domingo, fevereiro 12

Lição CPAD - Tudo Posso Naquele que me Fortalece

PEÇO desculpas aos meus leitores e sites que nos publicam.Esta semana após escrever o texto subsídio da Lição EBD - perdi o arquivo que preparava e estava em edição final, por problemas do PC que estava usando.Não pude recuperar o arquivo, e o tempo, as demais atividades e problemas de saúde, não permitiram-me, re-escrever o texto, que já contava com 8 laudas.Orem por nós.E esta semana continuaremos a escrever.
Faço abaixo um resumido do que seria o nosso subsídio.
TEXTO ÁUREO.
“Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Fp 4.13).





LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Filipenses 4.10-19.
10 Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade.
11 Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
12  Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.
13  Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.
14  Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflição.
15 E bem sabeis também, ó filipenses, que, no princípio do evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja comunicou comigo com respeito a dar e a receber, senão vós somente;
16 Porque também uma e outra vez me mandastes o necessário a Tessalônica.
17  Não que procure dádivas, mas procuro o fruto que cresça para a vossa conta.
18 Mas bastante tenho recebido, e tenho abundância. Cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus.
19   O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.
Texto utilizado de maneira, por muitos, distorcendo a situação, do momento em que foi escrito.
O Apóstolo Paulo escreve este texto, de sua prisão em Roma, juntamente com outras epístolas:
Há um cenário do momento:
prisão;
compartilhamento - 14 Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflição.
atenção das igrejas - 16 Porque também uma e outra vez me mandastes o necessário a Tessalônica.
saber ter - 18   Mas bastante tenho recebido, e tenho abundância.
não ter
contentar-se com o que tem - 11 Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
suprimento - Jeová Jireh - 19 O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.
amizade - estudando as paulinas, como um cenário conjunto, vemos que Paulo conhece centenas de pessoas.
10 Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade.
A grande maioria ele recomenda que sejam lembradas pela Igreja e seus príncipes locais, pela ajuda que lhe deram ao longo de suas empresas missionárias.
Deste ponto de vista, podemos compreender porque Paulo pode falar de prosperidade e de poder tudo.
11  Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Na falta ele se contentava.
Na abundancia compartilhava.
Seu ministério pode ser expresso, na visão de prosperidade crística:
15 E bem sabeis também, ó filipenses, que, no princípio do evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja comunicou comigo com respeito a dar e a receber, senão vós somente;
Não ter pode ser visto como forma de poder tudo, em Cristo, e ter pode significar, prosperidade providenciada, pela igreja,  em Jesus Cristo.
18 Mas bastante tenho recebido, e tenho abundância. Cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus.
Para Paulo, prosperidade é algo frutífero, é o resultado de semear na vida em cristo.
É uma das lições que precisamos rever, na questão da prosperidade.
Prosperidade não é fruto individual é fruto da coletividade.
É fruto da ação espiritual divina, no reino celestial, em Cristo.
Mesmo em cadeias, as Escrituras nos ensinam e nos mostram homens, que presos eram prósperos.
Em falta de pão, até sem onde dormir [falo dos servos de Deus, excetuando Jesus, por não ter tempo de escrever sobre este aspecto em seu Ministério], podemos viver a prosperidade.
É isto que me chama a atenção no texto paulino.
Para podermos nos expressar como Paulo teremos que aprender, a sofrer sem ter, glorificar a Deus por ter.
Entender que a prosperidade é apenas ter para viver, você pode achar uma loucura, Paulo sabia viver, como ninguém, a loucura do Evangelho, que destoa de todo o entendimento humano.
Assim, ele pode realizar as maiores missões em sua época e sem dúvida, as da história do Ide.
Compartilhar da Igreja:
Significa sacrifício com cheiro;
Suave e agradável
Recebido com prazer por Deus 
Cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus.
Precisamos de mais Epafroditos enviados por filipenses hodiernos.Para que os missionários 'Paulos' sejam atendidos na hora certa!
Macedônia em pobreza ajudou a prosperar Jerusalém
Conclusão:
Precisamos aprender que Tudo posso naquele que me fortalece, significa  viver como não tendo e tendo viver como não tendo.
Sabendo que tendo, o que for é providencia de Deus, para cada momento, de nossa vida, pois em todos os momentos tudo é para Glória de Deus:
Viver sem ter ou viver tendo, é providencia dos dependentes d'Ele.
Paulo em sua Epístola a Igreja que está em Filipos, agradece aos de Filipos por serem compartilhadores, do seu Ministério na propagação do Evangelho através de suas ofertas monetárias. As ofertas, entretanto, são apenas uma forma de exprimir o que sente no seu espírito, a comunhão.Texto compilado de Vivos – Bíblia Plenitude
4.17, “o fruto que aumente nossa conta”.
Regozijo é sinal de prosperidade, ou alavanca para ela:
Compartilhar é o mitte deste texto.
10 Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade.
A alegria cristã é uma conseqüência de estar em comunhão ativa com o corpo de Cristo. 
Não perca a oportunidade de compartilhar.
'...pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade'.
E quando não tiver com que compartilhar, prepare-se para esta hora.
É um dos motes deste texto paulino:
15 E bem sabeis também, ó filipenses, que, no princípio do evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja comunicou comigo com respeito a dar e a receber, senão vós somente;
Não perca a oportunidade, afinal assim podemos dizer:
"Tudo posso naquele que me Fortalece": Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical