quinta-feira, novembro 10

O bebê Minhaj Gedi Farah - Um Símbolo de Recuperação

O bebê Minhaj Gedi Farah de Símbolo da fome, a Símbolo de Recuperação Humanitária.
De um quase esqueleto vivo a uma criança linda!
DADAAB _ quem nos acompanha ou lê nossas matérias acompanhou matéria sobre o maior acampamento provisório do Mundo africano e de todo o Mundo moderno localizado no Quênia.
Lm.2.11. Já se consumiram os meus olhos com lágrimas, turbada está a minha alma, o meu coração se derrama de tristeza ...porquanto desfalecem os meninos e as crianças de peito pelas ruas da cidade.
Jr.14.18. Se eu saio ao campo, eis os mortos à espada, e, se entro na cidade, eis os debilitados pela fome;
Onde milhares de refugiados, de guerras, da fome e outras desgraças estão sendo assistidos, dentro de regras quase rígidas pela complexidade da Operação Humanitária.
Entre eles uma médica brasileira.
Veja como o apoio certo pode mudar a vida de crianças esquálidas e quase mortas, mostradas pelos jornais e mídia Internacional.
O Globo publica um destes exemplos de resgate humanitário do futuro da humanidade.
Ainda que saibamos, que a Bíblia nos fala de guerras, fome, pestes, terremotos [você pode lembrar da Turquia hoje], sabemos que Deus quer que os homens sejam uma Federação humanóide desde que ouçam a Sua Voz.
A Entidade por detrás desta cena que você vai ver foi fundada em 1933 a pedido de Albert Einstein.
O IRC oferece cuidados que salvam vidas e dá assistência aos refugiados forçados a fugir da guerra ou de desastres naturais.
Trabalha hoje em mais de 40 países e 22 cidades dos EUA
Finalidade: restaurar a dignidade, segurança e esperança para milhões que são expulsos e lutam para resistir e sobreviver. 
O IRC lidera esta volta, após ser atendido ao caminho de casa.
O Comitê de Resgate Internacional é uma das maiores agências humanitárias do mundo. 
Fornece assistência, reabilitação, pós-conflito, apoia a reconstrução das vidas das vítimas da opressão e conflitos violentos em 42 países. 
No Sudão - ÂMBITO DE TRABALHO: A New School Volunteer Communications irá apoiar o programa IRC Southern Sudan Country, melhorando, sistematizando e mantendo uma série de atividades de comunicação. 
NAIRÓBI - O bebê Minhaj Gedi Farah se tornou símbolo da fome que devasta a Somália, quando há três meses uma foto sua chocou o mundo. Com graves problemas de desnutrição, nem seus pais acreditavam que aquele esquelético Minhaj poderia sobreviver e se transformar numa criança que hoje, com 8 quilos, pode até ser chamada de gordinha.
O quase inevitável destino de Minhaj foi transformado graças a ajuda do grupo International Rescue Commitee.
Joel 2. 16. ...congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os meninos, e as crianças de peito;
A fome já matou dezenas de milhares de pessoas na Somália, mas a ONU garante que, apesar das restrições do movimento de insurgência islâmica al-Shabbab, está aumentando o alcance de suas agências no país.
- Nem a mãe dele (de Minhaj) imaginava que ele poderia se recuperar. Cada membro da família está feliz - disse Sirat Amin, uma das enfermeiras que ajudaram a monitorar o tratamento de Minhaj. - Agora, ele pode sentar sozinho, está engatinhando.
Em julho, a ONU decretou fome em cinco zonas da Somália.
Minhaj era um dos bebês internados em estado grave no campo de Dadaab, no Quênia, para onde muitos somalis fogem da crise humanitária e da violência. Com 7 meses, Minhaj pesava apenas 3.2 quilos, menos que muitos recém-nascidos. Três meses depois, a balança marca 8 quilos, peso normal para os bebês da sua idade.
Superlotados, os acampamentos de Dabaab enfrentam graves problemas. Apesar de o número de somalis chegando todos os dias no Quênia ter diminuído, a situação continua grave. Quase dois milhões de somalis ainda não têm acesso à comida. A briga entre o Quênia, que resolveu invadir a Somália recentemente, e o al-Shabaab também dificultou a fuga para o país vizinho. Muitos temem ser confundidos com insurgentes.
A ONU especula que cerca de 160 mil crianças com menos de 5 anos sofrendo de desnutrição aguda podem morrer nas próximas semanas. A organização também vem alertando para o risco de proliferação da cólera e da malária, principalmente na capital somali de Mogadíscio.
Ao abrir para ver a Imagem antiga de Minhaj Gedi Farah de símbolo da fome lembre da Imagem Inicial! Veja o que este bebê sofreu até se transformar nesta lindo menino!

- Estou ajudando as pessoas aqui, mas às vezes é de cortar o coração. Pessoas estão sofrendo. 
Às vezes, eles morrem na sua frente. E, por mais que você queria ajudar, eles são tantos (que você não consegue) - disse Amin, que trabalha no campo de refugiados no Quênia.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical