sábado, julho 11

CURIOSIDADES:

CAPAROT - Yom Kipur
RITUAL JUDAICO NAS RUAS DO BROOKLYN.
Expiação dos pecados com frangos.Ritual judaico.
Salmos 51.17. O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.

Eu transcrevo algumas informações da cultura hebraica para você entender o sentido desta data e dos festejos que a antecedem
, sem nenhum sentido ou juízo de valor do ritual, pois há uma vantagem dada aos judeus:"à eles foram dados os oráculos divinos", diz o Apóstolo Paulo, hebreu de hebreus.
Creio que é algo aparentemente inusitado,
para nós, como o foi para o jornalista, que somos cristãos, e aceitamos a Jesus Cristo, mas algo solene para os judeus.
É com respeito que escrevo esta notícia, pela curiosidade e conhecimento pelas práticas e rituais judaicos, que são preservados, em nossos dias, embora não possa deixar de citar, o que a Palavra de Deus, nos informa sobre
sacrifício e Salvação, mas esta, é uma peculiaridade à ser respeitada por todos , pois é motivo de crença pelos que a praticam.
Como em Hb.9.10-14. no tocante a comidas, e bebidas, e várias abluções, umas ordenanças da carne, impostas até um tempo de reforma. Mas Cristo...vindo como sumo sacerdote dos bens já realizados, por meio do maior e mais perfeito tabernáculo (não feito por mãos, isto é, não desta criação), e não pelo sangue de bodes e novilhos, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez por todas no santo lugar, havendo obtido uma eterna redenção. Porque, se a aspersão do sangue de bodes e de touros, e das cinzas duma novilha santifica os contaminados, quanto à purificação da carne, quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará das obras mortas a vossa consciência, para servirdes ao Deus vivo?
É um ritual interessante de assistir, pelo vídeo, abaixo.
Trata-se de um ritual que dura todo o dia, com o uso de frangos, ou galinhas, que são movidos sobre a cabeça do ofertante e depos são entregues as rabinos e são mortos para um grande jantar a base da carne destas aves.

Para serem comidas são mortos com todo o ritual da comida kasher, sacrificados da forma indicada pela tanach.
A idéia é dar a carne para os pobres após as oferendas, pode ser substituído com ofertas em dinheiro.
Lembro que estou citando alguns textos bíblicos, para lembrar, que o sacrifício pela remissão e ação expiatória do homem, perante Deus, já foi plenamente realizado por Jesus Cristo na cruz do Calvário, como cremos.

Hb.10.-10. Porque a lei, tendo a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me preparaste; não te deleitaste em holocaustos e oblações pelo pecado. Então eu disse: Eis-me aqui (, não pode nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem de ano em ano, aperfeiçoar os que se chegam a Deus. D’outra maneira, não teriam deixado de ser oferecidos? Pois, tendo sido uma vez purificados os que prestavam o culto, nunca mais teriam consciência de pecado. Mas nesses sacrifícios cada ano se faz recordação dos pecados, porque é impossível que o sangue de touros e de bodes tire pecados. Pelo que, entrando no mundo, diz:no rol do livro está escrito de mim) para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tendo dito acima: Sacrifício e ofertas e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem neles te deleitaste (os quais se oferecem segundo a lei); agora disse: Eis-me aqui para fazer a tua vontade. Ele tira o primeiro, para estabelecer o segundo. É nessa vontade dele que temos sido santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre.
Esta passagem do Velho Testamento ou Torah está em consonância com um dos mais belos livros desta parte da Bíblia Sagrada, o Livro de Salmos, que diz:Sl.40.6. Sacrifício e oferta não desejas; abriste-me os ouvidos; holocausto e oferta de [expiação] pelo pecado não reclamaste.
A Bíblia diz “veio para os que eram seus, mas os seus não o receberam”.

Talvez você possa entender um pouco o que Jesus quis dizer:”Quantas vezes eu quis abrigar vocês como a galinha abriga seus pintainhos”.Será?
Só uma forma de ser menos crítico e mais bem-humorado!
A véspera de Yom Kipur inicia com o antigo costume de Caparot, que é realizado antes do raiar do dia. Um homem ou menino pega um galo, uma mulher ou menina, uma galinha, segura na mão, recitando a prece Benê Adam, girando a ave nove vezes sobre a cabeça.
A prece continua: "Seja esta a minha expiação..." Isto é feito com o intuito de evocar um arrependimento sincero, para que não tenhamos destino semelhante ao da ave, graças à misericórdia de D'us que nos perdoa após o arrependimento verdadeiro. O valor correspondente ao da ave é doado aos pobres.
Este costume pode também ser feito com dinheiro.
O repórter do NY Times Corey Kilfannon mostra um evento inusitado nas ruas do Brooklyn, em Nova York. Pessoas de todas as idades estiveram presentes.
O ritual, é na verdade chamado de `Caparot´, um costume praticado pelos judeus ortodoxos antes do `Yom Kippur´, no qual os pecados são simbolicamente transferidos para o corpo de um frango.
Normalmente, passa-se a galinha três vezes sobre a cabeça de quem será `purificado´, recita-se uma bênção e o bicho é abatido imediatamente depois.
A prática pode ser substituída pela caridade, podendo-se ainda doar o valor de uma galinha em dinheiro para ajudar os pobres.
Aliás, a prática do Caparot é condenada com rigor por organizações de direitos dos animais.
YOM KIPUR É O DIA DA EXPIAÇÃO.

Após o pecado do bezerro de ouro, Moshê (Moisés) rezou e, no dia dez do mês hebraico de Tishrei, Deus concedeu pleno perdão ao povo judeu.
Yom Kipur é o Dia da Expiação, sobre o qual declara a Torá: "No décimo dia do sétimo mês afligirás tua alma e não trabalharás, pois neste dia, a expiação será feita para te purificar; perante Deus serás purificado de todos teus pecados."
Primeiro de Tishrei: aniversário do mundo.
O mês de Tishrei é o sétimo no calendário judaico. Isso pode parecer estranho, pois Rosh Hashaná, o Novo Ano, é no primeiro e segundo dia de Tishrei.
A razão é que a Torá fez o mês de Nissan o primeiro do ano, para enfatizar a importância histórica da libertação do Egito, que aconteceu no décimo quinto dia daquele mês, e que assinalou o nascimento de nossa nação.
Entretanto, de acordo com a tradição, o mundo foi criado em Tishrei, ou mais exatamente, Adam (Adão) e Chava (Eva) foram criados no primeiro dia de Tishrei, que foi o sexto dia da Criação, e é a partir deste mês que o ciclo anual se inicia.
Por isso, Rosh Hashaná é celebrado nesta época.
Esclarecendo a natureza de Yom Kipur, o Rambam [Moses Maimonides - significando Moisés filho de Maimon.]escreve: "É o dia de arrependimento para todos, para o indivíduo e para a comunidade; é o tempo do perdão para Israel. Por isso todos são obrigados a se arrepender e a confessar os erros em Yom Kipur."
Ex.32.3-5. Então todo o povo, tirando os pendentes de ouro que estavam nas suas orelhas, os trouxe a Arão; ele os recebeu de suas mãos, e com um buril deu forma ao ouro, e dele fez um bezerro de fundição. Então eles exclamaram: Eis aqui, ó Israel, o teu deus, que te tirou da terra do Egito. E Arão, vendo isto, edificou um altar diante do bezerro e, fazendo uma proclamação, disse: Amanhã haverá festa ao Senhor.
Ex.32.30-35. No dia seguinte disse Moisés ao povo Vós tendes cometido grande pecado; agora, porém subirei ao Senhor; porventura farei expiação por vosso pecado. Assim tornou Moisés ao Senhor, e disse: Oh! este povo cometeu um grande pecado, fazendo para si um deus de ouro. Agora, pois, perdoa o seu pecado; ou se não, risca-me do teu livro, que tens escrito. Então disse o Senhor a Moisés: Aquele que tiver pecado contra mim, a este riscarei do meu livro. Vai, pois agora, conduze este povo para o lugar de que te hei dito; eis que o meu anjo irá adiante de ti; porém no dia da minha visitação, sobre eles visitarei o seu pecado. Feriu, pois, o Senhor ao povo, por ter feito o bezerro que Arão formara.
De toda esta história nasceu uma reportagem sobre este ritual, que é realizado em plenas ruas do Brooklin, na charmosa, frenética, cosmoplita e mais judaica cidade do Mundo: Nova York[New York City] escrita e documentada, pelo repórter do NY Times Corey Kilfannon.
VÍDEO:



Preces e jejum
Minchá, a oração da tarde, é realizada mais cedo e recitada com espírito de humildade e arrependimento e, na Amidá (reza silenciosa) dizemos o Al Chet (uma confissão dos pecados que possamos ter cometido, consciente ou inconscientemente, no decorrer do ano).
Na véspera de Yom Kipur, é uma mitsvá, preceito, fazer duas refeições, uma no almoço e outra à tarde.
Bênção dos Filhos
É realizado o tradicional costume do pai abençoar seus filhos, antes de irem à sinagoga. O pai põe as mãos sobre a cabeça de cada criança, uma por vez, e lhe dá uma bênção.
mel utilizado nas refeições.
Para meninos:
Yesimechá Elo-hik Ke- efraim ve chi-Menashe:
Para meninas:
Yesimechá Elo-him Ke-Sara, Rivka, Rachel vel- Lea:Vaydaber Adonai el Moshê lemor: Daber el Aharon veel banav lemor: “Cotevarechu et Benê Yisrael, amor lahêm: ‘Yevarechechá Adonai, veyishmerêcha. Yaer Adonai panav elêcha,vichunêca. Yissá Adonai panav elêcha, veyassêm lechá shalom.’ Vessamu et shemi al Benê Yisrael, va’Ani avarechêm.”
Tradução:
Deus falou a Moshê, dizendo: Fala a Aharon e a seus filhos, dizendo:“Assim abençoareis os Filhos de Israel’, dizendo-lhes: ‘Adonai te abençoe e te guarde. Faça Adonai resplandecer Sua face sobre ti e te agracie. Dirija Adonai Sua face sobre Ti e te dê paz.’ Eles colocarão Meu nome sobre os Filhos de Israel; e Eu os abençoarei.” Números 6.23-27
Texto em hebraico, para Caparot -
(Transliterado e traduzido)
Véspera de Yom Kipur
BENÊ ADÁM YOSHEVÊ CHÔSHECH VETSALMÁVET, ASSIRÊ ÔNI UVARZÊL.
YOTSIÊM MECHÔSHECH VETSALMÁVET, UMOSROTEHÊM YENATÊC. EVILÍM MIDÊRECH PISH’AM, UMEAVONOTEHÊM YIT’ÁNU. COL ÔCHEL TETAÊV NAFSHÁM, VAYAGUÍU AD SHAARÊ MÁVET. VAYIZ’AKÚ EL A-DO-NAI BATSÁR LAHÊM, MIMETSUCOTEHÊM YOSHIÊM, YISHLÁCH DEVARÔ VEYIRPAÊM, VIMALÊT MISHECHITOTÁM. YODÚ LA-DO-NAI CHASDÔ, VENIFLEOTÁV LIVNÊ ADÁM. IM YÊSH ALÁV MAL’ÁCH MELÍTS ECHÁD MINÍ ÁLEF, LEHAGUÍD LEADÁM YOSHRÔ. VAYCHUNÊNU, VAYÔMER; PEDAÊHU MERÊDET SHÁCHAT, MATSÁTI CHÔFER.
Filhos do homem, que moram na escuridão e à sombra da morte, presos pela miséria e por cadeias de ferro – Ele os tirará da escuridão e da sombra da morte e quebrará seus grilhões. Pecadores insensatos, afligidos por causa de seus caminhos pecaminosos e suas iniqüidades; sua alma abomina todo alimento e eles chegam aos portões da morte – clamam ao Eterno em sua angústia; Ele os salva de suas aflições.
Envia Sua palavra e os cura; Ele os salva de seus túmulos. Salmos 107
Agradeçam ao Eterno por Sua bondade, e [proclamem] Suas maravilhas para com os filhos do homem.
Se há para um homem [pelo menos] um anjo intercessor dentre mil [acusadores], para falar de sua retidão em seu favor, então Ele lhe será gracioso e dirá: Salva-o de descer para o túmulo; Eu achei expiação [para ele].
Gire a ave ao pronunciar as palavras "CHALIFATÍ" (minha permuta), "TEMURATÍ" (meu substituto), "CAPARATÍ" (minha expiação):
Homem:
ZÊ CHALIFATÍ, ZÊ TEMURATÍ, ZÊ CAPARATÍ. ZÊ HATARNEGÔL YELÊCH LEMITÁ (quando feito com dinheiro substitua as palavras sublinhadas por: ZÊ HAKESSÊF YELÊCH LITSDACÁ), VAANÍ ELÊCH LECHAYÍM TOVÍM ARUCHÍM ULSHALÔM.
Esta é minha permuta, este é meu substituto, esta é minha expiação. Este galo irá para a morte (quando feito com dinheiro substitua as palavras anteriores por: "este dinheiro será doado à caridade") e eu irei para uma boa e longa vida e para a paz.
Mulher:
ZÔT CHALIFATÍ, ZÔT TEMURATÍ, ZÔT CAPARATÍ. ZÔT HATARNEGÔLET TELÊCH LEMITÁ (quando feito com dinheiro substitua as palavras sublinhadas por: ZÊ HAKESSÊF YELÊCH LITSDACÁ), VAANÍ ELÊCH LECHAYÍM TOVÍM ARUCHÍM ULSHALÔM.
Mulher grávida:
Faz caparot com um galo e duas galinhas e recita o texto no plural: ÊLU CHALIFATÊNU, ÊLU TEMURA-TÊNU, ÊLU CAPARATÊNU. ÊLU HATARNEGÔLÍM YELECHÚ LEMITÁ (quando feito com dinheiro substitua as palavras sublinhadas por: ZÊ HAKESSÊF YELÊCH LITSDACÁ), VAANÁCHNU NELÊCH LECHAYÍM TOVÍM ARUCHÍM ULSHALÔM.
Esta é minha permuta, este é meu substituto, esta é minha expiação. Esta galinha irá para a morte (quando feito com dinheiro substitua as palavras anteriores por: "este dinheiro será doado à caridade") e eu irei para uma boa e longa vida e para a paz.
Estas são minhas permutas, estes são meus substitutos, estas são minhas expiações. Estas aves irão para a morte (quando feito com dinheiro substitua as palavras anteriores por: "este dinheiro será doado à caridade") e nós iremos para uma boa e longa vida e para a paz.
Estes textos devem ser repetidos três vezes, girando a ave (ou o dinheiro) um total de nove vezes sobre a cabeça.
Do Ig e outras fontes.
Chabad org
Wikipédia

Um comentário:

Gutemberg Maciel disse...

Caro Pastor Osiel,

Graça e Paz!

Parabéns pelo seu blog muito bom. Gostaria de lhe conhecer pessoalmente, sou de São Bernardo do Campo

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical