sábado, outubro 31

Caim Era do Maligno Lição 05 – CPAD – 4º TRIMESTRE 2015 - 1ª Parte

Caim Era do Maligno
Lição 05 – CPAD – 4º TRIMESTRE 2015 - 1ª Parte
Autor: Pr Osvarela
Texto áureo: “que nos amemos uns aos outros. Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão.” 1 João 3: 11,12
Leitura Bíblica
E conheceu Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem.
E deu à luz mais a seu irmão Abel; e Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi lavrador da terra.
E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor.
E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta.
Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante.
E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante?
Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.
E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel, e o matou.
E disse o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão?
E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. Gênesis 4:1-10
Etimologia 
Καιν – Kain; קין; n. pr. m. Caim = “criador: fabricante (literalmente ferreiro)”; primeiro filho de Adão, que assassinou seu irmão, Abel. Caim significa "lança", sendo que a sua transliteração seria "Qayin". Este nome também é associado a uma outra forma verbal, "Qanah", que pode significar "obter" ou "provocar ciúme". Algumas obras associam o nome com a expressão "algo produzido".
קיןQayin - Καιν; Caim = “possessão” n. pr. m. filho mais velho de Aão e Eva e o primeiro homicida, o qual assassinou seu irmão Abel.
- queneu = “ferreiros” n. pr. gentílico, a tribo à qual pertencia o sogro de Moisés e que vivia na região entre o sul da Palestina e as montanhas do Sinai.
Malignoרע – ra’ adj. ruim, mau; desagradável, maligno; maligno (que causa dor, infelicidade, miséria).
βεελζεβουλ  - Beelzeboul ou βεελζεβουβ; origem aramaica;  בעל זבוב; n pr m. Belzebu = “senhor da casa”; um nome de Satanás, o príncipe dos espíritos malignos.
O mundo inteiro jaz no Maligno”. O mundo inteiro aqui significa todos? As palavras “mundo” e “todo” são usadas em vários sentidos na Escritura, e raramente a palavra “todos” significa todas as pessoas, tomadas individualmente. As palavras são geralmente usadas para significar que Cristo redimiu alguns de todas as classes — alguns judeus, alguns gentis, alguns ricos, alguns pobres, e não restringiu sua redenção a judeus ou gentios ...” (C.H. Spurgeon de um sermão sobre a Redenção Particular)
Quando falamos de Caim, o primogênito de Adão nos ocorre, sempre, a questão marcante, como a sua condenação proposta por Deus, sobre o ato do assassinato de seu irmão. Abel. O primeiro fratricídio ocorrido no Mundo.
הבל – Hebel - grego Αβελ; n. pr .m. Abel = “fôlego”; segundo filho de Adão e Eva, morto por seu irmão Caim
A marca do assassinato de Abel, de quem pouco as Escrituras falam, é algo que marcou uma Era maligna na Terra.
Assim, como no estudo em tela, Caim Era do Maligno, o fato entra na História da Humanidade, como o inicio da mais cruel ação do homem, contra o homem.
"No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir" Rm 5:14
Embora condenados a Morte, os homens até então não conheciam outro modo de morte.
            “E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas.” 1 João 3:12
Caim foi o agente desta nova etapa sobre a face da terra, até então, o único sangue derramado na terra fora de um cordeiro para cobrir as, assim chamadas, vergonhas dos pais de Caim.
“que nos amemos uns aos outros. Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão.” 1 João 3: 1112
Fato do qual eles se envergonharam para estar diante de Deus:
                        “E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me. E fez o Senhor Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu.” Genesis 3.10; 21
נוד - Nowd; n. pr. loc. Node = “peregrinação”; terra para a qual Caim fugiu ou peregrinou depois do assassinato de Abel.
Caim se retirou da sua região natal, para ir-se a uma cidade onde criou uma geração de homens. Entre eles alguns são destacados nas Escrituras pelas qualificações malignas em seu modo de viver.
“A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão. Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra.” Gênesis 4:10-12
למך – Lemek - λαμεχ; n. pr. m. Lameque = “poderoso”; o 5º descendente na linhagem de Caim, marido de Ada e Zilá, pai dos filhos Jabal, Jubal, e Tubalcaim e da filha Naamá.
Mas, também encontramos gente que se notificou por habilidades de trabalho e labor: תובל קין - Tuwbal Qayin; n. pr. m. Tubalcaim = “tu serás trazido de Caim”; filho de Lameque com sua esposa Zilá e o primeiro a trabalhar em metal.
“O Senhor, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.” Gênesis 4:15
“E disse Lameque a suas mulheres Ada e Zilá: Ouvi a minha voz; vós, mulheres de Lameque, escutai as minhas palavras; porque eu matei um homem por me ferir, e um jovem por me pisar. Porque sete vezes Caim será castigado; mas Lameque setenta vezes sete.” Gênesis 4:23,24
Inferência: O texto bíblico de Gênesis deixa implícito que Caim poderia ter sido assassinado por seu descendente Lameque, quando fala sobre o castigo que este enfrentaria.
Quando a narrativa bíblica diz que “descaiu o semblante” está informando que Caim se deu a ser visto, independente de sua vontade, por inteiro, incluindo as suas más intenções, as quais enchiam seu coração.
Nunca pense que teus pensamentos, por mais recônditos não afetarão teu semblante, teu rosto. Se não for aos homens, Deus sabe ler rostos e expressões.
Deus é Deus de oportunidades
Temos visto que neste período da Criação, ou do início dos homens Deus já houvera dado sinais evidentes de sua ação misericordiosa para com os seres criados por ele. Ele mitigara a Morte determinada ao homem, pelo desterro do Éden. E agora, pela sua Justiça ele conhecendo o coração de Caim e pela demonstração do semblante avisa ao Caim atingido pela ação da malignidade.
οψις - opsis; n. f. visão, vista; face, semblante; aparência externa, expressão, aspecto.
“E deu à luz mais a seu irmão Abel; e Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi lavrador da terra.E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor. E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta. Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante. E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.” Gênesis 4:2-7. Observe que esta, é a primeira vez, na sequencia de leitura do Conteúdo bíblico, que a palavra pecado aparece [excetuando-se o livro de Jó, pela sua posição cronológica]
Ao estudarmos o texto, temos a clara noção do que Deus está dizendo para Caim. Devido à estrutura gramatical de Gênesis 4, verso 7, este texto pode ser  considerado como sendo o mais difícil de traduzir do Antigo Testamento, e conseqüentemente, esta dificuldade influencia os interpretes na sua atribuição.
“Conheço o teu coração e o teu pensamento. O quanto você tem maquinado sobre Abel, criando um ódio que te foi injetado pelo mesmo Inimigo que tentou tua mãe. Porém, se te arrependeres, antes de cometer o que intentas, não terá sido vencido pelo pecado. Ainda, tem tempo para fugir desta situação que vai te levar a condenação dobrada, aquela que teu pai Adão sofreu, no estado de Inocência.”
Além disto, o trecho: “...E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo...” quer dizer literalmente: “há um demônio esperando,, quando passares para agir, que saltará sobre ti e te dominará!”
Caim estava fazendo as coisas certas?
O bem era possível: “Se bem fizeres, não é certo que serás aceito?” Deus sabia que não, Caim sabia que não. O que nos admite perceber que Caim já procedia mal de muito. Ele se tornara hospedeiro do mal e da malignidade advinda de seus pensamentos contra seu irmão, com sede de tirar a vida de Abel, mas Caim foi totalmente dominado pelo Mal! Chega-se a afirmativa, possível de que a asserção “o pecado está à porta” é um aviso solene acerca da atual condição de Caim: o Pecado já exercia pleno domínio sobre ele. o coração de Caim era mau, nada de bom podia produzir "O homem bom tira boas coisas do bom tesouro do seu coração, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más" - Mt 12:35, pois ninguém pode tirar o imundo o puro "Quem do imundo tirará o puro? Ninguém" Jó 14:4.
Por que se tornou maligno?
Não dê oportunidade ao pecado, ele não hesitará em te destruir!
“Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?” Romanos 6:16
O Mal dormitava no coração de Caim e esperava o momento para destruir, pois a ação de Satanás é: matar e destruir e oportunista para agir Romanos 7.8  “Mas o pecado, aproveitando a oportunidade dada pelo mandamento, produziu em mim todo tipo de desejo cobiçoso. Pois, sem a lei, o pecado está morto.”
 “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;” 1 Pedro 5:8
- pecado jaz à porta - חטא ישכב בדלת
Texto – “Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.” Gênesis 4.7
Russel Shedd: “No hebraico está literalmente: Não é que, se ages bem, elevação, e se não ages bem, à tua porta o pecado (feminino) dormindo (masculino) e para ti sua (masculino) cobiça e tu o dominarás.”
Como algumas outras traduções ou sugestão de leitura (observe-se, que é uma possibilidade teológica, e não é alteração do texto):
“Se estás bem disposto não levantarias a cabeça? Mas se não estiveres bem disposto, não jaz o pecado à porta, um animal acuado te espreita, podes acaso dominá-lo?” Bíblia de Jerusalém
Gênesis 4, verso 7 seria melhor traduzido trocando-se ‘jaz’ por ‘estar, permanecer’, ou seja, ‘o pecado está à porta’, significando que o pecado está exercendo o seu domínio sobre os homens.
“Por que você está com raiva? Por que anda carrancudo? Se você tivesse feito o que é certo, estaria sorrindo; mas você agiu mal, e por isso o pecado está na porta, à sua espera. Ele quer dominá-lo, mas você precisa vencê-lo”. Bíblia na Linguagem de Hoje
“Porventura não pecarias, se prudentemente o tivesses trazido, mas não o tivesses corretamente repartido? Calma ; para ti será sua submissão, e tu o dominarás". Septuaginta – possível tradução
Leve-se em consideração que Porta é local de entrada, local de exercício de poder de uma cidade [no contexto bíblico-hebraico] local de julgamento e da posição dos juízes. Podemos inferir que a interpretação da expressão “o pecado jaz à porta” é dentro de um contexto de domínio, e podemos chegara posição do domínio que o pecado exerce sobre os homens que tem a sua mente cauterizada, quanto a Voz de Deus "A sabedoria é demasiadamente alta para o tolo, na porta não abrirá a sua boca" Provérbios 24:7. Como dito, acima, Porta é o mesmo que local de domínio, onde o exercício do poder político ou religioso se dá.
Ou seja, a ira fora um crescendo contra Abel, por motivos ignorados, não pela Oferta de um ou de outro (E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta. Gênesis 4:4), mas por causa do coração de um e de outro.
Caim se colocou na posição de desprezar a Voz do Eterno, uma concessão, que mostrava a vontade e o interesse de Deus em continuar falando com o homem, mesmo caído, sendo até mesmo prepotente ao responder a Deus, como em algumas versões, ao se perguntado sobre seu irmão Abel: “Sou eu o autor (responsável) de meu irmão?” insinuando, que Deus que criara a Abel havia abandonado ao mesmo e o mal o atingira sem Deus ajudá-lo. Gênesis 4.9 “Então o Senhor perguntou a Caim: "Onde está seu irmão Abel?" Respondeu ele: "Não sei; sou eu o responsável por meu irmão? NVI"
O Apóstolo Paulo vai demonstrar isto, ao escrever: “Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, ... Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Romanos 1:24-26
A Questão das Ofertas de Abel e de Caim
Pois, há alguns, que tem como certo que a oferta das verduras não seria aceito por Deus, o que considero engano, pois tudo fora dado por Deus e há na lei oferta oriundas das plantações. Além disto, ele realizava a mesma atividade que Deus determinara, aos homens realizar na terra: era lavrador, não era nenhuma atividade fora da determinação divina.
Ele era um homem trabalhador, mas embruteceu seu coração contra o relacionamento com seu irmão Abel, por motivos que só Deus observou.
Temos que ter cuidado, pois mesmo realizando o que devemos na Obra, não nos deixemos levar pela Ira. E por estas dificuldades, assim chamadas, teológicas um de seus descendentes é considerado pai dos que tem gado: “E Ada deu à luz a Jabal; este foi o pai dos que habitam em tendas e têm gado.” Gênesis 4.20
“Se o oferecer por oferta de ação de graças, com o sacrifício de ação de graças, oferecerá bolos ázimos amassados com azeite; e coscorões ázimos amassados com azeite; e os bolos amassados com azeite serão fritos, de flor de farinha.” Levítico 7.12. E contar-se-vos-á a vossa oferta alçada, como grão da eira, e como plenitude do lagar. Números 18:27; Esta será a oferta que haveis de oferecer: a sexta parte de um efa de cada ômer de trigo; também dareis a sexta parte de um efa de cada ômer de cevada. Ezequiel 45:13
Cremos então, que nada se relacionava sobre o tipo de oferta, mas a condição espiritual de cada ofertante!
Caim estava em profundo litígio com Abel: “E falou Caim com o seu irmão Abel Gênesis 4.8
As neo-escrituras revelam e confirma, na voz do Senhor Jesus esta condição, importante e fundamental para recepção da Oferta trazida ao altar:
Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão. Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.Mateus 5:24-26
A dívida de Caim estava crescendo diante de Deus e Satanás tomou posse da sua dívida como fiador deste mal, pois ele é o pai do mal e príncipe do Reino parasitário do mal, que só sobrevive como parasita, quando encontra um coração, como o de Caim, onde possa se hospedar. “Então disse Caim ao Senhor: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada. Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará. O Senhor, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse. E saiu Caim de diante da face do Senhor.” Gênesis 4:13-16
Ele se ausentou, ou se retirou como um homem, entre os homens, para ser contado, embora sua geração continuasse e fosse registrada com seus inventos [“E o nome do seu irmão era Jubal; este foi o pai de todos os que tocam harpa e órgão.” Gênesis 4:21] e produtiva forma de agir, mas também com a maldade inerente a sua descendência.
“Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá.” Ezequiel 18:4
E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu, e deu à luz a Enoque; e ele edificou uma cidade, e chamou o nome da cidade conforme o nome de seu filho Enoque; E Ada deu à luz a Jabal; este foi o pai dos que habitam em tendas e têm gado.” Gênesis 4.17,20
Não podemos deixar de pagar com o perdão e arrependimento para não sofrermos o dano de pagarmos “o último ceitil” pelo dano da ira no coração, que para Caim representou, desterro, maldição e uma marca do mal, que o fez diferenciado de todos os homens.
“E ... Jesus ... sendo (como se cuidava) filho de José, e José de Heli ... Noé de Lameque, E Lameque de Matusalém, e Matusalém de Enoque, e Enoque de Jarete, e Jarete de Maleleel, e Maleleel de Cainã,E Cainã de Enos, e Enos de Sete, e Sete de Adão, e Adão de Deus.” Lucas 3: 23, 36-38
Isto, não lhe permitiu ser listado na Genealogia de seu Pai Adão, pois foi desterrado pelo próprio Deus e não aparece na Genealogia do Messias, pois sua geração não é contada, como parte da condenação divina como geração de Jesus.
“E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão. Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra. Então disse Caim ao Senhor: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada.” Gênesis 4:11-13
A lição a ser verificada, para todos nós:
“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” Romanos 12:21
“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.” 1 Coríntios 6:12
Semblante
A mudança do semblante de Caim informa o que passa no seu coração.
“Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem.” Provérbios 27:19
“O coração alegre aformoseia o rosto; mas pela dor do coração o espírito se abate.” Provérbios 15.13
A sua expressão foi tomada, além da própria dificuldade do pecado que marcou ao homem, se mudou pelo erro e malignidade apresentada.
Caim não espera ou nem pensou no que o mal feito faria Deus agir, estava embrutecido pelo Mal: “Diz ele em seu coração: Deus se esqueceu; cobriu o seu rosto; nunca verá isto.” Salmos 10:11
ανθρπος  - anthropos; ops (face) - o semblante; com cara de homem, i.e. um ser humano;; n. m. um ser humano, seja homem ou mulher; genericamente, inclui todos os indivíduos humanos; para distinguir humanos de seres de outra espécie, de animais e plantas, de Deus e Cristo, dos anjos.
- com a noção adicionada de fraqueza, pela qual o homem é conduzido ao erro ou induzido a pecar; com a noção adjunta de desprezo ou piedade desdenhosa; com referência às duas natureza do homem, corpo e alma; com referência à dupla natureza do homem, o ser corrupto e o homem verdadeiramente cristão, que se conforma à natureza de Deus.
Προσωπον - prosopon; n.n.face; semblante, expressão, usada quando usamos as expressões que denotam ter consideração pela pessoa em julgamento e no tratamento às pessoas.
οπτανομαι - optanomai ou οπτομαι – optomai; v. olhar para, ver; permitir-se ser visto, aparecer.
Fonte
Dicionário Strong
Bíblia Plenitude
“O pecado jaz à porta” Cláudio Crispim
Apontamentos do autor
Eu vivo a Bíblia

Outros indicados no corpo do texto

Nenhum comentário:

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Geografia Bíblica-Texto-Local!

Para quem estuda a Arqueologia - Mapas do Antigo Testamento e do Novo Testamento.
Viaje à Terra Santa pelo seu PC, ou qualquer lugar citado na Bíblia! Com ela você pode através do texto que está lendo ter acesso ao local onde ocorreu o fato bíblico! Forma gratuita, é só clicar e acessar:

Ser Solidário

Seja solidário
"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933

Doutrina


O Credo da Assembléia de Deus
A declaração de fé da Igreja Evangélica Assembléia de Deus não se fundamenta na teologia liberal, mas no conservadorismo protestante que afirma entre outras verdades principais, a crença em:
1)Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
Pacto de Lausanne – Suíça
Teses de Martinho Lutero
95 Teses de Lutero
Clique e acesse todo texto.

Ensino Dominical