quinta-feira, junho 18

PARABÉNS - Nasce a Assembleia de Deus 18 DE JUNHO DE 2015

Parabéns Asssembleianos do Brasil!
Deus despertou dois suecos no início do século passado, Daniel Berg e Gunnar Vingren, os quais cheios do Espírito Santo e paixão pelas almas, iniciaram a história da Assembléia de Deus no Brasil!
Nasce a Assembleia de Deus
No dia 18 de Junho de 1911 Daniel Berg e Gunnar Vingren compareceram à Rua Siqueira Mendes, 67 em Belém do Pará, Residência da irmã Celina Albuquerque, num domingo, com mais 17 pessoas, entre eles:
Henrique Albuquerque, esposo de Celina; Maria Piedade da Costa, esposa de Plácido e Emília Dias. Além destes, foram arrolados mais quatro irmãos da referida congregação, cujos nomes são os seguintes: Joaquim Silva, Tereza Silva de Jesus, Izabel Silva e Benvinda Silva.
Breve Histórico de Datas
A partir de 18 de junho de 1911, as igrejas pentecostais que iam sendo iniciadas no Pará, começando pela que se reunia na casa de Henrique e Celina Albuquerque, à Rua Siqueira Mendes 67, Cidade Velha, em Belém, passaram a ser chamadas pelo nome Missão da Fé Apóstolica. Em 25 de outubro de 1914, chegaram a Belém do Pará os suecos Otto e Adina Nelson, procedentes dos Estados Unidos, para se juntarem a Vingren e Berg. Em 8 de novembro de 1914, a igreja, que se reunia na Av. São Jerônimo, 224, seu segundo, endereço depois da casa de Celina Albuquerque (nesta casa se reuniram por mais ou menos três meses) se mudou para a Travessa 9 de janeiro, 75. 
Os primeiros lugares fora de Belém do Pará que receberam a mensagem pentecostal foram:
Em Ordem
No Pará
Soure e Mosqueiro, na Ilha de Marajó (Daniel Berg, 1911);
Bragança (Daniel Berg, 1912); Xarapucu e Catipuru (Daniel Berg, 1913);
Estrada de Ferro Belém-Bragança, Igarapé-Assu, Benevides, Capanema, Timboteua, Peixe-Boi e Bragança (Clímaco Bueno Aza, 1913);
Ilha Caviana (Daniel Berg, 1914);
Afuá, Ilha de Marajó (Gunnar Vingren e Daniel Berg, 1914);
São Luís do Pará (1915); Assaisal (Bonito) (Joaquim Amaro do Nascimento, Francisco Santos Carneiro e João Paraense, 1919); pelos primeiros missionários e crentes da AD de Belém.
Norte
Manaus, AM (Severino Moreno de Araújo, 1917);
Roraima (Cordulino Teixeira Bastos, 1915);
Macapá, AP (Clímaco Bueno Aza, 1916);
Porto Velho (RO) (Paul John Aenis, 1922);
Cruzeiro do Sul, AC (Manoel Pirabas, 1932);
Rio Branco, AC (Luís Firmino Câmara, 1943);
Nordeste
Uruburetama, CE (Maria de Nazaré, 1914);
Campina Grande, PB (Manoel Francisco Dubu, 1914; Felipe Nery Fernandes, 1922); 
Maceió, AL (Gunnar Vingren, 1914; Otto Nelson, 1914);
Recife (Adriano Nobre, 1916);
Natal, RN (Pregadores de nomes desconhecidos e Adriano Nobre, 1918);
João Pessoa, PB (Francisco Félix e esposa, 1920);
São Luís, MA (Clímaco Bueno Aza, 1921);
Fortaleza, CE (Antonio Rêgo Barros, 1922);
Canavieiras, BA (Joaquina de Souza Carvalho, 1926);
Aracaju, SE (Sargento Ormínio, 1927);
Teresina, PI (Raimundo Prudente de Almeida, 1927)
Oeste
Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, noroeste de Mato Grosso (Paul John Aenis, 1922; Elói Bispo de Sena, 1923);
Goiânia, GO (Um grupo de crentes da AD de Madureira, RJ, deu início à AD de Goiânia em 1936 e Antônio Moreira, então diácono da AD de Madureira, foi enviado por Paulo Leivas Macalão para fundar a igreja.);
Cuiabá, MT (Eduardo Pablo Joerck, 1936);
Campo Grande, MS (Juvenal Roque de Andrade, 1944).
Sudeste
Rio de Janeiro, RJ (Gunnar Vingren, 1920, 1923; alguns crentes do Pará, 1923);
Santos, SP (Gunnar Vingren, 1920; crentes de São Paulo, SP (Gunnar Vingren, 1920, 1923; Daniel Berg, 1927);
São Bernardo, SP (Gunnar Vingren, 1920);
Pernambuco, 1923; Daniel Berg, 1924);
Vitória, ES (Galdino Sobrinho e esposa, Daniel Berg, 1922);
Niterói, RJ (Heráclito de Menezes, 1923);
Belo Horizonte, MG (Clímaco Bueno Aza, 1927);
Sul
Tubarão, SC (Gunnar Vingren, 1920);
Criciúma, SC (Gunnar Vingren, 1920);
Itajaí, SC (Gunnar Vingren, 1920);
Porto Alegre, RS (Gustav Nordlund, 1924);
Curitiba, PR (Bruno Skolimowski, 1928);

Itajaí, SC (André Bernardino da Silva, 1931); 
HISTORIANDO.
Em 18 de agosto de 1916, chegaram a Belém os suecos Samuel e Lina Nyström, os primeiros missionários oficialmente enviados pela Igreja Filadélfia de Estocolmo. Em 3 de julho de 1917, Frida Vingren chegou a Belém, como missionária também enviada pela Igreja Filadélfia de Estocolmo.
II – Registrada a primeira "Assembleia de Deus" 
Em 11 de janeiro de 1918, Gunnar Vingren registrou o Estatuto da Igreja no Cartório de Registro de Títulos e Documentos do 1º ofício, em Belém, no Livro A, Nº 2, de Registro Civil de Pessoas Jurídicas e outros papéis, número de ordem 131.448, sob o nome "Estatuto da Sociedade Evangélica Assembléa de Deus", número de ordem 21.320, do Protocolo Nº 2. Os extratos do Estatuto foram publicados no Diário Oficial do Estado do Pará, sob nº 766524. 
A LEGALIDADE
Com esse registro, a igreja começou a existir legalmente como pessoa jurídica adequando-se aos Artigos 16 e 18 do primeiro Código Civil Brasileiro que acabara de entrar em vigor em 1º de janeiro de 1917. 
III – Primórdios no Pará 
Os primeiros lugares no Pará que receberam a mensagem pentecostal foram: 
Soure e Mosqueiro, na Ilha de Marajó (Daniel Berg, 1911); Bragança (Daniel Berg, 1912); Xarapucu e Catipuru (Daniel Berg, 1913); Estrada de Ferro Belém-Bragança, Igarapé-Assu, Benevides, Capanema, Timboteua, Peixe-Boi e Bragança (Clímaco Bueno Aza, 1913); Ilha Caviana (Daniel Berg, 1914); Afuá, Ilha de Marajó (Gunnar Vingren e Daniel Berg, 1914); São Luís do Pará (1915); Assaisal (Bonito) (Joaquim Amaro do Nascimento, Francisco Santos Carneiro e João Paraense, 1919); e vários outros lugares foram sendo visitados pelos primeiros missionários e crentes da AD de Belém. 
IV – Primórdios fora do Pará 
Os primeiros lugares fora do Pará que receberam a mensagem pentecostal foram:
Uruburetama, CE (Maria de Nazaré, 1914); Maceió, AL (Gunnar Vingren, 1914; Otto Nelson, 1914); Campina Grande, PB (Manoel Francisco Dubu, 1914; Felipe Nery Fernandes, 1922); Roraima (Cordulino Teixeira Bastos, 1915); Manaus, AM (Severino Moreno de Araújo, 1917); Macapá, AP (Clímaco Bueno Aza, 1916); Recife (Adriano Nobre, 1916); Natal, RN (Pregadores de nomes desconhecidos e Adriano Nobre, 1918); João Pessoa, PB (Francisco Félix e esposa, 1920); Rio de Janeiro, RJ (Gunnar Vingren, 1920, 1923; alguns crentes do Pará, 1923); Santos, SP (Gunnar Vingren, 1920; crentes de Pernambuco,1923; Daniel Berg, 1924); Tubarão, SC (Gunnar Vingren, 1920); Criciúma, SC (Gunnar Vingren, 1920); Itajaí, SC (Gunnar Vingren, 1920); São Paulo, SP (Gunnar Vingren, 1920, 1923; Daniel Berg, 1927); São Bernardo, SP (Gunnar Vingren, 1920); São Luís, MA (Clímaco Bueno Aza, 1921); Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, noroeste de Mato Grosso (Paul John Aenis, 1922; Elói Bispo de Sena, 1923); Porto Velho (RO) (Paul John Aenis, 1922); Vitória, ES (Galdino Sobrinho e esposa, Daniel Berg, 1922); Fortaleza, CE (Antonio Rêgo Barros, 1922); Niterói, RJ (Heráclito de Menezes, 1923); Porto Alegre, RS (Gustav Nordlund, 1924); Canavieiras, BA (Joaquina de Souza Carvalho, 1926); Belo Horizonte, MG (Clímaco Bueno Aza, 1927); Aracaju, SE (Sargento Ormínio, 1927); Teresina, PI (Raimundo Prudente de Almeida, 1927) e Curitiba, PR (Bruno Skolimowski, 1928); Itajaí, SC (André Bernardino da Silva, 1931); Cruzeiro do Sul, AC (Manoel Pirabas, 1932); Goiânia, GO (Um grupo de crentes da AD de Madureira, RJ, deu início à AD de Goiânia em 1936 e Antônio Moreira, então diácono da AD de Madureira, foi enviado por Paulo Leivas Macalão para fundar a igreja.); Cuiabá, MT (Eduardo Pablo Joerck, 1936); Rio Branco, AC (Luís Firmino Câmara, 1943); e Campo Grande, MS (Juvenal Roque de Andrade, 1944). 
V – Começa a imprensa pentecostal 
As primeiras publicações da AD, que antecederam o jornal Mensageiro da Paz, foram o jornal "Voz da Verdade" (1917 a 1918), por Almeida Sobrinho e João Trigueiro da Silva; o jornal "Boa Semente" (1919 a 1930), por Gunnar Vingren e Samuel Nyström; e o jornal "O Som Alegre" (1929 a 1930), por Gunnar Vingren. 
VI – Primeiros hinários 
Também em 1917, a AD de Belém (PA) imprimiu o seu primeiro hinário que ficou pronto no dia 6 de outubro e continha 194 hinos e cânticos. Em 1922, era publicada no Recife a primeira edição da Harpa Cristã, que passou a ser o hinário oficial das Assembléias de Deus.
Fonte: Mensageiro da Paz
Parabenizo, nesta data os líderes da nossa Igreja Assembleia de Deus, na pessoa do presidente da CGADB Pastor José Wellington Bezerra da Costa. Parabéns assembleianos de todo Brasil.
Abaixo Foto do Centenário.
Publico, abaixo, matéria do crescimento das Assembleias de Deus nos EUA, que apresenta identicamente crescimento maior do que a Taxa de Crescimento Populacional dos USA. 
Assembleia de Deus dos EUA cresceu mais que a população
345 novas igrejas foram abertas em 2014.
Assembleia de Deus dos EUA cresceu mais que a população americana nos últimos 25 anos
De acordo com estatísticas do Censo dos Estados Unidos, a população americana cresceu cerca de 29%, no mesmo período que a Assembleia de Deus cresceu 47%
Fonte: Guiame, com informações de Charisma News | 17/06/2015 - 17:00
Assembleia de Deus dos EUA cresceu mais que a população americana nos últimos 25 anos
Ao longo dos últimos 25 anos, a Igreja Assembleia de Deus nos Estados Unidos vem celebrando números consecutivos de crescimento, marcando mais de 3,1 milhões de adeptos no ano passado.
A linha de crescimento na denominação começou em 1989, quando foram registrados 2.137.890 adeptos. Desde aquela época, a Assembleia de Deus tem visto um crescimento de 47% até 2014, onde marcou 3.146.741 membros, o maior número já registrado.
Juventude
Os jovens formam uma parte forte na denominação. Pessoas com idades entre 18 a 34 são parte de 23,4% dos membros da igreja.
"As Assembleias de Deus têm sido marcadas pela dependência do Espírito Santo e fidelidade às Escrituras", disse George Wood, superintendente geral da Assembleia de Deus. "Este movimento de crescimento só pode ser atribuído a bênção de Deus e Sua obra através do Espírito Santo."
A denominação informou que possui 12.849 igrejas nos Estados Unidos, outro número recorde.
A Assembleia de Deus também relata um número recorde de ministros: 36.884 são registrados.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical