sábado, julho 19

A Importância Da Sabedoria Humilde - Lição 03 – CPAD – 3º Trimestre 2014 ATUALIZADO ÀS 23:00hs

A Importância Da Sabedoria Humilde
EM EDIÇÃO
Lição 03 – CPAD – 3º Trimestre 2014
Editor e autor do Estudo: Osvarela
Texto Áureo
Não desampares (abandone) a sabedoria, e ela te guardará (o protegerá); ame-a, e ela te conservará (cuidará de você). Provérbios 4:6
Leitura Bíblica
Texto - Bíblia ACRF – ALMEIDA CORRIGIDA E REVISADA FIEL
1ª Parte - Tiago 1:5
E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
2ª Parte - Tiago 3:13-18
Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.
Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.
Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.
Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.
Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.
Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.
Etimologia
Σοφια - Sophia - n f. sabedoria, inteligência ampla e completa; usado do conhecimento sobre diversos assuntos; sabedoria prática, prudência, discernimento compreensivo, esclarecimento cristão, aplicação correta de conhecimento, discernimento em relação a verdadeira natureza das coisas.
Na Bíblia, a sabedoria normalmente está ligada ao conhecimento (Rm 11:33;1Co 12.8;Cl 2.3).
- a sabedoria que pertence aos homens;
- a ciência e o conhecimento;
- seriedade e prudência adequada na relação com pessoas que não são discípulos de Cristo, habilidade e discrição em transmitir a verdade cristã;
- conhecimento e prática dos requisitos para vida devota e justa
- inteligência suprema, assim como a que pertence a Deus, a Cristo, sabedoria de Deus que se evidencia no planejamento e execução dos seus planos na formação e governo do mundo e nas Escrituras.
O falto/ou que despreza a sabedoria.
אויל’ - eviyl - adj m. ser idiota, louco; substantivo - referindo-se a alguém que despreza a sabedoria.
A Verdadeira Sabedoria
ארך ’- arok – adj. referindo-se à sabedoria de Deus (fig.)
דעת - da ̀ath - n m/f. conhecimento; conhecimento, percepção, habilidade; discernimento, compreensão, sabedoria.
Tornar-se sábio é possível.
Tg 1:5 “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada”.
Mas deve ser segundo Tiago, ser demonstrado pelas Obras. Há um tempo verbal que demonstra que existe esta etapa, que se deve passar, e segundo nosso estudo, passa pela humildade.
חכם - chakam – v. ser sábio; (Qal) ser ou tornar-se sábio, agir sabiamente; (Piel) tornar sábio, ensinar sabedoria, instruir; (Pual) ser feito sábio; (Hifil) tornar sábio; (Hitpael) mostrar-se sábio, mostrar a sabedoria de alguém.
Sabedoria é uma demonstração de ética.
Isto fica claro na Epístola de Tiago. Quando o escritor bíblico assinala as etapas que demonstram as qualificações e desqualificações do que adquire a legítima Sabedoria. Esta Sabedoria dada pelo Eterno,o Pai das Luzes, como Tiago apresenta o Senhor, é totalmente voltada pela ação, atitudes e toda a misericórdia para com o próximo. Tg 3:15-17 “Essa não é a sabedoria que vem do alto...Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.” Esta é a etapa que envolve a vida cristã, ou seja, a atitude e trato interno e externo à Igreja, na demonstração da ética na atividade cristã.
Tiago como príncipe da Igreja primitiva demonstra que as atitudes da Igreja, estavam totalmente inseridas nas ações administrativas, ou “diakonais” do Ministério de Jerusalém e que foram orientadoras, inclusive, do Ministério antioqueno.
חכמה - chokmah - n f.  sabedoria; sapiência; no sentido moral a habilidade para viver uma vida correta; A sabedoria bíblica une Deus, a fonte de todo o entendimento, com a vida diária, a vida prática, onde os princípios de uma vida cristã, de uma vida correta são colocados em prática.
- sabedoria (em administração)
- sabedoria, prudência (em assuntos religiosos)
- habilidade (na guerra)
- sabedoria (ética e religiosa)
Adquirir Sabedoria é uma forma de Mandamento a ser encontrado, ao longo da nossa vida.
מצוה - mitsvah - n f.  mandamento
- preceito (de homem)
- o mandamento (de Deus)
- mandamento (do código de sabedoria)
קנה - qanah - v. obter, adquirir; referindo-se ao ato de adquirir conhecimento, sabedoria.
Gnose e Igreja Primitiva.
Sem desenvolver o tema, que pode ser encontrado em outros estudos, deste autor.
γνωσις - gnosis - n f. conhecimento que significa em geral inteligência, entendimento; esp. de coisas lícitas e ilícitas para os cristãos; sabedoria moral, tal como é vista em uma vida correta. Definição e explicação, do autor do estudo: “Termo que indica conhecimento que no tempo dos Apóstolos, foi combatido por Paulo e que alguns tentaram introduzir na Igreja, como sendo sabedoria comparável a verdadeira Sabedoria do Evangelho”. Osvarela
οικοδομη - oikodome - ato de alguém que promove o crescimento de outro em sabedoria cristã, piedade, felicidade, santidade. Derivado de uma raiz grega que indica ato de construir, edificar (dome).
Exórdio
Se há algo que faz o homem perder a humildade é o muito saber. Apesar de parecer incongruente. Na realidade muitos que se dedicam a aprender muitas coisas de valor intelectual, acabam pensando e raciocinando de maneira prima/única, ou seja, parece que o acúmulo intelectual, a ação epistemológica acaba neutralizando o senso comum e tudo passa a ter explicação, incluindo o próprio acúmulo do saber pessoal.
Apesar de que muitos dos quais, podem parecer não ter nenhuma humildade, e a tem, mas passam a ser vistos pelos que os cercam, como alguém arrogante e cheio de prepotente “sabedoria”.
A busca da Sabedoria, no entanto é uma forma do proceder cristão, quando ela se torna alvo de vida com Deus, ou sob a direção de Deus, como nos ensinou o Rei e Sábio Salomão, a qual Tiago consegue escrever divinamente inspirado, para compreensão nesta época neotestamentária:
Naquela mesma noite Deus apareceu a Salomão, e disse-lhe: Pede o que queres que eu te dê. E Salomão disse a Deus... Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que possa sair e entrar perante este povo; pois quem poderia julgar a este tão grande povo? Então Deus disse a Salomão: Porquanto houve isto no teu coração, e não pediste riquezas, bens, ou honra, nem a morte dos que te odeiam, nem tampouco pediste muitos dias de vida, mas pediste para ti sabedoria e conhecimento, para poderes julgar a meu povo, sobre o qual te constituí rei, Sabedoria e conhecimento te são dados; e te darei riquezas, bens e honra, quais não teve nenhum rei antes de ti, e nem depois de ti haverá. 2 Crônicas 1:7-12
A busca da Sabedoria exige Humildade.
Alguém como Salomão que fora ensinado para ser rei, pelo próprio desejo do seu pai Davi, manifesto como juramento e promessa a sua mãe Bete Seba - 1 Rs 1.17.ss
Poderemos inferir que há passos necessários para adquirir a Sabedoria.
Tiago 3:15-17 “Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.”
Precisamos desejar a sabedoria. Não a sabedoria simplesmente humana, que é cheia de toda a malícia e perverte o pensamento humano, como iniciamos este nosso estudo – vide acima.
Devemos orar pedindo sabedoria.
“Quem é sábio e tem entendimento entre vocês? Que o demonstre por seu bom procedimento, mediante obras praticadas com a humildade que provém da sabedoria.” Tiago 3:13
A Oração da Humildade, a Oração salomônica teve os seus efeitos preservados, ainda que ele tenha em algum momento falhado, como homem, mas Deus que é fiel garantiu a manutenção daquilo que dera a Salomão, e permitiu que ele escrevesse, sobre a mesma. E nos deixasse um legado do aprendizado que recebera como saber tipológico, no qual agora em Cristo possamos obter a perfeição da Vida Eterna. “E disse três mil provérbios, e foram os seus cânticos mil e cinco.” 1 Reis 4:32
Devemos procurar a Sabedoria para evitar a Destruição.
A Igreja está incluída nesta ação, a atual condição de todas as formas de sabedoria/conhecimento, crescem de maneira inominada produzindo uma falsa identidade, até mesmo com a Sabedoria divina. Algo pelo qual passou a Igreja primitiva, com as devidas situações, hoje a tecnologia é alta, mas o conhecimento científico é compatível a cada Era.
A destruição do povo pela falta de Sabedoria e conhecimento de Deus, só pode ser conseguida pela busca.
É obrigação pastoral apontar este caminho ao povo de Deus, pela Palavra. “Por isso, como é o povo, assim será o sacerdote; e ... os seus caminhos, e dar-lhe-ei a recompensa das suas obras.” Oséias 4:9
O que não age desta maneira, buscando a sabedoria e por ela instruir o povo está buscando a rejeição ao seu Ministério.
Deus fala pela boca do profeta Oséias: “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”. Oséias 4:6
Sensatez é diversa de facções, acepção, inveja. É por isto que precisamos dar este passo. “O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria, será salvo.” Provérbios 28:26
Devemos crescer na sabedoria.
Temor
“O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que cumprem os seus mandamentos; o seu louvor permanece para sempre.” Salmos 111:10
Sensatez
“O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina.” Provérbios 1:7
Agradar a Deus
“Porque ao homem que é bom diante dele, dá Deus sabedoria e conhecimento e alegria; mas ao pecador dá trabalho, para que ele ajunte, e amontoe, para dá-lo ao que é bom perante Deus. Também isto é vaidade e aflição de espírito.” Eclesiastes 2:26
O livro de Tiago é antes de tudo um verdadeiro manual de humildade, sensatez, equilíbrio sustentados pela sabedoria divina em ação através de Obras.
“Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.” Tiago 3:13
Para que se realizemos algo é necessário que tenhamos sabedoria.
Foi o que aconteceu com Salomão. As Escrituras Veterotestamentárias mostram, ao final do Livro das Crônicas dos Reis qual foi o sucesso de Salomão ao longo de sua história, ao receber a sabedoria ao humilhar-se perante o Senhor.
“Assim excedeu o rei Salomão a todos os reis da terra, em riquezas e sabedoria. E todos os reis da terra buscavam a presença de Salomão, para ouvirem a sabedoria que Deus tinha posto no seu coração.” 2 Crônicas 9:22-30
Falando de Humildade
Bondade ou humildade são opostos à arrogância e egoísmo e originam-se na confiança na bondade de Deus e no Seu controle sobre a situação. A pessoa bondosa não está centrada no seu ego. Isto é obra do Espírito Santo, não da vontade humana”. Dicionário Strong
A Humildade não é fraqueza, e sim poder perfeitamente sob controle. Como Jesus ensina em sua entrada em Jerusalém sobre a sua chegada como Rei (Mt 21.5)
A humildade é uma questão discutida por Tiago em sua Epístola. Desde os primeiros versos, passando por todo o livro.
Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará”. Tiago 4:10
Tiago se junta ao Apóstolo Pedro: “Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade (vide etimologia compilada do Dicionário Strong, abaixo), porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;” 1 Pedro 5:5-6
Para a conquista da humildade Tiago aponta, mais uma vez para a questão das Obras.
As Obras revelam entre os homens de fé, através do seu modo de agir, aquilo, que Tiago chama de “seu bom trato”. Assim se revela a condição que neste estudo aponta para a importância da Sabedoria em Humildade. Aqui chamada na sinonímia de humildade, de Mansidão.
Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.” Tiago 3:13
Textualmente, humilde e modesto, na mesma etimologia, por si só é uma lição de que a humildade exige modéstia. Algo que muitos perdem ao longo da conquista do conhecimento, que não seja o divino.
Tiago é extremamente iluminado neste assunto sobre a dação divina, de algo aos homens.
Tiago ensina que Deus não lança em rosto o que dá, em especial a Sabedoria, como deu à Salomão. O escritor bíblico neotestamentário, também ensina e nos fala de outra questão sobre a humildade:
A questão de sentir-se humilhado, ao receber algo de alguém.
Tiago 1:5E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada”.
O ser humano não gosta de ser humilhado, não deve ser humilhado, e isto o Criador o sabe, muito bem. Tiago aponta este caminho de humildade e não humilhação, na obtenção da Sabedoria junto ao Senhor. A sabedoria bíblica une Deus, a fonte de todo o entendimento, com a vida diária, a vida prática, onde os princípios de uma vida cristã, de uma vida correta são colocados em prática. O ser humano é exortado a fazer de Deus o ponto inicial em tosa a busca por sabedoria como, já citado neste estudo em texto bíblico de Salmos 111. E para nós da Igreja de Cristo encontramos esta Sabedoria e Poder no Evangelho: “Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus.” 1 Co 1:24
Antecipando a nossa necessidade de guia, direção e conhecimento, Deus nos aconselha a pedir sabedoria, nos garantindo uma recepção totalmente liberal e sem humilhação posterior. BP
Deus como detentor da Sabedoria não tem nenhum tipo de restrição em doar ao ser humano, o melhor da Sabedoria, quando alguém se achega a Ele para pedir-lhe.
Deus apareceu a Salomão, e disse-lhe: Pede o que queres que eu te dê. E Salomão disse a Deus... Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que possa sair e entrar perante este povo; pois quem poderia julgar a este tão grande povo?
A humildade encontrada no pedido de Salomão, infere atitudes:
Conhecedor de quem pode Dar.
Sabedoria em pedir;
Humildade no pedido.
Portanto, o próprio ato de ser humildade na busca desta sabedoria divina, é revelado, agora, por Tiago, ensinando-nos que Deus reconhece a prontidão do servo que lhe busca para receber e obter Sabedoria, por isto mesmo o Senhor jamais lançará em rosto o que foi buscado com humildade.
Esta é a boa dádiva que desce do Pai das Luzes para a Humanidade.
Se o Criador que é soberano em tudo nos concede Sabedoria, se humilhou à forma de homem (Fp.2) assim procede, qual seria a nossa posição em humilhar-nos para receber D’Ele toda a sabedoria concedida?
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz”. Fp 2:8
Podemos dizer, que quem busca com Humildade a Sabedoria será exaltado, por Deus.
Etimologia 2 - continuação
ענוה ̀- anvah; n. f. humildade, mansidão
צנע - tsana ̀; v. ser humilde, ser modesto, ser inferior; mostrar humildade; modesto.
שפל - shaphel; v. ser ou tornar-se humilde, afundar, ser humilhado, ser rebaixado; ser ou tornar-se humilde; demonstrar humildade.
εγκομβοομαι - egkomboomai; v. nó ou fita que ata duas coisas, unindo-as; amarrar ou cingir-se; Leia junto com o texto acima sobre Fp 2.
Larga tira de pano branco ou avental usado pelos escravos, atados à vestimenta por um cinto. Diferenciava os escravos de pessoas livres. Daí, em 1Pe 5.5, “cingi-vos todos de humildade” significa que revestir-se de humildade implica em sujeitar-se uns aos outros. A palavra também se refere ao sobretudo que os escravos usavam para manter-se limpo enquanto trabalhavam, uma veste excessivamente humilde.
Humildade exige modéstia, sempre. Para que alguém possa ser achado em humildade.
πραοτης - praotes; n. f. gentileza, bondade, humildade.
πραυς – praus - palavra primária (Strong); adj. gentileza, bondade de espírito, humildade. Uma humildade que é atenciosa, despretensiosa, tolerante, generosa (generosidade divina), mansa.
ταπεινοφροσυνη – tapeinophrosune; n. f. ter uma opinião humilde de si mesmo; senso profundo de insignificância (moral); mente humilde; modéstia, humildade, submissão de mente.
A composição do termo grego é formada por: Tapeinos – humilde; com phren – mente. Mediante a abstenção de auto-exaltação, os crentes, membros de uma comunidade cristã podem manter a unidade e a harmonia. Esta posição, também, deve ser mantida além do relacionamento congregacional, no relacionamento vertical, com o Senhor.
Humildade para Deus é aquela disposição de espírito com a qual aceitamos sua forma de lidar conosco como a melhor, sem, no entanto, disputar ou resistir. No AT, os humildes são aqueles que confiam inteiramente em Deus, mais do que em suas próprias forças, para defendê-los contra toda injustiça. Assim, a atitude humildade para com os ímpios implica em saber que Deus está permitindo as injúrias que infligem, que Ele os está usando para purificar seus eleitos, e que livrará Seus eleitos a Seu tempo. (Is 41.17; Lc 18.1-8) Bondade ou humildade são opostos à arrogância e egoísmo e originam-se na confiança na bondade de Deus e no Seu controle sobre a situação. A pessoa bondosa não está centrada no seu ego. Isto é obra do Espírito Santo, não da vontade humana. (Gl 5.23);
Fontes:
Valdenira N.M. Silva - Estudo baseado no livro de Elizabeth George "A Sabedoria De Deus Para A Sua Vida".
Dicionário Strong
Apontamentos do autor e editor
Lição CPAD
Bíblia online

Bíblia Plenitude

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical