quinta-feira, janeiro 17

VIDA E MORTE - ABORTO - UMA SENHORA PERDIDA NA UE E UM MENINO ASSASSINO! O MUNDO EM CRISE!

Vida Na Morte!
Live And Let Me Live!
1Sm 2:6 - O Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela. 
- E Agora Abortistas?
A digitalização 3D de sorriso de um bebê com deficiência que convenceu uma mãe a não abortá-lo - e por que ela ficou tão grata porque ela seria capaz de abraçá-lo com alegria, por pelo menos, algumas horas preciosas da vida.
Quem pode tirar este prazer de quem gerou,mesmo que seja doloroso, o amor é maior, que a dor!
O Direito de nascer é do gerado!

Quando os médicos disseram, que o cérebro de seu bebê não tinha se formado corretamente e que ele nunca iria andar nem falar e precisaria de cuidados 24 horas, Katyia Rowe e seu esposo Shane Johnson pensaram em abortar o seu bebê.
Mas depois de ver em tempo real, Ultrassonografias em 3Ddele sorrindo, soprando bolhas, chutando, agitando os braços, à esquerda, eles tomaram a decisão de partir o coração, mas decidiram continuar com a gravidez até ao nascimento, de seu filho.
Aqui, Neste nosso site, já nos posicionamos, quando da decisão no STF, sobre o aborto de anencéfalos. Veja em pesquisa desta página, escrevendo uma das palavras do assunto.
"Enquanto ele estava dentro de mim a sua qualidade de vida parecia ser maravilhosa. Ele era uma alegria assistir", disse ela.
Tragicamente Luciano, como lhe chamou, morreu nove horas depois que ele nasceu.
Depois que ele nasceu, Luciano sobreviveu por apenas nove horas, mas Rowe disse que se sentia "honrado e privilegiado por ter a oportunidade de cuidar dele."
Abraços ... Katyia Rowe dá um pouco de colo a Luciano.
PARA AMENIZAR...UM POUCO...NEM TANTO...
DRAMA PESSOAL...
Mulher Belga conduz por erro até à Croácia. 
Esta Senhora aí embaixo, também sofreu um pouco pelas Estradas Européias.
Mulher coloca a culpa no GPS.
O mais interessante:
Segundo ela não percebeu, mesmo tendo que abastecer o carro duas vezes e dormir duas noites, por mais de 60 horas!
Mesmo vendo a mudança das línguas nas placas das estradas:
- de francês para alemão, depois de alemão para esloveno, e finalmente, de esloveno para croata.
Acredite se quiser!
Uma mulher belga, de 67 anos, Sabine Moreau conduziu o seu carro até Zagreb, na Croácia, numa viagem de mais de 1450 quilômetros, enquanto queria fazer apenas 150 quilômetros para chegar a Bruxelas. 
A mulher diz que a causa deste erro, que lhe custou dois dias na estrada, foi devido a um problema no GPS.
Sabine Moreau, uma cidadã belga de 67 anos, habitante da localidade de Solre-sur-Sambre, no centro da Bélgica, queria apenas ir buscar um amigo a uma estação de comboios em Bruxelas.
Mas por causa de um erro no seu aparelho de GPS, acabou por viajar mais de 1450 quilômetros, e acabar a sua viagem na capital da república da Croácia, Zagreb.
Nas suas próprias palavras, Sabine conta que estava apenas distraída, e por isso, continuava a acelerar e a seguir caminho.
E que só se deu conta do seu erro de trajetória, quando começou a achar estranho que as placas de estrada pelas quais passava iam mudando a língua na qual estavam escritas.
Primeiro, de francês para alemão, depois de alemão para esloveno, e finalmente, de esloveno para croata.
Apesar de ter parado duas vezes durante a sua viagem, para reabastecer a viatura e para dormir, Sabine Moreau diz que não se apercebia que se estava a afastar tanto do destino pretendido.
E entretanto, em casa, o seu filho já tinha denunciado o caso às autoridades belgas, que se encontravam já a ultimar os preparativos para iniciar uma busca pelo país para encontrar Sabine.
Quando, finalmente, a distraída senhora decidiu telefonar para casa, a dizer que estava em Zagreb, na Croácia.
Sabine Moreau já se encontra em casa, depois da sua viagem de mais de 60 horas na estrada que a levaram a percorrer grande parte da Europa central, sem se aperceber de onde estava.
Morte Sem Amor!
Menino de 12 anos pega 11 de cadeia por matar pai
EUA - Califórnia
Prov 22:6 - Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.
Prov 23:13,14 Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá. Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno.
Joseph Hall, 12 anos, filho de um nazista, foi condenado a 11 anos de prisão por matar o pai na Califórnia.
Advogado de defesa alegou que o jovem cresceu em um ambiente de abusos e violência
É mais uma fato para discutir a influencia da criação sobre a personalidade e caráter de uma criança.
Criado em meio à violência e com histórico de violência contra professores, desde cedo, Joseph Hall deixa uma pergunta:
Qual será, a visão e a atitude das crianças de acordo com o ambiente e ambiência, na qual foram criados?
A pergunta se insere na questão da adoção e criação de crianças, sob o mesmo teto, que uma dupla de aptos de relação entre pessoas do mesmo sexo.
Uma criança ao ser criada, no seio de uma família, com as mesmas práticas, das outras famílias, pode ser levada, ou não, a realizá-las?
E terá seu comportamento dominado pelo que vivencia, aprendendo por mimetismo, afinal é uma das formas do ser ‘antrhopos’ aprender e se formar?
Leia a Matéria.
Mat 19:19 -  Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.
AP Photo/Sandy Huffaker
O pai e o menino Joseph Hall, quando tinha seis meses
Joseph Hall Um Assassino aos 12 anos Condenado a 12 de Cadeia.
Um menino de 12 anos foi julgado e condenado nesta segunda-feira (14) por assassinar o pai, Jeff Hall, um defensor da supremacia branca [um destes neonazistas americanos, que ainda pipocam nos EUA], enquanto ele dormia.
O crime aconteceu em 2010, quando o menino tinha apenas 10 anos de idade.
Segundo o tabloide Daily Mail [UK], o juiz da Suprema Corte de Riverside, na Califórnia. Consultadas outras fonte, por este editor, e compilado o texto.
O juiz Jean Leornard condenou Joseph Hall a ficar sob custódia até os 23 anos.
O juiz considerou a tese da defesa de que o menino, na época com 10 anos, não premeditou o crime.
Os promotores argumentaram que a criança matou o pai para separá-lo de sua madrasta, que primeiro se declarou culpada pela morte de Jeff, 32 anos, mas rapidamente voltou atrás de seu depoimento e não foi citada no caso.
A irmã mais nova do menino reforçou a tese da promotoria dizendo que seu irmão planejou o crime com antecedência
O advogado de defesa Matthew Hardy disse que seu cliente cresceu em um ambiente de abusos e violência e que é aceitável matar as pessoas que nos ameaçam.
O advogado disse que o menino pensou que matando o pai a violência que sofria poderia acabar. Jeff Hall, líder regional do Movimento Nacional Socialista, um grupo americano que defende a supremacia branca no país, levou um tiro a queima roupa enquanto dormia no sofá de sua casa.
Jeff Hall, líder regional do Movimento Nacional Socialista, um grupo americano que defende a supremacia branca no país, levou um tiro a queima roupa enquanto dormia no sofá de sua casa
Em entrevista gravada em vídeo o menino disse a polícia que ele não achou que teria problemas, porque ele viu um episódio da série “Criminal Minds” em que uma criança matava o pai violento e não foi preso.
A promotoria afirmou que os ideais neonazistas Jeff não tiveram relação com o crime e que o menino tem um histórico de violência desde o jardim da infância quando golpeou uma professora com um lápis.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical