quarta-feira, julho 31

VERDADEIRO OBJETIVO DA VISITA DO PAPA AO BRASIL! Papa Fala e Evangélicos Apóiam! Apesar de tudo

Apesar de tudo: Alguns ainda são atraídos pela fala de Dom Bertoglio - Papa Franciscum.
Francisco é o Terceiro Papa que vem ao Brasil, mesmo assim, o Evangelho cresce, e a Igreja Católica perde seus filiados!

Jo 8:32 - E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

O que me causa surpresa, é que alguns "cardeais" evangélicos, escritores de nomeada, ainda acham algo de bom na visista de Dom Franciscum ao Brasil.
Quando vimos que a "venus platinada" (rede Globo) deu enfase acentuada à religiosidade desta visita, e destacando como eu já antevira no meu site, as "qualidades" franciscanas do Papa e a "comoção dos jovens".
Infelizmente nenhum destes nossos "líderes" evangélicos e assembleianos deu, sequer uma nota de destaque à Marcha Para Jesus, no RJ e em SP!
Alguns usaram até a fala pontual do papa, sobre alguns Temas que se encontram, em acirrada discussão entre os Evangélicos e Grupos corporativos.

Qual a Verdadeira posição de Dom Berttoglio?
Lendo, hoje, encontro e transcrevo um trecho da posição de Dom Bertoglio, quando ainda era Bispo da Arquidiocese de Buenos Aires, em duro enfrentamento, com a Presidente Cristina Kirchener, e com o Congresso Argentino sobre a APROVAÇÃO DA LEI FAVORÁVEL AO CASAMENTO ENTRE HOMOSSEXUAIS.
Agora, numa entrevista amistosa no avião de volta a Roma, Francisco, O Papa, deu uma declaração no mínimo contradizendo o que expressou ao Povo Argentino, à época da votação.

Afinal, qual é a verdadeira posição do Papa Francisco?
A expressa quando veste as vermelhas vestes cardinalícias, ou as que ele expressa, ao vestir a branca Batina Pontifícia?
Difícil de entender! E ainda tem "bispo evangélico" apoiando e dando enfase as palavras do Papa!

Data: 13 de Março de 2013•21h42


JorgeMario Bergoglio, eleito Papa nesta terça-feira, publicou a seguinte carta aberta sobre o casamento homossexual quando ocupava o posto de arcebispo de Buenos Aires:

DIZ O ENTÃO ARCEBISPO ARGENTINO:
Escrevo estas linhas a vocês que estão nos quatro monastérios de Buenos Aires.  
O povo argentino deverá confrontar, nas próximas semanas, uma situação cujo resultado pode ferir gravemente a família. Trata-se do projeto de lei sobre o matrimônio de pessoas do mesmo sexo.
Aqui estão em jogo a identidade e a sobrevivência da família: pai, mãe e filhos. Está em jogo a vida de tantas crianças que serão discriminadas de antemão, privando-se do amadurecimento humano que Deus quis que se desse com um pai e uma mãe. Está em jogo o rechaço direto à lei de Deus, gravada, ademais, nos nossos corações.
Recordo uma frase de Santa Teresinha quando fala sobre sua enfermidade de infância. Disse que a inveja do Demônio quis cobrar em sua família a entrada de sua irmã maior ao convento de Carmelo. Aqui também está a inveja do Demônio, através da qual entrou o pecado no mundo, que de modo arteiro pretende destruir a imagem de Deus: homem e mulher receber o mandato de crescer, multiplicar-se e dominar a terra. Não sejamos ingênuos: não se trata de uma simples luta política. É a pretensão destrutiva ao plano de Deus. Não se trata de um mero projeto legislativo (este é meramente o instrumento), mas de uma “movida” do pai da mentira que pretende confundir e enganar os filhos de Deus.

O projeto de lei será tratado no Senado depois de 13 de julho. 
[...] Recordemo-los aquilo que Deus mesmo disse a seu povo em um momento de muita angústia: “esta guerra não é vossa, mas de Deus”. Que eles nos socorram, defendam e acompanhem nesta guerra de Deus.

Obrigado pelo que farão nesta luta pela pátria. E, por favor, também peço a vocês que rezem por mim. Que Jesus as abençoe e a Virgem Santa Maria cuide de vocês.
Com carinho,
Cardeal Jorge Mario Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires.

Leia a entrevista, compartilhei do Blog do Pastor José Guedes.
EM ENTREVISTA, CARDEAL MCCARRICK, REVELA A VERDADE SOBRE A VISITA DO PAPA AO BRASIL: CONTER O AVANÇO DA IGREJA EVANGÉLICA.
ESSA ENTREVISTA FOI CONCEDIDA PELO CARDEAL MCCARRICK EM 10.04.13: 
Durante um encontro na sede do Diálogo Interamericano em Washington, o cardeal e bispo emérito da capital americana, Theodore McCarrick, indicou que as viagens que Francisco tem marcadas para o Brasil, em julho, e Argentina e Chile, em setembro, poderão dar sinais esclarecedores sobre seu papel, mas deixou claro que conter o avanço da Igreja Evangélica deverá ser uma prioridade.
"Quando o papa visitar o Brasil, fará seus cidadãos verem a importância da Igreja Católica ali e o fará com entusiasmo, dirigindo-se diretamente às pessoas, fazendo-as ver que não existe uma diferença essencial entre essa confissão e a evangélica", indicou McCarrick, que esteve presente no último conclave, embora não pudesse votar por causa de sua idade (83).
Em agosto do ano passado, o então papa Bento XVI falou sobre o contexto da América Latina como uma zona onde a Igreja Católica deveria enfrentar um pluralismo religioso crescente. Nas duas últimas décadas a comunidade católica foi diminuindo às custas das igrejas evangélicas e pentecostais.
Brasil, primeiro destino de Francisco na América Latina, é um claro exemplo dessa situação. Com 123 milhões de seguidores, o país sul-americano é o que tem a maior população católica do mundo, entretanto o censo do IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2010 mostrou uma diminuição de fiéis de 10% na primeira década do século 21, devido à expansão do credo evangélico. A Igreja Evangélica brasileira já conta com 42 milhões de membros. Com 565 milhões de fiéis em todo o mundo, 107 milhões de evangélicos se encontram na América Latina e no Caribe.
McCarrick afirma que a "personalidade humilde" do novo papa impedirá o rápido avanço dos evangélicos não só na América Latina, como nos demais países em desenvolvimento. "Se ele quiser, mudará a América Latina de alto a baixo", afirma o prelado.
Para a Igreja Católica, os problemas que fazem os fiéis se distanciarem de seu credo não são tanto dogmáticos quanto pastorais, e nesse sentido, segundo McCarrick, "Francisco é o melhor pastor, tem a intenção de transpor a linguagem do Concílio Vaticano 2º para o dia a dia". 
O cardeal de Washington mostra-se convencido de que o novo papa "desenvolverá uma relação diferente da que a Igreja Católica teve até agora na América Latina, concentrada nas elites e nos governantes. Isso vai mudar, vai ser diferente".
O antigo bispo de Washington destaca as qualidades humanas e espirituais do novo pontífice como os motores propícios para liderar essa mudança e, nesse sentido, destaca seu domínio do espanhol e do português como ferramentas para ressaltar sua intenção reformista. "Talvez não tenha o carisma de João Paulo II, mas Francisco demonstrou que sabe criar atmosferas propícias, sabe se conectar com o povo. O fato de que fala seu idioma faz que os latino-americanos o vejam como um dos seus, que o percebam como alguém próximo."
Apesar desse retorno aos princípios do Concílio Vaticano II que McCarrick prevê que o papa Francisco vai liderar, a abertura da Igreja Católica na América Latina não é completa, pelo menos por enquanto. Outro problema incrustado, o movimento da Teologia da Libertação, não parece que será resolvido em médio prazo. "É claro que a Teologia da Libertação compartilha o substrato do Concílio Vaticano II, mas o que a igreja não pode tolerar que ampare e apoie movimentos guerrilheiros e violentos", afirma McCarrick. "Sem dúvida, o compromisso do novo papa com os mais pobres e sua defesa do meio ambiente foram bem recebidos e ajudarão a estender pontes, mas a perseverança em alguns de seus princípios continuará provocando oposição no Vaticano. É o que Francisco tentará lhes explicar", indica o cardeal americano.

Um comentário:

Anônimo disse...

Quanta Mentira tem nessa postagem... Aprende primeiro a dizer a verdade buscando a realidade dos fatos... quanta blasfêmea... Hipocrisia...
Tem muita coisa distorcida nesse blog.
É um insulto contra os princípios Cristãos Católicos, acho que antes de se pensar em crescer em quantidade deve-se primeiro pensar em crescer espiritualmente na sua fé, sem ter que julgar absurdos sobre a Igreja Católica. Tome cuidado com o que você diz nesse blog. Pensa primeiro no Evangelho de Cristo e a levar a Palavra de Deus. Pois não se ganhará rebanho julgando a Igreja Católica, não é assim que se evangeliza. Mantenha o respeito e vivi a sua fé. Não é necessário quantidade e sim qualidade. E se a Igreja Católica tem hoje o maior número de fiéis no mundo é porque não tem sido atoa a sua evangelização e muitas obras sendo feitas. Tira primeiramente a trave que há em seu olho para poder falar algo a respeito. Cada qual com sua essência de fé. O Sistema Universitário, As Casas de Missão, Os Oratórios, Os Hospitais foram fundações vindas do Catolicismo, pesquisa antes de tudo, antes de falar. Há muita história rica e verdadeira na Igreja Católica. Ela tem documentos escritos a mais de 2.000 anos que comprovam a veracidade da Igreja Católica e suas fundações ao longo do Tempo, tudo está arquivado no Vaticano. Portanto, cuidado com sua língua, pode estar sendo utilizado pelo maligno. Não reconhece a verdade escancarada a todos os povos porque está cego envolvido de mentiras, calúnia e hipocrisia. Afinal, quantos anos mesmo tem a sua religião, quantos anos mesmo é que ela foi fundada?? Creio que não tenha muito tempo de fundação.
Só pra constar a Igreja Católica Apostólica Romana foi fundada a mais de dois mil anos com a Iniciativa e missão dada pelo próprio Jesus Cristo a Pedro. Por isso é Apostólica, pois foi iniciada pelos Apóstolos de Cristo. Não vou ficar gastando meu tempo aqui, se quiser pesquisa mais a fundo, e encontrarás muita verdade e verás o que é a verdade. Viva Nossa Senhora a mãe de Jesus Cristo Maria que junto aos apóstolos antes de sua assunção aos céus cumpriu a Missão de ser mãe dos povos. Viva os Apóstolos de Cristo que com muita fé realizou milagres em seu nome, e deu continuidade, mesmo em meio as perseguições, com muita coragem a sua Igreja Viva e presente até hoje: A Igreja Católica Apostólica Romana. E Viva Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, exemplo de amor, esperança e salvação. Que Vive e Reina hoje e sempre.

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical