segunda-feira, julho 7

ANALFABETISMO DE PRIMEIRA - ALEMANHA TEM 7,5 MI DE ANALFABETOS

Por esta Merkel, a Primeiro-ministro da Alemanha não esperava!
Alemanha enfrenta a praga invisível do analfabetismo
Cerca de 7,5 milhões de adultos não sabem ler e escrever no país.
É um número expressivo em qualquer Nação.
Imagine numa Alemanha com uma população de cerca de 81,89 milhões!
É um índice altíssimo.
Como não foi percebido? Uma em cada sete crianças deixa a escola sem aprender a ler e escrever — registra.
Quem termina o primeiro ano escolar sem saber ler ou escrever corre o risco de ficar analfabeto para sempre.
Mas, de quem será a culpa?
Os educadores alemães alegam que o próprio sistema de educação não favorece aos alunos que não conseguem ser alfabetizados, nos primeiros anos de escolas e passam a ser ignorados dentro do Sistema.
Será?
— Na Alemanha, há escola gratuita para todos, mas os professores da escola primária, em classes com 30 ou mais alunos, não têm tempo para se ocupar com alunos problemáticos — explica.
Como o caso de Thomas S., de 21 anos.
No primeiro ano escolar, ele faltou muito à escola por motivo de doença. Como os pais não tinham dinheiro para pagar aula particular de apoio, Thomas terminou analfabeto.
A vida é um estresse constante de fazer de conta que se sabe ler — confessa Thomas.
Mesmo assim ele decidiu aos 20 anos, contornar o problema. Matriculou-se em um curso de alfabetização para adultos em NeuKölln, no Sul de Berlim, e com o método especial, que consiste em ensinar os alunos a ler e a escrever com base na vida cotidiana, aprendeu rapidamente o que não tinha conseguido nos quatro anos de escola primária.
De qualquer forma é um caso de causar espanto! (risos)
A Alemanha? Quem diria?
POR GRAÇA MAGALHÃES-RUETHER, CORRESPONDENTE - 06/07/2014 7:00
 Turma de alfabetização de adultos na porta da escola, na Alemanha, mostra orgulhosa seus cadernos: país ainda registra alto índice de iletrados - Reprodução/Álbum de família
BERLIM - A Alemanha é o país dos grandes filósofos, escritores e... analfabetos.
Uma pesquisa divulgada na semana passada revela que 7,5 milhões de alemães não sabem ler e escrever.
Segundo Urda Thiessen, professora de alfabetização para adultos entre 18 e 64 anos de idade, o sistema alemão favorece os melhores e oferece poucas chances aos mais fracos.
— No sistema de educação regular, não há nenhuma chance de recuperação desse déficit no início do período escolar, provocado muitas vezes por doenças ou crises familiares, como a separação dos pais — diz Thiessen.
Problema passa despercebido
Frequentemente, os analfabetos têm um QI normal ou até mais alto do que a média da população. Quer dizer, eles não deixaram de aprender a ler por falta de inteligência, mas sim por problemas que não foram observados pelo professor.
Na Alemanha, há escola gratuita para todos, mas os professores da escola primária, em classes com 30 ou mais alunos, não têm tempo para se ocupar com alunos problemáticos — explica.
São casos como o de Thomas S., de 21 anos.
No primeiro ano escolar, ele faltou muito à escola por motivo de doença. Como os pais não tinham dinheiro para pagar aula particular de apoio, Thomas terminou analfabeto.
— A vida é um estresse constante de fazer de conta que se sabe ler — confessa Thomas.
Depois de completar 20 anos, ele resolveu contornar seu problema. Matriculou-se em um curso de alfabetização para adultos em NeuKölln, no Sul de Berlim, e com o método especial, que consiste em ensinar os alunos a ler e a escrever com base na vida cotidiana, aprendeu rapidamente o que não tinha conseguido nos quatro anos de escola primária.

Thomas acha tão divertida a sensação de superar uma dificuldade que dedica seu tempo livre a projetos da associação, como a “oficina escrever”, que tem um jornal escrito por ex-analfabetos.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical