domingo, julho 12

Harry Potter
Uma encenação ou realidade?
as figuras são delicadas e atraentes...
A saga Harry Potter em filmes tem sido um atrativo fatal para adolescentes, crianças e também, para os pais, que pensam que estão diante de uma simples fita de ficção ou fábula.
Nesta reportagem publicada no DGABC, na seção Na cola de Harry Potter, jornal da região do Grande ABC em São Paulo – Brasil, você constatará que o filme não só influencia, como está levando, muitas crianças, à pratica da bruxaria, tendo em vista, que incentiva com aplicação real, de itens usados na bruxaria, e que as cenas se baseiam, em uso e costumes desta linha da magia; além de uso de objetos usados nas práticas da bruxaria verdadeira.O encanto , a boa filmagem, as cenas estupendas, os efeitos especiais, servem como um atrativo, que leva os "fãs" a verdadeira adoração do "bruxinho" e seus amiguinhos, já não tanto pequeninos...
A Coluna em tela é publicada, no caderno Diarinho, que é muito utilizado nas escolas infantis, como fonte de consulta, pois seu conteúdo é muito didático na área do ensino infantil.
Esta reportagem, muito bem feita é esclarecedora [sem avaliar valor intrínseco; acaba sendo reveladora, do que há por trás de Harry Potter] , deixa claro, que Harry Potter, a muito tempo, deixou de ser uma figura da ficção e passou a integrar o imaginário e a vida das crianças.
Leia o depoimento de uma menina que aos 12 anos se envolveu com bruxaria e passou a praticá-la com aulas de ocultismo, em estabelecimento, muito conhecido na região, a casa da bruxa.
Da mesma forma um menino de 12 anos quer se aprofundar nas práticas ocultistas.
Aliás, algumas pessoas que desenvolvem e fazem propaganda da bruxaria são pessoas sem nenhum tipo de aspecto repugnante, embora, isto seja uma ilusão criada pelo próprio cinema [ser feia e nariguda, com um sorriso estridente], as bruxas ou bruxos atuais são pessoas de aparência singela.
Atenção Pais!
Leiam o artigo também para seus filhos.

O Apóstolo Paulo nos adverte:
Gl. 5. 19-21.
Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus.
Bruxos de verdade
Juliana Ravelli-Do Diário do Grande ABC
Vontade de voar numa vassoura para jogar quadribol e preparar poções mágicas não faltam ao assistir aos longas da série Harry Potter. Mas, afinal, aquilo tudo é pura ficção ou tem algo de verdade?
Newton Godoy, mago da Casa de Bruxa, em Santo André, explica que os filmes são superproduções, porém, muito do que apresentam é baseado em costumes e objetos que existem na bruxaria de verdade.
A varinha, por exemplo, é importante instrumento para quem segue a tradição pagã - criada há milhares de anos, muito antes de Cristo. "É a continuação do nosso braço, pois a magia está dentro da gente", afirma.
O caldeirão, utilizado pelos alunos de Hogwarts, também é instrumento dos bruxos de verdade, nos rituais e preparo de poções. Na vida real, a vassoura não ajuda a voar, mas é importante objeto. Simboliza a limpeza das energias negativas do universo.
Vida real - Em geral, quem segue a bruxaria tem grande afinidade com a natureza e se beneficia dela. Estuda como fazer remédios naturais com ervas, usa cristais para resolver problemas e consulta as cartas de tarô, os astros, entre outros, para ajudar outras pessoas e a si mesmo.
Os bruxos são politeístas, ou seja, acreditam em vários deuses.
Também fazem rituais para cultuar a Lua e o Sol, comemoram os solstícios e equinócios (que determinam as mudanças das estações do ano) e o Samhain (o Halloween).
Vale lembrar que magia é bem diferente de mágica. A primeira é a manipulação de energias naturais, feita pelas bruxas e magos (como também são chamados os homens). A segunda está ligada à arte do ilusionismo, realizada por mágicos, que fazem truques.
Bruxinha - Letícia Lopes Lourenço, 12 anos, já fez curso de bruxaria natural e agora frequenta com a mãe as aulas de ocultismo na Casa de Bruxa. "Gosto de saber como podemos entender os astros para utilizar sua força no dia a dia", diz. Curte tanto que, em outubro, participará de um ritual que a iniciará como aprendiz. Diz que, quando crescer, quer ser bruxa de verdade.
A maioria das amigas não compreende essa vontade. Segundo Letícia, isso acontece porque as pessoas ainda têm muito preconceito em relação a quem segue a bruxaria. Mas no passado foi pior.
Fã de Harry curte magia
Nem todos que são fascinados pelo mundo da magia seguem seus princípios. Há muitos que apenas admiram suas histórias, mas preferem as mágicas, como Gabriel Pirroncelli Batista dos Santos, 12 anos, de Mauá, que quer se aprofundar nas técnicas do ilusionismo e até prepara uma apresentação para agosto.
Superfã do bruxinho mais famoso do universo, Gabriel assistiu à pré-estreia de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, a convite do D+. "É o mais triste de todos até agora, bem fiel ao livro. As lutas são muito bem-feitas. A cada filme melhoram os efeitos especiais", garante. O garoto é dono de uma gigantesca coleção de objetos relacionados à saga do bruxo inglês.
Começou a juntá-los quando o primeiro longa foi lançado, em 2001. Tinha 4 anos e era a mãe que lia as histórias.
O único problema, segundo Gabriel, não está ligado aos efeitos da superprodução. Com a exibição de o Enigma do Príncipe, a série fica mais próxima do fim. "O que me irrita é que o sétimo será lançado em duas pertes. Vou ficar triste quando acabar de vez." Leia mais...

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical