentro do quadro da Teogonia, vamos encontrar características divinas, que produzem impacto na Revelação de Deus aos homens.
É DESTACADA A QUE Estudaremos nesta Lição –
A Misericórdia!
Etimologia
Significado de Misericórdia
s.f. Piedade, compaixão, sentimento despertado pela infelicidade de outrem.
Teológico - Perdão concedido unicamente por bondade; graça.
Misericórdia divina, atribuição de Deus que o leva a perdoar os pecados e faltas cometidos.
Bandeira de misericórdia, pessoa bondosa, sempre pronta a ajudar o próximo e a desculpar-lhe os defeitos e faltas.
Punhal que outrora os cavaleiros traziam à cintura no lado oposto àquele em que estava a espada, e que lhes servia para matar o adversário, depois de derrubado, se ele não pedia misericórdia.
Golpe de misericórdia, o ferimento mortal feito com o punhal chamado misericórdia; o golpe mortal dado a um moribundo.
Estar à misericórdia de alguém, depender da piedade de alguém.
Pedir misericórdia, suplicar caridade.
A misericórdia faz Deus, se levantar, e nos aguardar.
Isaías 30:18 “Por isso o Senhor esperará, para ter misericórdia de vós; e por isso se levantará, para se compadecer de vós; porque o Senhor é um Deus de eqüidade; bem-aventurados todos os que por ele esperam.”
Não há verdadeira justiça sem misericórdia”. - Textos Judaicos
Significado da palavra no Hebraico:
A-; Misericórdia – subs. - hesed (transliterado) “benignidade, amor firme, graça, misericórdia, fidelidade, bondade, devoção”.
É identificado três significados básicos, que interagem:
1-“força”,
2- “firmeza”
3- “amor”.
No Antigo Pacto.
Hesed nos fala principalmente dos direitos e obrigações mútuos e recíprocos entre as partes(Jeová e Israel). O termo hesed, implica envolvimento e compromisso pessoais numa relação além das normas da lei.
Misericórdia – A substantivo - hesed (transliterado) “benignidade, amor firme, graça, misericórdia, fidelidade, bondade, devoção”.
O termo hesed, também, implica envolvimento e compromisso pessoais numa relação além das normas da lei. Ex. Davi e Jonas.
O termo hesed caracteriza uma vida de santificação dentro do concerto.(Os 6.6) declara que Deus deseja “misericórdia [amor firme] e não sacrifício” ou seja; vida fiel além de adoração.(Mq 6.8) hesed: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e [...]ames a “beneficência”.
Deus como sujeito, vemos então o hesed de Deus, a misericórdia é oferecida ao Seu povo que necessita de redenção do pecado, inimigos e dificuldades (Êx 34.6; Ne 9.17;Sl 103.8; Jn 4.2).
Toda a historia de relação de concerto de Jeová com Israel pode ser resumida em termos de hesed.
Misericórdia é o ato de Deus, paz é a experiência resultante no coração do homem. Graça descreve a atitude de Deus para com o transgressor de lei e o rebelde. Misericórdia é a Sua atitude para com os que estão em angustia.
Palavra Composta
Misericórdia deriva de uma junção de duas palavras latinas: miserere e cordis.
A primeira é um verbo que indica "ter compaixão de".
- E o que isso significa?
Compaixão implica sentir com o coração de alguém, ou seja, é a capacidade de sentir aquilo que a outra pessoa sente, aproximar- me de tal forma do seu coração que possa compreender o que se passa ali.
A segunda palavra que deu origem ao vocábulo "misericórdia" é o substantivo cordis, que significa coração, compreendido como espaço onde brotam as emoções e sentimentos.
Portanto misericórdia (miserere + cordis) significa literalmente "ter compaixão do coração", ou seja, aproximar meus sentimentos dos sentimentos de alguém, sentir "em sintonia".
Misericórdia sf. Compaixão suscitada pela miséria, pela dor alheia, (logo encontramos o vocábulo compaixão).
Compaixão sf. Pesar que nos desperta a desgraça, a dor de outrem; dó, comiseração, piedade. (minidicionário Aurélio ).
Misericórdia sf. Compaixão despertada pela miséria alheia; perdão; instituição de piedade e caridade. Interj; grito de quem pede compaixão.
Misericordioso, adj. Que tem misericórdia; compassivo, compaixão,
-sf. Piedade, dó, comiseração, pena, sentimento de humanidade. (Dicionário Silveira Bueno – e.d.p.).
Significado no grego
– Hileôs - ‘propício, misericordioso’ a qualidade expressa ali pertence essencialmente a Deus, a despeito do homem ser indigno dela.
Só usado acerca de Deus (Hb 8.12. Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.); em Mt 16.22; “Senhor tem compaixão de ti”, literalmente “sê propício a ti”.
Substantivos:
- Eleos - presume necessidade por parte de quem a recebe, e recursos adequados para satisfazer a necessidade daquele que a mostra. (1) Deus, rico em misericórdia (Ef 2.4). proveu salvação para toda a humanidade (Tt 3.5) para Judeus(Lc 1.72), para gentios (Rm 15.9) aos que o temem(Lc 1.50). oração em busca de misericórdia (Hb 4.16). (2) A busca de misericórdia de uns para com os outros (Gl 6.16; 1Tm 1.2; Mt 9.13;12.7;23.23; lc 10.37; Tg 2.13).
Misericórdia é o ato de Deus, paz é a experiência resultante no coração do homem. Misericórdia é a Sua atitude para com os que estão em angustia.
;;; I-; O Uso e a Prática da Misericórdia de Deus – Jonas.
Neste livro podemos entender, mais um pouco, sobre esta qualidade teogonica de Deus.
Seu valor – imensurável
Sua Ação – em todos os tempos
Sua determinação – Ele a usa para todos os homens, em todas as épocas, nações e Línguas, com a ajuda de vários Jonas, que muitas das vezes, não puderam alcançar o valor e a Sua extensão.
Na realidade, após ler o Livro de Jonas, há uma resultante dúvida.
O quanto Jonas se convenceu, desta atitude de Deus, para com gente como os de Nínive!
Haja vista que:
Misericórdia é o amor revestido de preocupação para com as necessidades do próximo. É compadecer-se e agir em prol das aflições, privações e legítimas necessidades de alguém.”
II- O QUE REPRESENTA A AÇÃO DE DEUS NO CONTEÚDO DE JONAS?
A experiencia salvifica da Misericordia, em Jonas.
Como nós aplicamos em nossas vidas, o Livro de Jonas e a sua praxis, vivencial?
Deus olha para os ninivitas e não vê as suas maldades como impeditivo para sua hesed – compaixão -, destarte conhecer todas elas.
Coisas que Jonas não vê e nem sente!
Deus vê e sente–
-Necessidade de arrependimento destas ações como, necessidade das aflições dos atos malignos dos ninivitas, que não sabem distinguir a mão esquerda da direita e o fazem sob o domínio da cegueira do pecado e do mal.
-Deus os ve como imagem e semelhança.
-Deus os ve como seres criados para conhec-lo;
-Deus os ve como almas necessitadas da salvação;
-Deus os ve como alvo da Graça.
Muito embora, Isarel estivesse sob o pacto, Deus vai alem do Pacto para salvar um povo fora do Pacto Sinaítico, mas não do Pacto do Proto Evangelho de Genesis 3.15.
Ou seja, Pacto da Hesed e da Graça.
Efésios 2:4. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou...
Relacionado com a lição temos um texto, sobre misericórdia, que explicita o que Deus preparou para o Povo Ninivita.
O que teria levado Deus a agir, para com Nínive e toda a sua população humana (conjunto antropológico), e seu conjunto zoobiológico inumano, sua terra?
Para mim há uma tipologia inserida, no texto.
Ela brota como um fundamento ensinado a Jonas – O Missionário e Profeta Evangelista.
-eu amo todos os homens, independente do mal que fizeram;
-mesmo que tenha sido contra mim [indiretamente];
-confirma o conceito divino – Eu não levo em conta os tempos da ignorância... “por isto estou te enviando à eles”
-Deus não tem prazer na morte do ímpio, pois sua Misericórdia, não o permite fazê-lo sem nenhuma chance revelacional.
II-1. Igualados - Profeta e Ninivitas.
O Profeta e a Misericórdia
Jonas também teve a oportunidade de viver sob Misericórdia, embora não pudesse entendê-la como agente de sua nova chance.
O profeta em sua rebeldia deixa o rumo da Chamada, e parte para Társis.
Neste período ele, pode viver sob a misericórdia de Deus.
Porque A Misericórdia divina o alcança e lhe dá uma nova oportunidade.
Deus por ventura não saberia o que passou no coração de Jonas, antes de sua chamada, e durante após o seu envio?
Nisto podemos ver que a misericórdia está igualando Jonas ao seu publico alvo.
Deus iguala o profeta, como homem sob o mesmo manto de Sua Misericórdia!
DEUS SEMPRE NOS DÁ OUTRA CHANCE PARA FALAR!
Será que Jonas merecia outra chance?
Deus poderia chamar outro profeta.
Mas, a chamada que recebemos vamos executá-la, mesmo que viajemos no ventre de uma baleia.
Cuidado com as baleias no teu ministério e na tua via!
Porém, Deus deu outra chance para ele porque ele se arrependeu da sua desobediência.
Da mesma forma, Deus deu outra chance para toda a cidade de Nínive, porque eles também se arrependeram. Compilado e editado, à partir de parágrafo de- JONAS GANHA UMA CIDADE INTEIRA PARA DEUS. Célula vida
[...]
Efeito Jonas
1 Mas desgostou-se Jonas extremamente disso e ficou todo ressentido. 2 E orou ao SENHOR e disse: Ah! SENHOR! Não foi isso o que eu disse, estando ainda na minha terra? Por isso, me preveni, fugindo para Társis, pois sabia que és DEUS piedoso e misericordioso, longânimo e grande em benignidade e que te arrependes do mal.
;Será que não vivemos muitas vezes este efeito.
Jonas sofre de um mal, o qual, Deus não aceita.
Distorcer o pecado, conceituando apenas a religiosidade, na qual vivemos.
E não como uma ofensa, [natural, como adamizada no antrophos] à Ele – Deus!
É a Estigmatização do conceito do pecado, sob a ótica da religião – r minúsculo.
- Distorção do conceito de pecado.
O religioso passa a enxergar pecado além daquilo que constitui ofensa à Deus e sim aquilo ofende sua própria crença, e sua limitação, quanto a Misericórdia Divina - Jonas. [ Alessandro Mendonça - Formado em Teologia pela Faculdade Teológica Batista Nacional (DF) em 1997 e ordenado Pastor batista em 1998.]


Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical