sábado, fevereiro 26

A Conversão de Paulo-Lição 09-CPAD-1º Trim.2011-1ª Parte

A Conversão de Paulo
Autor:Osvarela
TEXTO ÁUREO
“Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis, e dos filhos de Israel. E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome”. At 9.1 5,16
LEITURA DIÁRIA
At 22.3- Paulo, o judeu de Tarso
At 26.4-5- Paulo, o fariseu de Jerusalém
At 8.3- Paulo, o perseguidor dos cristãos
At 9.1-18- A conversão de Paulo
At 9.20-22- Paulo, o ardoroso pregador
At 13.2- A vocação de Paulo
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE:
At 9:1-9
Pequeno Glossário:

O verbo grego kaléo = chamar dá origem a “chama- do”, “vocacionado/vocação”, kletós- 1Co.1.1. Paulo, chamado para ser apóstolo de Jesus Cristo pela vontade de Deus...

I- INTRODUÇÃO.
Um dos melhores títulos para o Ministério de Paulo, eu conheci estudando na UPM:
Paulo, o Plantador de Igrejas.Título de um estudo da Vida Ministerial de Paulo.
A lição traz em seu titulo, a questão da Conversão de Saulo de Tarso, pessoa apresentada por Lucas, desde o Capítulo 7-8 e no Capítulo 9, do Livro de Atos dos Apóstolos, em estudo neste trimestre.
A figura de Saulo, ao aparecer no estudo desta semana, será a figura mais representativa, do Livro dos Atos do Apóstolos, com destaque, inclusive sobre as vidas e presença dos Apóstolos que viveram com Jesus, é o que nós apontamos e dizemos: Saulo, depois da sua Conversão, quando se passa a utilizar o seu nome na grafia, Paulo, domina a cena e o maior espaço do Livro de Lucas – Atos dos Apóstolos.
Gl.1. 21. Depois fui para as partes da Síria e da Cilícia.
Cidadão da Região da Síria e Cilícia su a pátria.
Esta Síria é a do Norte, não a da região antioquena.
Cronologia Paulina.
Base Gálatas

Duração
Fases das Atividades de Paulo
Capítulos e Versículos
... anos;pode-se entender desde a sua ida, ainda menino para estudar com Gamaliel, até a Conversão.
Paulo, fariseu,

1.13.s

Vocação – Caminho de Damasco; Permanência em Damasco e na Arábia
1.15-17.
3 anos – 2+1
1ª visita a Jerusalém;
Após 14 dias, partida para Síria e Cilícia
1.18-20
1.21



14=13+1


Chegada em Antioquia, sem dúvida, antes do Concílio;
2ª Visita a Jerusalém:
Concílio Apostólico
2.1-10
... anos
Visita a Antioquia
2.11-21

1-Saulo Antes da Conversão:
Pela boca do próprio Paulo.
Paulo é único na questão autobiográfica no Cristianismo Neotestamentário.
Pelas suas palavras, ele se posiciona, como nenhum outro. 
Com o seu  testemunho pessoal.
O que levou Paulo a esta posição?
A priori, sua própria Conversão, a qual é objeto dos estudos nesta semana.
Esta Conversão inicialmente assustadora, para todos os cristãos perseguidos pela sua inominável fúria farisaica.
Gl.1.12. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo.
Devido a esta Conversão e também a evocação de seu Apostolado, Paulo se tornou um defensor de sua conversão e escolha pelo próprio Jesus Cristo.
Isto o torna o mais incomum de todos os apóstolos.
1Co.15. Porque eu sou o menor dos apóstolos, que não sou digno de ser chamado apóstolo, pois que persegui a igreja de Deus.
Sem resvalar para a densidade e conteúdo de seus escritos [maiúsculo pela canonicidade] temos em Paulo um referencial para todo o crente, como um tipo a quem, como ele mesmo nos convoca, devemos ser imitadores;
-Na regeneração
-Na mudança de seu caráter pessoal
-Nas perseguições por ser de Cristo
-Na confirmação de que somos de Cristo e por isto somos perseguidos, nós, entre quais muitos o fizeram, antes de nossas conversões, éramos pequenos ‘Paulos’ em ira contra a Igreja de Cristo.
2-O Início, do Cristianismo narrado por Lucas, é não literário e exatamente Paulo é a exceção com a 1 Epístola aos Coríntios -1 Co.7.1 ou 2 Co.3.1, a proclamação do Evangelho é oral, a mensagem da salvação e a chamada ao arrependimento é algo notável, desde Jesus Cristo em seu ministério terreno.
Os Escritos didascálicos  é notabilizado exatamente, á partir da Conversão de Paulo, s.m.j.
Outra evidencia de sua posição ímpar, foi a extensão literária, derivada em muitos casos desta necessidade informativa, cuja causa fora a sua Conversão em uma Visão Vocatica – chamar;convocar – direta do próprio Cristo.
Nenhum outro Apóstolo teve chamamento tão diferenciado, no sentido de ter se Convertido pela Pregação, chamemos assim, do próprio Cristo ressurreto. O mais próximo disto se dá com Natanael, na questão do sobrenatural místico divino e cristico.
II- Paulo em fases:
Pós-converso:
Primeira fase - repeliu praticamente todo o período judaico de sua vida.
A conversão de Paulo reorientou profundamente as motivações e a identidade, posta várias vezes, entre o judaísmo e a vida em cristo, sem circuncisão, sem regras da ‘nomia’.
2 Co.11.22.
São hebreus? Também eu. 
São israelitas? Também eu.
 São descendência de Abraão? Também eu.
Esta é uma crise permanente na mente de Paulo, esquecer quase que totalmente, a vida antes da Conversão, fazendo-a desprezível e ancorar-se na vida posterior à Vocação.
Segunda Fase:
Poucas vezes evoca a sua identidade judaica.
Gl.1.10 Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.
11 Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens.
12 Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo.
13 Porque já ouvistes qual foi antigamente a minha conduta no judaísmo, como sobremaneira perseguia a igreja de Deus e a assolava.Neste treco ele coloca o judaísmo como um passado distante de sua vida.
Até ao apelar das cadeias, evoca sua identidade romana.  
Gl.1.13,14,15;18.Porque já ouvistes qual foi antigamente a minha conduta no judaísmo, como sobremaneira perseguia a igreja de Deus e a assolava.Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça. Depois, passados três anos, fui a Jerusalém para ver a Pedro, e fiquei com ele quinze dias.
O Saulo:
O estado espiritual de Saulo era o estado mental dominante no Sinédrio e entre os Principais da religião judaica na época.
At.9.1. Saulo, porém, respirando ainda ameaças e mortes...
Antes de sua Conversão, Lucas o descreve como alguém, que respirava ódio contra os da Igreja, os quais professavam a sua fé em Jesus Cristo.
Acho relevante este destaque, para demonstrar, porque Jesus ao se apresentar a Saulo vai lhe apontar esta sua fúria contra o próprio Jesus.
Lucas mencionou três vezes, sempre como feroz adversário de Cristo e sua igreja.
Ele nos conta que, no martírio de Estevão, “as testemunhas deixaram suas vestes ao pés de um jovem chamado Saulo” (7:58), que “Saulo consentia na sua morte” (8:1), e que, em seguida, “Saulo assolava a igreja” (8:3), procurando cristãos casa por casa, arrastando homens e mulheres para a prisão.Paulo vai depois confirmar isto de sua própria bica.
Agora, Lucas resume a história dizendo que ele estava respirando ainda ameaças de morte contra os discípulos do Senhor -9:1-.
Ele não tinha mudado desde a morte de Estevão; ele ainda estava na mesma condição mental de ódio e hostilidade.
Saulo era:
-Assassino confesso de cristãos da Igreja primitiva. - vide abaixo.
-Feroz;
-Sanguinário;
Destruidor – pelo verbo utilizado em At.8.3 [lymainomai-, lumai,nomai; to harm; destroy -  prejudicar, destruir - referindo-se a destruição que Saulo causou à Igreja de Jerusalém, mostra a condição moral do mesmo, a condição de quem seria hoje, considerado um verdadeiro terrorista.
Exterminador – John Stott diz: “os cristãos de Damasco o descreveram como aquele que tinha causado um “extermínio” em Jerusalém (v. 21), onde o verbo empregado éportheo (como em Gálatas 1:13.23), que C.S.C. Williams, traduz ‘espancar’”.
Parece que Lucas narra um, Paulo ao respirar o ar, que Deus lhe concedia para viver, saindo em forma de ódio contra os da Igreja, não sabia ele-Paulo - que o seu ódio era contra o Cristo ressureto.
Temido- At.9.10 Ora, havia em Damasco certo discípulo chamado Ananias; e disse-lhe o Senhor em visão: Ananias!14 e aqui tem poder dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.
12 e viu um homem chamado Ananias entrar e impor-lhe as mãos, para que recuperasse a vista....: Senhor, a muitos ouvi acerca desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém;
11 Ordenou-lhe o Senhor: Levanta-te, vai à rua chamada Direita e procura em casa de Judas um homem de Tarso chamado Saulo; 
A-Ananias. 
“um dos heróis esquecidos da Igreja Cristã”William Barclay.
Precisamos estar dispostos, para as mais temidas tarefas.
Sejamos Ananias e não Jonas!
Ao rejeitar a ordem e o chamamento dificultamos o nosso Ministério.Alguém espera por mim!
Há o dito: 
Na relação , por vezes fatal, entre o gato e o rato, às vezes alguém precisa por o guizo, ou chocalho no pescoço do gato, para saber onde ele está e fugir dele, isto é, ficar ao alcance daquele que estar pronto a nos ferir e salvar a outros da morte.
Ananias era homem de Deus, e conhecia a Sua voz, ao ouví-la, prontamente ele respondeu ao Senhor, e como tantos outros heróis da Bíblia, se mostrou pequeno diante de tal desafio, mas foi.
Será que estamos ouvindo a voz de Deus, ou só quando a situação nos é favorável?
III- Causa da Ida de Saulo a Damasco.
O Edito de Extradição religiosa:
Saulo teria ido a Damasco pelo motivo, de que alguns dos seguidores do Caminho haverem conseguido fugir da rede de delatores montada por ele em Jerusalém. J.STott
O Caminho.
Saulo, depois Paulo, ele mesmo, aponta esta perseguição em At.22. 4,5. E persegui este Caminho até a morte, algemando e metendo em prisões tanto a homens como a mulheres, do que também o sumo sacerdote me é testemunha, e assim todo o conselho dos anciãos; e, tendo recebido destes cartas para os irmãos, seguia para Damasco, com o fim de trazer algemados a Jerusalém aqueles que ali estivessem, para que fossem castigados.
·ATOS 9.2. e pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, caso encontrasse alguns do Caminho, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém.
·ATOS 19·23. Por esse tempo houve um não pequeno alvoroço acerca do Caminho.
Ao saber que a Sinagoga de Damasco abrigava muitos dos seguidores de Jesus -8:3- Paulo pediu as Cartas, na realidade um Edito, que lhe dava direito de extraditar para Jerusalém, os que houveram fugido procurando abrigo naquela cidade síria, local de grande colônia judaica.
Urdindo um Plano de destruição, Saulo consegue, por suas cidadanias e pela sua influencia e também pela sua formação rabínica autorização, chamada de Cartas, após persuadir ao Sumo Sacerdote -9:1b-2- a lhe conceder uma ordem de extradição.
Êxtase de Paulo na Estrada de Damasco.
O místico encontro com o Cristo ressureto.Tema muito abrangente, pelas narrações de Lucas e a de Paulo...
Como todos os grandes homens chamados por Deus, Saulo é subitamente cercado pelo resplendor da Glória de Cristo.
-Assim como, Moisés viu a sarça ardendo e não se consumiu;
-Assim como João - Evangelista em Patmos...;
-Assim como Jacó Viu a Escada em Betel, ou Luz...
-Ezequiel
-Isaías - Isaías 6.1.ss

O Forte e feroz se tornou fraco e impotente, diante do Todo-Poderoso
Interessante, que ele pergunta sabedor que era alguém mais forte do que ele próprio:
Quase no fim de sua viagem ele foi detido pelo transcendente poder de Jesus Cristo Glorificado.
Fique tranquilo, quando o teu inimigo vier sobre ti, Deus vai detê-lo antes de chegar onde você está.
Afinal ele está por perto "ao derredor"
9.3 Mas, seguindo ele viagem e aproximando-se de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu;4 e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?5 Ele perguntou: Quem és tu, Senhor?
Continua...
A continuação pode alterar a primeira parte em alguns trechos, inserir correções, sem tirar o sentido do que Deus está nos dando.
O tempo esta semana foi extremamente curto para nossas atividades.
Orem por nós!

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical