segunda-feira, fevereiro 11

O Papa Demite-se do Pontificado! A Repercussão e a História da Igreja Católica - Cismas e Papado!

O Papa Demite-se Do Pontificado!
"Deixo para o bem da Igreja"
Papa Bento XVI vai renunciar ao pontificado em 28 de fevereiro
O Vaticano negou que uma doença tenha sido o motívo da renúncia.
Notícia Caiu Como Uma Bomba No Meio Católico!
Porém para mim, era um caminho natural devido aos fatos marcantes deste pontificiado de Ratzinger
Última Renúncia de um Papa ocorreu no Século XII - 1415 dC
O Papa Gregório XII foi o último a abdicar do cargo.
Lei canônica prevê renúncia do pontífice por livre e espontânea vontade.
Renúncia de Papas
O primeiro registro de renúncia de um Papa foi de Ponciano, que ficou no cargo de 230 a 235 Ponciano foi vítima do imperador Maximiniano, que o aprisionou, condenou e deportou para a Sardenha para fazer trabalhos forçados e renunciou ao chegar à ilha.
Em 535, o Papa Silvério foi forçado a abdicar do cargo após ser exilado.
Até o Papa Bento XVI anunciar nesta segunda-feira (11) que vaí renunciar em 28 de fevereiro, a última vez que um Papa abdicou do cargo foi há quase 600 anos. Em 1415, o Papa Gregório XII anunciou a saída do cargo para encerrar uma disputa com um candidato rival à Santa Sé.
Histórico
Na época, a Igreja Católica vivia uma grande crise, chamada de Grande Cisma do Ocidente, que durou de 1378 a 1417 e levou a três sedes papais:
- Roma, Avignon (França) e Pisa.
Consequentemente, o poder passou a ser disputado por três pontífices, um Papa (de Roma) e dois Antipapas (de Avignon e Pisa).
Gregório XII enfrentou a concorrência de Bento XIII e Alexandre V.
Em 1415, Gregório XII abdicou do cargo no Concílio de Constança, após grande pressão dentro da Igreja, e morreu dois anos depois.
Para este editor, deste site, o mesmo está ocorrendo com o atual Pontífice da ICAR, pressionado pelos escandalos que envolveram o seu Papado, estatuído por alianças e pelo seu próprio exercício do Poder no anterior papado romano.
O Concílio elegeu em 1417 o Papa Martinho V.
O anúncio feito pessoalmente nesta segunda-feira surpreendeu o Mundo Religioso e Diplomático, pois o Papa é também um Líder de Governo, pois, o Vaticano é um País Soberano!
Ele fez o anúncio pessoalmente nesta segunda-feira (11).
Pontífice disse que deixa o cargo por não ter mais forças para exercê-lo
O Vaticano afirmou que o papado, exercido por Bento XVI desde 2005, vai ficar vago até que o sucessor seja escolhido, o que se espera que ocorra "o mais rápido possível" e até a Páscoa, segundo o porta-voz Federico Lombardi.
Em comunicado, Bento XVI, que tem 85 anos, afirmou que vai deixar a liderança da Igreja Católica Apostólica Romana devido à idade avançada, por "não ter mais forças" para exercer as obrigações do cargo.
O pontífice afirmou que está "totalmente consciente" da gravidade de seu gesto.
"Por essa razão, e bem consciente da seriedade desse ato, com total liberdade declaro que renuncio ao ministério como Bispo de Roma, sucessor de São Pedro", disse Joseph Ratzinger, segundo comunicado do Vaticano.
Na véspera, Bento XVI escreveu em sua conta no Twitter: "Devemos confiar no maravilhoso poder da misericórdia de Deus. Somos todos pecadores, mas Sua graça nos transforma e renova".
O Papa Bento XVI lê nesta segunda-feira (11) o anúncio de sua renúncia, durante reunião de cardeais no Vaticano. A imagem foi divulgada pelo jornal ' L'Osservatore Romano', do Vaticano (Foto: AP)
Sucessor de João Paulo II, Bento XVI havia assumido o papado em 19 de abril de 2005, com 78 anos.
28 de fevereiro
O Vaticano afirmou que a renúncia vai se formalizar às 20h locais de 28 de fevereiro (17h do horário brasileiro de verão).
Até lá, o Papa estará "totalmente encarregado" dos assuntos da igreja e irá cumprir os compromissos já agendados.
O novo Papa será escolhido pelo conclave de cardeais, como de costume.
E anunciado com a famosa frase:
"Habemus Papam".
Decisão Surpreendente
O porta-voz do Vaticano disse que a decisão do Papa surpreendeu a todos do seu círculo mais próximo.
Ele afirmou que, após a renúncia, Bento XVI vai à residência papal de verão, em Castel Gandolfo, próximo a Roma, e depois irá morar em um mosteiro dentro do Vaticano, que vai ser reformado para recebê-lo.
Lombardi também disse que Bento XVI não vai participar do conclave, a reunião a portas fechadas que vai escolher seu sucessor.
O porta-voz afirmou que Bento XVI mostrou "grande coragem" no seu gesto, e descartou que uma depressão tenha sido o motivo da renúncia.
Lombardi descartou que Bento XVI vá interferir no papado de seu sucessor.
Aparência frágil
Nos últimos meses, o Papa parecia cada vez mais frágil em suas aparições públicas, muitas vezes precisando de ajuda para caminhar.
Crises no Pontificado
Bento XVI foi eleito para suceder João Paulo II, um dos pontífices mais populares da história.
Ele foi escolhido em 19 de abril de 2005, quando tinha 78 anos, 20 anos mais idoso do que seu predecessor quando foi eleito.
O papado do conservador alemão foi marcado por algumas crises, com várias denúncias de abuso sexual de crianças e adolescentes e acobertamento por parte do clero católico, que abalou a igreja, por um discurso que desagradou muçulmanos e também por um escândalo envolvendo o vazamento de documentos privados através de seu mordomo pessoal, o chamado "VatiLeaks".
O Papa era aguardado no Rio de Janeiro em julho deste ano, onde iria participar da Jornada Mundial da Juventude, que vai reunir milhões de jovens católicos do mundo inteiro.
Repercussão
A chanceler da Alemanha, país natal do Papa, Angela Merkel, disse que está "emocionada" com a decisão e que vai se pronunciar mais tarde.
a Alemanha é dividida em 50% de cristãos e 50% de protestantes, ambos indices de nominais, e é a terra de Dom Ratzinger.
Fica uma pergunta:
Qual será o tratamento dispensado ao atual papa após a renúncia e qual será o seu destino para passar o restante de seus dias!


Alemanha ou Vaticano, ou será que a Lei canonica Católico Romana estabelece lugar e destino?
Como um Raio num céu azul.
Esta foi a definição a decisão de Dom Ratzinger abandona seu papado, com data marcada, para 28 de fevereiro próximo.
Um papado cercado de escândalos, que incluíram a prisão de seu Mordomo-mór pessoa mais intima de um Papa.
Como publicamos aqui, ao longo deste Papado de Bento XVI, um papado sem brilho, sem a mística do seu antecessor Papa João Paulo VI o ‘papa-pop’.
Pode-se dizer que Dom ratzinger teve força para costurar a sua ascenção ao chamado “trono” de Pedro, mas não tinha apoios e nem força moral devido ao seu passado.
Se o passado como teólogo foi brilhante, chamado de menino de ouro e participando de Conclaves ainda muito jovem, o seu papado foi fraco, vacilante, principalmente nas questões morais, vide casos de pedofilia, que envolveu se próprio irmão, senão como autor, mas como omisso, em um coral de meninos na Alemanha sua Terra Natal.
Papa Bento XVI vai renunciar ao pontificado em 28 de fevereiro
Ele fez o anúncio pessoalmente nesta segunda-feira (11).
Vaticano confirmou a informação.
O Papa Bento XVI vai renunciar a seu pontificado.
O papa alemão deixaria o pontificado em 28 de fevereiro, segundo a agência.
Bento XVI anunciou a renúncia pessoalmente, falando em latim, durante o consistório para a canonização dos mártires de Otranto.
O Vaticano confirmou a notícia. Do G1, em São Paulo - 11/02/2013 08h56 -
O Papa demite-se do Pontificado
"Deixo para o bem da Igreja"
O Papa indicou 28 de fevereiro para o término do papado e determinou um conclave para eleger um sucessor. O anúncio da ANSA a 11:46.
Cardeal Sodano: "Um raio num céu azul"
De 28 de Fevereiro AD

2 comentários:

Anônimo disse...

Porque o Papa não pediu uma milagre para se curar das suas doenças?
Sera a sua demissão devido os escmdalos da pedofilia na igrega catolica??!

Pastor Eliel Amaral Soares disse...

Temos sempre apreciado e admirado as suas excelentes matérias, ademais, os conhecimentos e significativos assuntos veiculados ao seu Blog que sigo e acompanho.
A matéria da Renuncia do Papa, merece destaque e alusão, aproveito para dizer-lhe que transcreverei no meu blog e rede sociais.
É muito dificil ascender ao poder e ao sucesso, mas, o pior e dificil é administrar e se manter no poder e no sucesso....transcrito do meu Livro ''Os Bastidores da Fama e do Suceso'' Editora Menorah.
Abraços
Pr Eliel Amaral Soares
Diretor Geral da Universidademenorah.com

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical