quinta-feira, outubro 8

Davi Enfrenta E Vence O Gigante. Lição 2 – CPAD – 4º trimestre

Davi Enfrenta E Vence O Gigante.

Lição 2 – CPAD – 4º trimestre Autor:Osvarela

I - Compilação de Dados:

A - Medidas:

a-Como Saber a Medida de Um Côvado [ou cúbito]:

Era uma medida comum, a vários, ou todos os países.

É a distância entre o dedo médio da mão e o cotovelo. O ammah, ou côvado.

-1 dedo = ( + ) ¾’polegada = 19 mm.

-4 dedos = largura da mão.

-3 larguras de mão = 1 palmo [zereth], medida entre o dedo polegar estendido e o dedo mínimo.

-2 palmos = 1 côvado = Naquela época, entre 55 a 58 cm [veja abaixo, maiores detalhes].

O côvado pode variar de 44 cm. A 66 cm, conforme a região e a época.

O côvado real tinha um palmo a mais.

b-Além deste havia o côvado comum. A medida era dada, a partir do palmo, sendo dividida em dois palmos, zereth, Ex. 28. 16. Quadrado e duplo, será de um palmo o seu comprimento, e de um palmo a sua largura. Na lição encontramos as medidas conforme a regra do A.T.

Outra regra:

Tinha seis vezes a largura da palma da mão [topah – Ex.25.25. Também lhe farás ao redor uma guarnição de [quatro dedos de largura] da largura de uma mão...] ou 24 vezes a largura do dedo.

ISm.17.4.Então saiu do arraial dos filisteus um campeão, cujo nome era Golias, de Gate, que tinha de altura seis côvados e um palmo.

c-Nota:

Institutos de pesquisa europeus e norte-americanos consideram, em alguns casos, que a medida de um côvado na antiguidade era de 66 cm. Nos melhores Dicionários Bíblicos e teológicos a medida varia entre 45 a 55 cm. Ver Bíblia do Ministro – Editora Vida.

No Dicionário Bíblico Universal é dada uma variação entre – 45 cm a 47,5 cm

Ezequiel usa a medida, da cana de medir de seis côvados [antigo-II Cr.3. 3. Estes foram os fundamentos que Salomão pôs para edificar a casa de Deus. O comprimento em côvados, segundo a primitiva medida, era de sessenta côvados, e a largura de vinte côvados...] de comprimento, este era 1/7 mais comprido.

A mais antiga referencia sobre o côvado como medida, é encontrado na estátua do rei Gudea [2500 aC], em Telloh – 49,5 cm.

O côvado grego – 44,5 cm

B - A origem dos gigantes -

1-Qual a definição de Gigantes:

Homem de extraordinária estatura, ou força, ou poder.

2-O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE ELES:

Gigante não era algo desconhecido para os hebreus:

Desde a entrada na Terra Santa o povo hebreu enfrentou e combateu com os gigantes e suas famílias e sempre prevaleceram. A única falha foi se aliar a eles depois de alguns tempos.

Números 13.32,33. Assim...infamaram a terra que haviam espiado, dizendo: A terra, pela qual passamos ...é terra que devora...e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura. "Também vimos ali os gigantes [nefilins], isto é, os filhos de Anaque, que são descendentes dos gigantes [nefilins]; éramos aos nossos olhos como gafanhotos; e assim também éramos aos seus olhos."

Josué 11.22. "Não foi deixado nem sequer um dos anaquins na terra dos filhos de Israel; somente ficaram alguns em Gaza, em Gate, e em Asdode."

Não deixe nenhum gigante em sua vida, em sua terra, em seus domínios santos, é terra de Deus, pois, você verá logo abaixo, o que aconteceu com Israel e Davi, poderá acontecer, também em sua vida.

Josué 14.15. "Ora, o nome de Hebrom era outrora Quiriate-Arba, porque Arba era o maior homem entre os anaquins. E a terra repousou da guerra."

Outros grupos de gigantes chamados de Anaquins e Refains (ou Emins) se instalaram na Palestina entre o Mar Morto e a faixa de Gaza. Os israelitas mataram todos os gigantes desta região sobrando apenas o rei Ogue (na região norte da atual Jordânia) e alguns que foram para a faixa de Gaza (região entre o Mar Mediterrâneo e a cidade de Gaza).

3-A origem dos gigantes – anakins, refains...Gn.14. 5.

Por isso, ao décimo quarto ano veio Quedorlaomer, e os reis que estavam com ele, e feriram aos [refains] em Asterote-Carnaim, aos zuzins em Hão, aos emins em Savé-Quiriataim...

Dt. 2. 10,11. Antes haviam habitado nela os emins, povo grande e numeroso, e alto como os anaquins; eles também são considerados [refains] como os anaquins; mas os moabitas lhes chamam emins... 20. Também essa é considerada terra de [refains]; outrora habitavam nela [refains], mas os amonitas lhes chamam zanzumins,..

Gn. 6. 4. Naqueles dias estavam os nefilins [gigantes] na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Esses nefilins [gigantes] eram os valentes, os homens [varões] de renome [fama], que houve na Antigüidade.

II Sm. 21. 16. E Isbi-Benobe, que era dos filhos do gigante, cuja lança tinha o peso de trezentos, siclos de bronze, e que cingia uma espada nova, intentou matar Davi.

Dt. 3:1-3 - Ogue, rei de Basã - rei de um povo notável e poderoso, provavelmente gigantes, pois se originaram dos refains, que habitavam Basã nos tempos de Abraão e eram tidos como gigantes.

Ogue foi o último rei dessa raça e morreu batalhando contra o exército israelita comandado por Moisés.

4-IDÉIA DO PORTE GIGANTESCO DE OGUE:

Dt.3:11. Porque só Ogue, rei de Basã, ficou de resto dos refains; eis que o seu leito, um leito de ferro, não está porventura em Rabá dos amonitas? O seu comprimento é de nove côvados, e de quatro côvados a sua largura, segundo o côvado em uso.

- “Leito”=divã = sarcófago = cama = trono = 9 côvados de comprimento X 4 côvados de largura =

( + ) 4,5 X 2,0 m = 9,00 m².

Se um côvado equivalia a 46 centímetros, 6 côvados eram 2,76, somados a um palmo, Golias media quase 3 metros de altura!

Podemos admitir uma medida entre 2,76 m a 3,20 m, segundo os dados acima.

Mas, você pode ensinar sem medo o seguinte, á respeiro do Gigante Golias:

Segundo o relato bíblico, Golias era um homem com estatura de 3 metros, e sua armadura pesava cêrca de 55 quilos. A ponta de ferro da sua lança pesava outros 7 quilos.

Damim - Heb. ’Ephes Dammîm, de significado incerto. Em 1Cr 11:13 é chamado Pasdamim (Heb. Pas Dammîm). Situava-se perto do vale de Elá (1Sm 17:2), ainda não localizado pela arqueologia.

5-Gigantes segundo a Arqueologia:

Tirando os excessos conheça alguns dados arqueológicos.

Existiam homens na Mesopotâmia cuja estatura ultrapassava 4 metros[??]. A conferir.

Os primeiros gigantes, chamados na Bíblia de Nefilins (enfilins no original hebraico que significa "caídos" ou "desertores") poderiam ser ainda mais altos.

Nos finais dos anos 50 durante a construção de uma estrada a sudeste de Homs, no Vale do Eufrates, sudeste da Turquia, região próxima de onde viveu Noé após o dilúvio, foram encontradas várias tumbas de gigantes. Elas tinham 4 metros de comprimento, e dentro de duas estavam ossos da coxa (fêmur humano) medindo cerca de 120 centímetros de comprimento. Calcula-se que esse humano tinha uma altura de aproximadamente 4 metros e pés de 53 centímetros. [??].A conferir.Um dos ossos está sendo comercializado pelo Mt. Blanco Fossil Museum na cidade de Crosbyton, Texas, EUA, ao preço de 450 dólares.

C - Quem foi este Gigante que Davi enfrentou e Venceu?

Nome: Golias

Significado: passagem, mudança, exílio, transmigração

Família:

Avô: Provável Arba

Pai: Provável Enaque

Irmãos: Lami, o Giteu

Local de Nascimento: Gate

Localização Temporal: 1200 a.C. - 1000 a.C. [com restrições-veja nosso estudo Quem foi Davi]

Motivo de Morte: Atingido por uma pedra da funda de Davi

Local de Morte: Planície de Elah (carvalho)

1-Um filisteu adotado; descendente dos amorreus, segundo a história, que se agregaram aos filisteus.

2-Golias, um campeão de guerra; ISm.17.4.Então saiu do arraial dos filisteus um campeão, cujo...nome era Golias, de Gate. Golias era um duelista, que pelas palavras bíblicas havia vencido alguns outros adversários e conseguido dar vitória aos filisteus.

Obs. Houve outro gigante com o mesmo nome e da mesma região. II Sm.21.20. Houve ainda também outra peleja em Gate, onde estava um homem de alta estatura, que tinha em cada mão seis dedos, e em cada pé outros seis, vinte e quatro ao todo, e também este nascera do gigante.21 E injuriava a Israel; porém Jônatas, filho de Simei, irmão de Davi, o feriu.

3-Zombador da grandiosidade do DEUS D`Israel.

4-Se havia alguém, apesar de todo o seu tamanho e se valendo de sua força, bem-preparado naquele cenário era o adversário de Israel – O Gigante Golias:

Ele era paramentado [Sua vestimenta] com:

a - Um capacete de bronze;

b- Uma couraça que pesa cerca de 60 kg; A cota de malha é um aparato utilizado como proteção para o corpo, que consiste em uma série de entrelaçamentos de pequenas argolas de metal (muitas vezes ferro polido ou até ligas de ouro). Juntas, elas fornecem resistência contra objetos cortantes com relativa eficiência. Quando unida às partes de metal de uma armadura, forma uma vestimenta característica dos exércitos medievais. O padrão formado pelas argolas varia de acordo com a cultura, sendo a mais famosa a malha inglesa, organizada em linhas alternando o lado dos anéis.

c - Suas pernas também estão protegidas por caneleiras;

d - Carregava um dardo de bronze entre os ombros;

e- Uma lança tão pesada que alguns precisariam de um amigo para pegar uma das extremidades e ajudar a carregá-la. A ponta da lança pesa cerca de 7 kg, segundo algumas estimativas...

f - Um escudeiro que vai à sua frente levando seu escudo.

A Vestimenta de Davi e sua Arma: I Sm.17.40.

a- E tomou o seu cajado na mão – cajado - "Um cajado é uma vara de pastor, caracteristicamente tendo a extremidade superior recurvada em forma de gancho ou semicírculo. Ele é usado para tocar nas patas das ovelhas de leve para que elas retornem ao seu caminho não se desviando do caminho”.

b- E escolheu para si cinco seixos do ribeiro – cinco pedrinhas - Seixo pode designar: * Seixo, uma pequena pedra, com o tamanho de uma bola de tênis de mesa aproximadamente; todo fragmento de mineral ou de rocha, corresponde a diâmetro maior do que 4 mm e menor do que 64 mm.

c- E pô-los no alforje de pastor – alforje - Sacola grande com aba para fechar.Geralmente é confeccionada em couro

d- Que trazia, a saber, no surrão – surrão – roupa feita de couro de cabra, vem de couro surrado.

e- E lançou mão da sua funda; funda – vide dados.

II -A Arma Mortal de Davi:

O que era uma funda?

Uma arma fatal.

A Funda é uma das armas mais antigas e primitivas armas feita pelo homem e usada pela Humanidade. Consiste basicamente em duas cordas ou correias em cujos extremos se aplica um receptáculo flexível para o projétil. Seu uso é registrado entre os povos primitivos, e diversos povos da Antigüidade, tais como gregos e hebreus. O escritor romano Vegetius registou:

"Os recrutas serão ensinados na arte de lançar pedras com ambas as mãos e com a funda. Dizem que os habitantes das Ilhas Baleares são os inventores da funda, e de as administrar com surpreendente destreza, o que se deve à forma como educam suas crianças. As crianças não eram permitidas ter a comida antes que a tivessem golpeado com a funda. Os soldados, mesmo usando suas armaduras defensivas, são mais duramente afetados com as pedras redondas lançadas pelas fundas que por todas as setas do inimigo. As pedras matam, sem mutilar o corpo, provocando uma mortal contusão em que não há perda de sangue. É universalmente sabido que os antigos usavam fundíbulos em todas as suas batalhas. È imprescindível instruir todas as tropas, sem exceção, neste exercício, pois a funda não pode ser tida como algo difícil, e é de grande utilidade, especialmente quando devem ocupar lugares pedregosos, ou defender uma montanha ou elevação, e ainda proceder à defesa de um castelo ou cidade."

Deus estava com Davi, mesmo que a sua arma fosse desprezada, pelo gigante Golias, ele desconhecia a potência de uma funda.

Muitos até hoje, não entende como isto aconteceu:

Primeiro foi Deus;

Segundo foi Deus, usando e dando estratégia a Davi, em usar o que lhe era , mais confortável e aquilo em que ele tinha habilidade em manejar.

Esta é a arma foi o que Deus quis utilizar para fazer cair o debochado gigante Golias, que afrontou por 40 dias, o Povo de Deus, diante de um Rei amedrontado e já fora da direção de Deus, inclusive oprimido, por um espírito maligno permitido por Deus. É neste último povo, o povo hebreu, que se encontra, a mais é célebre passagem contida no Antigo Testamento, desta arma com a qual David derrota o gigante Golias: A Arma fatal foi a funda.

As nossas armas não são as dos gigantes que nos afrontam, mas são como diz Paulo: II Co.10. 3- 5. Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne, pois as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas; derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o conhecimento de Deus...

Uma funda ou fundíbulo é uma arma de arremesso constituída por uma correia ou corda dobrada, em cujo centro é colocado o objeto que se deseja lançar.

Também chamada de atiradeira, catapulta ou estilingue, embora alguns desses nomes possam remeter a tipos de armas de arremesso específicos.

Os guerreiros aptos para usar uma funda –

Jz. 20. 15.16. Ora, contaram-se naquele dia dos filhos de Benjamim, vindos das suas cidades, vinte e seis mil homens que arrancavam da espada, afora os moradores de Gibeá, de que se sentaram setecentos homens escolhidos. Entre todo esse povo havia setecentos homens. Entre todo esse povo havia setecentos homens escolhidos, canhotos, cada um dos quais podia, com a funda, atirar uma pedra a um fio de cabelo, sem errar.

III - Pontos focais desta Lição:

1-A situação de deboche com o povo de Deus.

2-Um rei medroso – meu reino por um guerreiro.

3-Uma situação de embaraço e de desânimo.

4-Um menino que vira guerreiro depois de desacreditado. Não tinha ainda 20 anos de idade, quando se vê diante de um dos maiores desafios de sua vida, derrubar um gigante!

5-A situação nos pode fazer crescer ou diminuir.

6-Você pode virar um guerreiro ou voltar para casa como um simples pastorzinho de poucas ovelhas.

7 – Os gigantes sempre aparecem para nos amedrontar, como uma vingança pelos seus iguais derrotados por nós.

IV – A empreitada dada a um Menino Rei, o lança no meio da Batalha:

Depois de muitas noites de temor e insônia das tropas de Israel, Jeová – O Senhor dos Exércitos, Jessé manda Davi, o seu filho caçula,um menino, levar queijos e a vitória ao seu Povo.

Devemos entender que, para começarmos a caminhada na Obra de Deus, precisamos, muitas vezes, iniciar como carregador de queijos, como Davi.

Começar com um pequeno rebanho é a lição de humildade, que muitos de nós precisamos aprender com Deus e com nossos patriarcas e pastores, que governam sobre nós.

Nunca diga não!

Você não sabe se a empreitada, aparentemente simples, poderá ser o Dia da tua exaltação, como cabeça.

Rm.13.12. A noite é passada, e o dia é chegado; dispamo-nos, pois, das obras das trevas, e vistamo-nos, pois, das obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz.

A vinda de Davi ao Arraial, resolveria um problema Moral para a tropa e para o rei de Israel: na mente dos guerreiros de Israel, eles teriam, a oportunidade, pensavam eles, de pelo menos, não sair correndo sem antes mandar um homem lutar com Golias, nem que fosse morto como um cão.

Mas, Davi tinha uma funda e uma Palavra de Verdade do Seu Deus: II Co.6. 7. ...na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça à direita e à esquerda..

Quem sabe se Davi não foi pelos montes, como menino que era, adestrando sua funda, até imaginando-se um grande guerreiro e com sua funda ia matando imaginários filisteus...Muito embora ele fosse um pastor responsável apesar da sua pouca idade: “Davi então se levantou de madrugada, pela manhã, e deixou as ovelhas com um guarda, e carregou-se, e partiu, como Jessé lhe ordenara; e chegou ao lugar dos carros, quando já o exército saía em ordem de batalha, e a gritos chamavam à peleja”.

É assim , como diz o hino 212 - H.Cristã: “No lance imprevisto” e estamos no meio de uma batalha e poderemos ser usados como um pequeno Davi, Deus sempre tem uma missão para cada um de nós, os que se acham grande e para nós os pequeninos.

V – Foco:

1- A situação de deboche com o povo de Deus.

Lendo a história bíblica, segundo descreve o quadro em que se deu este evento verificamos que, o povo de Israel encontrava-se diante de um dilema, que já durava 40 dias, [16.Chegava-se, pois, o filisteu pela manhã e à tarde; e apresentou-se por quarenta dias.] criando um ambiente de desânimo e medo por todo o Exército de Israel.

Esta situação era sentida por toda a extensão da terra, de tal forma, que podemos compreender porque Jessé enviou o pequeno Davi ao local do confronto, entre Israel e os filisteus, o combate se estendera sem decisão, que até mesmo havia possibilidade de alguém chegar perto do local da batalha. [1. E OS filisteus ajuntaram as suas forças para a guerra e congregaram-se em Socó, que está em Judá, e acamparam-se entre Socó e Azeca, no termo de Damim.2. Porém Saul e os homens de Israel se ajuntaram e acamparam no vale do carvalho.]

Davi cuidando de suas ovelhas só foi conhecer o que se passava ou entender o tamanho do drama ao chegar no campo de guerra.

A-O que ele encontrou:

Um homem, ainda que Gigante, debochava, de Israel, do Rei e de Deus.

“Não sou eu filisteu e vós servos de Saul? Escolhei dentre vós um homem que desça a mim”... “Hoje desafio as companhias de Israel, dizendo: Dai-me um homem, para que ambos pelejemos”.

Saul era um Rei, escolhido por Deus, para ser o primeiro rei de Israel, ainda que estivesse num momento difícil.

Ninguém pode debochar ou menosprezar o Nosso Deus, nós temos que nos espelhar em Davi, debochar de Deus, nós não toleramos e vamos à luta, com a ajuda D’Ele e em Seu Nome, assim como fez Davi.

-Um exército acuado por um só homem, ainda que gigante.

-Um rei – Saul – sem estratégia para decidir o que fazer.

-Um exército sem ânimo.

-Um exército sem um campeão.

-Um exército desgastado e com os nervos à flor da pele.

-Um exército que, a cada subida de Golias, saía em correria da frente da batalha, sem ordem ou organização, todos temerosos. I Sm.17.24. Porém todos os homens em Israel, vendo aquele homem, fugiram de diante dele, e temiam grandemente.

Alguns têm sido duros, até com razão, com as expressões do irmão de Davi, no versículo 28 e 29. “E, ouvindo Eliabe, seu irmão mais velho, falar àqueles homens, acendeu-se a ira de Eliabe contra Davi, e disse: Por que desceste aqui? Com quem deixaste aquelas poucas ovelhas no deserto? Bem conheço a tua presunção, e a maldade do teu coração, que desceste para ver a peleja. Então disse Davi: Que fiz eu agora? Porventura não há razão para isso?”

Ele entende que, Davi é um menino [naar – garoto-Nm.1.3. Da idade de vinte anos para cima, todos os que em Israel podem sair à guerra, a estes contareis segundo os seus exércitos, tu e Arão.] pastor de ovelhas, e aquele não era seu lugar, despreza-o como tal.

Desabafou o seu coração, por ter sido preterido na escolha de Samuel.

I Sm.16. E sucedeu que, entrando eles, viu a Eliabe, e disse: Certamente está perante o Senhor o seu ungido.

Mostrou-se preocupado, com o que nunca fora sua preocupação: o rebanho de Jessé.

Muitos de nós só nos damos conta que , alguém está fazendo, quando este chega e toma o nosso lugar.

Sabia que Davi reinaria sobre ele e toda a sua casa [havia certamente sigilo sobre o caso-I Sm.16.1,2].

Mas, ainda assim, eu entendo que um guerreiro desgastado pelas ameaças, e pelo momento em que seu irmão chegara [e chegou ao lugar dos carros, quando já o exército saía em ordem de batalha, e a gritos chamavam à peleja. E os israelitas e filisteus se puseram em ordem, fileira contra fileira] e sem nada poder fazer [pensava ele], com medo, ao ver a chegada de seu irmão menor, de aparência franzina, falando cheio de ousadia [Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?], contra o inimigo de 40 dias, mesmo sabendo de sua condição de ser ungido por Samuel, não se conteve e estressado derramou a sua ansiedade sobre o pequeno Davi.

Muito embora, eu entenda que havia o designo de Deus, como providência e como apresentação de Davi a todo Israel, como o homem sob quem estava a Unção do Senhor.

I Sm.16.11-14. Disse mais Samuel a Jessé: Acabaram-se os moços? E disse: Ainda falta o menor, que está apascentando as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda chamá-lo, porquanto não nos assentaremos até que ele venha aqui. Então mandou chamá-lo e fê-lo entrar (e era ruivo e formoso de semblante e de boa presença); e disse o Senhor: Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo. Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá. E o Espírito do Senhor se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do Senhor.

B-Uma Lição:

Não dê ouvidos aos gigantes que vociferam contra você, maldições, te querem fazer tão próximo do chão, que dizem como o Gigante Golias: I Sm.17.43. Disse, pois, o filisteu a Davi: Sou eu algum cão, para tu vires a mim com paus? E o filisteu pelos seus deuses amaldiçoou a Davi.44. Disse mais o filisteu a Davi: Vem a mim, e darei a tua carne às aves do céu e às bestas do campo.

Não desanimar quando encontramos alguém que quer nos desanimar com suas palavras.

O momento certo de falar.

Em situações de dificuldades, cuidado com o que falamos, podemos derramar o que está amargo em nosso coração e sermos apanhados pela própria língua.

Quando chega alguém aparentemente despreparado em meio a nossa luta, podemos até pensar, ao ele se pronunciar, que suas expressões são apenas balela, por desconhecimento do tamanho do problema que enfrentamos.

Mas, muitas vezes, recebemos a presença de anjos e nem sequer damos conta, que homens são usados por Deus e que no arraial de Deus, o menor pode ser exaltado sobre o maior. Deus sempre usa esta estratégia: o que é loucura para os homens é sabedoria para Deus, ou de Deus.

C-Lição: Aceite ajuda do menor!

Davi foi nada mais e nada menos do que o maior monarca na história judaica, líder justo e inteiramente devotado a seu povo, David foi, acima de tudo, um homem da mais profunda fé, responsável por abrir as portas do arrependimento para todas as gerações futuras”.

Sejamos nós também a geração que fará a diferença. Ana Paula Varela

2-Um Rei Medroso – Meu Reino Por Um Guerreiro.

Desafiado: I Sm.17.10. Disse mais o filisteu: Hoje desafio as companhias de Israel, dizendo: Dai-me um homem, para que ambos pelejemos.Ouvindo então Saul e todo o Israel estas palavras do filisteu, espantaram-se, e temeram muito.

Afrontado:16 Chegava-se, pois, o filisteu pela manhã e à tarde; e apresentou-se por quarenta dias.

D-Saul tinha habilidades e força:

O povo esperava que Saul pudesse ser o duelista, mas ele já perdera a unção.

Saul era um gigante em Israel. Era ele quem os israelitas esperavam que lutasse com Golias, mas Saul ficou com medo.

I Sm.10. 23. E correram, e o tomaram dali, e pôs-se no meio do povo; e era mais alto do que todo o povo desde o ombro para cima.

I Sm.11.5-11. E eis que Saul vinha do campo, atrás dos bois; e disse Saul: Que tem o povo, que chora?...Deus se apoderou de Saul...e acendeu-se em grande maneira a sua ira.E tomou uma junta de bois, e cortou-os em pedaços, e os enviou a todos os termos de Israel pelas mãos dos mensageiros, dizendo: Qualquer que não seguir a Saul e a Samuel, assim se fará aos seus bois. Então caiu o temor do Senhor sobre o povo, e saíram como um só homem.

Davi não se conteve com a afronta do Gigante.

Ficou sabendo, que havia até uma recompensa, para quem derrubasse o gigante. 25 E diziam os homens de Israel: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel; há de ser, pois, que, o homem que o ferir, o rei o enriquecerá de grandes riquezas, e lhe dará a sua filha, e fará livre a casa de seu pai em Israel.

Parece que estamos diante de alguém cobiçoso, mas eu entendo que a Lição é:

1-Perseverar porque nós temos uma Promessa e um galardão.

Eliabe e seu coração duro: Pv. 24:20 - Porque o homem maligno não terá galardão...

Se formos procurar entender, esta era uma forma de animar, ou encorajar alguém, numa peleja ou luta, na qual representava o seu povo, com prêmios [como nos tempos de Paulo].

O Apóstolo Paulo nos fala disto:

Cl.3.24. Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança.

A confiança de Davi o fazia jus do galardão que seria dado ao que lutasse com Golias.

Hb.10.35. Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão.

Como nos estádios romanos havia na disputa de um duelo um prêmio e só um o alcançaria:

I Co.9.24. Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.

Davi se dispôs a apresentar-se ao rei Saul, sabendo que tinha condições de servi-lo, como também alcançar o sucesso no duelo mortal, com o Gigante Golias:

I Co.9.17. E por isso, se o faço de boa mente, terei prêmio; mas, se de má vontade, apenas uma dispensação me é confiada.

Ele não foi empurrado á batalha, mas se dispôs numa ocasião única, que lhe faria ser respeitado quando fosse entronizado como rei de Israel [outra dispensação].

Davi chega diante do rei Saul, após andar pelas tropas e inquirir o que estava acontecendo e ver o gigantesco filisteu, afrontar o seu Deus.

Saul estava desesperado por alguém, que se dispusesse duelar com Golias, ele talvez não visse a hora de encerrar aquele estado de coisa, mal-parada, seu nome em xeque, sua nação perto de ser escravizada.

Quando aparece Davi, ainda que ele se mostre ainda desapontado, pois o texto, dá a entender, que ele esperava que introduzissem, em sua presença, alguém com características robustas ou um homem de guerra, talvez até mesmo só para tentar duelar e ser um mártir em Israel.

E o que aparece?

Um “naar” – um garoto, que nem podia guerrear segundo as leis de guerra em Israel.14 E Davi era o menor; e os três maiores seguiram a Saul.

E-A última chance:

Deus sempre marca o momento certo para você chegar e atender o seu Povo em suas necessidades, Davi como pastor sabia que era a hora “não da onça beber água”, mas a Hora de Israel “caçar o caçador” da Ovelhas de Israel.

Parece que, a conversa de Davi entre a tropa tomou forma e chegou aos ouvidos do Rei Saul.

Mas, vamos lá, deve ter pensado, “vou avisar a este menino o que vai acontecer e se ele insistir, eu mando ele para o duelo e...pelo menos, fica menos mal”!

I Sm.17.32. E Davi disse a Saul: Não desfaleça o coração de ninguém por causa dele; teu servo irá, e pelejará contra este filisteu.

Ele não conhecia o que havia ocorrido com Davi, este estava cheio da Unção de Deus.

Seus feitos foram narrados diante de Saul até o convencer que era alguém preparado para duelar, ainda que com certa ironia do rei: “33. Porém Saul disse a Davi: Contra este filisteu não poderás ir para pelejar com ele; pois tu ainda és moço, e ele homem de guerra desde a sua mocidade”.

Davi não se deu por vencido mais uma vez:

I Sm.17.34 Então disse Davi a Saul:Teu servo apascentava as ovelhas de seu pai; e quando vinha um leão e um urso, e tomava uma ovelha do rebanho,35 Eu saia após ele e o feria, e livrava-a da sua boca; e, quando ele se levantava contra mim, lançava-lhe mão da barba, e o feria e o matava.36 Assim feria o teu servo o leão, como o urso; assim será este incircunciso filisteu como um deles; porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo.37 Disse mais Davi:O Senhor me livrou das garras do leão, e das do urso; ele me livrará da mão deste filisteu.

-Perseverar até entender o que está se passando.

Ele não se conteve, com a afronta do Gigante. 26 Então falou Davi aos homens que estavam com ele, dizendo: Que farão àquele homem, que ferir a este filisteu, e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?

Davi sabia quem era o Senhor.

Em toda esta lição nós iremos aprender que Davi conheceu e era conhecido de Deus, ele era realmente um homem conforme o Coração de Deus.

Quem confia no Deus, Adonai Tsevaot - SENHOR DOS EXÉRCITOS pode entrar em batalhas aparentemente em desvantagem, mas sairá vencedor, esta era a confiança de Davi!

-A oferta de Saul a Davi:

Não lute com as armaduras alheias, você temo traje certo que cabe em você e te dá mobilidade nas grandes pelejas. I Sm.17.38. E Saul vestiu a Davi de suas vestes, e pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze; e o vestiu de uma couraça. 39 E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes, e começou a andar; porém nunca o havia experimentado; então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei. E Davi tirou aquilo de sobre si.

F-Chega de protelação dizia o gigante: I Sm.17.10. Disse mais o filisteu: Hoje desafio as companhias de Israel, dizendo: Dai-me um homem, para que ambos pelejemos.

I Sm.17.20. Davi então se levantou de madrugada, pela manhã, e deixou as ovelhas com um guarda, e carregou-se, e partiu, como Jessé lhe ordenara; e chegou ao lugar dos carros, quando já o exército saía em ordem de batalha, e a gritos chamavam à peleja.

O inimigo desafia o povo de Deus e nunca espera que apareça algum com coragem para enfrenta-lo,em determinadas pelejas.

VI - Foco 4-Um menino que vira guerreiro depois de desacreditado. Não tinha ainda 20 anos de idade, quando se vê diante de um dos maiores desafios de sua vida, derrubar um gigante!

A palavra “Gibbor”, em hebraico, é também traduzida “gigante”, que significa “homem valente”,“poderoso”, “gigante” ou “homem forte” (Nm. 13.33; Jó 16.14).

A palavra no hebraico aí é gibbor. O gibbor é um guerreiro provado

Ao avançar sem medo contra o Gigante Golias e vencê-lo Davi estava crescendo até a altura do seu oponente e Deus o estava elevando a posição maior do que o rei Saul.

É de se imaginar que Davi não teria muito mais do que um peso entre 50 e 60 kg.Portanto a potência dos golpes de Davi não alcançariam mais do que 90 kg de força se tivesse preparação para este fim, é como se um caminhão carregado com uma carga na sua totalidade, em uma velocidade constante de 50 km por hora atingisse ama caixa encostada em uma parede. Este impacto destrói totalmente a caixa, a parede, e tudo o que estiver atrás.Esta era a força comparada entre o gigante Golias e a força dos braços de Davi que foi menosprezado pelo gigante que ao vê-lo retirou seu capacete e zombou do pequeno Davi.Este atirou uma pedra com o uso de uma funda e atingiu o centro da testa como o tiro de um fuzil e matou o gigante que tombou no chão.O que não deve ser ignorado é que o gigante Golias na verdade era um covarde, pois se valia de seu tamanho para guerrear contra seus adversários que não tinham nenhuma condição de combatê-lo, visto que a potência de seus braços era algo que não poderia ser comparada com nenhuma máquina de guerra em seu tempo.Mesmo assim, Golias fazia uso de capacete, couraça, vestimenta de proteção, malha sobre seu corpo para proteger dos cortes e um escudo, para enfrentar guerreiros muitas vezes menores e com força muito inferior à potência de seus golpes”.Texto compilado na internet – O gigante Golias.

Por que?

- Por que é hora de deixar de ouvir o gigante e obedecer a Voz de Deus -

-Porque ele confiou em seu Deus. I Sm.17.44. Disse mais o filisteu a Davi: Vem a mim, e darei a tua carne às aves do céu e às bestas do campo.45 Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.

-Não teve medo do Gigante. I Sm.17.46. Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão, e ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça, e os corpos do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às feras da terra; e toda a terra saberá que há Deus em Israel;47 E saberá toda esta congregação que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; porque do Senhor é a guerra, e ele vos entregará na nossa mão.

-Não olhou para seu tamanho ou sua força

-Não teve medo de seus desafios verbais, mas mesmo sendo desaforado e desprezado pelo gigante Golias, ele foi correndo ao embate. I Sm.17.48. E sucedeu que, levantando-se o filisteu, e indo encontrar-se com Davi, apressou-se Davi, e correu ao combate, a encontrar-se com o filisteu.49 E Davi pôs a mão no alforje, e tomou dali uma pedra e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa, e a pedra se lhe encravou na testa, e caiu sobre o seu rosto em terra.

Esta é a Lição que o ensino geral da Bíblia nos dá: Tg. 4:7 - Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. 1Pe. 5:9 - Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

I Sm.17.50. Assim Davi prevaleceu contra o filisteu, com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou;

Tinha habilidade e conforto e segurança com sua funda e seu alforje, o que você tem nas mãos?

I Sm.17.51.Por isso correu Davi, e pôs-se em pé sobre o filisteu, e tomou a sua espada, e tirou-a da bainha, e o matou, e lhe cortou com ela a cabeça; vendo então os filisteus, que o seu herói era morto, fugiram.

Ele usou a sua arma, a qual ele conhecia muito bem e exercitava, penso eu, não diz a Bíblia, enquanto defendia suas ovelhas, lá no mais recôndito dos vales e montanhas de Belém, sozinho com o Seu Deus.

Com DEUS não se brinca. Porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. (Gal 6:7)

Qual a arma que Deus te deu?

Use-a conforme as tuas forças;

Maneja-a para a hora da peleja, quando você irá enfrentar algum gigante. Use no nome do Senhor!

II Tm.2.15. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

II Co. 10.4. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;

Assim se faz um verdadeiro campeão de Deus, um “gibbor” – muito maior do que um Golias ou um Isbi-Benobe, Safe, que era dos filhos do gigante

Os gigantes sempre estarão voltando e tentando dizimar o Povo de Deus e seus campeões, precisamos em muitas ocasiões lutar em lugar do Rei,que está muitas vezes, com muitas tarefas e precisa de ajudadores para combater os filisteus e seus gigantes.

“Os gigantes sempre voltam”. Bp. Tito Oscar .

Fique atento, pois os gigantes na minha, e na tua vida, continuarão a nos tentar derrotar, como fizeram com a família de Davi.

II Sm.21.20. Houve ainda também outra peleja em Gate, onde estava um homem de alta estatura, que tinha em cada mão seis dedos, e em cada pé outros seis, vinte e quatro ao todo, e também este nascera do gigante.

O bom exemplo de Davi frutificou:

Creio que a máxima:

Que o Inimigo se levanta para tornar cair é legitima, mesmo sendo derrotado na Cruz, ele não perde oportunidade, para malignamente tentar derrotar como um falso campeão, a mim e a você! I Pe.5.8. Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;

Esteja atento, crie uma família de vencedores de gigantes, na sua casa e na grande família de Deus: II Sm.21.21. E injuriava a Israel; porém Jônatas, filho de Simei, irmão de Davi, o feriu.Aleluia!!!

Poderíamos avançar mais no assunto, mas teremos outras oportunidades para nos expressar sobre tão lindo tema: Davi, que é um exemplo de vida, em todos os sentidos, para nós, que somos estamos na seara do mestre e aprendendo com Deus.

Mas, também aprenda que há outros campeões ao teu lado, você não é o único matador de gigantes, Deus levanta sempre outros...

Fonte:

Prof. Rodrigo Chiappetta

GIGANTES NA BÍBLIA?

Edson Bertolino

Bíblia Dake – CPAD-ATOS

Bíblia plenitude

Dicionário Buckland

Estudos 78 gigantes na Bíblia

Wikipédia

Enciclopédia da Internet – Portugal

Olhar profético – Curiosidades bíblicas

Pr. Renato Vargens - Falando sério

Site de curiosidades. Mtblanco.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical