sexta-feira, junho 6

A BELEZA DO TESTEMUNHO CRISTÃO - LIÇÃO 10 - CPAD.

A BELEZA DO TESTEMUNHO CRISTÃO
LIÇÃO 10 – CPAD Autor: Osvarela
Homenagem ao DIA DO PASTOR:
• Hebreus 13:17: Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.

Pensamento:
Dar e/ou ter beleza de testemunho cristão, não é algo pessoal, mas sim coletivo. Pois, dar testemunho implica em obter testemunho de outrem, ou não temos testemunho algum.
Osvarela
Definição:
Testemunho: A palavra, "Testemunho" (marturia Grego) vem de uma palavra cuja raiz tem vários significados como "testemunhando," "testemunho," "testemunha" e "mártir", derivando mártir.
O peso da evidência Bíblica nos mostra sem sombra de dúvida que o "testemunho de Jesus" é o testemunho pessoal do crente e sobre tudo o testemunho “sobre Cristo Jesus”.
Ética cristã:
A ética cristã, como diz o trecho imediatamente abaixo, dará ao cristão a sua forma correta de agir, sobre pressupostos de sua fé em Cristo e sua Palavra, a Bíblia sagrada.
Deus revelou-se à humanidade.
Essa pressuposição é fundamental para a ética cristã, pois é dessa revelação que ela tira seus conceitos acerca do mundo, da humanidade e especialmente do que é certo e do que é errado.
A ética cristã reconhece que Deus se revela como Criador através da sua imagem em nós. Cada pessoa traz, como criatura de Deus, resquícios dessa imagem, agora deformada pelo egoísmo e desejos de autonomia e independência de Deus. A consciência das pessoas, embora freqüentemente ignorada e suprimida, reflete por vezes lampejos dos valores divinos. Deus também se revela através das coisas criadas.
O mundo que nos cerca é um testemunho vivo da divindade, poder e sabedoria de Deus, muito mais do que o resultado de milhões de anos de evolução cega.
Entretanto é através de sua revelação especial nas Escrituras que Deus nos faz saber acerca de si próprio, de nós mesmos (pois é nosso Criador), do mundo que nos cerca, dos seus planos a nosso respeito e da maneira como deveríamos nos portar no mundo que criou.
Assim, muito embora a ética cristã se utilize do bom senso comum às pessoas, depende primariamente das Escrituras na elaboração dos padrões morais e espirituais que devem reger nossa conduta neste mundo.
“A Ética Cristã considera que a Bíblia traz todo o conhecimento (cogniscibilidade do bem-adendo do editor) de que precisamos para servir a Deus de forma agradável e para vivermos alegres e satisfeitos no mundo presente.”
É precisamente por basear-se na revelação que o Criador nos deu que a ética cristã estende-se a todas as dimensões da realidade. Ela pronuncia-se sobre questões individuais, religiosas, sociais, políticas, ecológicas e econômicas.
A ética cristã, em resumo, é o conjunto de valores morais total e unicamente baseado nas Escrituras Sagradas, pelo qual o homem deve regular sua conduta neste mundo, diante de Deus, do próximo e de si mesmo....Por ser baseada na revelação divina, acredita em valores morais absolutos, que são à vontade de Deus para todos os homens, de todas as culturas e em todas as épocas
É nas Escrituras Sagradas, portanto, que encontramos o padrão moral revelado por Deus. Os Dez Mandamentos e o Sermão do Monte proferido por Jesus são os exemplos mais conhecidos. Entretanto, mais do que simplesmente um livro de regras morais, as Escrituras são para os cristãos a revelação do que Deus fez para que o homem pudesse vir a conhecê-lo...obedecê-lo....
Discurso:
O Testemunho:
• Jó 29:11 : Ouvindo-me algum ouvido, me tinha por bem-aventurado; vendo-me algum olho, dava testemunho de mim;
Uma das coisas que mais me deixa feliz é quando sou reconhecido como crente, ou cristão, sem pronunciar uma só palavra à respeito.
Este deve ser o objetivo de cada crente, salvo em Jesus.
A questão do testemunho cristão, perspassa plenamente pela fé em Jesus. Indicando ao crente o seu próprio nível de cristandade interior, que é convicção em ser crente independente de fatos ou erros ou falhas, que ele possa cometer ou vir a cometer.
Na Igreja:
Muitos dizem: “aqui dentro da Igreja (– templo – reuniões entre nós) é muito fácil ser crente.”
Eu tenho para mim que um dos locais, ou o local exato onde muitos falham no seu testemunho de cristão, por muitas das vezes, é exatamente no interior da congregação, entre irmãos.
I Co.1.10.ss: Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós.Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo.Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo?
Se formos ler a Bíblia encontraremos um sem número, da primitiva e inicial, de Igrejas as quais foram seriamente admoestadas pelos Apóstolos, bem como, por Jesus.
Lendo o texto acima Paula deixa claro, ao iniciar sua epístola aos Corintios que havia dificuldade de bom testemunho naquela Igreja por parte de sua membresia, se avançarmos mais alguns capítulos, veremos que o testemunho cristão, estava longe de ser realidade entre alguns membros, chegando a extrapolar a questão da congregação, transbordando para o centro de uma das famílias daquela Igreja, dotada de muitos dons espirituais.
I Co. 5.1.ss: GERALMENTE se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem abuse da mulher de seu pai.Estais ensoberbecidos, e nem ao menos vos entristecestes por não ter sido dentre vós tirado quem cometeu tal ação.
Veja bem, era uma coisa generalizada (fornicação, o exemplo mais gritante é o citado por Paulo) ou praticada, por muitos, ou várias vezes por alguém, de tal forma que o testemunho daquele que praticava tais atos, era conhecido por todos e ninguém, se propôs a intervir contra o tal.
Quando Paulo diz, que nem entre os gentios se nomeia, é aí que estou buscando meditar e explicar a ótica deste texto.
Existem testemunhos indignos entre nós, que não são, na maioria das vezes, disciplinarmente, banidos ou nem sequer contabilizados como mau testemunho cristão, mas, relevados, pois o tal que tais coisas comete, é um verdadeiro “vulcão espiritual”, disciplina-lo jamais, é um “crentão”.
Paulo é duro em falar sobre isto: “Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?”
O testemunho que Paulo havia lhes ensinado era o testemunho de Cristo, aqui como, forma de pensar, agir e se relacionar, com a mente de Cristo.
É função, da igreja, atentar, para o mau testemunho interno:
ICo. 5.12.ss: Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro?Mas Deus julga os que estão de fora.
Paulo nesta carta aos Corintios nos dá um exemplo vital e fundamental sobre aeste tipo de comportamento.
Sempre estamos preocupados com o testemunho externo. Eu quero dizer que muitas das vezes, há cristão que mascaram também o testemunho externo e não mascaram o testemunho internamente, ou visse e versa.
Por isto, o Apóstolo continua a ensiná-los:
I Co. 6.3ss.20: Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?Então, se tiverdes negócios em juízo, pertencentes a esta vida, pondes para julgá-los os que são de menos estima na igreja?Para vos envergonhar o digo. Não há, pois, entre vós sábios, nem mesmo um, que possa julgar entre seus irmãos?Mas o irmão vai a juízo com o irmão, e isto perante infiéis.Na verdade é já realmente uma falta entre vós, terdes demandas uns contra os outros. Por que não sofreis antes a injustiça? Por que não sofreis antes o dano?8Mas vós mesmos fazeis a injustiça e fazeis o dano, e isto aos irmãos....Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.
Temos que ser na Igreja como Ananias:
Atos dos Apóstolos 22:12 :E um certo Ananias, homem piedoso conforme a lei, que tinha bom testemunho de todos os judeus que ali moravam,
O que o Apóstolo quer dizer:
Primeiro: devemos nos corrigir internamente;
Segundo: devemos dar exemplo de fiéis no meio dos fiéis e dos infiéis.
Muitas questões de comportamento cristão transpassam os muros invisíveis da Igreja e acabam nos ouvidos dos infiéis, por exemplo, família, companheiros de trabalho, amigos, até, por este meio midiático a Internet, inclusive nos sites de relacionamento.
Tenho visto coisas que me dão arrepio, como, pronunciamentos e revelações até mesmo de pastores uns para com os outros.
O falso testemunho, ou o mexerico (fofoca) um mau testemunho:
• . Marcos 10:19 : Tu sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe .
Veja, que o falso testemunho está nivelado com os mais variados pecados, em grau de gravidade, no entanto, encontramos em nosso meio, muitos que cometem tal mau testemunho, igualado ao de mexeriqueiro.Contudo, se formos observar quantos “exercem”, este horrendo mau testemunho, foram disciplinados por tal erro, veremos que poucas vezes, alguém que foi disciplinado, com base em I Corintios, vide acima, por este tipo de mau testemunho, que é como erva daninha no meio do trigal.Há até alguns que tiram benefícios disto!Por mais incongruente que seja!
I Co. 6.11: E pela tua ciência perecerá o irmão fraco, pelo qual Cristo morreu.12Ora, pecando assim contra os irmãos, e ferindo a sua fraca consciência, pecais contra Cristo.
O testemunho interno é sinal do bom testemunho no convívio e comunhão com os santos na Igreja de Deus:
• Do qual davam bom testemunho os irmãos que estavam em Listra e em Icônio. Atos dos Apóstolos 16:2
Provérbios 25:18:Martelo, espada e flecha aguda é o homem que profere falso testemunho contra o seu próximo.
As obras do crente dão testemunho por ele:
Para darmos bom testemunho precisamos passar pela expressão de Paulo sobre a autoconsciência cristã:
Muitos de nós não nos conhecemos , ainda o bastante como cristão falhos, e refletimos na nossa mente, tal qual uma imagem de um espelho que distorce a imagem real.
Tiago 1.22: E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.23 Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;24 Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era.
I CO. 8.2.ss: E, se alguém cuida saber alguma coisa, ainda não sabe como convém saber. Mas, se alguém ama a Deus, esse é conhecido dele.
João 5:36 :Mas eu tenho maior testemunho do que o de João; porque as obras que o Pai me deu para realizar, as mesmas obras que eu faço, testificam de mim, que o Pai me enviou.
Jesus Cristo em seu ministério recebeu testemunho ou foi testificado por causa de eventos que lhe ocorreram:
Testemunho do Pai: – a voz do Pai, a presença do Espírito Santo, em seu batismo.
No sentido de falar bem daquele que era o Seu Ungido.
Mas, também obteve testemunho ou deu testemunho através daquilo, que Ele realizava em seu ministério:
João 21:24: Este é o discípulo que testifica destas coisas e as escreveu; e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro.
Lucas 4:22:E todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que saíam da sua boca; e diziam: Não é este o filho de José?
Muito embora como Deus ninguém pudesse testificar D’Ele:
João 5:34:Eu, porém, não recebo testemunho de homem; mas digo isto, para que vos salveis.
João 5:36: Mas eu tenho maior testemunho do que o de João; porque as obras que o Pai me deu para realizar, as mesmas obras que eu faço, testificam de mim, que o Pai me enviou.
Obtendo testemunho do próprio Deus:
Ressaltando nossa frase inicial:
Dar e/ou ter beleza de testemunho cristão, não é algo pessoal, mas sim coletivo. Pois, dar testemunho implica em obter testemunho de outrem, ou não temos testemunho algum. Quem mais pode dar testemunho de alguém que não o próprio Deus.
Atos dos Apóstolos 13:22:E, quando este foi retirado, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.
O homem verdadeiramente crente sabe qual é o seu testemunho, não dá para ser esconder de si mesmo, ou de Deus:
Romanos 9.1:EM Cristo digo a verdade, não minto (dando-me testemunho a minha consciência no Espírito Santo).
Hebreus 11:5:Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte, e não foi achado, porque Deus o trasladara; visto como antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus.
Uma vida detestemunho implica em aceitação por Deus e justificação:
Hebreus 11:4: Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala.
O testemunho que importa:
Na mesma ótica, que iniciamos este estudo-comentário, o que importa para o crente é o que João fala:
1 João 5:9:Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior; porque o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou.
Como já dissemos acima, a palavra, "Testemunho" (marturia Grego) vem de uma palavra cuja raiz tem vários significados como "testemunha", desta forma Jesus Cristo deve ser o modelo ou a fonte de todo nosso Testemunho, conforme trecho de matéria do Pastor Rinaldi.
Testemunho de Jesus, pode ter dois sentidos:
O testemunho veio de Jesus. Neste caso Jesus seria a fonte do testemunho.
O testemunho está sobre Jesus. Ou Jesus é o assunto do testemunho.
Note como João compreendia o significado da palavra "testemunho" (marturia): “Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e as escreveu; e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro.” O que João está querendo dizer neste verso é que seu evangelho é um testemunho sobre Jesus é o que nós queremos que:
Nossos membros deem testemunho de nós;
Que Deus dê testemunho de nós;
Que a Igreja dê testemunho de nós.
Devemos ter bom testemunho, para que, tal qual aconteceu com Jesus, mesmo os sacerdotes, não tenham o que dizer do cristão, mas que nossos pastores tenham o que bem dizer de nós:
Marcos 14:55: E os principais dos sacerdotes e todo o concílio buscavam algum testemunho contra Jesus, para o matar, e não o achavam.
O testemunho do Ministro ou Obreiro:
Paulo o grande decodificador revelado do Evangelho, mostra, nesta mesma linha de pensamento, uma questão inerente ao testemunho, entre os ministros da palavra e obreiros em geral.
Na lição temos uma ilustração muito conhecida entre nós evangélicos.
Paulo bate forte nesta tecla:
1 Timóteo 5:10:Tendo testemunho de boas obras: Se criou os filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda a boa obra.
Em uma das lições passadas, falei sobre a hospitalidade, como um das características necessárias ao obreiro. Parece-me que o assunto vem de longe, ou seja, desde a igreja primitiva. Que tenhamos bom testemunho também nesta área, que é uma área nobre da Igreja como corpo.
CONCLUSÃO:
Tenhamos, portanto, bom testemunho, fora da Igreja, mas, também dentro da própria Igreja, como bons cristãos éticos e autocosncientes da consciência daqueles que tem a mente de Cristo.
1 Coríntios 2:16: Porque, quem conheceu a mente do SENHOR, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.
Fonte:
Apontamentos do autor;
Bíblia on-line; http://www.bibliaonline.com.br/;
Lição 10 – CPAD;
Prof. Dr. Pastor Augusto Nicodemus Lopes;
Ministério CACP.
Pastor Natanael Rinaldi

2 comentários:

leo disse...

PArabés por citar o brilhante Augustus Nicodemus.

Agora fico triste em saber que o irmão não gostou da Convenção portuguesa ter convidado o André Valadão.
E tbm fico triste pq alguns de vcs reprovam a roupa do mesmoe as luzes...

ora esta, vcs ainda não leram o livro É proibido- o Que a Bíblia permite e a Igreja condena - de Ricardo Gondin?
Amado a sua roupa hoje seria considerada obscena a povos de outros séculos...
Fico triste de ver uma pessoa como vc se escandalizar com roupas...
Lembra do tp em que nossa igreja proibia coca cola e televisão?
Essa é a nossa igreja!! E por ai vai....
Depois de alguns anos vc ainda vai rir desta sua posição!

osiel varela disse...

Ao caro irmão Leo!
Graça e Paz do Senhor Jesus.
Grato pelo comentário e realmente o Pr. Dr. Augustus é um ícone da Teologia brasileira.
Ao comentar o convite ao Pr. André Valadão, não me lembro de ter feito qualquer restrição as sus vestimentas ou luzes da apresentação.
Não faço este tipo de restrições pois, como vc. bem o disse, eu me lembro do tempo em que "crente", não podia tomar refrigerante em garrafa, ouvir rádio, ou ver televisão.
Aprendi com meu Pai Pastor Varela (assembleiano de boa cepa - um dos pioneiros das Assembléia de Deus, entre os pastores nacionais consagrados no RJ), a comungar com todos.Meu pai foi um dos primeiros pastores assembleianos, a franquear o púlpito para os pastores ditos tradicionais, mulheres, novas e emergentes Igrejas cristãs, sem jamais abdicar de sua fé.
Não critico ou julgo o porte exterior, pois Deus é quem conhece o interior e este eu não posso prescrutar.
A minha manifestação foi junto a Convenção Portuguesa e não contra o André Valadão, de quem nossas igrejas comungam os hinos e a Adoração a Deus, [inclusive prega naquela Igreja o Silas Malafaia, da mãe do qual fui aluno].
Espero ter esclarecido minha posição e se houve algum engano, me perdoe em nome de Jesus e aceite meus esclarecimentos.
Alagoinha e todos os seus queridos irmãos moram em nosso coração.
Osvarela
SBC-SP-Br

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical