sexta-feira, julho 9

A epistemologia e o método científico de Goethe
Lição 02 – 3º Trimestre/2010                                   Autor: Osvarela

TEXTO ÁUREO.
Hb.1.1.Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho.
Segunda-feira.Nm.12.6. Então disse: Ouvi agora as minhas palavras: se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, a ele me farei conhecer em visão, em sonhos falarei com ele.

Terça-feira.1Sm.3.8-10. O Senhor, pois, tornou a chamar a Samuel pela terceira vez. E ele, levantando-se, foi a Eli e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Então entendeu Eli que o Senhor chamava o menino.Pelo que Eli disse a Samuel: Vai deitar-te, e há de ser que, se te chamar, dirás: Fala, Senhor, porque o teu servo ouve. Foi, pois, Samuel e deitou-se no seu lugar.Depois veio o Senhor, parou e chamou como das outras vezes: Samuel! Samuel! Ao que respondeu Samuel: Fala, porque o teu servo ouve.

Quarta-feira.1 Sm.16.7 Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.
Quinta-feira .2 Sm.7.4. Mas naquela mesma noite a palavra do Senhor veio a Natã, dizendo:
Sexta-feira.2 Sm.12.13. Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. Tornou Natã a Davi: Também o Senhor perdoou o teu pecado; não morreras.
Sábado.Ez.3.24. Então entrou em mim o Espírito, e me pôs em pé; e falou comigo, e me disse: Entra, encerra-te dentro da tua casa.

Leitura Bíblica em Classe.
Jr.1.4-6;10-14. Ora veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
I - ATIVIDADE
Def.: Atividade é a execução de uma tarefa ou ação por um indivíduo.
Quando falamos natureza da atividade profética estamos dizendo que há uma forma do exercício, desta manifestação divina através dos que a utilizam, utilizaram e continuarão a utilizá-la até Cristo voltar, como exercício disciplinador dos que servem a Deus.
Os antigos profetas são uma inspiração e exemplo para nós, ao longo do tempo profético escrito acanônico, e nesta lição, mais uma vez o profeta Jeremias, é o destaque.
Toda a atividade tem sua característica apropriada a sua forma de agir e interagir com a sociedade.
Os profetas se relacionavam com uma sociedade, que tinha em sua cosmogonia, a crença num Deus, ao qual estava aliançado, e com esta sociedade Ele interagia.
Os meios para que haja apropriação pela sociedade dos valores conseqüentes de uma atividade e para o próprio exercício da atividade provém de habilidade natural, dom;talento –esforço e dedicação.
As atividades pedem uma forma de exercê-la.
Exercer como?
O carpinteiro com a destreza de suas mãos e conhecimento dos materiais e ferramentas que utiliza.
a-Exercer para quem?
O carpinteiro pode servir ao rei e ao plebeu, ao pobre ao rico.
O profeta exerce a sua atividade utilizando-se do Dom de Deus.
Exerce a sua atividade para o povo de Deus.
Sob a direção daquele que lhe convocou. 9 Então estendeu o Senhor a mão, e tocou-me na boca; e disse-me o Senhor: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca.
b-Instrumentos do Profeta.
-Sua própria boca
-Sua mente
-Seu espírito
-Seu próprio corpo [veja Isaías e Jeremias]
-Sua própria vida [pessoal e familiar]- Podemos inferir aqui o assunto do quadro da lição – MEIOS DE COMUNICAÇÃO DIRETA –LB-CPAD.
A dramaticidade está envolvida na vida de Jeremias, Isaías
São dramas pessoais ou nacionais, através dos quais Deus fala a seu povo.
Isaías pelo nascimento e nome de seus filhos;
Is.8.3-4. E fui ter com a profetisa; e ela concebeu, e deu à luz um filho; e o Senhor me disse: Põe-lhe o nome de Maer-Salal-Has-Baz. Pois antes que o menino saiba dizer meu pai ou minha mãe, se levarão as riquezas de Damasco, e os despojos de Samária, diante do rei da Assíria.
Is. 7. 3 . Então disse o Senhor a Isaías: saí agora, tu e teu filho Sear-Jasube [Um remanescente voltará]
Jeremias pela própria vida ‘e atolou-se Jeremias’;
OséiasOs.1,2.A palavra do Senhor, que veio a Oséias, filho de Beeri...Ezequias, reis de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel. Quando o Senhor falou no princípio por Oséias, disse o Senhor a Oséias: Vai, toma por esposa uma mulher de prostituições, e filhos de prostituição;
c-Mulheres e a atividade profética.
Aproveito para destacar a ação de profetisas na Atividade profética.
AT.
A Mulher de Isaías, citada como profetisa pelo próprio Profeta.
A epistemologia e o método científico de Goethe
Hulda-2 Rs.22. 13-16.Ide, consultai ao Senhor por mim, e pelo povo, e por todo o Judá, acerca das palavras deste livro que se achou; porque grande é o furor do Senhor, que se acendeu contra nós, porquanto nossos pais não deram ouvidos às palavras deste livro, para fazerem conforme tudo quanto acerca de nós está escrito. Então o sacerdote Hilquias, e Aicão, e Acbor, e Safã, e Asaías foram ter com a profetisa Hulda, mulher de Salum, filho de Ticvá, filho de Harás, o guarda das vestiduras (ela habitava então em Jerusalém, na segunda parte), e lhe falaram. E ela lhes respondeu: Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: Dizei ao homem que vos enviou a mim: Assim diz o Senhor: Eis que trarei males sobre este lugar e sobre os seus habitantes, conforme todas as palavras do livro que o rei de Judá leu.

NT.  
Filhas de Felipe . A epistemologia e o método científico de Goethe At. 21.8-9. Partindo no dia seguinte, fomos a Cesaréia; e entrando em casa de Felipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. Tinha este quatro filhas virgens que profetizavam.
A Atividade Profética ao longo dos Tempos e No Tempo do Filho – Jesus Cristo.
Quando os profetas falam sobre Jesus e sua vinda ao mundo eles nos dão a exata noção de seu Ministério.
A Epístola aos Hebreus inicia com a qualidade e forma da atividade profética ao longo da História bíblica.
Coloca de maneira direta e clara como Deus tem falado aos homens nestes anos de vida humana na Terra.
Considero o texto áureo adotado, pelo escritor o Pr. Ezequias Soares, uma escolha iluminada na direção do Espírito Santo, com a graça do dom da Sabedoria e Ciência divinal nas Escritura.
Aponto aos professores que destaquem este texto como basal para o entendimento rápido do assunto em pauta nesta lição.
Hb.1.1.Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho.
Cabe-nos relatar com a ajuda do texto da Lição, quais foram as maneira pelas quais tem falado aos homens.
Ap.1.1-2. Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e, enviando-as pelo seu anjo, as notificou a seu servo João; o qual testificou da palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, de tudo quanto viu.
E neste contexto - Igreja, considerar como o Filho tem falado a Sua Igreja.
Veremos que Jesus veio para falar em parábolas, assim podemos ratificar, o texto com o entendimento ao AT com a mesma noção profética
Mt.13. 10-17. ...os discípulos, perguntaram-lhe: Por que lhes falas por parábolas? Respondeu-lhes Jesus: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;[...] Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e ouvindo, não ouvem nem entendem.
14 E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, e de maneira alguma entendereis; e, vendo, vereis, e de maneira alguma percebereis.[...]16 Mas bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem.
17 Pois, em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não o viram; e ouvir o que ouvis, e não o ouviram.
Jr.12.10. Muitos pastores destruíram a minha vinha, pisaram o meu quinhão; tornaram em desolado deserto o meu quinhão aprazível.
Veja Is.5. Parábola da vinha
II-QUANTO A ATIVIDADE.
A atividade profética é uma doação do Senhor ao escolhido para esta Atividade do próprio Deus entre os homens, utilizando-se de homens para serem seus Agentes da sua Revelação, querer, vontade, juízos, exortação, e demonstração de seu Poder, único e absoluto como Suserano das Nações.
Assim, reis, imperadores, governantes, sacerdotes, sábios, povos de todas as nações e língua estão dentro da ação da Atividade profética, ficando inescusáveis.
Nós como Igreja, temos no momento atual, nesta quadra da História, a obrigação, antes do dever, em sermos estes Agentes às Nações.
Você tem sido um agente divino?
a-Exemplos da Doação.
Jeremias.
Jr.1.9. Então estendeu o Senhor a mão, e tocou-me na boca; e disse-me o Senhor: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca.
Vemos os profetas se considerando, como indigno de receber o Dom de Deus, mas ele passa sempre pelo processo da ação de Deus em sua purificação.
É que a Atividade profética é de tal forma imperiosa e elevada que ser um Porta-Voz do Senhor deve sempre causar medo e temor aos que recebem esta função.
Por isto, é necessário retirarmos desta Lição uma ‘praxis’, a ser usada.
A profecia deve ser entendida como algo especial dentre os Dons de Deus, se assim é considerada, não devemos andar a roda, em busca, de ‘profecia do dia’ para podermos guiar nossa vida.
Neste sentido olhe e leia com atenção para o Texto Áureo:
Hb.1.1.Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho.
Isaías.
Is.6. Então disse eu: Ai de mim! pois estou perdido; porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos! Então voou para mim um dos serafins, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; e com a brasa tocou-me a boca
A natureza da atividade profética é uma forma de ministério exercido de várias maneiras.
A singularidade da atividade profética é uma das questões fundamentais neste trimestre.
A-Necessita ser entendida como o é.
É uma atividade humana?
É uma atividade humano-divina?
No conceito das atividades devemos distinguir a atividade com o conceito da existência dos Profetas clássicos.
Estes atuaram num determinado período da história bíblica.
Este período coberto por estes profetas se localiza entre 800 a.C. e 450 a.C.
Vejamos como se caracterizava a atividade Profética destes.
Mensageiros especiais de Deus ao seu povo no poder do espírito Santo.
Forma geral da atividade profética.
Dirigiam as suas mensagens a todo o povo
Informava ao povo a ira de Deus contra o pecado
Prevenia ao povo sobre o juízo vindouro
Chamava o povo ao arrependimento, ou seja, eram como uma voz da consciência espiritual da Nação
Chamava o povo a conversão
Proclamavam a Salvação do Senhor
Neste contexto, de atividade profética, podemos colocar os livros desde Isaías a Malaquias.
No mesmo contexto podemos colocar alguns profetas que exerceram estas atividades sem contudo escreverem seus ditos proféticos.
-Natã
-Ido
-Aias
-Jeú
-Elias
-Eliseu
E outros...
B-É uma atividade humano-divina?
Dn.1. 17. Ora, quanto a estes ....; e Daniel era entendido em todas as visões e todos os sonhos.
Se fossemos pela etimologia chegaríamos ao entendimento de que Profecia é uma atividade interpretativa e declaratória, com o rudimentar sentido de anunciar a vontade e conselho do Eterno Deus.
Dn.2.19-28. Então foi revelado o mistério a Daniel numa visão de noite;[...]; é ele quem dá a sabedoria aos sábios e o entendimento aos entendidos.Ele revela o profundo e o escondido;[...]; introduze-me na presença do rei, e lhe darei a interpretação. ...introduziu Daniel à presença do rei, e disse-lhe...: ...dentre os filhos...Judá um homem que fará saber ao rei a interpretação. Respondeu o rei e disse a Daniel,...: Podes tu fazer-me saber o sonho que tive e a sua interpretação? Respondeu Daniel...e disse: O mistério que o rei exigiu, nem sábios, nem encantadores, nem magos, nem adivinhadores lhe podem revelar; mas há um Deus no céu, o qual revela os mistérios;
Dn.5.12. Porquanto se achou neste Daniel um espírito excelente, e conhecimento e entendimento para interpretar sonhos, explicar enigmas e resolver dúvidas, ao qual o rei pôs o nome de Beltessazar. Chame-se, pois, agora Daniel, e ele dará a interpretação.
Ela é exercida por homens com a orientação revelatória do próprio Deus.
A Atividade profética, por tanto, tem este viés no sentido divino-celestial-humano, na ação de quem a exerce é um Interprete,
-Um Anunciador da Vontade Divina
-Um Anunciador do Conselho da Divindade Eterna.
Nós, como sacerdotes, temos este dom por imposição de mãos.
Ml. 2.7. Pois os lábios do sacerdote devem guardar o conhecimento, e da sua boca devem os homens procurar a instrução, porque ele é o mensageiro do Senhor dos exércitos.
Esta atividade é parâmetro básico para o relacionamento de Deus com os homens para que conheçam a Sua vontade.
Am.3.7. Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.
III-A Atividade profética envolve.
Contexto histórico do povo de Deus, ou seja, o momento vivido espiritualmente pelo povo.
Uma tripla função dos profetas; isto tem validade ainda em nossos dias.
PREGAR
PREDIZER
SER ATALAIA
A atividade profética tem alguns sentidos de amplitude:
1-Amplo
Anunciar
2-Restrito
A-Predizer
A etimologia de profecias - propheteia, não envolvia a questão da predição no seu conceito, mas ao longo do tempo o uso desta palavra alcançou no seio religioso, a interpretação possível de designar prever [previsão].
A atividade profética tem como característica, sob a definição supra das atividades, uma que só lhe é cabível:
É um trabalho de Anunciação [proclamar]sobre a base divina da revelação pelo Espírito Santo.
Do lado pessoal, emocional humano do profeta:
1 Sm.3.8-10. O Senhor, pois, tornou a chamar a Samuel pela terceira vez. E ele, levantando-se, foi a Eli e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Então entendeu Eli que o Senhor chamava o menino.
Pelo que Eli disse a Samuel: Vai deitar-te, e há de ser que, se te chamar, dirás: Fala, Senhor, porque o teu servo ouve. Foi, pois, Samuel e deitou-se no seu lugar.
Depois veio o Senhor, parou e chamou como das outras vezes: Samuel! Samuel! Ao que respondeu Samuel: Fala, porque o teu servo ouve.
O Profeta é consciente da Revelação de Deus
O Profeta tem coração firmado em Deus e totalmente devotado a ele
Ez.3.24 Então entrou em mim o Espírito, e me pôs em pé; e falou comigo, e me disse: Entra, encerra-te dentro da tua casa.
O profeta tem a convicção do seu chamamento
14 Ao que me disse o Senhor: Do norte se estenderá o mal sobre todos os habitantes da terra.
O profeta tem convicção de estar revelando o futuro
B-Êxtase, literalmente quer dizer arrebatar, desprender subitamente, elevar-se (do gr. ékstasis, pelo lat. tard. ecstase, exstase, êxtase),
Para tanto a consciência em sua atividade não pode ser tomada apenas como um ‘êxtase’. Veja na lição o que isto significa.
Psicol. Estado de alma em que os sentidos se desprendem das coisas materiais, absorvendo-se no enlevo e contemplação interior.
Esta definição da psicologia, em sua mais rudimentar análise demonstra que a ligação com o divino era uma forma da atividade do profeta, sem que deixe a sua consciência do terrestre.
O êxtase citado nas Escrituras não é o êxtase descrito nos anais da psicologia, como a alma do extático sair, como que fora do corpo.
Não!
Nm.12.6. Então disse: Ouvi agora as minhas palavras: se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, a ele me farei conhecer em visão, em sonhos falarei com ele.
Trata-se de receber uma revelação, de tal modo, que possa guardá-la e aplica-la na vida da Nação, como uma Ordem divina, um juízo ou uma consolação em hora de dificuldade.
O êxtase profético é ouvir ou ver o que Deus quer mostrar ou falar através do profeta.
Ao exarar uma profecia não precisava agir como Balaão, mas com a naturalidade dos profetas clássicos, falando como homem a outros homens.
A grande diferença, que noto entre o chamado êxtase definido pela psicologia, embora tenha  utilizado uma das definições desta ciência.
É que o êxtase do profeta de Deus não é obtido pela concentração, meditação para o interior do homem, por ações de ‘auto-flagelamento’ ou tipos de obtenção de catarse emocional de outros povos.
Podemos ver os profetas entrando no espaço da divindade, assim como Moisés, como podemos ver o profeta, ouvir a divindade eterna falar aos seus ouvidos literalmente.
Alguns céticos ou contradizentes poderão me lembrar de João O Baptista, mas é um outro caso, e mesmo assim encontramos conteúdo histórico e bíblico para entender a posição de João O Batizador.
Ap.1.17. E eu, quando vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último;
O êxtase profético bíblico não é o arrebatamento dos sentidos, muito embora, em algumas vezes, possamos encontrar certas evidencias deste tipo êxtase [O Apóstolo Paulo descreve certas experiências deste tipo], mas como demonstração da Glória ou presença de Deus ao que vai ouví-lo.
Ez.3.24. Então entrou em mim o Espírito, e me pôs em pé; e falou comigo, e me disse: Entra, encerra-te dentro da tua casa.
2 Cr.24. 20. E o Espírito de Deus apoderou-se de Zacarias, ..., o qual se pôs em pé acima do povo, e lhes disse: Assim diz Deus: Por que transgredis os mandamentos do Senhor, de modo que não possais prosperar? Porquanto abandonastes o Senhor, também ele vos abandonou.
Aqui está o modelo da Atividade profética na oralidade da proclamação: ‘Assim diz Deus’.
O apoderar-se do Espírito do Senhor não determina a retirada do livre-arbítrio e da consciência.
Pois a questão do êxtase perspassa aos ouvidos indoutos, ou no mínimo, sem a espiritualidade divina aclarada, um sentido de possessão, com retirada da Noção.
Jz.6.34. Mas o Espírito do Senhor apoderou-se de Gideão; e tocando ele a trombeta, os abiezritas se ajuntaram após ele.
Não vejo similaridade entre o êxtase de outras religiosidades e o sentimento da presença de Deus, o sentir a presença de Deus.
a-O fenômeno extático divino não se pode comparar com algumas manifestações não divinas, por isto, somos avisados pelo escritor da Lição quanto a visão naturalista antibíblica dos Naturalistas. Tópico III . A Questão Extática do Profeta. CPAD – Lição 3º Trimestre –Pr. Ezequias Soares.
Leia também texto deste editor, dado por Deus, na Lição 1º trimeste/2010 – Coríntios. Tema da Lição: Visões e Revelações do Senhor.
IV-Diferença do Êxtase e da inconsciência extática pagã.
A diferença fundamental na relação Deus e o Profeta, quanto à inconsciência ou arrebatamento de sentidos, como êxtase a aprendi com Deus:
Há um diálogo.
Quando há diálogo, há compreensão do que se está ouvindo, para futuramente realiza-lo,
Ainda mais, há conversação consciente entre o que fala e o que ouve, e na relação bíblica Deus-homem, podemos aprender que há além de tudo argumentação.
Quem pode argumentar sem estar consciente?
O exemplo da Lição – Balaão, exige um estudo em separado, sem, contudo tomarmos o cuidado quanto a descanonização dos trechos em que ele fala, pois o conteúdo é interno e não externo ao Cânon sagrado.
O místico da Bíblia, não é o misticismo do mundo, o místico da Bíblia é o transcendental divino ou sobrenatural de Deus interagindo com seu povo, ou com a humanidade, através de seus Profetas.
Muito embora, o sentimento seja algo latente no profeta, daí ele ter sua vocação para esta atividade, não podemos nos prender só ao sentimento, que é algo inerente e inferente a religiosidade, bem como a tricotômica existência antropológica, da qual inexoravelmente o profeta se inclui.[leia nota sobre naturalismo, neste texto e na Lição]
1 Ts.5.23. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
Também não se sobrepõe a atividade profética o intelectualismo.
Vide casos de Isaías e o Apóstolo Paulo.
É necessário realizar-se uma interpretação congruente com o texto bíblico, os cenário das profecias,
V-A Aplicação Prática.
A aplicação prática das profecias, demonstra exatamente, que há consciência proclamada nos oráculos.
Há sempre um propósito prático, claro e objetivo.
Na atividade profética, não há espaço para acasos ou coincidências, mas sempre uma palavra para a vida real dos que a ouve.
A atividade profética, contudo, se baseia na Revelação registrada, para consulta posterior, visando objetivos e eficácia no meio do povo de Deus.
A - Exemplificando com Elias.
1 Rs.18.1,2. E SUCEDEU que, depois de muitos dias, a palavra do Senhor veio a Elias, no terceiro ano, dizendo: Vai, apresenta-te a Acabe; porque darei chuva sobre a terra.E foi Elias apresentar-se a Acabe; e a fome era extrema em Samaria.
1 Rs.18.41-46. Então disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque há ruído de uma abundante chuva.[...]; mas Elias subiu ao cume do Carmelo, e se inclinou por terra, e pôs o seu rosto entre os seus joelhos.E disse ao seu servo: Sobe agora, e olha para o lado do mar. E subiu, e olhou, e disse: Não há nada. Então disse ele: Volta lá sete vezes. E sucedeu que, à sétima vez, disse: Eis aqui uma pequena nuvem, como a mão de um homem, subindo do mar. Então disse ele: Sobe, e dize a Acabe: Aparelha o teu carro, e desce, para que a chuva não te impeça.E sucedeu que, entretanto, os céus se enegreceram com nuvens e vento, e veio uma grande chuva; e Acabe subiu ao carro, e foi para Jizreel.E a mão do Senhor estava sobre Elias, o qual cingiu os lombos, e veio correndo perante Acabe, até à entrada de Jizreel.
Os profetas exerceram as suas atividades de forma divino-pedagógica.
Temos assim os ranchos de profetas, as escolas de ensino das leis e de formação espiritual dos discípulos dos profetas.
2 Rs.6.1,2.E DISSERAM os filhos dos profetas a Eliseu: Eis que o lugar em que habitamos diante da tua face, nos é estreito.Vamos, pois, até ao Jordão e tomemos de lá, cada um de nós, uma viga, e façamo-nos ali um lugar para habitar. E disse ele: Ide.
Em Betel havia um destes lugares.
2 Rs.2.3. Então os filhos dos profetas que estavam em Betel saíram ao encontro de Eliseu, e lhe disseram:Sabes que o Senhor hoje tomará o teu senhor por sobre a tua cabeça? E ele disse: Também eu bem o sei; calai-vos.
No Novo Testamento.
Posso entender que a ação profética continuada, inclusive em nossos dias foi vital para:
Sociedade da época, através da Igreja
Para a ação e destino dos Apóstolos, como Pedro, Paulo e João.
Por isto, devemos encaminhar a lição, também sob este aspecto neotestamentário e Eclesial.
At.11.27-30. Naqueles dias desceram profetas de Jerusalém para Antioquia; e levantando-se um deles, de nome Ágabo, dava a entender pelo Espírito, que haveria uma grande fome por todo o mundo, a qual ocorreu no tempo de Cláudio. E os discípulos resolveram mandar, cada um conforme suas posses, socorro aos irmãos que habitavam na Judéia; o que eles com efeito fizeram, enviando-o aos anciãos por mão de Barnabé e Saulo.
O Profeta e a ação Daditava da Profecia – Modos, formas e outros.
VI-Modos peculiares na Recepção ou Entrega da mensagem.
Item I [Formas de Comunicação de Deus aos Profetas] e Item II – Lição CPAD – As formas de transmissão da Mensagem dos profetas ao povo.
Na atividade profética podemos entender que o relacionamento do agente terreno – profeta – com a divindade – Deus era direto e sem rodeios.
1-O Momento.
2-A Qualificação para a Atividade.
3-O Lugar.
4-A Escolha pela pré-ciência de Deus.
Assim, o Senhor se apresentava a qualquer lugar e hora segundo a sua Soberania.
1-O Momento.
Jeremias.
Jr.1.1. As palavras de Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes que estavam em Anatote, na terra de Benjamim;
2 ao qual veio a palavra do Senhor, nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá, no décimo terceiro ano do seu reinado;
3 e lhe veio também nos dias de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, até o fim do ano undécimo de Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, até que Jerusalém foi levada em cativeiro no quinto mês.
4 Ora veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
Samuel.
De madrugada.
I SAMUEL 3.1-4. Entretanto, o menino Samuel servia ao Senhor perante Eli. E a palavra de Senhor era muito rara naqueles dias; as visões não eram freqüentes. Sucedeu naquele tempo que, estando Eli deitado no seu lugar (ora, os seus olhos começavam já a escurecer, de modo que não podia ver), e ainda não se havendo apagado a lâmpada de Deus, e estando Samuel também deitado no templo do Senhor, onde estava a arca de Deus, o Senhor chamou: Samuel! Samuel! Ele respondeu: Eis-me aqui.
Isaías.
Após uma morte.
ISAÍAS 6.1-9. No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as orlas do seu manto enchiam o templo. Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; a terra toda está cheia da sua glória. E as bases dos limiares moveram-se à voz do que clamava, e a casa se enchia de fumaça. Então disse eu: Ai de mim! pois estou perdido; porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos! Então voou para mim um dos serafins, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; e com a brasa tocou-me a boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e perdoado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem irá por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. Disse, pois, ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis.
A Qualificação para a Atividade.
6 Então disse eu: Ah, Senhor Deus! Eis que não sei falar; porque sou um menino.
7 Mas o Senhor me respondeu: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás.
-O Lugar.
Amós.
No campo. Na jornada laboral.
Am.1-3. As palavras de Amós, que estava entre os pastores de Tecoa, o que ele viu a respeito de Israel, nos dias de Uzias, rei de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel, dois anos antes do terremoto. Disse ele: O Senhor brama de Sião, e de Jerusalém faz ouvir a sua voz; os prados dos pastores lamentam, seca-se o cume do Carmelo.Assim diz o senhor: Por três transgressões de Damasco, sim, por quatro, não retirarei o castigo; porque trilharam a Gileade com trilhos de ferro.
-A Escolha pela pré-ciência de Deus.
5 Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre te santifiquei; às nações te dei por profeta.
6 Então disse eu: Ah, Senhor Deus! Eis que não sei falar; porque sou um menino.
7 Mas o Senhor me respondeu: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás.
VI-1-A Forma.
a-Visão.
Indicamos aos leitores o acesso a nosso texto sobre o Tema do 2.º Trimestre - Jeremias
OBADIAS
Ob.1. Visão de Obadias. Assim diz o Senhor Deus a respeito de Edom: Temos ouvido novas da parte do Senhor, e por entre as nações foi enviado um mensageiro a dizer:
Determinação para com a Obrigação do agente humano escolhido.
13 Veio a mim a palavra do Senhor segunda vez, dizendo: Que é que vês? E eu disse: Vejo uma panela a ferver, que se apresenta da banda do norte.
Jonas.
Jn. 1-3. Ora veio a palavra do Senhor a Jonas, filho de Amitai, dizendo: Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até mim.Jonas, porém, levantou-se para fugir da presença do Senhor para Társis.
Jn. 3. 1-3. Pela segunda vez veio a palavra do Senhor a Jonas, dizendo: Levanta-te, e vai à grande cidade de Nínive, e lhe proclama a mensagem que eu te ordeno. Levantou-se, pois, Jonas, e foi a Nínive, segundo a palavra do Senhor.
VI-2-A Extensão.
A Atividade profética em Israel foi exercida no plano comtamporâneo para o Povo de Deus.
Porém devido a progressividade e eternidade das Palavras de Deus ela se estende Universalmente e com temporalidade [kronos e kairós] a todos os homens
Jr.1.10. Olha, ponho-te neste dia sobre as nações, e sobre os reinos, para arrancares e derribares, para destruíres e arruinares; e também para edificares e plantares.
Através de uma Demonstração literal ou Ato do profeta.
At.22.10,11. Demorando-nos ali por muitos dias, desceu da Judéia um profeta, de nome Ágabo; e vindo ter conosco, tomou a cinta de Paulo e, ligando os seus próprios pés e mãos, disse: Isto diz o Espírito Santo[obs.lembre de Assim diz o Senhor]: Assim os judeus ligarão em Jerusalém o homem a quem pertence esta cinta, e o entregarão nas mãos dos gentios.
Cumprimento da Profecia.
A atividade profética infere o cumprimento da profecia.
Exemplificaremos com este último fato neotestametário.
At. 22. 25. Quando o haviam atado com as correias, disse Paulo ao centurião que ali estava: É-vos lícito açoitar um cidadão romano, sem ser ele condenado? 29 Imediatamente, pois se apartaram dele aqueles que o iam interrogar; e até o comandante, tendo sabido que Paulo era romano, atemorizou-se porque o havia ligado.
CONCLUSÃO.
Esta lição nos da a oportunidade de entendermos que toda a atividade mística da Igreja obedece a uma série de regras divinas, com base nas Escrituras Sagradas, A Bíblia Sagrada, nossa única Regra de fé.
12 Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.
Assim, devemos atentar para movimentos ditos proféticos, aliás, uma palavra em voga em nossos dias, para que verifiquemos se estão parametrados pela Palavra de Deus e seu cumprimento deve também ser confirmado pela Bíblia Sagrada.
Atentemos para esta atividade necessária ao crescimento, mas muito mais necessária para guardar a Doutrina divina no seio da Igreja e no coração do Crente.
NOTA.
VISÃO NATURALISTA AMPLIADA.
As questões do naturalismo nos remetem ao Iluminismo, movimento da Idade Média, que usa a utopia como um dos pilares de seu fundamento rudimentar.
É uma cosmovisão centrada no homem.
O iluminismo não era contra a religião; apenas declarava que nosso conhecimento de Deus não deveria vir da Bíblia, mas pela luz universal da natureza. Como tais, todas as religiões do mundo eram essencialmente iguais, fundamentadas como estavam na observação natural e na experiência. A Bíblia foi vista como um livro proveitoso, mas não considerada a revelação de um Deus pessoal. A razão humana foi elevada acima da revelação’.
Duzentos anos depois da Reforma do século XVI, a Europa conheceu o iluminismo.
O filósofo e pensador alemão Johann Wolfgang von Goethe [Frankfurt am Main, 28 de Agosto de 1749- Weimar, 22 de Março de 1832] tentou desacreditar o Cristianismo, buscando nivelá-lo a outras crenças.
Ele o fez buscando artefatos de diversas culturas pagãs [Grécia,China, Japão,Roma], para demonstrar, ou tentar, uma declaração teológica, através diste fato cultural: outras religiões, até as religiões pagãs, podem produzir uma cultura tão avançada quanto o cristianismo. Portanto, o cristianismo não deve ser considerado como tendo lugar especial na história da raça humana, mas estudado como uma entre muitas religiões que realmente ajudam.
Quando o homem viu-se como o centro de todo o conhecimento, ele definiu religião de acordo com suas próprias expectativas e desejos. A religião não era mais estimada como busca do homem para correctamente ajustar sua vida às exigências de Deus, mas como um sistema de crenças que o ajuda a atingir seu pleno potencial. Compilação de trechos: Da Cosmovisão Centrada em Deus para a Cosmovisão Centrada no Homem
6 Ver: Robbins, 2005, p. 9; Cameron, 2005, p. 9-10.
Goethe afirma a primazia da percepção assim como a fenomenologia [...] O ser humano está desde a raiz em ligação essencial com o mundo, sua percepção é intencional e todas as ciências derivam desta percepção. Nossos órgãos são a “carne do mundo” que emerge para olhar a si mesma. São dons do mundo para si mesmo, é o crescimento da natureza (Robbins, 2005, p. 8). Os Naturalistas.- Revista dos Alunos do Programa de Pós-graduação em Ciência da Religião - UFJF
Os naturalistas só consideram o que acontece neste mundo, nesta época, nesta vida. Mas os cristãos vêem as coisas sob perspectiva eterna. Tudo o que fazemos agora tem significado eterno, porque um dia haverá julgamento, e então se tornará evidente que nossas escolhas na vida tiveram consequências que durarão por toda a eternidade. (E Agora, Como Viveremos?; Charles Colson & Nancy Pearcey; CPAD; pp. 38-40)
Naturalismo é a ideia de que a natureza é tudo o que existe, que a vida surgiu de uma colisão de átomos por acaso, evoluindo mais tarde para a vida humana como a conhecemos hoje.
No sentido mais amplo, naturalismo pode até incluir certas formas de religião – aquelas em que o espiritual é concebido como totalmente inerente à natureza, como as religiões neopagãs e a Nova Era.
Em contraste, o Cristianismo ensina que há um Deus transcendente que existe antes de o mundo vir a existência, que Ele é a origem última de todas as coisas. O universo é dependente a todo o momento de seu governo e cuidado providencial.
Relativismo Moral. Na moralidade, o naturalismo resulta em relativismo. Se a natureza é tudo o que há, então não há uma fonte transcendente de verdade moral, e podemos construir nossa própria moralidade.
Todo princípio é reduzido a uma preferência pessoal.
Em contraste, os cristãos acreditam em um Deus QUE TEM FALADO, QUE REVELOU um padrão absoluto e imutável de certo e errado, baseado, em última instância, em seu próprio carácter santo.
Cosmovisão
Fonte.
Samuel Pinheiro – Cosmovisão
Bíblia Plenitude
Bíblia digital – cortesia Tio Sam
Apontamentos do autor
Andrew Jumper – AT
CPAD – Lição 3º Trimestre –Pr. Ezequias Soares
A epistemologia e o método científico de Goethe - Goethe's epistemology and scientific method
Humberto Schubert Coelho1

Revista dos alunos de Programa de Pós-Graduação - PPG em Ciências da Religião UFJF
A Religião de Goethe - Humberto Schubert Coelho1

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical