quinta-feira, setembro 3

IRÃ TERÁ A PRIMEIRA MULHER MINISTRA - SERÁ MINISTRA DA SAÚDE.

Irã terá sua 1ª ministra desde a Revolução Islâmica!
Ahmadinejad consegue vitória após aprovar quase todo seu gabinete;procurado pela Argentina é endossado.
quinta-feira, 3 de setembro de 2009.
Efe - Marzieh ocupará a pasta de Saúde
TEERÃ - O Parlamento do Irã apoiou enfaticamente o gabinete proposto pelo presidente Mahmoud Ahmadinejad para seu segundo mandato, aprovando 18 dos 21 indicados, incluindo a primeira ministra da história da república islâmica e o indicado procurado por um atentado na Argentina. Os candidatos que não conseguiram a maioria dos votos foram as duas outras mulheres indicadas e o que seria ministro da energia.

A primeira mulher a integrar um gabinete na República Islâmica será a ginecologista Marzieh Vahid Dastjerdi, no Ministério da Saúde. Marzieh, que na quarta-feira apresentou um amplo programa elogiado inclusive por alguns dos parlamentares que se mostravam reticentes, conseguiu 175 votos a favor dos 286 membros da Câmara, com 82 contra e 29 abstenções.
No passado, a nova ministra da Saúde, de 56 anos, se declarou partidária que as mulheres só sejam atendidas por médicos de seu mesmo sexo.
Este é um dos pontos pétreos que, a qualificou, pois o Islã no Irã, não permite que as mulheres sejam atendidas por médicos.
Esta posição tem levado a óbito muitas mulheres no Irã, por falta de atendimento médico.
Porémmmm...
Outras duas mulheres indiccadas para fazer parte do Ministério foram reprovadas pelo Parlamento islamita, sob a orientação dos Clérigos, que na realidade determinam o que deve ser melhor para o País iranianao, vetaram as duas outras mulheres, sob a tese de que:
Alguns grandes clérigos iranianos tinham expressado suas dúvidas sobre a capacidade de gestão de mulheres e tinham pedido ao presidente, Mahmoud Ahmadinejad, repensar a decisão”.Repensar deve ser lido como não aceitamos, já tem uma mulher no Governo, você está criando uma abertura muito grande para o nosso gosto.
Como o texto abaixo explica melhor.
A Assembleia, no entanto, rejeitou as outras duas mulheres que aspiravam à outros ministérios, Fatemeh Arjelu, no do Bem-estar Social, e Suzanne Kashravad, no de Educação.
Fatemeh, jovem deputada com experiência nas milícias de voluntários islâmicos Basij, só conseguiu 76 votos a favor frente a 181 contra e 29 abstenções. Suzanne, por sua parte, também foi rejeitada por grande maioria da Câmara, já que alcançou 49 a favor, 209 contra e 28 abstenções.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical