domingo, março 16

Lição 11 – CPAD – 1º trimestre 2014 DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO



DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO
E PARA O NOSSO DEUS OS FIZESTES REIS E SACERDOTES; E ELES REINARÃO SOBRE A TERRA”. Ap. 5.10
Lição 11 – CPAD – 1º trimestre 2014
1ª Parte – Em Edição
Editor e autor deste Estudo- Subsídio Pr Osvarela

Ex 28.1-11
Leitura Bíblica em Classe
1 Depois tu farás chegar a ti teu irmão Arão, e seus filhos com ele, do meio dos filhos de Israel, para me administrarem o ofício sacerdotal; a saber: Arão, Nadabe, e Abiú, Eleazar e Itamar, os filhos de Arão.
2 E farás vestes sagradas a Arão teu irmão, para glória e ornamento.
3 Falarás também a todos os que são sábios de coração, a quem eu tenho enchido do espírito da sabedoria, que façam vestes a Arão para santificá-lo; para que me administre o ofício sacerdotal.
4 Estas pois são as vestes que farão: um peitoral, e um éfode, e um manto, e uma túnica bordada, uma mitra, e um cinto; farão, pois, santas vestes para Arão, teu irmão, e para seus filhos, para me administrarem o ofício sacerdotal.
5 E tomarão o ouro, e o azul, e a púrpura, e o carmesim, e o linho fino,
6 E farão o éfode de ouro, e de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido, de obra esmerada.
7 Terá duas ombreiras, que se unam às suas duas pontas, e assim se unirá.
8 E o cinto de obra esmerada do seu éfode, que estará sobre ele, será da sua mesma obra, igualmente, de ouro, de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido.
9 E tomarás duas pedras de ônix, e gravarás nelas os nomes dos filhos de Israel,
10 Seis dos seus nomes numa pedra, e os outros seis nomes na outra pedra, segundo as suas gerações;
11 Conforme à obra do lapidário, como o lavor de selos lavrarás estas duas pedras, com os nomes dos filhos de Israel; engastadas ao redor em ouro as farás.
I - Etimologia e Biografia
Nomes
Aarão - Ααρων Aaron;  אהרן; n pr m. Arão = “que traz luz”; Filho de Aram, irmão de Moisés, neto de Caat, bisneto de Levi, trineto de Jacó e Lia e tetraneto de Isaac. A ele foi dado, por Javé, o Ministério do Sacerdócio e, por isso se tornou o Patriarca dos Sacerdotes e dos levitas.
’Aharown – אהרן; gr Ααρων; n pr m - Arão = “aquele que traz luz”; irmão de Moisés, um levita e o primeiro sumo-sacerdote e líder de toda a ordem sacerdotal em Israel;
Arão, o irmão mais velho de Moisés, foi escolhido por Deus e acompanhou e ajudou Moisés por 40 anos de trabalho.
Arão foi nomeado por Deus como o primeiro sumo sacerdote e pai da linhagem dos principais líderes espirituais dos judeus durante 1.500 anos.
Antecessor de Arão e família
Levi – Patriarca, Filho de Jacó e de Lia, neto de Isaac, bisneto de Abrão, trineto de Taré e tetraneto de Nacor. Levi foi o ancestral de Moisés e de Aarão a quem coube as funções sacerdotais, vindo daí o fato de sua descendência  (os levitas)  herdar esse ministério.
Seu pai - Caat - Filho de Levi, neto de Jacó e Lia, bisneto de Isaac, trineto de Abrão e tetraneto de Taré.
De sua linhagem é que descenderam Moisés, Aarão e a classe dos Sacerdotes.
Inram - O nome de Aram (pai de Moisés, de Arão e de Maria), segundo o Corão.
Pai de Arão - Amram (Aram) Filho de Caat; Amram foi o pai de Aarão, de Moisés e de Maria.
Sua mãe
יוכבד;Yowkebed;  n pr f. Joquebede; Jocabed - “Javé é glória”; filha de Levi, esposa e ao mesmo tempo tia de Anrão, e mãe de Moisés, Aarão e Miriã;
Esposa e nomes de descendentes dentro da História do Evangelho:
Êxodo - 6:23
E Arão tomou por mulher a Eliseba, filha de Aminadabe, irmã de Naasson; e ela deu-lhe Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar.
Do hebraico “meu Deus é meu juramento”. Do nome Eliseba origina-se, por exemplo, o conhecido Elisabete e suas variações.
’Eliysheba’ -אלישבע; gr ελισαβετ; n pr f. Eliseba = “meu Deus jurou” ou “Deus é um juramento”; esposa de Arão; Isabel Filha de Aminadab, irmã de Naasson, esposa de Aarão, cunhada de Moisés e mãe de Abiú, Eleazar e Itamar.
A continuidade e uso do nome – relação com Jesus e sua presença no Novo Testamento.
Isabel - Descendente da linhagem de Aarão (o irmão de Moisés) era a esposa do Sacerdote Zacarias, prima da Virgem Maria e mãe de João Batista, o Precursor.
Miriã - Maria (Mariam, Miriam) Irmã de Aarão e de Moisés, filha de Aram, neta de Caat, bisneta de Levi, trineta de Jacó e tetraneta de Isaac.
מרים 04813 Miryam – Gr. Μαριαμ; n pr f. Miriã = “rebelião”; irmã mais velha de Moisés e Arão;
II - Os Filhos de Arão
Filhos do Primeiro Sacerdote da Aliança
33 O homem que compuser um perfume como este, ou dele puser sobre um estranho, será extirpado do seu povo.
Embora avisados, usaram de artifícios para acender o fogo de Deus.
Novas Visões e Novas Práticas
Nestes últimos dias, a pregação tem sido ponto de debates intensos, sobre a veracidade e uso da palavra pregada em nossos púlpitos.
Alguns tem se feito novos arautos de novas “doutrinas e as utilizam como verdadeiro chamariz para atrair multidões”.
A cada quinquênio anual surge uma “nova Visão” que se não adotada pelas Igrejas acarretará a destruição das mesmas.
Todos “devem” andar na “New Vision”, se não o fizerem estão fadados ao fracasso ministerial.
Tem muita gente preparando fogo e incenso estranho diante do povo de Deus!
Insiro uma controversa utilização dos ditos, novos levitas quanto a só cantar.
Muitos querem ser “levitas”, mas só querem o púlpito para (em muitos casos) suas apresentações, mas parece-me que alguns não leram o trecho bíblico e desconhecem as funções obrigatória dos verdadeiros levitas.
Aliás, muitos se apegarão a Graça, para negarem estas funções levíticas.
Levita - Leuites;n pr m. um da tribo de Levi; assistentes dos sacerdotes.
a-    Era seu dever manter os utensílios e o templo limpo
b-    providenciar os pães sagrados,
c-     abrir e fechar os portões do templo,
d-    cantar os hinos sacros no templo,
e-     fazer muitas outras coisas.
Mesmo os que são escolhidos podem cometer erros fatais.
נדב; Nadab - n pr m.
Nadabe = “generoso”;  filho mais velho de Arão com Eliseba; caiu morto diante do santuário no deserto por acender os incensários com fogo estranho;
Sobrinho de Moisés, neto de Amram (Aram), bisneto de Caat, trineto de Levi e tetraneto de Jacó. Tal como seu pai foi um dos escolhidos para Sacerdote.
Abiúאביהו;’Abiyhuw’; - n pr m.
Abiú = “ele é (meu) pai”; como seu  irmão, foi morto por ter oferecido sacrifício diante de Deus com fogo estranho; Tal como seu pai foi escolhido para ser Sacerdote.
Filho de Aarão, sobrinho de Moisés, neto de Amram (Aram), bisneto de Caat, trineto de Levi e tetraneto de Jacó.
’El ‘azar -  אלעזר ;gr ελεαζαρ; λαζαρος; n pr m.
Eleazar - “Deus ajudou”; o sumo-sacerdote filho de Arão.
Filho de Aarão, sobrinho de Moisés, neto de Aram, bisneto de Caat, trineto de Levi e tetraneto de Jacó. Tal como seu pai, foi um dos escolhidos para a função de Sacerdote.
איתמר ; ’Iythamar- n pr m.
Itamar - “costa de ramos”;
Filho de Aarão, sobrinho de Moisés, neto de Amram (Aram), bisneto de Caat, trineto de Levi e tetraneto de Jacó. Como o seu pai, Itamar foi escolhido para ser um dos Sacerdotes. 
’Iythamar  איתמר- n pr m.
Itamar = “costa de ramos”; o quarto filho e o mais novo de Arão.
Seu sogro: עמינדב - Àmmiynadab; Gr. Αμιναδαβ; n pr m. Aminadabe = “meu parente é nobre”; sogro de Arão;
III - Geografia - Local de sua morte:
Hor - הר O monte Hor (altura máxima de 1.328m), que se situa nas proximidades de Cades, a oeste do vale da Arabá, na fronteira com o país de Edom. Uma antiga tradição situava-o próximo a Petra e é o mesmo monte que os árabes chamavam de  “Monte do Profeta Aarão” por ter sido ali que o mesmo morreu. Também é conhecido como Moserá. a montanha identificada como um dos marcos da fronteira do norte da terra que os filhos de Israel estavam prestes a conquistar; localizada no Líbano
O monte Hor, homônimo daquele onde Aarão (irmão de Moisés) morreu. Provavelmente situava-se a nordeste da antiga Tiro, na Fenícia.
מוסרה; Mowcerah; ou (pl.) מסרות - Moc êrowth; n pr f loc. Mosera ou Moserote = “vínculos”; Mosera - O monte Mosera, onde Aarão (irmão de Moisés e patriarca da linhagem dos Sacerdotes) morreu e foi sepultado. Também é chamado de Hor.
- αρχιε ρα τικ ος archieratikos; adj. relativo ao sumo sacerdote, pertencente ao pontífice;
- αρχιε ρευ ς archiereus; n m. sumo-sacerdote.
IV - O Fogo Consumidor.
Continua atuando?
Arão, e seus filhos com ele, do meio dos filhos de Israel, para me administrarem o ofício sacerdotal; a saber: Arão, Nadabe, e Abiú, Eleazar e Itamar, os filhos de Arão.
Deus responde fogo estranho com fogo legitimo da condenação, àqueles que se atrevem a usar e entrar no santuário usando coisas estranhas no meio do povo, pois o Senhor conhece e não se agrada de uso no meio do seu povo daquilo que não é santo e oferecido de forma vil, relaxada e com impureza.
A atualidade da consagração do serviço no meio do povo de Deus ainda deve ser considerada?
Creio que a atividade sacerdotal ainda é importante, na Nova Aliança neotestamentária e neste período da Graça.
Alguns não atentam para esta questão, agora no seio da Igreja. Pensam que podemos serrvir a Deus de qualquer maneira e oferecer culto sem santificação e sem cuidados com o que oferecemos a Deus.
Os sacerdotes (pastores, evangelistas, obreiros, crentes) devem oferecer culto ao Senhor com a mesma visão veterotestamentária, pois embora não ofereçamos sacrifícios de sangue, literais, oferecemos um culto com a presença do sangue derramado por Jesus.
“Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor”. Hb 12.28-29.
Quem não respeita esta forma de culto desrespeita o valor do perfeito sacrifício antítipo encontrado no Cordeiro Pascal – Jesus!
Por isto, necessitamos de servir a Deus de forma que reconheçamos: a Graça ainda mantém o sentido majorado da reverencia a Deus; que assim, como ocorreu com Ndabe e Abiú o Fogo Consumidor ainda atua entre nós!
Jesus deixa claro, que devemos temer a Deus, pois Ele detém todo o poder, incluindo o poder da Vida e da Morte:
Lc 12.2-5 Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido. Porquanto tudo o que em trevas dissestes, à luz será ouvido; e o que falastes ao ouvido no gabinete, sobre os telhados será apregoado. E digo-vos: Não temais os que matam o corpo e, depois, não têm mais que fazer. Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei”.
Os filhos de Arão ao oferecerem adoração que Deus não tinha autorizado deixaram de considerar o mais importante: Deus é santo.
Adoração presunçosa não glorifica a Deus, e não é aceita por ele.
“Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos. Se, pois, se tornou firme a palavra falada por meio de anjos, e toda transgressão ou desobediência recebeu justo castigo, como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? [...] dando Deus testemunho juntamente com eles, por sinais, prodígios e vários milagres e por distribuições do Espírito Santo, segundo a sua vontade”. Hb 2:1-4.
Há quem pense que este princípio de temor e santidade, não se aplica mais.
Eles pensam que se aplicava apenas durante o tempo do Velho Testamento, enquanto a Lei de Moisés estava em vigor.
Eles pensam que, agora que estamos na “era da graça”, não mais precisamos ficar preocupados com obediência. Nada, contudo, poderia estar mais afastado da verdade.
A Epístola aos Hebreus do Novo Testamento compara e contrasta a Velha Aliança com a Nova Aliança em Jesus Cristo, como veremos nesta Lião e nas leituras diárias.
É claramente demonstrado, usando as Escrituras Veterotestamentaria, que Cristo, o legítimo mensageiro da Nova Aliança, é muitíssimo maior do que os anjos. A conclusão é tirada por nós no começo do segundo capítulo:
 “E falou Moisés a Arão: Isto é o que o SENHOR disse: Mostrarei a minha santidade naqueles que se cheguem a mim e serei glorificado diante de todo o povo. Porém Arão se calou”. Lv 10:3.
Arão perdeu os dois primeiros filhos (Nadabe e Abiú) numa tragédia singular: ambos tentaram oferecer fogo estranho na tenda sagrada, em pleno deserto.
“Nadabe e Abiú, filhos de Arão, tomaram cada um o seu incensário, e puseram neles fogo, e sobre este, incenso, e trouxeram fogo estranho perante a face do SENHOR, o que lhes não ordenara. Então, saiu fogo de diante do SENHOR, e os consumiu; e morreram perante o SENHOR”. Lv 10:1-2.
V - A Ordem de Arão teve continuidade.
Finéias - Filho de Eleazar, neto de Aarão, sobrinho neto de Moisés, bisneto de Amram (Aram), trineto de Caat e tetraneto de Levi. Finéias prosseguiu o ministério sacerdotal do pai e tornou-se o patriarca da classe dos sacerdotes. – era o chefe da primeira das vinte e quatro classes em que era dividido o grêmio dos Sacerdotes nos turnos de serviço no Templo da Jerusalém reconstruída após o exílio babilônico.
Os descendentes do sacerdote da aliança se tornaram grandes homens em Israel
Quando há uma orientação vinda do Senhor, e obediência a esta, as famílias são abençoadas.
Esdras Filho de Saraías, neto de Azarias, bisneto de Helkias, trineto de Salum, tetraneto de Sadoc e descendente da linhagem de Eleazar, filho de Aarão. Esdras era Sacerdote e um Doutor da “Lei de Javé” entregue a Moisés. No 7o ano do reinado de Artaxerxes I (458 a.C.) partiu da Babilônia para Jerusalém levando consigo os outros Sacerdotes, os Levitas, os Cantores e os “Porteiros” do Templo, os Oblatos e colocou em vigor as normas religiosas e civis entre os israelitas retornados do exílio babilônico, fazendo a reconstrução das estruturas judaicas. Esdras era o Sumo Sacerdote na época em que Neemias era o Governador da Jerusalém reconstruída.
Por que a Continuidade é discutida em nossos dias?
A continuidade é vista por muitos nos dias de hoje, como uma efetiva e real possibilidade de nepotismo entre os da Igreja do Senhor.
Porém, à época, esta era instituição divina, se mostrava como uma importante maneira de aperfeiçoamento e manutenção do serviço sagrado.
Servia para que estes escolhidos homens da Ordem Sacerdotal, pudessem servir ao Senhor e manter o povo alerta quanto a sua religiosa e mística ligação, dentro da vida nacional de Israel, mantendo entre o povo o reconhecimento que dependiam do Senhor, em tudo, pois Ele – O Senhor – era o seu governante.
Assim, o Sacerdote era o representante de Deus dentre os do Povo, para levar a Deus as petições, clamores, necessidades e também o agradecimento.
Eles mantinham esta relação: Israel pactuado no Sinai, e o Senhor – seu Rei.
Quanto a continuidade e escolha de uma Casa (lembrando que a sociedade era dividida, por famílias e por patriarcados) era compreendida e deve ser entendida como uma Casa especialmente escolhida, para uma função principal na vida nacional, remete a esta questão: Deus era parte da Nação.
O família sacerdotal era uma como as outras, que tinha atividades importantes, como os que agricultores, os de famílias guerreira (no sentido de especialidades na guerra – como os de Benjamim, especializados no manejo do Arco), os famílias de cuidadores de gado.
Esta visão, é a visão da necessidade da continuidade do exercício sacerdotal no meio do povo de Israel.
Porém, a continuidade não serve de base para tornar ninguém especial e com direitos maiores que outros.
Era na realidade uma instituição governamental, com função e argo instutuido pelopróprio Senhor Deus.
Depois tu farás chegar a ti teu irmão Arão, e seus filhos com ele, do meio dos filhos de Israel, para me administrarem o ofício sacerdotal; a saber: Arão, Nadabe, e Abiú, Eleazar e Itamar, os filhos de Arão.
O trabalho do sacerdote fazia parte da Administração da nação
incluía - oferecer sacrifícios, manutenção das lâmpadas, pão e incenso no santuário, e ensinar a lei de Deus ao resto do povo.
Era instituída para administração do sagrado, da relação com o Senhor, era enfim, um estabelecimento administrativo.
Estas pois são as vestes que farão: um peitoral, e um éfode, e um manto, e uma túnica bordada, uma mitra, e um cinto; farão, pois, santas vestes para Arão, teu irmão, e para seus filhos, para me administrarem o ofício sacerdotal.
Traidores no meio do Santo:
Alcimo - Descendente da linhagem de Aarão era membro da classe dos Sacerdotes e líder de um grupo de judeus traidores.
Ambicionando o cargo de Sumo Sacerdote, Alcimo coligou-se com o rei Demétrio, dos Selêucidas, e chegou ao cargo. Porém, as suas pérfidas tramas não surtiram o efeito que ele esperava, pois Judas Macabeu venceu a guerra contra Nicanor – general do rei Selêucida – e Alcimo foi destituído.
Boki Filho de Abisua, neto de Finéias, bisneto de Eleazar, trineto de Aarão, tetraneto de Amram (Aram) e descendente de Levi.
Sacerdotes não podem trazer malefícios ao povo.
Quem  luta contra os sacerdotes, tem final de destruição.
Qorach קרח; Gr. Κορε; n. pr. m.Corá ou Coré= “calvo”; filho de Isar, neto de Coate, bisneto de Levi e líder da rebelião dos israelitas contra Moisés e Arão durante a caminhada no deserto; foi castigado e morto por meio de um terremoto e chamas de fogo; CORÉ Filho de Isaar, neto de Caat, bisneto de Levi, trineto de Jacó e tetraneto de Isaac. Coré, junto com outros, rebelou-se contra Moisés e contra Aarão e como castigo divino foi engolido, junto com sua família, pela terra que se abriu sob a sua tenda.
Coré Filho de Esaú e de Oolibama, neto de Isaac, bisneto de Abrão, trineto de Taré e tetraneto de Nacor.
On - Filho de Felet e descendente de Rúben. Junto com outros, On rebelou-se contra Moisés e Aarão (durante o Êxodo) e como castigo foi engolido pela terra.
A Obras do sacerdote tem efeito sobre todos.
Suas obras inserem no meio do povo:
Benção
Ou Maldição.
Arão - Obras
Uma imagem para representar Deus.
Bezerro De Ouro A estátua da divindade pagã que os hebreus pediram que Aarão lhes outorgasse, na época do Êxodo. Era uma imitação do culto egípcio ao boi Ápis.
Ainda hoje alguns bezerros de ouro têm sido construídos por sacerdotes que querem agradar ao povo.
Não esperam a orientação que vem do Monte. Não podemos ceder a aparentes direitos ou revolta do povo enquanto estamos esperando a “parousia” do Monte ( Céus).
Devemos atentar que a nossa posição é de orientar ao povo sobre aquilo que é o verdadeiro culto ao verdadeiro Deus.
O ensinamento do Novo Testamento é claro. Se mantém sem nenhuma modificação perante ao texto da Lei:
Não terás outros deuses diante de mim”. Êx 20.3
Portanto, meus amados, fugi da idolatria”. I Co 10:14
 Filhinhos, guardai-vos dos ídolos”. I Jo 5.21
Qualificação dos sacerdotes:
Ele era honrado acima de todos com título de sacerdote, chefe dos sacerdotes.
Era lícito para ele realizar os deveres comuns do sacerdócio; mas seu principal dever era, uma vez por ano no dia da expiação, entrar no Santo dos Santos (dever do qual os outros sacerdotes não exerciam) e oferecer sacrifícios por seus próprios pecados e pelos pecados do povo, e presidir sobre o Sinédrio, ou Concílio Supremo, quando convocado para deliberações.
De acordo com a lei mosaica, ninguém podia aspirar ao sumo sacerdócio a menos que fosse da tribo de Arão e descendente de uma família de sumos sacerdotes; e aquele a quem o ofício era conferido, ocupava este cargo até a morte.
Mas a partir de Antíoco Epifanes, quando os reis Selêucidas e mais tarde os príncipes herodianos e os romanos arrogaram para si mesmos o poder de nomear os sumos sacerdotes, o ofício não mais permanecia fixo na família pontifical nem era conferido a alguém por toda a vida; mas tornou-se venal, e podia ser transferido de um para outro de acordo com a vontade dos governos civis e militares. Isto explica por que vinte e oito pessoas ocuparam a dignidade pontifical durante os cento e sete anos que separam Herodes, o grande e a destruição da cidade santa.
Os sumo-sacerdotes.
Inclui-se nesta categoria, além daquele que detinham o ofício sumosacerdotal, tanto aqueles que foram previamente depostos, e mesmo depostos, continuavam exercendo um grande poder no estado, quanto os membros das famílias das quais procediam os sumo-sacerdotes, dado que tinham grande influência em assuntos públicos.
Sumo Sacerdote -Usado em referência a Cristo.
Ao sofrer uma morte sangrenta, ele ofereceu a si mesmo como sacrifício expiatório para Deus, e entrou no santuário celeste onde continuamente intercede em nosso favor.
αρχιπ οιμην; archipoimen - n m. o pastor-chefe; de Cristo, o cabeça da Igreja;
Os sacerdotes são chamados de kohen (Cohen) na história de Israel, pessoas de grande posição, ou anciãos que atuam no meio do povo, como os que trazem a luz;
Algumas famílias, de origem levita (entre os israelitas) ainda hoje, tem este nome grifado como sobrenome o que lhes confere a esperança na manutenção dos sacerdotes, ainda nesta nossa época!
כהן  kohen - n m. sacerdote;  o sumo sacerdote; , oficiante principal ou governante principal
- rei-sacerdote (Melquisedeque, Messias);
- sacerdotes de Javé;
- sacerdotes levíticos;
- sacerdotes araônicos;
O que é um Levita?
Λευι - Leui; λευις - Leuis; לוי; n pr m. Levi - “ligado”; terceiro filho do patriarca Jacó com sua esposa Lia, o instituidor da tribo dos israelitas que levam seu nome; filho de Melqui, um dos antepassados de Cristo;
λευιτ ης – Leuites;n pr m. um da tribo de Levi;
num sentido restrito, os chamados levitas, não pertencendo à família de Arão, para quem o sacerdócio era reservado com exclusividade, eram assistentes dos sacerdotes. Era seu
dever manter os utensílios e o templo limpo, providenciar os pães sagrados, abrir e fechar os portões do templo, cantar os hinos sacros no templo, e fazer muitas outras coisas.
λευιτι κο ς Leuitikos – adj. levítico, que pertence aos levitas; λευ κα ινω leukaino;
Continua na 2ª Parte
Apontaremos
“3 Falarás também a todos os que são sábios de coração, a quem eu tenho enchido do espírito da sabedoria, que façam vestes a Arão para santificá-lo; para que me administre o ofício sacerdotal.
4 Estas pois são as vestes que farão: um peitoral, e um éfode, e um manto, e uma túnica bordada, uma mitra, e um cinto; farão, pois, santas vestes para Arão, teu irmão, e para seus filhos, para me administrarem o ofício sacerdotal”.
Características dos sacerdotes
Erros dos sacerdotes
O povo no coração do sacerdote! Ex 28 29 Assim Arão levará os nomes dos filhos de Israel no peitoral do juízo sobre o seu coração, quando entrar no santuário, para memória diante do Senhor continuamente.
As vestes fazem o sacerdote?
9 E tomarás duas pedras de ônix, e gravarás nelas os nomes dos filhos de Israel,
10 Seis dos seus nomes numa pedra, e os outros seis nomes na outra pedra, segundo as suas gerações;
11 Conforme à obra do lapidário, como o lavor de selos lavrarás estas duas pedras, com os nomes dos filhos de Israel; engastadas ao redor em ouro as farás”.
A pureza e santificação dos sacerdotes
Êxodo 30.20 Quando entrarem na tenda da congregação, lavar-se-ão com água, para que não morram, ou quando se chegarem ao altar para ministrar, para acender a oferta queimada ao Senhor.
Deus ainda mantém seu fogo para condenação de sacerdotes impuros!
Os ajudadores/auxiliares do sacerdote
Deus concede dons aos homens para serem usados na sua Obra:
Êxodo 31 1-6 Depois falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Eis que eu tenho chamado por nome a Bezalel, o filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, E o enchi do Espírito de Deus, de sabedoria, e de entendimento, e de ciência, em todo o lavor, Para elaborar projetos, e trabalhar em ouro, em prata, e em cobre, E em lapidar pedras para engastar, e em entalhes de madeira, para trabalhar em todo o lavor. E eis que eu tenho posto com ele a Aoliabe, o filho de Aisamaque, da tribo de Dã, e tenho dado sabedoria ao coração de todos aqueles que são hábeis, para que façam tudo o que te tenho ordenado.
Contato do sacerdote com Deus o faz abençoar o povo.
Novos sacerdotes
Comprados pelo Sangue do Cordeiro - Jesus - Hb 7
Vivendo como Sacerdotes de uma nova Aliança

Fonte
Amilton Menezes – Mulher invisível;
Jim Robson - Nadabe, Abiú e a nova aliança;
Dennis Allan
Dicionário Strong
Dicionário de Personagens Bíblicos
Bíblia online AFC
Bíblia Chamada

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical