segunda-feira, fevereiro 21

Marcha a Favor da Pl-122 - Mais Forte do Que Nunca


Tenho escrito, sobre este assunto há anos, mas parece, que agora a polêmica vai extravasar em dura disputa no Congresso Nacional.
*Leia no final Adendo: Fobia- Definições médicas - Por Dr. Cyro Masci - psiquiatra
Gn.1. 27,28. Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a.


A atual Ministra Maria do Rosário é uma ferrenha defensora, é e foi uma combativa Deputada Federal, de suas idéias e entre elas,  dos ditos direitos dos homossexuais.
Junta-se a ela, nesta Legislatura, toda uma Bancada de apio ao Governo, reforçada na última eleição, muito embora a Presidente tenha dado informações, em seus discursos de Campanha, contra a discussão do assunto.
Parece-me, contudo, que a atual Vice-presidente do Senado Federal Senadora Marta Suplicy será a arma mais poderosa para derrubar os vetos e discussões acirradas e os embargos na CCJ, que vinham sendo conduzidos com pouco animo pelo Governo Lula, que ressaltei em artigo escrito ás vésperas da posse de sua sucessora.
Até por conta da sua posição, e mais agora, pela força demonstrada nas conduções dos trabalhos do Senado, quando por questões regimentais assenta-se na cadeira, legitimamente de Presidente da Casa.
Muito embora, o Senado, nesta matéria sejá decisivo, pois pode mudar a PL122, se aprovada na Câmara, [o que, eu pessoalmente creio, acabará acontecendo.Bancadas contrárias deverão lutar muito, para conseguir alguma retirada de itens mais fortes e penalizadores], o que determinaria outra demanda de tempo, forçada pela Legislação de trâmites, pela volta à Câmara Federal e novas discussões.
Mas, o que valerá, a meu ver, será a força da Câmara dominada pela situação, numa maioria confortável.
Contudo o engajamento da Senadora Marta será fundamental, pela sua visão e força política, e luta pelo assunto, há décadas, desde que era apresentadora de programa na TV, e na sua lida como Deputada Federal.
A Bancada Evangélica e a Bancada Cristã, mais a Bancada dita Conservadora, note bem, como faço a leitura dos votos e posições de cada grupo, serão testadas e deverão sofrer com a questão de apoio ao Governo, ou serão Situação ou Oposição;premidas pela questão de voto partidário, sobre a questão, e a Fidelidade partidária, a ser evocada em certos momentos.
Estas bancadas na Câmara terão, pela frente, um árduo trabalho em vetar parágrafos, idéias, censuras contidas na PL 122.
Veremos o que conseguirão.
Leia a matéria, fruto de coleta de várias fontes, sobre a Marcha da Paulista, logradouro público que tem se tornado o centro das manifestações do público aberto a estas idéias e dos grupos defensores das mesmas.
Ap.22. 11. Quem é injusto, faça injustiça ainda: e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, santifique-se ainda.
1 Co.6. 9-12. Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas; mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.
Marcha contra homofobia em SP
Senadora Marta e Ministra Maria do Rosário.
19/02/2011
Cerca de 400 pessoas participaram da Marcha Contra Homofobia na tarde deste sábado. Por volta das 17h, o grupo estava concentrado em frente ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), no centro da capital paulista.
O evento contou com a presença da ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário e a senadora Marta Suplicy (PT), à esquerda.
Além dos deputados federais Ivan Valente (Psol-SP) e Jean Wyllys (Psol-RJ – ex-BBB-Globo-) e do deputado estadual Carlos Giannazi (Psol-SP).
Por volta das 17h, o grupo estava concentrado em frente ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), no centro da capital paulista.
O ponto de saída da manifestação --uma reivindicação para que seja aprovado o projeto de lei que torna crime o preconceito contra gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros - partiu às 15h da Praça do Ciclista, na esquina com a rua Consolação.
*400 ou 500 pessoas?
Cerca de 400 pessoas [?] participaram da Marcha Contra Homofobia na tarde deste sábado.
Maria do Rosário e Marta Suplicy abriram a Marcha contra Homofobia, que reuniu cerca de 500 pessoas [?], segundo a Polícia Militar.
A passeata saiu da Praça do Ciclista, na esquina da Paulista com a avenida Consolação, e foi até o edifício 777.
Em novembro do ano passado, nesse prédio próximo à Faculdade Cásper Líbero, um estudante de 23 anos foi agredido com lâmpadas fluorescentes por um grupo de jovens.
"Estamos aqui porque a avenida Paulista é o lugar da maior parada gay. Não queremos que ela fique marcada pela intolerância", afirmou Maria do Rosário.
A marcha também terá um ato simbólico contra os ataques a homossexuais. O mais contundente ocorreu na avenida Paulista no fim de 2010. Um jovem foi atacado por cinco pessoas, sendo quatro deles menores de idade, quando caminhava no local acompanhado por um amigo.
O centro é a região da cidade onde ocorrem mais agressões do gênero, segundo a mais recente pesquisa feita pelo CCH (Centro de Combate à Homofobia), com dados computados entre 2006 e 2009.
*Quem é contra a PL não é a favor de agressões, nem conivente com elas, afinal o livre-arbítrio regra a vida dos homens e mulheres.
*Mas, quem não aceita a PL tem o direito democrático de se pronunciar , na mesma intensidade, e não pode ser tachado, como contra a pessoa individual, do que aceita a prática, contrária a sua fé ou  modo de ver a vida.Rm.1.19.ss
Hoje vi uma reportagem, na Rede Globo, com o modelo ‘Lea T’, filho de um famoso jogador da Seleção Brasileira de futebol, de 1982, na Espanha.Digo filho pois mantém intocados a sua parte genital, masculina, desde o seu nascimento.
Do site: "Não vejo lado bom em ser transexual’, diz a[sic] top model Lea T - Em entrevista a Renata Ceribelli. Eu não vejo lado bom em ser transexual. Eu sou penalizada [sic]em tudo. Não é uma coisa gostosa. Você tem que levar para o lado do transexualismo em si: remédio, terapias, operações e preconceito."
Fiquei mais convicto, de que o sofrimento do transgênero ou transexual é maior internamente, na sua ‘psiquê’, do que outra aflição, isto  pelas palavras do modelo, que ao ser perguntado sobre o que ele via de bom na sua vida, disse: "é uma vida de viver em terapias, de sofrimento...." pela sua escolha e outras afirmações!
Esta pessoa merece nosso apoio, para que sua vida possa ter melhores condições e Paz.
Para nós os crentes em Jesus,a Paz está N’Ele, o Príncipe da Paz.
Presidência da República Lança Serviço de Denúncias de Ações Homofóbicas.
A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, lançou, neste sábado, um serviço de denúncias de ações homofóbicas, que passa a integrar o Disque 100, número gratuito que recebe, 24 horas por dia, ligações em defesa dos direitos humanos em todo o país.
Defensora de causas polêmicas, Marta tem três frentes de batalha à vista:
1-o projeto de lei contra a homofobia;
2-a descriminalização do aborto;
3-e o casamento gay.

Na sua avaliação, a campanha presidencial do ano passado foi "um retrocesso" quando tratou do aborto.
"A discussão não levou a nada. Foi ruim para os dois candidatos, um desastre", diz, numa referência a Dilma e a José Serra (PSDB).
Para a senadora, no entanto, Dilma foi "até o limite de onde poderia ir, sendo do PT".
Ao mencionar as discussões em torno união civil entre homossexuais, no entanto, ela não poupa os seus pares: "O Legislativo se apequenou nesses anos, ignorando o que a sociedade já aceita".
*Qual a Sociedade?
O projeto contra a homofobia está pronto, maduro para ser votado e conta com uma compreensão e respaldo maior porque a sociedade quer ser mais civilizada. Esse último episódio de agressão, que ocorreu na Avenida Paulista, deixou as pessoas extremamente indignadas. Foram ações homofóbicas violentíssimas.
*Quem é contra é menos civilizado?
*Afinal a República é Democrática!
Perguntada sobre os temas, em entrevista de um meio de comunicação, a senadora Marta respondeu:
A Sra. vai trabalhar pela aprovação da união civil entre pessoas do mesmo sexo e pela defesa da descriminalização do aborto?
São dois temas pelos quais eu trabalhei a vida inteira. Sempre tive um olhar para esse segmento. Temos de pensar que o Brasil teve um retrocesso, nesses últimos anos, em relação às duas questões. Mais visivelmente em relação à união civil para os homossexuais e mais midiaticamente na questão do aborto na campanha.
Local do Evento.
O evento aconteceu na Casa das Rosas, na avenida Paulista, com participação da senadora Marta Suplicy e de José Gregori, secretário de Direitos Humanos de Prefeitura de São Paulo.
"Com esse serviço, teremos uma amostragem do que significa esse preconceito em todo o território nacional e agiremos em rede para fazer com que a violência cesse imediatamente e o Brasil seja livre da homofobia", disse Maria do Rosário. Em casos mais graves, como os de violência física, a polícia será acionada.
*-inserção do editor
Ao fim da cerimônia, ministra e senadora colaram o selo "Brasil Território Livre da Homofobia" na calçada. O objetivo é que o adesivo seja colocado em todos os lugares onde foram registrados ataques contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. 
*Ninguém coloca um selo nos locais onde mulheres inocentes são estrupradas e assassinadas, crianças são mortas, por desleixo da Saúde, onde os Trabalhadores são assaltados e mortos, sem oportunidade de defesa, pais de famílias sofrem sequestros relâmpagos dentro de suas casas,etc...
Apesar da lei Maria da Penha e do Estatuto do Menor e do Adolescentes
Onde está a paridade das ações democráticas?
Fobia - Definições médicas
- Por Dr. Cyro Masci,   - psiquiatra
Medo é um sentimento universal e muito antigo. Pode ser definido como uma sensação de que você corre perigo, de que algo de muito ruim está para acontecer, em geral acompanhado de sintomas físicos que incomodam bastante. Quando esse medo é desproporcional à ameaça, por definição irracional, com fortíssimos sinais de perigo, e também seguido de evitação das situações causadoras de medo, é chamado de fobia.
Mas por qual motivo uma pessoa desenvolve uma fobia? E ainda, por quais razões algumas fobias são mais comuns que outras? Vários neurocientistas acreditam que fatores biológicos estejam francamente ligados. Por exemplo, encontrou-se um aumento do fluxo sangüíneo e maior metabolismo no lado direito do cérebro em pacientes fóbicos.
A provável explicação é que esses temores foram importantes para a sobrevivência da espécie humana há milênios, e ao que parece trazemos essa informação muitas vezes adormecida mas que pode ser despertada a qualquer momento. 
Outra razão para o desenvolvimento das fobias pode ser o fato de que associamos perigo a coisas ou situações que não podemos prever ou controlar, como um raio numa tempestade ou o ataque de um animal. Nesse sentido, pacientes com quadro clínico de transtorno de pânico acabam desenvolvendo fobia a suas próprias crises, e em conseqüência evitando lugares ou situações que possam se sentir embaraçados ou que não possam contar com ajuda imediata. E por fim, há clara influência social. Por exemplo, um tipo de fobia chamada taijin kyofusho é comum apenas no Japão. Ao contrário da fobia social (em que o paciente sente medo de ser ele mesmo humilhado ou desconsiderado em situação social) tão comum no ocidente, o taijin kyofusho é o medo de ofender as outras pessoas por excesso de modéstia e consideração. O paciente tem medo que seu comportamento social ou um defeito físico imaginário possa ofender ou constranger as outras pessoas. Como se percebe, esse tipo de fobia é bem pouco encontrado em nosso meio... O que há em comum em todas as fobias é o fato de que o cérebro faz poderosos links em situações de grande emoção. 
Revista Cérebro e Mente
Ig
G1
Uol
Outras mídias
Folha

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical