sexta-feira, dezembro 25

Consumismo e Natal! Jesus Cristo ou Papai Noel?

Jesus o Verdadeiro Presente de Natal!
Ele nos deu o maior presente:Sua Vida!

Mt.2.10,11. Ao verem eles a estrela, regozijaram-se com grande alegria.E entrando na casa, viram o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro incenso e mirra.

Nós os cristãos, que cremos em Jesus, nascido em Belém, como nosso Salvador, temos todo o direito de comemorar o Natal, o verdadeiro Natal, O Nascimento anunciado pelos Anjos, anteriormente à sua mãe Maria, pelo Anjo Gabriel e depois aos pastores no Campo nas proximidades de Belém,.

Mas, a comunidade comercial, aproveitou-se da visita dos Reis Magos, trazendo presentes ao Menino nascido na Manjedoura e ao longo do tempo foi traduzindo, à sua maneira, esta oferta de Adoração ao Salvador menino, em um vasto e rico lado comercial deste período.

Temos que ser racionais, e entender que dar presentes, não se manifesta em ação de pecado, mas devemos compreender, que certas figuras incorporadas a menos de um século a este período, não pode substituiur a figura principal: Jesus Cristo, filho de José e Maria, o Deus Encarnado, totalmente homem e totalmente Deus.

Por isto um grupo de tchecos decidiu por fogo na figura do Papai Noel ou Saint Claus.

Este grupo de tchecos decidiu manifestar-se contra esta negativa visão do Natal.

Tchecos queimam boneco do Papai Noel em protesto contra o consumismo.

Checos debatem costumes tradicionais durante no Natal.

25 de dezembro de 2009

da Reuters

Em Praga, na República Tcheca, manifestantes atearam fogo em um boneco do Papai Noel para protestar contra o consumismo e para preservar as tradições natalinas do país. Lá, é comum escrever cartas e deixá-las atrás das janelas, para serem recolhidas pelos anjos e levadas ao menino Jesus, responsável pela entrega dos presentes, como reza a tradição.

O Menino Jesus contra o Papai Noel, ou a tradição frente aos costumes importados: esse é o debate aberto na República Checa pelos defensores dos símbolos tradicionais, que lembram como sobreviveram em seu tempo aos costumes exportadas pela União Soviética (URSS).

O debate responde "à crescente comercialização dos Natais tchecos e à imposição de símbolos natalinos americanos, como o Papai Noel, que dominam as lojas e atacam com uma forte propaganda", segundo Tomas Zdechovsky, um dos promotores da iniciativa.

"Queremos o retorno dos símbolos tchecos tradicionais", exigem os responsáveis pela campanha, em um pedido que foi entregue ao primeiro-ministro da República Checa, Jan Fischer.

Embora a República Checa seja um país de forte caráter laico e, segundo uma recente enquete divulgada pela agência "CTK", somente 13% dos cidadãos entendam o Natal como uma festa religiosa pelo nascimento de Cristo, a defesa do Menino Jesus está fazendo sucesso.

Jovens fantasiados de pinguins protagonizaram recentemente um divertido protesto que percorreu as ruas de Praga gritando palavras de ordem em defesa do Menino Jesus e contra o Papai Noel.

Zdechovsky, autor de um blog jornalístico e poeta, pediu a seus concidadãos que apoiem "algo importante como a defesa de quem traz os presentes aos tchecos: o Menino Jesus".

Antes de Praga, o protesto pacífico em defesa de Natais tradicionais, que também contou com a participação de estudantes, percorreu outras cidades do país, assim como de Áustria e Alemanha.

A campanha também gerou um forte debate em uma comunidade no Facebook sobre o tema, sobre o significado das festas.

"Comunicamos ativamente com nossos seguidores e nos vemos em manifestações amistosas. Através do contato pessoal com os amantes dos Natais tradicionais obtemos muita inspiração para avançar no projeto", disse outra das promotoras do movimento, Jana Kodysova.

Os organizadores ressaltam que Papai Noel desapareceu de muitas vitrines e asseguram que muitas lojas rejeitaram as típicas decorações americanas e começam a usar a tradicional checa, ou até um símbolo que introduziram em 2008: um homem de neve que defende o Menino Jesus.

A campanha a favor da tradição local e contra o Papai Noel se uniu também a um motivo caridoso.

"Em tempos de crise, quando bancos e empresas não dedicam dinheiro a estes fins, estamos apoiando a luta contra o câncer infantil", afirmou Zdechovsky.

E apesar da invasão do Papai Noel, uma enquete publicada pela "CTK" aponta que em 87% das casas checas é o Menino Jesus quem continua trazendo os presentes, contra 1% que adreiu à cultura do bom velhinho.

Link e veja o vídeo:

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical