domingo, julho 19

ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃS Lição 03 CPAD – 3º TRIMESTRE/2015

ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃS
Lição 03 CPAD – 3º TRIMESTRE/2015
Autor do estudo Pr Osvarela
“A própria família de Timóteo mostrou-se uma família, na qual as mulheres davam os exemplos no exercício da fé e da oração.” Osvarela
Texto Áureo
1 Timóteo 2:1 “Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens”.
Leitura Bíblica Em Classe
Primeira Parte
1 Timóteo 2:1-5 Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
Segunda Parte
1 Timóteo 2:9-11 ‘Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras. A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.
 Frida Vingren - Missionária Esposa de Gunnar Vingren 
Etimologia
Fonte – Dicionário Strong
αρα – ara; n. f. oração, súplica
αινεω – aineo; v. louvar, exaltar, cantar louvores em honra a Deus; permitir, recomendar;  prometer ou jurar.
ευχη - euche; n. f. oração a Deus
διακονια - diakonia; n. f. serviço, ministério, esp. daqueles que executam os pedidos de outros; daqueles que pelo pedido de Deus proclamam e promovem religião entre os homens; do ofício dos apóstolos e sua administração; do ofício dos profetas, evangelistas, anciãos, etc. serviço daqueles que brindam aos outros os ofícios da afeição cristã esp. aqueles que ajudam a atender necessidades, seja pelo recolhimento ou pela distribuição de caridades; ofício do diácono na igreja; serviço daqueles que preparam e ofertam alimento.
Διακονος – diakonos; do obsoleto diako (saída breve para fazer ou buscar alguma coisa; n m/f. alguém que executa os pedidos de outro, esp. de um mestre, servo, atendente, ministro; o servo de um rei; diácono, alguém que, em virtude do ofício designado a ele pela igreja, cuida dos pobres; tem o dever de distribuir o dinheiro coletado para uso deles; garçom, alguém que serve comida e bebida;
παραδιδωμι - paradidomi; v. entregar nas mãos (de outro); entregar a alguém algo para guardar, usar, cuidar, lidar; confiar, recomendar.
επαινος – epainos;  aprovação, recomendação, louvor.
αυλιζομαι - aulizomai; v. hospedar-se no pátio, esp. à noite; passar a noite, hospedar-se.
καταλυμα - kataluma; n. n. hospedaria.
χωρεω - choreo; v. deixar espaço (que pode ser preenchido ou ocupado por outro), fazer espaço, dar lugar; ter espaço ou lugar para receber ou hospedar.
Λειτουργεω - leitourgeo; v. servir ao estado às próprias custas; fazer um serviço, realizar um trabalho; de cristãos servindo a Cristo, seja pela oração, ou instruindo outros no caminho da salvação, ou de alguma outra forma; daqueles que ajudam outros com seus recursos, e assistem em sua pobreza
Introdução
A memória de Timóteo trazia o conteúdo das experiências de suas orientadoras desde a infância. Todos nos somos mais orientados na infância pelas nossas mães, ou avos, e isto ocorreu também com Timóteo e Paulo sabia como despertar, ou trazer a memória de seu discípulo, para fazê-lo entender a necessidade de uma vida de oração, intercessão, ações de graças, honestidade, piedade, pudor e modéstia. Sim! Tudo isto fora demonstrado ao longo da vida de Timóteo, pois Paulo cita de maneira veemente a sinceridade da crença de suas tutoras:
Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti”. 2 Timóteo 1:5
Timóteo sabia muito bem, que a oração era uma atividade usual de sua avó, Lóide, e de sua mãe, Eunice, no seio da igreja, ali implantada pelo apóstolo Paulo.
A Oração e Culto realizado com a presença das mulheres cristãs, ou neo-convertidos da Igreja primitiva, formataram as Igrejas e criaram a base para recomendar ao seqüenciamento de determinadas liturgias de culto e serviço a Deus, seja no interior de casas, templo, e até mesmo ao ar-livre:
 “E no dia de sábado saímos fora das portas, para a beira do rio, onde se costumava fazer oração; e, assentando-nos, falamos às mulheres que ali se ajuntaram.” Atos 16. 13 
Uma Recomendação Vital e de Vitalidade para Igreja – Oração
A atividade de Oração no seio da Igreja primitiva funcionou como centro nevrálgico e de socorro, mormente nas casas, com a ajuda das mulheres, este padrão deve ser motor e motivo para nossas mulheres crentes manterem, como o fazem a Oração a favor dos pastores e da Igreja e Ministério, nos momentos de dificuldades de seus lideres e membros, como podemos encontrar nos textos bíblicos, incluindo até mesmo uma menina chamada de Rode, que até foi acusada de estar vendo um fantasma ou dizendo coisa de criança, talvez a única menina nominada na narrativa Neotestamentária. Mesmo em seus casamentos elas, corroboravam a palavra escrita, nos Evangelhos, como a mãe de Timóteo e outras santas mulheres.
 “Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. E, considerando ele nisto, foi à casa de Maria, mãe de João, que tinha por sobrenome Marcos, onde muitos estavam reunidos e oravam. E, batendo Pedro à porta do pátio, uma menina chamada Rode saiu a escutar. E disseram-lhe: Estás fora de ti. Mas ela afirmava que assim era. E diziam: É o seu anjo.Mas Pedro perseverava em bater e, quando abriram, viram-no, e se espantaram.Atos 12: 5, 12,13,15,16
Uma Orientação de Assistencialismo – Uma Diakonia Feminina reconhecida. (veja em etimologia - διακονια – diakonia)
... como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus...
Recomendo-vos, pois, Febe, nossa irmã, a qual serve na igreja que está em Cencréia... Saudai a Trifena e a Trifosa, as quais trabalham no Senhor. Saudai à amada Pérside, a qual muito trabalhou no Senhor. Romanos 16:1;12
MULHERES - Atividades Permitidas e Recomendadas
Sobre a atividade das mulheres se tem discutido, em muito no seio das igrejas, principalmente se apontando os Líderes como ultra-conservadores, ou conservadores, ou modernistas, ou liberais.
Entendo que á luz da exegese bíblica ainda não se tem uma integral noção do exercício do oficialato ministerial das mulheres, - fico na observância da Liderança e apontarei posição, em momento oficial e oportuno, quando questionado uma visão - mas, tenho observado, motivações e mutações, quanto a este tópico, pois ao longo de meio século observo mudanças comportamentais na nossa membresia, e de posicionamento das nossas sábias lideranças, sempre aguardando o tempo de Deus, porém, o que vejo, em alguns casos, é muito gasto de energia sem produção de qualidade cúltica, ou doutrinária e de santificação de vidas.
Diz o Reverendo Augustus Nicodemus, Chanceler do Instituto Mackenzie:
“Entre os evangélicos existem, de forma geral, duas posições básicas quanto ao assunto: os igualitaristas e os diferencialistas. Os primeiros afirmam que Deus originalmente criou o homem e a mulher iguais; a subordinação posterior foi advinda do castigo divino, pós queda edênica, com seus conseqüentes reflexos sócio-culturais. Em Cristo essa punição (e seus reflexos) é removida.desta forma, com o advento do Evangelho, ou pelo estabelecimento da Plenitude as mulheres tem seus direitos igualitários, pois toda a condenação esta removida; assim, podem ocupar cargos de oficialato no Corpo de Cristo, a Igreja.
Os diferencialistas, por sua vez, entendem que desde a criação – e, portanto, antes da Queda – Deus estabeleceu papeis distintos para ambos os sexos, homem e mulher, visto que ambos são peculiarmente diferentes. A diferença entre eles é complementar. Ou seja, o homem e a mulher, com suas diferenças se completam. A diferença de funções não implica em diferença de valor ou de inferioridade de um em relação ao outro, bem como, as conseqüentes diferenças sócio-culturais nem sempre refletem a visão bíblica da funcionalidade distinta de cada um. O homem feito como cabeça da mulher – esse princípio implica em diferente papel funcional do homem, que é o de liderar. Assim, os diferencialistas mantêm a que a diferença de papéis e igualdade ontológica do ser são duas verdades compatíveis e bíblicas. A questão tem chegado aos evangélicos do Brasil, embora, em menor intensidade, (sic) e sem que os evangélicos de um lado e outro, tenham formalmente se organizado de acordo com suas convicções neste sentido. “Ordenação Feminina. O Que O Novo Testamento Tem A Dizer”  Nicodemus, Augustus
Muito se tem falado sobre o serviço das mulheres na Igreja, mas há atividades que no seio da Igreja elas tem se destacado, além da Oração, o assistencialismo humanitário é uma delas, que se apresentou como fundamento apostólico, na forma da diakonia, apesar de Lucas narra a escolha dos ‘Diakonos’ em Atos 6, na forma de inserção ministerial, corroborado por Paulo em 1,2 Timóteo e Tito, com a figura masculina, vemos que as mulheres exerceram a diakonia com a prestação de serviço junto a comunidade eclesial e a comunidade onde viviam de forma que causaram admiração ente ambas, as Comunidades, seja a Igreja, seja a Sociedade comum. Além, do que, lembramos das santas mulheres que ajudaram ao Ministério de Cristo, as mulheres que preparam especiarias para o pós-sepultamento de Jesus.
“E chegou a Éfeso um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, homem eloqüente e poderoso nas Escrituras. Este era instruído no caminho do Senhor e, fervoroso de espírito, falava e ensinava diligentemente as coisas do Senhor, conhecendo somente o batismo de João. Ele começou a falar ousadamente na sinagoga; e, quando o ouviram Priscila e Aqüila, o levaram consigo e lhe declararam mais precisamente o caminho de Deus.” Atos 18:24-26
 – Esses versículos mostram que Priscila esteve envolvida na instrução de Apolo. Mas também afirma que sua instrução aconteceu junto com e (mais provavelmente) seu marido Áqüila, e isso foi feito em privado.
Aqui Paulo, cita o nome do marido em primeiro lugar, na Epístola Aos Romanos, sem contudo, deixar de reverenciar igualmente a posição de Priscila em outro texto: : “As igrejas da Ásia vos saúdam. Saúdam-vos afetuosamente no Senhor Áqüila e Priscila, com a igreja que está em sua casa.” 1 Coríntios 16:19;
“Saudai a Priscila e a Áqüila, meus cooperadores em Cristo Jesus...” Romanos 16:3
Profetizas – “e, entrando em casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. E tinha este quatro filhas virgens, que profetizavam.” Atos 21:8,9 – Nesses versículos lemos que haviam profetizas na igreja do primeiro século.
Rogo a Evódia, e rogo a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor. E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os meus outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida” Filipenses 4:2,3– Nesses versículos Paulo escreve que Evódia e Síntique “trabalharam comigo no evangelho”. Mas isso não é detalhamento, se elas ensinavam ou que ministério exerciam. Contudo, Paulo reconheceu em suas Epístolas a atividade das mulheres e as recomendou como partícipes da Obra da Salvação.
Assistência Social – veja em etimologia: serviço/diakonia
Dorcas
Veja: Λειτουργεω – leitourgeo, na etimologia; diakonia;
E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia. E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto. E, como Lida era perto de Jope, ouvindo os discípulos que Pedro estava ali, lhe mandaram dois homens, rogando-lhe que não se demorasse em vir ter com eles. E, levantando-se Pedro, foi com eles; e quando chegou o levaram ao quarto alto, e todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando as túnicas e roupas que Dorcas fizera quando estava com elas. Mas Pedro, fazendo sair a todos, pôs-se de joelhos e orou: e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos, e, vendo a Pedro, assentou-se. E ele, dando-lhe a mão, a levantou e, chamando os santos e as viúvas, apresentou-lha viva. E foi isto notório por toda a Jope, e muitos creram no Senhor. Atos 9:36-42
Recomendações Neotestamentárias Às Mulheres
A conduta dos crentes é uma das questões retóricas e práticas, mais discutidas em toda a existência da Igreja. Para muitos nos nossos dias uma pura e inócua discussão. Eu não me alinho com este pensamento que os costumes estão dissociados da Vida cristã e da santificação, sem a qual ninguém verá ao Senhor.
Há uma intrínseca ligação, desculpem o pleonasmo, na frase, que se vê ao longo da historia da ligação homem com Deus, que faz com que os costumes e praticas habilitem ao homem receber aceitação e imputação diante de Deus.
Desta forma, a Igreja tem recebido lições nas Escrituras sobre o comportamento dos crentes, incluindo mulheres e homens, sobre a conduta e costumes a serem vividos para uma boa vida cristã e aceitável diante de Deus na operação com, temor e tremor, diante de Deus, no exercício da Salvação.
Nos textos abaixo, suporte e embasamento deste estudo, encontramos ambos os gêneros antropológicos bíblicos, sendo observados quanto a este procedimento:
Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade...  
Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras. A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.
Destacam-se recomendações, para homens, mulheres, como gênero, jovens, moças solteiras, casadas, casados, viúvas, como estado civil, para obreiros, obreiras, como ativos servos da Igreja, neste estudo, entretanto o objetivo focal são recomendações às Mulheres Cristãs. Alguns de nós, homens e ministros usamos a tribuna para exarar estas recomendações como elas fossem única e exclusivamente para as mulheres, se esquecendo que após recomendar as mulheres, Paulo, em especial, toca e forte no comportamento moral masculino. O faço em nome da “muitas vezes, agressividade” da fala e “culpa” lançada sobre as mulheres.
Algumas Recomendações
Sujeição aos maridos
 ‘Vós, mulheres, estai sujeitas a vossos próprios maridos, como convém no Senhor.’ Colossenses 3.18
Serviço das Solteiras ao Senhor em relação ao Serviço das Casadas
“Há diferença entre a mulher casada e a virgem. A solteira cuida das coisas do Senhor para ser santa, tanto no corpo como no espírito; porém, a casada cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido.” 1 Coríntios 7:34
Para As Idosas
As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem; Tito 2:3
Mulheres casadas Com Não Crentes
“Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos.” 1 Coríntios 7:14
Exemplo De Mãe Crente - com esposo de origem diferente
É bom relembramos a origem de Timóteo e a região onde ele nasceu e seu lar. Leia sobre isto, com base no texto sagrado.
E chegou a Derbe e Listra. E eis que estava ali um certo discípulo por nome Timóteo, filho de uma judia que era crente, mas de pai grego... Atos 16:1
Listra um lugar de assentamento do Evangelho paulino: “Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra; quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou;” 2 Timóteo 3: 11
Paulo esteve ali, em Listra iniciando o trabalho e sendo acatado como um deus, pelos de língua licaônica:
“E havendo um motim, tanto dos judeus como dos gentios, com os seus principais, para os insultarem e apedrejarem, Sabendo-o eles, fugiram para Listra e Derbe, cidades de Licaônia, e para a província circunvizinha; E ali pregavam o evangelho. E estava assentado em Listra certo homem leso dos pés, coxo desde o ventre de sua mãe, o qual nunca tinha andado. Este ouviu falar Paulo, que, fixando nele os olhos, e vendo que tinha fé para ser curado, Disse em voz alta: Levanta-te direito sobre teus pés. E ele saltou e andou. E as multidões, vendo o que Paulo fizera, levantaram a sua voz, dizendo em língua licaônica: Fizeram-se os deuses semelhantes aos homens, e desceram até nós. E chamavam Júpiter a Barnabé, e Mercúrio a Paulo; porque este era o que falava.” Atos 14:5-12
Mulheres “Profetizas” sem Rumo e Desestabilizadoras de Lares
Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.” 2 Timóteo 3:6,7
Ganhar Seus maridos Sem Usar os Ardis das Mulheres Não Crentes
Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos; 1 Pedro 3:5
Hospedagem
A perseguição a necessidade de evangelização da Judéia, Samaria, Ásia que moveu os discípulos gerou dentro da comunidade cristã a necessidade de hospedagem de missionários, devido aos riscos dos que proclamavam o Nome de Jesus Cristo, assim a hospitalidade se manifestava como algo singular. Neste oficio, santo, as mulheres se destacam pela própria questão cultural na qual está inserida a Igreja de então.
Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos.” Hebreus 13.2
As mulheres em suas casas aparecem citadas como centro do lar, não se destaca, em muitos textos, na narrativa bíblica o dono da casa, mas, sim a dona do lar.
 “E uma certa mulher, chamada Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, e que servia a Deus, nos ouvia, e o Senhor lhe abriu o coração para que estivesse atenta ao que Paulo dizia. E, depois que foi batizada, ela e a sua casa, nos rogou, dizendo: Se haveis julgado que eu seja fiel ao Senhor, entrai em minha casa, e ficai ali. E nos constrangeu a isso.” Atos 16:14,15
Seguindo uma visão Veterotestamentária:
“E clamou ao Senhor, e disse: Ó Senhor meu Deus, também até a esta viúva, com quem me hospedo, afligiste, matando-lhe o filho?” 1 Reis 17:20
Assim, o Apóstolo Paulo pode expressar sua visão sobre certas recomendações de sua lavra sobre as mulheres e sobre itens comuns a todos os crentes.
“Recomendo-vos, pois, Febe, nossa irmã, a qual serve na igreja que está em Cencréia, Para que a recebais no Senhor, como convém aos santos, e a ajudeis em qualquer coisa que de vós necessitar; porque tem hospedado a muitos, como também a mim mesmo. Saudai a Priscila e a Áqüila, meus cooperadores em Cristo Jesus, Os quais pela minha vida expuseram as suas cabeças; o que não só eu lhes agradeço, mas também todas as igrejas dos gentios. Saudai também a igreja que está em sua casa. Saudai a Epêneto, meu amado, que é as primícias da Acáia em Cristo. Saudai a Maria, que trabalhou muito por nós.Romanos 16:1-6
Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé. Gálatas 6:10
A Grande Discussão
Uma das maiores e acirradas discussões é sobre o texto Bíblico do contexto do Estudo, em tela, com base em  1Timóteo 2, .11, 12 a 15.
Neste trecho Paulo atinge frontalmente a questão do exercício da liturgia do culto e da ação das mulheres nela.
É preciso entender: “Vós, mulheres, estai sujeitas a vossos próprios maridos, como convém no Senhor.” Colossenses 3.18.
Para obtermos a compreensão, quanto à sujeição hierárquica, da qual Paulo quer dar entendimento, aos de Corinto e a Igreja, à partir, da própria hierarquia divina e cósmica.
O Filho se sujeitou ao Pai, O Homem se sujeita ao Filho, a Mulher se sujeita ao Homem..., a Criação se sujeita ao Pai e ao Homem...
Porém, antes de tentar alguma exegese do assunto tentarei apontar para a visão de Paulo para a atuação das mulheres no Culto.
Entendo que o conceito bíblico de profecia pode ser bem amplo. Uma análise de vários léxicos do grego mostrará, a todos, que a palavra “profecia” pode ter vários significados: expressar, predizer, proclamar, declarar, ensinar, refutar, repreender, admoestar, confortar.
Eis, um ponto a ser analisado antes de apontar qualquer tipo de desconforto do Apóstolo Paulo diante de nossos dias, aliás, Paulo nunca estaria desconfortável, pois o que ele escreveu foi dado pelo Espírito Santo é inerrante e imutável e tem o poder de revelação eterna.
Assim temos que as mulheres profetizavam durante o culto. Ou seja, as mulheres podiam exercitar a autoridade sob o êxtase da profecia, ou da manifestação dos Dons dados pelo Espírito Santo.
Profetizar com a cabeça descoberta estava sendo uma forma de manifestação igualitária na Igreja em Corinto? Talvez, mas Paulo ao orientá-las nos abre o uso do véu (se era desonra, era porque elas estavam em lugar público, ou seja, na presença de outras pessoas, e não em suas casas, onde não necessitavam deste aparato) nos dá a oportunidade de mostrar que as mulheres, como se pode encontrar em outras passagens Neotestamentárias, exerciam seus dons no seio da Igreja, ou seja, elas podiam realizar a Obra de Deus, tal qual, em nossos dias, nossas irmãs realizam a Obra de Oração, sem qualquer impedimento.
Ou seja, as irmãs de Corinto, podiam servir a Deus e falar e manifestarem-se no culto, Paulo neste texto não as impede de exercer qualquer atividade,mas recomenda preservar a honra e a autoridade, se querem ser vistas como mulheres de Deus.
“Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo. Todo o homem que ora ou profetiza, tendo a cabeça coberta, desonra a sua própria cabeça. Mas toda a mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta, desonra a sua própria cabeça, porque é como se estivesse rapada. Portanto, se a mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o véu.” 1 Coríntios 11:3-6
1ª Parte
Fonte
A Bíblia e Mulheres Mestras - W. Gary Crampton
Bíblia Plenitude
Vivos
Biblia On line

Apontamentos do autor

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical