quinta-feira, novembro 11

Paquistão - condena mulher cristã, a morte.

Mulher cristã é condenada à morte no Paquistão
11/11/2010 12h56 - Atualizado em 11/11/2010 13h25
Asia Bibi, de 45 anos, uma mulher cristã recebeu sua sentença de morte por enforcamento nesta segunda.
É a 1ª vez que uma mulher recebe esta sentença no país por blasfêmia.
Da France Presse
Um tribunal paquistanês condenou à morte uma mulher cristã, mãe de cinco filhos, por blasfêmia, provocando a revolta de grupos de defesa dos direitos humanos nesta quinta-feira.
Asia Bibi, de 45 anos, recebeu sua sentença na segunda-feira em uma corte do distrito de Nankana, na província central de Punjab, a 75 quilômetros de Punjab.
O Paquistão jamais executou um réu por blasfêmia, mas o caso joga luz sobre a polêmica lei islâmica do país, que incentivaria a ação de extremistas.
O processo de Asia começou em junho de 2009, quando ela foi buscar água enquanto trabalhava no campo.
Um grupo de camponesas muçulmanas, no entanto, protestou, afirmando que uma mulher não-muçulmana não deveria tocar o jarro d'água do qual elas também beberiam.{Situação parecida com a dos samaritanos e judeus - a samaritana que encontrou Jesus no poço - João 4.9. Disse-lhe então a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (Porque os judeus não se comunicavam com os samaritanos.)
Dias depois, o grupo de muçulmanas procurou um clérigo local e denunciou Asia, indicando que ela teria feito comentários depreciativos sobre o profeta Maomé.
O sacerdote, por sua vez, procurou a polícia local, e uma investigação foi aberta.
Asia foi presa no vilarejo de Ittanwalai e indiciada sob a seção 295 C do Código Penal paquistanês, que inclui a pena de morte.
O juiz Navid Iqbal, que a condenou à morte por enforcamento, "excluiu completamente" qualquer hipótese de que a ré tivesse sido falsamente acusada, afirmando que não há "circunstâncias atenuantes" no caso, de acordo com o texto do veredicto.
Nota do editor. Asia está sendo usada comouma condenada a ser exemplo para os cristãos, ou neo-conversos, com isto ameçam indiretamente:"seja cristão e você vai acabar como Asia"
O marido de Asia, Ashiq Masih, de 51 anos, [veja foto] disse à agência de notícias France Presse (AFP) que pretende apelar da condenação de sua mulher, que ainda precisa ser ratificada pela corte de Lahore, a mais alta de Punjab, antes de ser executada.
"O caso é infundado e nós entraremos com um recurso", declarou. O casal tem três filhas e dois filhos.
Segundo ativistas dos direitos humanos e defensores das minorias, é a primeira vez que uma mulher é sentenciada à morte por enforcamento no Paquistão por blasfêmia. Um casal foi condenado à prisão perpétua no ano passado pela mesma acusação.
"A lei da blasfêmia é completamente obscena e precisa ser derrubada em sua totalidade", disse à AFP Ali Dayan Hasan, porta-voz da organização Human Rights Watch.
Cerca de 3% da população paquistanesa, que chega a 167 milhões de pessoas, é composta por não-muçulmanos.
Leia os artigos da Lei da Blasfêmia -Código Penal, nos quais Asia Bibi foi enquadrada, por um ato de discriminação e perseguição aos cristãos indonésios.

Tradução livre.
295-B  Dar fim, etc, de cópia do Alcorão Sagrado. Quem trazer, prejuízos ou profanar uma cópia do Alcorão Sagrado ou de um extrato ou usa-lo em qualquer forma pejorativa ou para quaisquer fins ilegais será punido por prisão perpétua.
295-C  O uso de comentários depreciativos, etc; em relação ao Santo Profeta. Aquele que por palavras, seja falada ou escrita ou por representação visível ou de qualquer imputação, sugestão ou insinuação, direta ou indiretamente, contamina o sagrado nome do Profeta Maomé (PECE) é punido com pena de morte ou prisão perpétua, e será também sujeito à multa.
298-A  O uso de comentários depreciativos, etc .., em relação a personagens santos. Aquele que por palavras, seja falada ou escrita, ou por representação visível ou de qualquer insinuação de imputação, ou insinuações, direta ou indiretamente, contamina o sagrado nome de qualquer mulher (Ummul Mumineen), ou membros da família (Ahle-isca), de Santo Profeta (saw), ou qualquer dos califas justo (Khulafa-e-Rashideen) ou companheiros (Sahaaba) da descrição do Profeta, por um período que pode ir até três anos ou com multa, ou com ambos.
298-B  Desvio de epíteto, descrições e títulos, etc Reservado para determinados personagens ou lugares sagrados.
Qualquer pessoa do grupo ou do grupo Qadiani Lahori (que se chamam Ahmadis ou por qualquer outro nome) que por palavras, seja falada ou escrita ou por representação visível:
Referindo-se a endereços ou qualquer pessoa, à exceção de um califa ou companheiro do Profeta Maomé (PECE), como "Ameerul Momneen", "Califat-ul-Momneen", "Califat-ul-Muslimeen", "Sahaabi" ou " Razi Anho Deus ";
A locais ou qualquer pessoa que não é uma mulher do Santo Profeta Maomé (PECE), com a Ummul-Mumineen;
Se referir, ou endereços, de qualquer pessoa, que não seja um membro da família (Ahle-Bait) do Santo Profeta Maomé (PECE), com a Ahle-Bait, ou
Se referir, ou endereços, qualquer pessoa, que não seja um membro da família (Ahle-Bait) do Santo Profeta Maomé (PECE), com a Ahle-Bait, ou
Se referir, ou nomes, ou as chamadas, o seu lugar de adoração como Masjid, será punido com pena de prisão ou qualquer descrição, por um período que pode ir até três anos, e será também sujeito à multa.
Qualquer pessoa do grupo Qadiani ou grupo Lahore, (que se chamam Ahmadis ou por qualquer outro nome), que por palavras, seja falada ou escrita, ou por representações visíveis, Referindo-seao modo ou a partir da chamada para as orações seguidas pela sua fé como "Azan" ou redites Azan, usado pelos muçulmanos, é punido com pena de prisão de qualquer descrição, por um período que pode ir até três anos e deve ser também sujeito à multa.
298-C  Pessoas de Qadiani grupo, etc, chamando a si mesmo um muçulmano ou pregação ou propagar sua fé. Qualquer pessoa do grupo ou do grupo Qadiani Lahori (que se chamam Ahmadis ou qualquer outro nome), que direta ou indiretamente, pode ter-se como um muçulmano, ou chama, ou Se referir, a sua fé como o Islão, ou prega ou propaga a sua fé ou convida outros a aceitar sua fé, por palavras, seja falada ou escrita, ou por representação visível ou de qualquer forma ultrajes os sentimentos religiosos dos muçulmanos, é punido com pena de prisão de qualquer descrição, por um período que pode ir até três anos ANS deve ser também sujeito à multa.

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical