segunda-feira, março 2

O DESAMOR DO HOMEM E A DOR DA CRIAÇÃO!

Eu pensei em colocar este fato na coluna de Notícias, desta página, mas a dor de pai e cristão falou mais alto, para denunciar, o ocorrido, para todos que não tiveram acesso ao mesmo, ou seja, a matéria sob o título e para nosso despertamento e pensar, como Igreja atuante, em todas as áreas, desta sociedade corrompida, o título da matéria é:
Abandonada pela mãe, menina é criada por cachorros!
Is. 49. 15:
pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti.
Parte o coração de qualquer um esta notícia!
A que ponto chega aquele que, sem Deus, se entrega à bebida forte e a concupiscencia, ao deixar de cuidar de seu próprio filho.
Mais uma vez a Bíblia tem razão e o homem desafia o limite do imaginável em desamor!
Nem as alimárias do campo são cruéis com suas crias, mas uma mulher sem Deus abandona sua filha fazendo, com que a criança de apenas 3 aninhos de idade conviva com cães, a tal ponto de convivência, aqui peço que, você leitor, preste a atenção ao fato:
A convivência era de tal intensidade e tempo, que, [presumindo-se desde pequenina], a criança passou a se comportar como os animais que a cercavam a acolhe-la do frio, ao dividir sua ração que, a criança passou a se comportar como a matilha que, lhe deu abrigo e aconchego, muito maior do que, a "sua mãe", rosnando para aqueles que dela se aproximam.
Tal qual, a lenda de Roma, sobre os irmãos Remo e Romulo, alimentados por uma loba; em pleno XXI, tempo de alta tecnologia, se ouve sem palavras:"quando o Filho do Homem voltar achará fé na Terra".
Fé aqui, no sentido de ter uma faísca de Deus no seu interior, o Apóstolo Paulo já identificava este desamor, a falta desta faísca em sua epístola aos Romanos no capítulo de número 1, à partir, do versículo 19 e ss."o seu coração insensato se obscureceu."
a pequena Madina.
Sl. 36.6: Tu, Senhor, preservas os homens e os animais.
Sl. 49.12: Mas o homem...não permanece; antes é como os animais que perecem.
Abandonada pela mãe, menina é criada por cachorros.
Uma menina de 3 anos foi encontrada por funcionários de serviço de assistência social da cidade de Ufa (Rússia) sendo criada por cães.
Madina, que estava sem roupas, foi abandonada em casa pela mãe alcoólatra, de 23 anos.
Madina só conhece duas palavras: 'sim' e 'não'.
Ela apenas engatinha, imitando os cachorros, e, quando pessoas se aproximam dela, a menina rosna como um cão.
Segundo a investigação, Anna, a mãe negligente, comia à mesa enquanto Madina disputava comida no chão com os cachorros.
A mulher constantemente desaparecia para beber na rua.
Pv. 20. 11: Até a criança se dá a conhecer pelas suas ações, se a sua conduta é pura e reta.
"A menina é angelical, mas foi privada de amor e carinho, exceto dos cachorros", contou uma assistente social que está cuidando do caso.
"Os cachorros se tornaram os melhores amigos dela e a esquentavam nos dias mais frios", acrescentou.
Pv. 12. 10: O justo olha pela vida dos seus animais; porém as entranhas dos ímpios são cruéis.
Ao ser presa, Anna disse que cuidava bem da filha.
O pai desapareceu logo após o nascimento.
Job. 35. 10,11: Mas ninguém diz: Onde está Deus meu Criador, que inspira canções durante a noite; que nos ensina mais do que aos animais da terra, e nos faz mais sábios do que as aves do céu?
fonte:Fernando Moreira - 2/3/2009
Infelizmente pode parecer distante para nós, mas basta abrirmos as páginas de nossos jornais e verificarmos que nossas crianças estão sendo atingidas, a cada dia, por esta maldade de cunho maligno e de desvio do ser criado, da presença do Criador e de seu Amor!
Jr. 9. 21: Pois a morte subiu pelas nossas janelas, e entrou em nossos palácios, para exterminar das ruas as crianças, e das praças os mancebos.
Lm.2. 11,20: Já se consumiram os meus olhos com lágrimas, turbada está a minha alma, o meu coração se derrama de tristeza...porquanto desfalecem os meninos e as crianças de peito pelas ruas da cidade. Vê, ó Senhor, e considera ...Acaso comerão as mulheres o fruto de si mesmas, as crianças que trazem nos braços?
A desestruturação da família e a libertinagem, está criando uma nova perspectiva cruel para as crianças geradas em meio a "liberdade" e oferta de conjunção carnal sem responsabilidades, e cada dia surgirão, mais fatos como estes, infelizmente.
Lamentável.
Cabe à nós como Igreja proclamar a verdade e agir para que novas Madinas e infelizes Annas não venham a se multiplicar....
E que Madina e Anna sejam atingidas pela faísca do amor de Deus.
Ainda há tempo!
O CONTRAPONTO DA CRIAÇÃO.
Enquanto existe entre os humanos, o desumano, entre os animais existe “lamento” pelo da mesma raça que morreu…
Elefante 'lamenta' morte de amigo que caiu em fosso na Holanda
Paquiderme Annabel, de 45 anos, não conseguiu voltar após a queda.
Acidente ocorreu no zoológico holandês de Emmen.
Elefante do zoológico holandês de Emmen observa nesta segunda-feira (2) o fosso em que, no dia anterior, sua colega Annabel caiu e morreu. (Foto: AFP)
Segundo os responsáveis pelo zoo, os elefantes geralmente caem no fosso, mas conseguem subir de volta.
Mas a elefanta Annabel, de 45 anos, não conseguiu a escalada e acabou morrendo. (Foto: AFP)


Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical