segunda-feira, fevereiro 24

MOISÉS – SUA LIDERANÇA E SEUS AUXILIARES - Lição 08 – CPAD – Fev/2014 – 1ª Parte

MOISÉS – SUA LIDERANÇA E SEUS AUXILIARES
Lição 08 – CPAD – Fev/2014 – 1ª Parte
“Líderes transformam ambiente de derrota, em ambiente de vitórias impossíveis”! Osvarela
Texto Áureo - Ex 18. 19 Ouve agora minha voz, eu te aconselharei, e Deus será contigo.
Ex 18.13-22. Leitura Bíblica em Classe 
E aconteceu que, no outro dia, Moisés assentou-se para julgar o povo; e o povo estava em pé diante de Moisés desde a manhã até à tarde.
Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto, que tu fazes ao povo? Por que te assentas só, e todo o povo está em pé diante de ti, desde a manhã até à tarde?
Então disse Moisés a seu sogro: É porque este povo vem a mim, para consultar a Deus;
Quando tem algum negócio vem a mim, para que eu julgue entre um e outro e lhes declare os estatutos de Deus e as suas leis.
O sogro de Moisés, porém, lhe disse: Não é bom o que fazes.
Totalmente desfalecerás, assim tu como este povo que está contigo; porque este negócio é mui difícil para ti; tu só não o podes fazer.
Ouve agora minha voz, eu te aconselharei, e Deus será contigo. Sê tu pelo povo diante de Deus, e leva tu as causas a Deus;
E declara-lhes os estatutos e as leis, e faze-lhes saber o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer.
E tu dentre todo o povo procura homens capazes, tementes a Deus, homens de verdade, que odeiem a avareza; e põe-nos sobre eles por maiorais de mil, maiorais de cem, maiorais de cinqüenta, e maiorais de dez;
Para que julguem este povo em todo o tempo; e seja que todo o negócio grave tragam a ti, mas todo o negócio pequeno eles o julguem; assim a ti mesmo te aliviarás da carga, e eles a levarão contigo.
Etimologia
As definições convencionais de carisma referem-se a características que, muitas vezes, transcendem a simples humanidade.
a) "dons e graças concedidas pelo Espírito Santo; conjunto de qualidades excepcionais de certas pessoas" (Micaelis, 2000);
b) "força ou dom concedido por graça divina; qualidades especiais de liderança (política, etc.) derivadas de individualidade excepcional" (Ferreira, 2000). Charismatic leadership, according to Alexandre Dorna; Lisete Barlach;Grupo de Estudos e Pesquisas em Psicologia Política, Políticas Públicas e Multiculturalismo ; Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil
Exórdio
Liderança.
A liderança comportamental (liderança pode ser vista, não mais como, apenas uma característica, mas como um comportamento) pode funcionar de duas formas:
Primeira forma: a liderança pode ser uma autoridade delegada, quando o líder é aquele que possui um cargo de liderança, mas não necessariamente lidera, ou influencia sua equipe;
Segunda forma: a liderança pode ser uma autoridade natural, quando o líder é aquele que consegue influenciar ou direcionar a equipe sem, necessariamente, possuir um cargo de liderança.
No caso de Moisés a Liderança era a chamada liderança carismática. (veja abaixo)
Ele realmente era o Líder dotado por Deus para esta ação:
Êxodo 3:10-12 Vem agora, pois, e eu te enviarei a Faraó [...]: Certamente eu serei contigo;
Êxodo 4:28-31 E relatou Moisés a Arão todas as palavras do Senhor, com que o enviara, ... foram Moisés e Arão, e ajuntaram todos os anciãos dos filhos de Israel. E Arão falou todas as palavras que o Senhor falara a Moisés e fez os sinais perante os olhos do povo. E o povo creu; e ... inclinaram-se, e adoraram.
A caminhada do povo hebreu vindo do Egito era sofrida e cheia de dificuldades.
Nesta etapa que estudamos neste domingo podemos ver que as relações sociais eram difíceis e somente seriam resolvidos na presença de Moisés, o líder, libertador e agora juiz.
A tarefa de um julgador solitário era extremamente penosa para o povo que obrigatoriamente teria que ir ate a presença do guia indicado por Deus.
Um líder tem que buscar a eficácia de sua liderança em prol dos liderados e da causa que lidera.
Parece claro que a posição de Moisés era vista, por si mesmo, como natural, assim como a vinda do povo, para ter suas causas julgadas, era natural aos olhos de todos.
Isto porque Moisés, se estudado sob a ótica da liderança, era o que chamamos de:
O “Líder carismático”: carisma é uma palavra grega que significa “dom de inspiração divina”. Ou seja, o líder carismático é aquele que inspira em seus liderados a confiança, aceitação incondicional, obediência espontânea e envolvimento emocional. O líder carismático é visto por seus liderados como alguém que possui qualidades excepcionais “Carismáticas” em sua acepção original. Por InfoEscola - Caroline Faria - Curso de Liderança
Um Observador - Jetro
Menos para Jetro, o midianita.
Ele demonstra diversas faces do observador atento:
- Um homem preocupado.
- Um homem atento
Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo”.
Jetro mostrou-se preocupado com as condições do povo, que ficava em uma imensa fila, durante todo o dia, da manhã à tarde, aguardando ser atendido.
“O sogro de Moisés, porém, lhe disse: Não é bom o que fazes”.
Preocupado com as condições do próprio genro que também tinha que ficar assentado, talvez em condições mais abrigadas, todo este tempo, se exaurindo pelas disputas, pendências, discussões, resoluções que tinha que tomar caso a caso, que variavam desde a perda de um bode, até as questões comezinhas de vizinhança, ou mesmo problemas familiares diversos.
Por todo este tempo ele tinha que atender, um a um, os do povo, nestes casos que poderiam ser resolvidos de forma mais rápida e íntima, se os lideres de cada tribo, ou arraial, que conheciam cada membro de sua família fossem acionados para isto.
Moises não tinha visão futurista, mas era imediatista.
Jetro o adverte sobre o amanhã:
“...Totalmente desfalecerás
É um erro de muitos líderes.
Parecem e são esforçados, mas pensam somente em atender ao povo no dia de hoje e se esquecem de que amanhã, o povo, poderá precisar dele, e eles mesmos precisam guardar forças para prolongar sua vida e atividade. Além de necessitar preparar alguém para substituí-lo.
Liderança consiste na arte de conduzir pessoas, profissionais, grupos e equipes a alcançar, com êxito, os resultados planejados. Assim, tanto em nossa vida pessoal como no ambiente organizacional existem pessoas que dispõem de competências para liderar e outras para serem lideradas.
Vemos que Moisés, embora estivesse servindo ao povo, se dedicando integralmente a esta tarefa, com esforço pessoal e prejuízo familiar e físico, acabe trazendo prejuízo, ao seu povo.
Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto, que tu fazes ao povo?”
 “Sê tu pelo povo diante de Deus, e leva tu as causas a Deus”;
Parece que ele desposava da visão de uma liderança da Teoria do Grande Homem.
as capacidades de liderança são inatas, embora todas as pessoas devam se encorajadas a ser líderes”. John Kotter (1997)
Esta se fundamentada na premissa de que o líder nasce com habilidades de liderança inatas, inexplicáveis e incompreensíveis para a maioria dos seres humanos, sendo, portanto exaltados como heróis.
Muito embora, isto fosse verdade, mas Moisés fora chamado por Deus para ser alguém que conduziria o povo e que sabia que sua tarefa seria limitada pelos dias do “homem”, que são poucos (120, 70, 80 anos – Gn 6.3; Sl 90.10).
Passos para uma Liderança Eficaz
- Planejamento Estratégico
- O Problema
- Excesso de centralidade.
- Povo dependente de um líder cansado.
- Justiça prejudicada pelo tempo de resolução dos assuntos.
- Falta de percepção do problema, era um problema em si mesmo.
- Afastamento da família do líder.
- Isolamento do líder.
- Não havia formação de novas lideranças.
- Fardo considerado pesado.
- Excesso de autoridade. “Então disse Moisés a seu sogro: É porque este povo vem a mim, para consultar a Deus; Quando tem algum negócio vem a mim, para que eu julgue entre um e outro e lhes declare os estatutos de Deus e as suas leis”.
- Uso de excelência para pequenos problemas, deixa pouca energia para grandes casos. “e seja que todo o negócio grave tragam a ti, mas todo o negócio pequeno eles o julguem;”
- Concentração do Juízo e da Justiça. “E declara-lhes os estatutos e as leis, e faze-lhes saber o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer”.
Para fazer frente à delicadíssima situação, Moisés precisava utilizar todos os seus talentos de líder.
Lembre-se que talento, fala de suor, esforço, energia.
Adequação no Planejamento Estratégico
Como líder Moisés utilizava uma estratégia de líder com visão antiquada, mesmo aos dias de hoje:
E aconteceu que, no outro dia, Moisés assentou-se para julgar o povo; e o povo estava em pé diante de Moisés desde a manhã até à tarde”.
“...a função do líder era estabelecer e fazer cumprir critérios de desempenho para atingir objetivos organizacionais. A atenção principal do líder focava-se na necessidade da organização e não nas necessidades do indivíduo” (STONER & FREEMAN, 1995).
Facilitador Segundo a Teoria das Relações Humanas, a função do líder era facilitar o alcance dos objetivos, mediante a cooperação entre os liderados e, ao mesmo tempo, proporcionar oportunidades para o seu crescimento e aperfeiçoamento pessoal.
Planejamento estratégico na gestão do problema.
E declara-lhes os estatutos e as leis, e faze-lhes saber o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer. E tu dentre todo o povo procura homens capazes, tementes a Deus, homens de verdade, que odeiem a avareza; e põe-nos sobre eles por maiorais de mil, maiorais de cem, maiorais de cinqüenta, e maiorais de dez; Para que julguem este povo em todo o tempo”;
Inclui comportamento pessoal do caráter e personalidade do Líder.
Humildade
Ouve agora minha voz, eu te aconselharei, e Deus será contigo”.
Não infere perder a liderança e posição conquistada de forma carismática (- Charisma - Dom);
Ouvir a quem quer (e pode) ajudar
Capacidades necessárias.
Não avaro – quem é avaro só pensa em si e não pode ser um líder. Líder  precisa pensar no povo que não é seu, mas sua obrigação á ser cumprida diante de uma mordomia que exige honestidade, temor e desprezo ao que é seu no sentido pessoal. Acima de tudo o que se dispõe a ser líder precisa deixar de lado o que é seu!
Sem avareza.
E tu dentre todo o povo procura homens capazes, tementes a Deus, homens de verdade, que odeiem a avareza”;
1 Timóteo 3:3 Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento;
Temor a Deus.
Cuidado essencial para quem quer ter bons auxiliares;
2 Timóteo 3:1-5 Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
- Homem de verdade
 “E declara-lhes os estatutos e as leis, e faze-lhes saber o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer”.
Conhecedores de toda a verdade da justiça de Deus.
2 Timóteo 3:17 Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.
Vemos Moisés, nesta passagem, que embora ele esteja servindo, se dedicando integralmente a esta tarefa, com esforço pessoal e prejuízo familiar e físico, acabe trazendo prejuízo, ao seu povo.
Então disse Moisés a seu sogro: É porque este povo vem a mim, para consultar a Deus;
“Sê tu pelo povo diante de Deus, e leva tu as causas a Deus”;
Parece que ele desposava da visão de uma liderança da Teoria do Grande Homem.
Esta se fundamentada na premissa de que o líder nasce  com habilidades de liderança inatas, inexplicáveis e incompreensíveis para a maioria dos seres humanos, sendo, portanto exaltados como heróis.
Muito embora, isto fosse verdade, mas Moisés fora chamado por Deus para ser alguém que conduziria o povo e que sabia que sua tarefa seria limitada pelos dias do “homem”, que são poucos (120, 70, 80 anos – Gn 6.3; Sl 90.10).
as capacidades de liderança são inatas, embora todas as pessoas devam se encorajadas a ser líderes”. John Kotter (1997)
“Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto, que tu fazes ao povo?”
Jesus O Exemplo de Líder
- O Líder servidor
Como o conteúdo desta lição é representativo, metafórico, tipológico vemos que o líder servidor, representado por Moisés, de forma tipológica é claramente imperfeito neste momento da lição.
É alguém que serve sem sentido absoluto de trazer benefício ao povo, com o seu modo de liderar.
Diferente do perfeito Líder – Jesus - Mt 20:28 - Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.
Já no inicio de seu Ministério Jesus de Nazaré inicia a formação dos quadros de lideres escolhendo pessoalmente seus discípulos-líderes.
Lc 6:13 E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos:
Este fato repercute na escolha de 12 (doze) homens com características variadas, para formar o Colégio Apostólico, após a sua partida, anunciada e não esperada pelos seus discípulos. Tal qual a formatação tribal da nação de Israel, Jesus escolheu representativamente (veio para os seus...) doze homens.
Mc 10. 1-7 E, CHAMANDO os seus doze discípulos, deu-lhes poder [...] os nomes ... estes: O primeiro, Simão Pedro, André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus; Tiago Tadeu; Simão o Zelote, e Judas Iscariotes. Jesus enviou estes, e lhes ordenou, dizendo: ... Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel; ... dizendo: É chegado o reino dos céus.
A Escritura Veterotestamentária nos ensina como devemos ser administradores capazes.
O exemplo bíblico do AT - Êxodo 18:13-24  - é um modelo utilizado até aos nossos dias, pelos mais eficazes líderes administradores e nas maiores corporações, trata-se do modelo que ensina administrar delegando poderes. lembre-se, só delega poderes quem tem autoridade.
A igreja recebeu poderes diretamente de Jesus Cristo O Senhor. Ele é o cabeça da Igreja e a ela concedeu poder e autoridade para ligar, desligar, expulsar, curar e ainda lhes ensinou na prática a forma de organizar a multidão, com sabedoria.
Este é o papel do administrador. Foi assim que a Igreja Primitiva obteve rápido crescimento e êxito no que fazia, pois o fazia com organização e atribuições determinadas. Veja em Números 4. 3;47,49 como a aplicação desta lição do sogro de Moisés lhe valeu uma maior organização, maior qualidade de vida e um governo, e liderança eficaz!  Curso de Administração Eclesiástica – Autor Osvarela

Continua na 2ª parte

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical