quinta-feira, janeiro 15

JOSUÉ CONDUZ ISRAEL NA TRAVESSIA DO JORDÃO.LIÇÃO 03-1ºTRIM/09

JOSUÉ CONDUZ ISRAEL NA TRAVESSIA DO JORDÃO.
Texto Áureo - Js.3.5:
Santific
ai-vos, porque amanhã fará o Senhor maravilhas no meio de vós.
Leitura Bíblica em classe:
Js.3:1-7
ESTA
é sem dúvida a grande marca do início da liderança de Josué.
Ele que Segundo o historiador Josefo, Josué era da idade de 85 anos quando sucedeu Moisés
.
Sobre Josué escreve Henry Halley em seu MANUAL BÍBLICO :
“Era da Tribo de Efraim (Nm 13:8). A forma helenizada (grega) de seu nome era “Jesus”. Josué fora atendente pessoal de Moisés, através dos 40 anos de peregrinação no deserto. Esteve com Moisés no monte (Ex 24:13). ... seu governo sobre Israel, ao todo, durou uns 25 anos. Morreu aos 110: foi sepultado em Timnate-Ser, em Efraim. Foi guerreiro notável; disciplinou suas tropas; enviou espias; mas orava e confiava em Deus”.
Talvez possa ser também a sua marca, em seu ministério.

Sempre tem uma travessia à ser feita num momento em que estamos assumindo alguma liderança.
Travessia pode significar:

Mudança de atitude, muito embora o antigo líder já houvera liderado uma travessia no Mar Vermelho.
Mas, o texto bíblico denota dois pontos que diferenciam a liderança de Josué em função do momento.
Primeiro: ele não tinha um símbolo da presença de Deus consigo como teve Moisés, ou seja, ele não tinha algo que pudesse demonstrar, que com aquilo ele podia: lançar pragas, ferir a rocha, abrir o mar.
Não Josué não tinha absolutamente nada em sua mão. 
Nota do Editor em 23/03/2011.
A pedido de um comentário do querido irmão e leitor Roney, estou colocando um adendo a esta frase acima.

Ele alega, e lhe dou o credito de um bom comentário crítico construtivo, que ao escrevermos deixamos de considerar a Arca de Deus, no meio do povo.
Logicamente isto deve ser considerado no contexto geral.
Mas, a minha colocação - 'nada em sua mão'- era enfatizar, que diferentemente de Moisés, ao qual o Senhor - Eu Sou - lhe indaga e sobre o que ele tinha, em sua mão, o instrumento usual de Josué era a espada e ele não usava até onde sabemos do texto bíblico um instrumento poderoso de sinais.
Antes da Arca Moisés sendo elegido Líder-libertador, usou...A Vara!Ex.4.2.
A vara de Moisés, lhe conferia uma autoridade superior a de Josué, muito embora, o Senhor dissesse posteriormente a Josué:"...assim como fui com Moisés serei contigo" ou as Escritura diz: "...hoje te engrandecerei aos olhos de todo Israel..."
Mas, voltando ao assunto citado pelo Roney, meu caro não estamos desconsiderando, a Arca de Deus, pois estaríamos desconsiderando, algo maior, o próprio Deus, que acompanhava o seu povo e disse ..."eu vos levei como a águia..."
Acho ser mais uma questão de semântica do que de desconsideração com a presença da Arca.
Aliás, eu até acho que valoriza muito a autoridade de Josué, junto ao povo, e aos reis que enfrentaria. Ele sem nada nas mãos teve êxito como seu antecessor, confiado na promessa de Deus, para Ele: 'ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida...", assim ele triunfou na autoridade concedida por Deus, sem nada em suas mãos.
Quanto a questão da Arca sugiro ler 1 Sm. 4.5-11.
Para exemplificar: Quando o povo atravessou o Jordão, Josué, não fez nenhum gesto, este é o sentido, ou usou qualquer coisa que tivesse, à mão, mas os sacerdotes com a Arca nos ombros pararam e firmaram seus pés e o rio se abriu, este é o contexto-conteúdo da frase.Vide o texto original, à seguir, logo abaixo, deste parágrafo.
ÊXODO 14. 16: E tu, levanta a tua vara, e estende a mão sobre o mar e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.
Primeira diferença:
Você pode passar por esta situação, procure ser um líder da maneira que Deus lhe chamou não da maneira mimetizadora do antigo, se Deus é contigo ele vai se responsabilizar.
Segunda: Josué dá ordem aos sacerdotes para entrarem primeiro nas águas.
Terceira:
ele havia vivido a experiência do Mar Vermelho, e como general deveria ter ficado lá atrás, estrategicamente, defendendo e protegendo a retaguarda.
Significa que você pode ser tirado de trás e colocado na frente, aí o povo vai te pressionar para tomar decisão.
Então entrou uma nova etapa na vida de Josué:
Confiar plenamente em Deus.
Dar ordens aos sacerdotes, ou seja, de general a líder espiritual, esta é a terceira diferença de Josué para Moisés.

O momento da travessia:
Depois de quarenta anos de peregrinação pelo deserto, o povo de Israel chega à terra prometida.
Só um pequeno problema, o rio Jordão com 30 metros de largura.
Se estivesse no tempo de seu leito normal!
Só o rio Jordão os separava da terra prometida.
O momento de atravessar é sempre o momento da decisão, é tenso é difícil, assim também ocorreu com o povo hebreu nesta hora.
Tal era a tensão como a necessidade de enfrentamento belicoso, ou seja, de armas que as duas e meia tribos que tomaram posse das terras, antes do Jordão, não foram dispensadas desta travessia.
Js. 3.12
: Tomai, pois, agora doze homens das tribos de Israel, de cada tribo um homem;
Aliás, é importante ressaltar este fato, pois, ele significa que todas as tribos pisaram juntas a Terra de Canaã ao mesmo tempo, cumprindo a promessa e a Palavra de Deus.
Quais eram os impedimentos para o povo hebreu atravessar o Jordão, naquele exato momento:

Js. 3.15.ss: porque o Jordão transbordava todas as suas ribanceiras durante todos os dias da sega, as águas que vinham de cima.

Às vezes, o momento que Deus reserva para tomarmos posse de nossas bênçãos é um momento dos mais difíceis, mas esta é o teste final de nossa fé.
Na primeira vez lembramos, que ocorrera a travessia do Mar Vermelho, exatamente há quarenta anos atrás.
Agora assim estava Israel, outra vez diante de uma espetacular massa aquática, que os
separava da posse da Terra Prometida:
O rio Jordão estava transbordando, a força das águas estavam tão forte que eles ficaram acampados ali três dias esperando que algo acontecesse e nada aconteceu.
Eles tinham duas alternativas.
Ou ficavam ali acampados esperando abaixar as águas.

Ou enfrentariam a fúria do rio Jordão.

Achei uma frase importante, aliás, tema de um estudo, as águas do rio Jordão eram Águas Divisórias, entre a posse da Terra Prometida ou o sonho desfeito ou a demora de mais tempo para tomar a Terra.
Tg.1.6.ss:
aquele que duvida é semelhante à onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa, homem vacilante que é, e inconstante em todos os seus caminhos.
Ou você enfrenta a fúria do rio Jordão e chega do outro lado a onde esta as promessas de Deus.
Ou você fica como outras tantas pessoas, sem vitória, que até hoje estão acampados diante do rio Jordão.
Você quer continuar com esperança ou quer só facilidades para tomar posse de tua benção, saiba como é o Caminho de Deus:
HABACUQUE 3.1.ss:
Oração do profeta Habacuque... Eu ouvi, Senhor, a tua fama, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos; faze que ela seja conhecida no meio dos anos; na ira lembra-te da misericórdia. Deus veio de Temã, e do monte Parã o Santo. A sua glória cobriu os céus, e a terra encheu-se do seu louvor.
E o seu resplendor é como a luz, da sua mão saem raios brilhantes, e ali está o esconderijo da sua força.

Adiante dele vai a peste, e por detrás a praga ardente.
Pára, e mede a terra; olha, e sacode as nações; e os montes perpétuos se espalham, os outeiros eternos se abatem; assim é o seu andar desde a eternidade.
Vejo as tendas de Cusã em aflição; tremem as cortinas da terra de Midiã.
Acaso é contra os rios que o Senhor está irado? inundação das águas passa
; o abismo faz ouvir a sua voz, e levanta bem alto as suas mãos.
Tu...marchas pelo mar, pelo montão de grandes águas.
Foi assim que Josué conheceu como ter autoridade:
Usando a sua fé!

JOSUÉ 3.1.ss: Levantou-se, pois, Josué de madrugada e, partindo de Sitim ele e todos os filhos de Israel, vieram ao Jordão; e pousaram ali, antes de atravessá-lo. E sucedeu, ao fim de três dias, que os oficiais passaram pelo meio do arraial.
Após tanto tempo acampados em Sitim era a hora da vitória.
Daqui para frente veremos a estratégia de Deus na vida de Josué.
É primavera:

Ultimamente tem chovido muito, faz muito calor e a neve das montanhas está começando a derreter. Há muita água sendo despejada no rio Jordão. O rio está transbordando, não apenas um pouquinho. Comumente, há diversos lugares onde é fácil atravessar o rio, mas agora há uma corrente rugidora e não há como alcançar o outro lado do rio.
O povo de Israel estava acampado diante de um rio violento, um rio furioso, de uma margem a outra era distante, não havia ponte, não havia barcos.
Jamais os inimigos esperavam que Israel pudesse passar o Rio Jordão, era final da primavera.
As águas degeladas avolumavam o rio de tal forma, que eles achavam que ninguém conseguiria atravessa-lo, nem com as embarcações da época, quanto mais a pé!

Deus é tremendo em vencer o inimigo e dar estratégia para nós.
Mas havia chegado a hora da conquista:
ECLESIASTES 3.1: Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.
Há coisas na vida do povo de Deus que devem acontecer, segundo o texto bíblico de Eclesiastes.
E nos deixam perplexo e com perguntas ou questionamentos:

Por que isso não aconteceu no tempo da seca, quando ele estava com suas águas baixa?
Ec. 3.5:
tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras;
Havia chegado o tempo de ajuntar pedras.
Deus conduz Josué e Josué conduz o Povo.

O Rio Jordão:
É um importante rio da Terra Santa, formando a fronteira natural entre Israel e a Jordânia.
Hoje em dia é uma das maiores fontes de água de Israel.

Jordão significa aquele que desce ou também lugar onde se desce (bebedour).
hebraico:
, nehar hayarden;
árabe: nahr al-urdun.

Características do rio Jordão:
O rio Jordão é um acidente geográfico que fica situada na Palestina e quem vem do deserto obrigatoriamente terá que atravessá-lo para chegar em Canaã. Este rio liga o Mar da Galiléia ao
Mar Morto. Muitos Profetas, Reis, Faraós, Sacerdotes, povos, exércitos o atravessaram.
Nele Jesus foi batizado,
Naamã foi curado de Lepra,
Josué, Elias e Eliseu o atravessaram sem molhar os pés.
Nascente: encosta do monte Hermon
Foz: Mar Morto

Curso: encontra-se abaixo do nível do mar, chegando a 390 metros abaixo ao desembocar no Mar Morto.
Peculiaridades: No seu trecho final, este rio corre entre margens desérticas. O rio tem profundidade média de 1 a 3 metros e largura de 30 metros.
MAS, NA TRAVESSIA ESTAVA QUASE SESSENTA VEZES MAIS LARGO, ALGO COMO DOIS QUILOMETROS.
Para quem nunca viu isto acontecer:
Eu trabalhei em Tucuruí[na amazõnia-Br] e Teresina[PIAUÍ-Br], junto aos rios Tucuruí e Parnaíba, estes rios quando em seu período normal tem momentos de atravessar com pequenas
embarcações sem medo [sendo que o Parnaíba chega na cheia a centenas de metros de largura e na seca em alguns pontos pode-se passar à pé], mais vai enfrenta-los quando está na cheia, quem estiver do outro lado não passa, principalmente no rio Tucuruí.
Países:
Israel
Jordânia
Analisando a situação:
Como vocês acham que eles se sentiriam ao atravessarem por um caminho em meio às águas rugidoras do Jordão?
(Com medo, emocionados, tremendo, etc.)
Por que Deus os fez atravessar quando o Jordão era mais assustador? (Para ser mais um grande milagre).
Que lição, sobre seguir os líderes que Deus colocou na liderança, vocês aprenderam com a lição de hoje?
Lembrem-se... DEUS NOS DÁ LÍDERES PARA NOS AJUDAR A FAZER GRANDES COISAS PARA ELE.

A importância da Obediência à Palavra de Deus através de seu profeta Moisés:
Quando estudamos a Travessia do Rio Jordão vem sempre à questão em foco sobre Liderança, no caso, de Josué.

Era uma hora importante de sua posição sobre os liderados, hora de mostrar que não fora uma sombra de Moisés, mas que aprendera com Moisés; hora de mostrar que além de aprender, o Espírito do Senhor estava sobre ele, como com Moisés.
Muito embora, ele o soubesse, pela própria boca de Deus era necessário o povo vê-lo agir desta forma.
Leiamos as palavras finais de Moisés em Deuteronômio 28-30, elas constituem uma introdução excelente aos livros históricos [Estes
livros registram a história de Israel, desde a ocupação da Palestina sob a liderança de Josué].
Porém mais do que isto elas, ou, digamos, os livros demonstram exatamente o que Moisés disse naqueles capítulos sobre o que seria feito pelo Senhor no caso, de serem ou não obedientes. E isto foi de novo relatado à Josué.
Enquanto o Pentateuco destaca a Ação de Deus, destacando à respeito da relação entre Israel-Senhor:

Exílio
Escravidão
Sofrimento
Livramento dos recém-nascidos das hebréias
Um líder fora de hora e ameaçado

O levantar de um Libertador
Milagres e pragas, como milagres
A saída, ou seja, o Êxodo

A Lei dada ao povo
Os Dez Mandamentos

Deus trabalhando com Moisés:
ÊXODO 4.1.ss:
Então respondeu Moisés: Mas eis que não me crerão, nem ouvirão a minha voz, pois dirão: O Senhor não te apareceu. Ao que lhe perguntou o Senhor: Que é isso na tua mão. Disse Moisés: uma vara. Ordenou-lhe o Senhor: Lança-a no chão. Ele a lançou no chão, e ela se tornou em cobra; e Moisés fugiu dela. Então disse o Senhor a Moisés: Estende a mão e pega-lhe pela cauda (estendeu ele a mão e lhe pegou, e ela se tornou em vara na sua mão); para que eles creiam que te apareceu o Senhor, o Deus de seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.
Travessia do Mar Vermelho:

ÊXODO 14.1.ss:
Disse o Senhor a Moisés: Fala aos filhos de Israel que se voltem e se acampem diante de Pi-Hairote, entre Migdol e o mar, diante de Baal-Zefom; em frente dele assentareis o acampamento junto ao mar. Então Faraó dirá dos filhos de Israel: Eles estão embaraçados na terra, o deserto os encerrou. Eu endurecerei o coração de Faraó, e ele os perseguirá; glorificar-me-ei em Faraó, e em todo o seu exército; e saberão os egípcios que eu sou o Senhor. E eles fizeram assim. Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do Senhor, que ele hoje vos fará; porque aos egípcios que hoje vistes, nunca mais tornareis a ver; o Senhor pelejará por vós; e vós vos calareis. Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, e estende a mão sobre o mar e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.
Dt. 34.1.ss: Então subiu Moisés das planícies de Moabe ao monte Nebo, ao cume de Pisga, que está defronte de Jericó; e o Senhor mostrou-lhe toda a terra desde Gileade até Dã, todo o Naftali, a terra de Efraim e Manassés, toda a terra de Judá, até o mar ocidental, o Negebe, e a planície do vale de Jericó, a cidade das palmeiras, até Zoar. E disse-lhe o Senhor: Esta é a terra que prometi com juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó, dizendo: À tua descendência a darei.
O livro de Josué destaca:
Um novo líder
Companheiro do antigo líder
O teste de sua liderança
Milagres similares, mas com ações diferentes do homem líder – Josué.
Vide texto.
Deus trabalhando com Josué:
JOSUÉ 1.ss:
Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, falou o Senhor a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo dei... Desde o deserto e este Líbano, até o grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo. Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida.
ÊXODO 7.1-2:
Então disse o Senhor a Moisés: Eis que te tenho posto como Deus a Faraó, e Arão, teu irmão, será o teu profeta. Tu falarás tudo o que eu te mandar; e Arão, teu irmão, falará a Faraó, que deixe ir os filhos de Israel da sua terra.
A Hora da estratégia, e a própria estratégia do líder levantado por Deus demonstra a sua afinidade com o próprio Deus:
JOSUÉ 3.1.ss:
Levantou-se, pois, Josué de madrugada e, partindo de Sitim ele e todos os filhos de Israel, vieram ao Jordão; e pousaram ali, antes de atravessá-lo. E sucedeu, ao fim de três dias, que os oficiais passaram pelo meio do arraial, e ordenaram ao povo, dizendo: Quando virdes a arca da pacto do Senhor vosso Deus sendo levada pelos levitas sacerdotes, partireis vós também do vosso lugar, e a seguireis (haja, contudo, entre vós e ela, uma distância de dois mil côvados, e não vos chegueis a ela), para que saibais o caminho pelo qual haveis de ir, porquanto por este caminho nunca dantes passastes. Disse Josué também ao povo: Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós. E falou Josué aos sacerdotes, dizendo: Levantai a arca do pacto, e passai adiante do povo. Levantaram, pois, a arca do pacto, e foram andando adiante do povo.
Ora, estas palavras dos líderes ao povo parecem estranhas, o povo não estava acostumado a seguir algo de Deus.
No entanto, era algo novo que Deus dera para Josué, seguir a Arca.

Note a similaridade da ação, mas com diferença de situação:
JOSUÉ 3.9.ss: Disse então Josué aos filhos de Israel: Aproximai-vos, e ouvi as palavras do Senhor vosso Deus. E acrescentou: Nisto conhecereis que o Deus vivo está no meio de vós , e que certamente expulsará de diante de vós os cananeus, os heteus, os heveus, os perizeus, os girgaseus, os amorreus e os jebuseus. Eis que a arca do pacto do Senhor de toda a terra passará adiante de vós para o meio do Jordão. Porque assim que [não deixou margem para alguém pensasse que ele tinha dúvida, quanto a ação de Deus] as plantas dos pés dos sacerdotes que levam a arca do Senhor, o Senhor de toda a terra, pousarem nas águas do Jordão, estas serão cortadas [Um Deus que age imediatamente], isto é, as águas que vêm de cima, e, amontoadas, pararão.
Quando, pois, o povo partiu das suas tendas para atravessar o Jordão, levando os sacerdotes a arca do pacto adiante do povo, e quando os que levavam a arca chegaram ao Jordão, e os seus pés se mergulharam na beira das águas (porque o Jordão transbordava todas as suas ribanceiras durante todos os dias da sega), as águas que vinham de cima, parando, levantaram-se num montão, mui longe, à altura de Adã, cidade que está junto a Zaretã; e as que desciam ao mar da Arabá, que é o Mar Salgado, foram de todo cortadas [VEJA MAPA DA LIÇÃO]. Então o povo passou bem em frente de Jericó. Os sacerdotes que levavam a arca do pacto do Senhor pararam firmes em seco no meio do Jordão, e todo o Israel foi passando a pé enxuto, até que todo o povo acabou de passar o Jordão.
As águas rugidoras correndo da mesma maneira, mas eles – os sacerdotes sob a palavra de Josué - seguiram caminhando até sentirem as águas se acalmando e apenas banhando os seus pés. Foi nesse preciso momento, que algo maravilhosamente estranho aconteceu!
As águas começaram sobrenaturalmente a inverter a sua direção e começaram a correr para cima contra a corrente normal!
À distância, a uns poucos quilômetros rio acima, as águas começaram a amontoar-se cada vez mais alto como se estivessem sendo retidas por uma grande barragem invisível!
Enquanto isso, abaixo do local onde os sacerdotes se encontravam, o rio correu em direção ao Mar Morto, esvaziando assim o leito do rio.
Ora tudo isto aconteceu no local onde o Jordão passava por Jericó.
VITÓRIA! E confirmação de uma liderança:
JOSUÉ 3.
7:
Então disse o Senhor a Josué: Hoje começarei a engrandecer-te perante os olhos de todo o Israel, para que saibam que, assim como fui com Moisés, serei contigo.
Poderíamos classificar o Livro de Josué, bem como, sua história pessoal e com Deus:
-Livro da perseverança
-Do aprendizado
-Da confirmação
-Da Marcha final.
-Livro da mudança de lado
-Livro da etapa final
-Ao mesmo livro da etapa do re-início da ocupação ou posse da Promessa.

Confirmando promessas através dos líderes:
Se atentarmos para os patriarcas, Abraão, Isaque e Jacó, veremos que Deus sempre reafirmou as promessas que dera ao primeiro, assim foi com Moisés e Josué, e o referendo era agora a Travessia do Rio Jordão.
Js.24.3.ss:
Eu, porém, tomei a vosso pai Abraão dalém do Rio, e o conduzi por toda a terra de Canaã; também multipliquei a sua descendência, e dei-lhe Isaque. A Isaque; dei Jacó e Esaú; a Esaú dei em possessão o monte Seir; mas Jacó e seus filhos desceram para o Egito. Então enviei Moisés e Arão, e feri o Egito com aquilo que fiz no meio dele; e depois vos tirei de lá. Depois que tirei a vossos pais do Egito viestes ao mar; e os egípcios perseguiram a vossos pais, com carros e com cavaleiros, até o Mar Vermelho. Quando clamaram ao Senhor, ele pôs uma escuridão entre vós e os egípcios, e trouxe o mar sobre eles e os cobriu; e os vossos olhos viram o que eu fiz no Egito. Depois habitastes no deserto muitos dias. Então eu vos trouxe à terra dos amorreus, que habitavam além do Jordão...
As bênçãos prometidas como resultado da obediência se evidenciam na conquista vitoriosa de Josué.
Conclusão:

Poderíamos falar muito mais sobre o assunto, mas a grande lição que fica é:
Josué foi aprovado por Deus e engrandecido aos olhos daqueles que duvidaram de sua liderança.

Que Deus nos faça líderes aprovados:
No lar
Na Igreja e em qualquer atividade que nos for dada em sua obra.
Confie que vai acontecer como disse o profeta Isaías:
"Quando passares pelas águas, estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão!" — Isaías 43:2

Mimetismo – aqui como imitar por repetição.
Pode ser usado em biologia como função de certos animais em realizar mímica para confundir seus predadores – mimetismo defensivo, ou mimetismo agressivo, para confundir a presa, ou mimetismo reprodutivo, muito usado por aves para ocuparem ninho construídos, por aves de outras espécies.
Mímica é diferente de camuflagem.

Fonte:

Web servos
Dicionário da Biblia de Almeida, Ed;
Sociedade Bíblica do Brasil; ISBN 85.311.0289-8
ATRAVESSANDO O JORDÃO -Antônio Manoel ALVES RANGEL
Usina das palavras
Pra. Mara Guimarães. – Portugal
Celinha Ferrarez.
UPM – PAAT – Mackenzie.
Apontamentos do autor.
Wikipédia
Cantinho da leitura.
A família.

2 comentários:

Roney Pascotto disse...

Bom dia, estva lendo o post do irmão e algo me assustou. O irmão disse que o povo e Josué não tinha nada que representasse a presença de Deus para eles, assim como Moisés teve (a vara)? Qual a função da arca da aliança se não for símbolo da presença de Deus? Pq então Deus ordena que eles ficasse atrás e acompanhassem a arca? Sugiro que o irmão reconsidere essa questão dentro do contexto e do real significado da arca da aliança no meio do povo de Israel.

abraço.

Roney - honeypas@hotmail.com

Osiel Varela disse...

Ao ao caro irmão Roney, coloquei uma nota no texto-vide abaixo-, no qual o irmão fez seu comentário, assim como publiquei o seu comentário integral.
Afinal, não nos podemos considerar inerrantes, só Deus o é.
quando dizemos:
"Primeiro: ele não tinha um símbolo da presença de Deus consigo como teve Moisés, ou seja, ele não tinha algo que pudesse demonstrar, que com aquilo ele podia: lançar pragas, ferir a rocha, abrir o mar."
O símbolo é de uso pessoal, como o cetro de um rei, como o cajado, ou bordão, de Elizeu...2 Rs.4.29.
Este era o pensamento ao escrever.
Osvarela

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical