quinta-feira, outubro 9

O DEUS QUE SE COMUNICA COM O HOMEM. LIÇÃO 02-CPAD - 4º Trimestre 2008

O DEUS QUE SE COMUNICA COM O HOMEM.
LIÇÃO 02-CPAD Autor:Osvarela
Texto Áureo:
Gn.3.8:E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.
Leitura Bíblica em Classe: Salmos 29.1-10.
EXÓRDIO:
EMBASAMENTO TEOLÓGICO:
Três pressupostos básicos da Teologia:
Romanos 1.19:Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.
1 – Deus existe,
2 - Deus pode ser conhecido,
3 - e Deus tem se revelado.
Esses pressupostos são interdependentes.
Deus não poderia ser conhecido se não existisse e não teria se revelado se não pudesse ser conhecido.
Para se conhecer a Deus, portanto, é preciso, antes de tudo, fé.
Fé nos pressupostos desse conhecimento:
A- que Deus existe,
B- que ele pode ser conhecido
C- e que ele se revelou.
I – INTRODUÇÃO:
Ao iniciarmos o comentário desta semana, da lição de número 2 gostaríamos de deixar claro, a questão desta relação de Deus, com os homens.
Para isto, iniciamos com os pressupostos acima, que nos deixam à vontade, para saber que Deus tem, quer e pode se Comunicar com os homens.
Deus fala com o homem. Para revelar-se:
Para demonstrar amor
Por bondade
Por misericórdia
Sobre o passado
Para o presente
Para o futuro
Para guiar
Para prevenção
Para exortar
Para punir
Para nos capacitar de forma espiritual e sob a ética e princípios da moralidade divinas.
Esta doutrina, conforme temos averiguado, foi propositalmente designada para ajustar-se à natureza moral do ser humano, trazendo à tona os princípios morais e religiosos com que foi dotado pelo seu Criador, a fim de que atinja seu melhor e mais nobre exercício.
Quando é encarado à parte de seu relacionamento para com Deus, o homem, uma criatura tão admiravelmente bem dotada, torna-se um enigma no universo; a doutrina concernente a Deus fornece-nos a solução para esse mistério.
Para ensinar
Para dar vida. João 5.24:Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.
João 8.52: Disseram-lhe, pois, os judeus: Agora conhecemos que tens demônio. Morreu Abraão e os profetas; e tu dizes: Se alguém guardar a minha palavra, nunca provará a morte.
Para sustentar.
Dt.32.2:Goteje a minha doutrina como a chuva, destile a minha palavra como o orvalho, como chuvisco sobre a erva e como gotas de água sobre a relva.
A doutrina concernente a Deus harmoniza-se com os afetos que pulsam em um coração piedoso, inclinando-se por nutri-los e aprimorá-los.
A tendência dessa doutrina [concernente a Deus] de exercer uma poderosa influência santificadora sobre o âmago de todos os sentimentos e ações dos seres humanos demonstra que ela procede de Deus.
Quem experimenta em seu coração o poder santificador do ensinamento bíblico tem em si mesmo a prova de sua veracidade, prova que não poderia obter por qualquer outro meio.
No caso dessa doutrina, que é o assunto estudado neste nosso último Trimestre de 2008, nas Lições CPAD, fechando o ano com um saldo altamente positivo em relação ao ensino que é fornecido à Igreja Assembléia de Deus através das EBD’s em todo o nosso país e mesmo fora dele.
Eu, como tenho visitado e ido como convidado, para encerramento de trimestres de EBD’s, em algumas outras Igrejas, não só assembleianas, tenho visto o uso, em várias delas, do nosso material de Ensino Dominical nestas Igrejas.
Retomando, no caso desta doutrina, estamos endividados principalmente para com a Bíblia Sagrada.
Nela, o Deus que tem mostrado a Sua pessoa por meio das Suas obras entra em comunicação direta conosco, tornando-se visível em Suas próprias luzes, à semelhança do sol que brilha em um firmamento sem nuvens.
Tg.1.17:Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.
II – Comunicando para ser conhecido:
As inumeráveis provas de que a Bíblia é a Palavra de Deus, e Deus é o Deus da Bíblia, ir-se-ão acumulando à medida que fizermos progresso na investigação [conhecimento, estudo, leitura, uso-manejo] da verdade religiosa. Ose 6:3 - Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.
Heb 6:1 - POR isso, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e de fé em Deus,
Esta é a vontade de Deus para conosco. Isto significa Deus se comunicando conosco através da Sua Palavra, que fala em alto e bom som em nossos corações.
Se abrirmos os nossos corações ao poder santificador das verdades bíblicas, veremos ainda mais confirmadas, pela influência que têm sobre as nossas próprias almas, a prova de que a Bíblia procede do Deus de santidade e Deus é o Deus do Livro. Esta Comunicação da sua santidade pela Palavra é parte do processo da Comunicação de Deus para nossa Santificação. Jo.15.3:Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.
III - Por que Deus se comunica com os Homens?
Primeiro:
Porque Um Deus que se relaciona em amor com as suas criaturas racionais. Ele é um Deus que podemos conhecer e amar!
A natureza de Deus é diferente da nossa, em essência. Só assim, podemos entender e saber que temos um Deus mesmo e não um homem elevado à potência máxima, um super-homem, pois um deus não teria as qualidades intrínsecas de Deus para superar a distância de alguém tão inferior aos anjos e em pecado, passar por cima disto, e assim mesmo falar conosco.
Hb.11.6:Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.
Os que reduzem a natureza divina ao limite de sua compreensão humana não podem jamais entender, que isto é próprio, e exclusivo de um Deus de verdade:
Um Deus que é espírito invisível, incorpóreo, imortal e indivisível, mas que é pessoa e não apenas uma vibração ou energia, por isto fala e se comunica com seu Povo de forma audível e muito mais agora, pelo Seu Filho Jesus Cristo.
1-Para prover conhecimento salvifíco:
João 8.51: Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte.
2-Para livrar-nos da ira futura e da hora da tentação:
Ap. 3.10: Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.
3-Para nos dar exemplo, quando falarmos a sua Palavra, em seu Nome:
João 15.20: Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa.
IV - Propósito de Deus em se comunicar com o homem.
a-Sua manifestação e propósito.
I Tm.2.4: Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.
Eze 18:23 - Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor Deus; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?
Eze 33:11 - Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor Deus, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis...?
Deus está falando, porque morrer se eu estou falando para vocês como sair desta situação, através da minha presença ou Palavra?
Job 34.16:Se, pois, há em ti entendimento, ouve isto: inclina os ouvidos ao som da minha palavra.
A presença e santidade de Deus é revelada na lei moral implantada no coração do homem [Rm.1] e que fala por meio da consciência e, mais particularmente, na revelação especial de Deus sendo comunicada a cada homem nascido na face da Terra, levando a todos a inescusibilidade [Rm.1.19,20] por falta de comunicação de Deus ao homem. Para que o adorem e o conheçam e venham ao pleno conhecimento da verdade. Deus não tem prazer na morte do ímpio.
V- A Palavra e o meio de comunicação humano:
A exemplo daqueles que se querem ser conhecidos, Deus utilizou-se de várias formas de comunicação:
a-Pela Sua Palavra:
Se expressa primariamente na Lei dada a Israel.
Romanos 3.1.ss: QUAL é logo a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão?Muita, em toda a maneira, porque, primeiramente, as palavras [os oráculos] de Deus lhe foram confiadas.
Essa Lei, em todos os seus aspectos, foi planejada para imprimir em Israel a idéia da santidade de Deus, e para levá-lo a sentir fortemente a necessidade de levar vida santa. A este propósito atendem símbolos e tipos como a nação, a terra santa, a cidade santa, o lugar santo e o sacerdócio santo.
Além disso, foi revelada na maneira, como Deus recompensava a observância da Lei e visitava os transgressores com terríveis punições.
A suprema revelação da santidade de Deus foi dada em Jesus Cristo, que é chamado “o Santo e o Justo”, At 3.14 ou o Logos.
João 1.1.ss: NO princípio era o Verbo [logos-palavra], e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus... Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.... Ele refletiu em Sua vida a perfeita santidade de Deus.
Finalmente, a santidade de Deus é também revelada na Igreja como o corpo de Cristo.
À exemplo daqueles que se querem ser conhecidos, Deus utilizou-se de várias formas de comunicação:
b- profetas:
2Re 21:10 - Então o Senhor falou pelo ministério de seus servos, os profetas, dizendo:
Dan 9:10 - E não obedecemos à voz do Senhor, nosso Deus, para andarmos nas suas leis, que nos deu por intermédio de seus servos, os profetas.
Amós 3:7 - Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.
Jr.23.28: O profeta que tem um sonho conte o sonho; e aquele que tem a minha palavra, fale a minha palavra com verdade. Que tem a palha com o trigo? diz o Senhor.
c- Pelo seu Filho:
Hebreus 1.1: HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho...
Falando de Comunicação:
Visão teológica da Comunicação.
O conhecimento de Deus se dá fundamentalmente no processo de interação, entre o homem e Deus, no processo de Comunicação.
Ou seja, para nos comunicarmos com Deus precisamos interagir com Ele.
Amós 3:3 - Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?
A informação é o primeiro passo para o processo de Comunicação.
VI -A informação dada por Deus:
1-De forma direta:
Gênesis 1.27 E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.28 E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.29 E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.
2-Deus comunica-se com o homem, sempre com objetivo de demonstrar a Sua Bondade, cuidado e Amor, para com o Homem:
Gênesis 2.15: E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.16 E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, 17 Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
3-Deus se comunica com o homem para que este possa cumprir o Mandato para o qual foi criado:
Ou seja, Deus colocou tudo nas mãos do Homem, para que este fosse o Cabeça ou Chefe Federativo [federação dos homens. Conceito de cabeça ou representatividade – leia Romanos 5.12] de toda a Criação. Interessante notar que Deus dá esta primazia ao homem.
Gênesis 2.19 :Havendo, pois, o Senhor Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome.20 E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea.22 E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.
É uma demonstração de interação entre Deus, partindo D’Ele para com o homem.
O processo de Comunicação foi iniciado pelo próprio Deus para que o homem o conhecesse pelo processo da Comunicação, conversação e diálogo. E em assim sendo, pudesse o homem falar com Deus sobre as suas necessidades, problemas e dúvidas, pelos quais acabaria, o homem antropológico, falhando através de Eva.
4-Deus comunica-se com o homem, com objetivo de demonstrar a Sua Justiça e cuidado, para com o Homem:
Esta passagem mostra que Deus visitava o homem, no espaço que lhe criara: a própria Terra, com o objetivo [por inferência], de verificar como o homem se houvera no seu dia.
Gênesis 3.8: E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.9 E chamou o Senhor Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás?10 E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.
Este trecho de Gênesis demonstra que o homem tinha intima comunhão e conhecia a voz de Deus, e bem sabia, a que horas Eles os vinha visitar para ter uma conversa diária.
cont...11 E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses?12 Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi. 13 E disse o Senhor Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi....
5-Deus comunica o perigo ao homem, antes que venha o mal:
Falando com Caim antes deste se tornar o primeiro homicida [fraticida] da Terra.
Gênesis 3. 6 E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante?7 Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. 9 E disse o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão?10 E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra.
VII - A comunicação pelos sentidos:
Captamos o mundo a partir dos sentidos externos.
Aprendemos a partir da interação com o mundo através do ver, ouvir, tocar, cheirar, sentir. Todos a desenvolvemos até um determinado ponto, ao menos para sobreviver (percepção pragmática). É sempre possível aperfeiçoá-la, integrando os sentidos, reeducando o ver, o ouvir, o tocar.
José Manuel Moran Diretor Acadêmico da Faculdade Sumaré-SP.
ex-professor da ECA- Escola de Comunicação – USP;
Capítulo 9 do livro "Mudanças na comunicação pessoal".
2ª ed. Paulinas, 2000, p.137-154.
Rm. 10.17: De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.
VIII -Comunicação divina visual:
Ver:
Exo. 3:4 E vendo o Senhor que se virava para ver, bradou Deus a ele do meio da sarça, e disse: Moisés, Moisés. Respondeu ele: Eis-me aqui.
Tocar, como ação corporal:
Deus não pode ser tocado na sua forma Gloriosa e divina [em sendo Deus, Jesus foi tocado, mas na sua forma humana].
Mas, como ação corporal visível, mesmo a Bíblia dizendo que ninguém jamais viu ao Senhor, contudo numa demonstração à Moisés de sua Glória, a Bíblia cita várias referências da Comunicação, entre o homem Moisés, Libertador de Israel e Jeová, o Deus de Israel:
Sendo a primeira a referência supra citada de Êxodo 3 e outras tantas [leia comentário da Lição de n.º 01, deste trimestre].
Exo 33:11-E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial;
Is.41.8:Porém tu, ó Israel, servo meu, tu Jacó, a quem elegi descendência de Abraão, meu amigo;
Deus quer se comunicar comigo e você, com a Igreja de forma aberta e clara, face a face [face to face], como falava com Moisés, ainda mais nos dias da graça pela porta aberta pela Cruz e sangue de Cristo, seu Filho.
VIII -1- Canal de comunicação aberto por Deus:
Ef.3.12:No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele.
Hb.10.19:Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus,
O conhecimento precisa da ação coordenada de todos os sentidos -caminhos externos- combinando o tato (o toque, a comunicação corporal), o movimento (os vários ritmos), o ver (os vários olhares) e o ouvir (os vários sons). Os sentidos agem complementarmente, como superposição de significantes, combinando e reforçando significados.
1a-Deus nos deu do Seu Espírito Santo para ouvirmos sua voz.
Este Espírito do qual fala o Profeta Isaías:
Is.11.2:E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor.
Todos temos, segundo Gardner, a "inteligência" ou habilidade lingüística, que se manifesta em gostar de escrever, ler, ouvir e contar estórias; que facilita a compreensão através das palavras faladas ou escritas. Em muitas pessoas esta habilidade lingüística é mais espontânea, imediata, perceptível. Em outros vai se desenvolvendo aos poucos, pelo processo de aprendizagem.
Para nós os crentes: é necessário, nos habilitarmos ou estarmos em contínuo contato com Deus. E isto vai sendo implantado em nosso ser, na medida em que nós nos predispomos a conhecer ao Senhor e a ter contato com Ele seja pela oração ou a conhecê-lo pela sua Palavra Divina.
Quem não fala com alguém por muito tempo, não pode conhecer e ter boa Comunicação com esta Pessoa, no caso a Divina pessoa de Deus.
Os.6.3:Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.
1b-A maior fonte de Comunicação de Deus é a Sua Palavra:
Então ler a Bíblia é fundamental para ouvirmos a Sua voz, soar em nosso jardim particular, o nosso coração.
II Tm.2.15:Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
VIII- A -Comunicação e conhecimento:
Conhecer é relacionar, integrar, contextualizar, fazer nosso o que vem de fora. Conhecer é saber, é desvendar, é ir além da superfície, do previsível, da exterioridade. Conhecer é aprofundar os níveis de descoberta, é penetrar mais fundo nas coisas, na realidade, no nosso interior. Conhecer é conseguir chegar ao nível da sabedoria, da integração total [com Deus], da percepção da grande síntese, que se consegue ao comunicar-se com uma nova visão do mundo[por Deus em Cristo, das pessoas e com o mergulho profundo em nossa alma. Conhecer-se espiritualmente é poder comunicar-se com Deus de forma audível e verdadeira para com Ele.
Salmos 51.1: TEM misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.2 Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado.3 Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.4 Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.
Salmos 42.5: Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face.
O conhecimento se dá no processo rico de interação externo e interno. Pela comunicação aberta e confiante desenvolvemos contínuos e inesgotáveis processos de aprofundamento dos níveis de conhecimento pessoal, comunitário [na Igreja] e social [na sociedade, com demonstração de Cristo em nós].
CONCLUSÃO:
Deus sempre e eternamente quer falar com o homem, tanto é verdade esta expressão que nos arrebatará para morarmos com Ele em Sua Glória.
Porém o homem deve saber que, quem abriu o Canal de Comunicação foi Deus através dos elementos santos e Divinos aqui narrados neste comentário.
Usando os seus anjos: I Reis 19.5: E deitou-se, e dormiu debaixo do zimbro; e eis que então um anjo o tocou, e lhe disse: Levanta-te, come.
Zac 1:13 - E respondeu o Senhor ao anjo, que falava comigo, com palavras boas, palavras consoladoras.
Sua Palavra
Seu Filho Jesus Cristo
Espírito Santo:[o qual convence o homem do pecado, da justiça e do juízo]
Rom 8:26 - E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
E Ele Próprio falando diretamente aos homens.
Fonte:
José Manuel Moran - Diretor Acadêmico da Faculdade Sumaré-SP; ex-professor da ECA-USP
Eca-Usp
Bíblia digital Chamada – Almeida Fiel
Teontologia -Inst. Andrew Jumper- Mackenzie.
Doutrina concernente a Deus - livro Manual de Teologia, de John L. Dagg, publicado pela Editora Fiel.
Prof. João Alves dos Santos - Mackenzie

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical