segunda-feira, dezembro 26

DENUNCIA:NIGÉRIA MASSACRE DE CRISTÃOS.

Nigéria:
Um Natal explosivo contra os cristãos.
Ao menos 15 morrem em explosão na Nigéria em um total de 27 atingidos;
Church  Mountain of Fire e  2ª igreja também é atingida.
"Os responsáveis que fizeram a contagem me disseram que 27 pessoas morreram", declarou à AFP o padre Christopher Bard, informando que a explosão aconteceu ao final da missa de Natal.

Segundo o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, o ataque foi fruto de um "ódio cego e absurdo".
"O atentado contra a igreja na Nigéria, precisamente no dia de Natal, manifesta infelizmente mais uma vez um ódio cego e absurdo que não tem nenhum respeito pela vida humana", disse Lombardi, em declarações à imprensa, na Santa Sé.
Segundo Lombardi, o atentado contra uma igreja católica em Madalla, perto de Abuja, capital da Nigéria, "busca suscitar e alimentar ainda mais o ódio e a confusão".
As declarações do porta-voz foram feitas antes de confirmado um outro ataque contra uma igreja nigeriana, desta vez em Jos, centro do país, e que matou um policial que montava guarda no local.
"Uma bomba explodiu na igreja Mountain of Fire. Um policial que vigiava a igreja morreu e um muro da igreja foi destruído", disse à AFP o porta-voz do governo do estado de Plateau, do qual Jos é a capital.
JOS, Nigéria - Três explosões em igrejas católicas levaram terror à Nigéria neste domingo. 
Ao menos 19 pessoas morreram e várias ficaram feridas após uma detonação durante a Missa do Galo na igreja de Santa Teresa, localizada no povoado de Madalla, próximo à capital, Abuja. 
Pouco tempo depois, uma segunda explosão aconteceu na igreja da Montanha de Fogo, na cidade de Jus, no centro do país. 
Um porta-voz do governo informou que, após o atentado, ouviram-se disparos. 
Ao menos um policial ficou ferido. A terceira aconteceu em Gadaka, no nordeste nigeriano, deixando muitos feridos.

Nenhum grupo se responsabilizou até agora pelos ataques, mas a Nigéria tem enfrentado uma série recente de explosões e atentados cometidos por uma seita islâmica conhecida como Boko Haram. Durante o último ano, os extremistas realizou ataques cada vem mais sangrentos, numa campanha para implementar leis muçulmanas em toda a Nigéria, país com mais de 160 milhões de habitantes.
Natal de 2010:
Na véspera do Natal passado, em Jos, uma série de explosões nas vésperas do Natal já matara 32 pessoas e deixou feridas mais 74.
De acordo com as autoridades nigerianas, enfrentamentos registrados no Noroeste do país nos últimos dias entre a seita e as forças de segurança do país mataram ao menos 61 pessoas. A embaixada dos Estados Unidos em Abuja emitiu um alerta na última sexta-feira, exortando seus cidadãos a se manter "particularmente alertas" ao passarem perto de igrejas, entre multidões e zonas que congregam estrangeiros.Infoglobo Comunicação e Participações S.A.
Violência só Aumenta:
O aumento das tensões interreligiosas na Nigéria, sexto país do mundo em número de cristãos, inquieta o Vaticano.
Em novembro passado, durante sua visita a Benin, o papa Bento XVI insistiu na tradição tolerante do Islã na África e na coexistência pacífica entre muçulmanos e cristãos.jlv.zm/mvv
Madalla, Nigéria, 25 dez 2011 (AFP) –

Pelo menos 27 pessoas morreram, neste domingo, na explosão de uma igreja católica Igreja Católica St. Theresa, em Madalla, perto de Abuja, capital da Nigéria, informou um sacerdote, revisando para cima o número de 15 vítimas fatais, registrado pelos serviços de primeiros socorros.

iolência entre militantes islâmicos e soldados no norte do país.

Os nigerianos têm enfrentado uma série de atentados e ataques por uma seita radical muçulmana conhecida como Boko Haram. 
Uma explosão em uma igreja católica na Nigéria deixou ao menos 15 mortos neste domingo de Natal, informaram as autoridades do país. O incidente ocorreu durante uma missa em celebração às festividades natalinas em uma cidade próxima à capital, Abuja. Pouco tempo depois, uma segunda explosão foi relatada perto de uma igreja na cidade central de Jos.
O porta-voz da Nema (sigla em inglês para Agência de Gerenciamento de Emergências Nacional, em tradução livre), Yushau Shuaib, e o porta-voz da polícia local, Richard Oguche, afirmaram que a primeira explosão aconteceu na igreja de Saint Theresa, na cidade de Madalla.
Shuaibu afirmou que as autoridades nigerianas estavam tendo dificuldade para lidar com o incidente e que não havia ambulâncias suficientes para socorrer todas as vítimas. Segundo ele, a explosão aconteceu no lado de fora da igreja, mas afetou muito o edifício.
"Estamos retirando os mortos e feridos do local, mas infelizmente não temos ambulâncias suficientes. A maior parte de nossas ambulâncias foram realizar operações nas rodovias maiores do país", disse.
Em Jos, o porta-voz do governo, Pam Ayuba, afirmou que uma explosão ocorreu perto da igreja Mountain of Fire (Montanha de Fogo, em tradução livre), e tiros foram ouvidos pouco tempo depois. Ao menos um policial se feriu no incidente.
A segurança na Nigéria foi reforçada depois do aumento da violência entre militantes islâmicos e soldados no norte do país.
Os nigerianos têm enfrentado uma série de atentados e ataques por uma seita radical muçulmana conhecida como Boko Haram. O movimento é responsável por pelo menos 465 mortes.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical